A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Avanços da psicologia social na América Latina Silvia T. Maurer Lane.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Avanços da psicologia social na América Latina Silvia T. Maurer Lane."— Transcrição da apresentação:

1 Avanços da psicologia social na América Latina Silvia T. Maurer Lane

2 A revisão crítica A repressão militar e o movimento universitário de 68 obrigam a reflexão crítica da universalidade e o papel social da produção de conhecimento. A questão era: como a Psicologia Social poderia dar subsídios para uma transformação social? A crítica só foi possível anos depois, em disciplinas do curso de pós-graduação, através de revisões de pesquisas indexadas no Psychological Abstracts.

3 Novas perspectivas de estudo A Psicologia da Linguagem: algo dinâmico construído historicamente pela sociedade desempenhando um papel fundamental no desenvolvimento dos indivíduos como na inserção em grupos sociais. Vigotski: mediação fundamental que a linguagem exercia na constituição do psiquismo humano, na consciência. Presença de ideologia nos significados, e através da reflexão crítica desencadeavam avanços da consciência.

4 Novas perspectivas de estudo A identidade Social: conceito básico da Psicologia Social que Ciampa faz uma crítica a um modelo funcionalista e retoma o interacionismo de Mead, e dos estudos de Goffman, procurando uma concepção de sujeito transformador e autor da história social.

5 Novas perspectivas de estudo Processo grupal: partindo das teorias de técnicas da dinâmicas de grupo, constatou-se que os estudos reproduziam, como ciência, a ideologia embutida nos papéis sociais, principalmente o de líder, coesão social e técnicas de harmonização para tornar o grupo mais produtivo.

6 Novas perspectivas de estudo Surge a necessidade de uma metodologia de pesquisa que permitisse captar o indivíduo, situado historicamente e multideterminado. A pesquisa participante aparece como metodologia que permitia acompanhar o movimento histórico de um grupo social e as transformações que ocorriam.

7 Novas perspectivas de estudo Outras estratégias metodológicas: - Observação participante (de processos grupais); - Estudo de caso (relato de história de vida); Foi criado o núcleo de psicologia comunitária com a participação de vários países da América Latina, na busca de bases epistemológicas e metodológicas comprometida com uma prática transformadora. Trabalho de Martin-Baró.

8 Teoria e Prática A indissociabilidade entre a teoria e prática era o desafio da psicologia social. Por meio de pesquisas sobre o comportamento político, buscou-se formas de atuação para que houvesse transformações significativas para as populações desfavorecidas da América Latina (Psicologia Comunitária).

9 Teoria e Prática O que seria uma comunidade? Bairros, instituições, agrupamentos? Trabalhos como de Euclides Sanches, em Caracas constatam que pessoas se unem em grupo e resolvem ser sujeitos de sua história e encontrando uma assessoria qualificada, conseguem avançar em direção a relações sociais democráticas

10 Teoria e Prática Martin-Baró e Maritza Montero: Psicologia Política, objetiva entender o porquê da alienação de nossos povos. Tanto a Psicologia Comunitária como Psicologia Politíca encontram na metodologia Pesquisa Participante seu veio mais profícuo. Bader Sawaia: a partir de uma pesquisa com mulheres faveladas permite sistematização da pesquisa participante.

11 Práxis da Psicologia Social A ciência psicológica é relativa: se o ser humano se constitui em função de sua história social e cultural, o saber dele será necessariamente particular. Superação da dicotomia SubjetividadeXObjetividade pois a primeira se objetiva nas ações do homem sobre o meio, assim como o meio se subjetiva no psiquismo humano.

12 Práxis da Psicologia Social A dialética pressupõe que por meio da pesquisa, o saber e o pensamento têm suas raízes na realidade, portanto a comprovação da teoria se dá mediante a transformação da realidade. Leontiev: partindo desse pressuposto sistematiza três categoria fundamentais do psiquismo humano: Atividade, consciência e personalidade.

13 Questões metodológicas Procedimentos que não sejam meras interpretações se tornam o desafio metodológico. Investigação da consciência: estudo de caso, relatos de história de vida, estudo do cotidiano- no discurso livre que o indivíduo faz de si e do mundo, constituem dado empírico, e através do procedimento análise de discurso podem permitir detectar o ideológico, as contradições e o pensamento que engendrou o discurso. (análise gráfica de discurso)


Carregar ppt "Avanços da psicologia social na América Latina Silvia T. Maurer Lane."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google