A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CONTRASTES NA DISTRIBUIÇÃO DA POPULAÇÃO NO TERRITÓRIO PORTUGUÊS Geografia – 8º ano.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CONTRASTES NA DISTRIBUIÇÃO DA POPULAÇÃO NO TERRITÓRIO PORTUGUÊS Geografia – 8º ano."— Transcrição da apresentação:

1 CONTRASTES NA DISTRIBUIÇÃO DA POPULAÇÃO NO TERRITÓRIO PORTUGUÊS Geografia – 8º ano

2 CONTRASTES NA DISTRIBUIÇÃO DA POPULAÇÃO NO TERRITÓRIO PORTUGUÊS ASSIMETRIAS REGIONAIS NA DISTRIBUIÇÃO DA POPULAÇÃO NO TERRITÓRIO PORTUGUÊS LITORALIZAÇÃO BIPOLARIZAÇÃO Menor densidade populacional - Alentejo; - Açores; - Norte e Centro Interior. ÁREAS DESPOVOADAS Maior densidade populacional - Faixa litoral entre Viana do castelo e Setúbal; - Algarve; - Litoral Sul da ilha da Madeira; - AML e AMP.

3 CONTRASTES NA DISTRIBUIÇÃO DA POPULAÇÃO NO TERRITÓRIO PORTUGUÊS A população portuguesa concentra-se sobretudo no litoral do país, o que reforça o peso populacional das regiões do litoral em detrimento das dos interior. Portugal é marcado por um fenómeno de litoralização, bem como pela bipolarização. Processo de progressiva concentração de população e de atividades económicas ao longo da faixa litoral (associados ao decréscimo da importância do interior). LITORALIZAÇÃO Força de atração exercida por dois polos, Área Metropolitana de Lisboa (AML) e Área Metropolitana do Porto (AMP) sobre a população e as atividades económicas, sociais e culturais. BIPOLARIZAÇÃO

4 CONTRASTES NA DISTRIBUIÇÃO DA POPULAÇÃO NO TERRITÓRIO PORTUGUÊS Que contrastes? Densidade Populacional por NUTS III, em 2011, em Portugal

5 CONTRASTES NA DISTRIBUIÇÃO DA POPULAÇÃO NO TERRITÓRIO PORTUGUÊS As mais elevadas densidades populacionais em Portugal registam-se: No litoral ocidental entre Setúbal (NUT III de Península de Setúbal) e Viana do Castelo (NUT III Minho – Lima. Destacam-se a Grande lisboa e o Grande Porto; Litoral algarvio. No litoral ocidental entre Setúbal (NUT III de Península de Setúbal) e Viana do Castelo (NUT III Minho – Lima. Destacam-se a Grande lisboa e o Grande Porto; Litoral algarvio. AS REGIÕES MAIS POVOADAS Densidade Populacional por NUTS III, em 2011, em Portugal

6 CONTRASTES NA DISTRIBUIÇÃO DA POPULAÇÃO NO TERRITÓRIO PORTUGUÊS AS REGIÕES MAIS POVOADAS Densidade Populacional por NUTS III, em 2011, em Portugal As mais elevadas densidades populacionais em Portugal registam-se: Nas cidades médias do interior, sobretudo as capitais de distrito tais como Évora, Castelo Branco, Viseu, Guarda, Portalegre, Vila Real ou Bragança.

7 CONTRASTES NA DISTRIBUIÇÃO DA POPULAÇÃO NO TERRITÓRIO PORTUGUÊS AS REGIÕES MAIS POVOADAS Densidade Populacional por NUTS III, em 2011, em Portugal As mais elevadas densidades populacionais em Portugal registam-se: Na vertente sul da ilha da Madeira; Litoral das ilhas de S. Miguel e da Terceira, que são as ilhas dos Açores mais densamente povoadas. Na vertente sul da ilha da Madeira; Litoral das ilhas de S. Miguel e da Terceira, que são as ilhas dos Açores mais densamente povoadas.

8 CONTRASTES NA DISTRIBUIÇÃO DA POPULAÇÃO NO TERRITÓRIO PORTUGUÊS AS REGIÕES MENOS POVOADAS Densidade Populacional por NUTS III, em 2011, em Portugal As mais reduzidas densidades populacionais em Portugal registam-se: No interior do país e no Alentejo. Destacam-se: Beira Interior Sul, Alto Alentejo, Alentejo Litoral e Baixo Alentejo.

9 CONTRASTES NA DISTRIBUIÇÃO DA POPULAÇÃO NO TERRITÓRIO PORTUGUÊS AS REGIÕES MENOS POVOADAS Densidade Populacional por NUTS III, em 2011, em Portugal As mais reduzidas densidades populacionais em Portugal registam-se: Na generalidade das ilhas dos Açores, sobretudo nos grupos Ocidental e Central, bem como Santa Maria, no grupo Oriental.

10 CONTRASTES NA DISTRIBUIÇÃO DA POPULAÇÃO NO TERRITÓRIO PORTUGUÊS FATORES Naturais ClimaRelevoSolos Humanos Acessibilidade Dinamismo económico e social Mobilidade da população Fatores que explicam os contrastes na densidade populacional em Portugal

11 CONTRASTES NA DISTRIBUIÇÃO DA POPULAÇÃO NO TERRITÓRIO PORTUGUÊS LISBOA 1 – Clima SERRA DA ESTRELA Atrativo no litoral: - temperaturas mais amenas e maior disponibilidade de água, são atrativos à fixação da população. Repulsivo no interior: - invernos mais frios e os verões mais quentes, são repulsivos à fixação da população. FATORES NATURAIS

12 CONTRASTES NA DISTRIBUIÇÃO DA POPULAÇÃO NO TERRITÓRIO PORTUGUÊS OLIVAL NO ALENTENJO 2 – Relevo SERRA DA ESTRELA Atrativo nas áreas mais planas: - favorecem a fixação da população e das atividades económicas; - geralmente os solos mais férteis encontram-se nas áreas mais planas. Repulsivo nas áreas de maior altitude e de declive mais acentuado: - dificultam a fixação da população e o desenvolvimento de atividades económicas; - nas áreas montanhosas e com mais declive, os solos, geralmente, são mais pobres. FATORES NATURAIS

13 CONTRASTES NA DISTRIBUIÇÃO DA POPULAÇÃO NO TERRITÓRIO PORTUGUÊS PORTO E VILA NOVA DE GAIA 1 – Mobilidade da população ALDEIA DE PIODÃO, ARGANIL No litoral, nas áreas urbanas: - a chegada de população contribuiu para o seu aumento e rejuvenescimento, para a sua expansão urbana e aparecimento de apoio e para um maior dinamismo socioeconómico. No interior, nas áreas rurais: - saída de população jovem e adulta em idade de procriar e trabalhar provocou o decréscimo demográfico, o envelhecimento da população e um menor dinamismo socioeconómico. FATORES HUMANOS

14 CONTRASTES NA DISTRIBUIÇÃO DA POPULAÇÃO NO TERRITÓRIO PORTUGUÊS PORTO DE LISBOA 2 – Atividades económicas CASTRO LABOREIRO, MELGAÇO No litoral: - é mais atrativo à fixação das atividades económicas dos setores secundário e terciário sendo, por isso, mais favorável à criação de emprego e de riqueza, promovendo a atração e fixação da população. No interior: - com o desenvolvimento industrial e um setor terciário mais modesto, está ainda muito dependente da agricultura, oferecendo na generalidade, escassas ofertas de emprego fora do setor primário. FATORES HUMANOS

15 CONTRASTES NA DISTRIBUIÇÃO DA POPULAÇÃO NO TERRITÓRIO PORTUGUÊS PONTE 25 DE ABRIL EM LISBOA 3 – Acessibilidades LINHARES DA BEIRA No litoral: - apresenta uma melhor e mais densa rede de transportes, o que tem favorecido a crescente urbanização, a concentração das atividades económicas e da população. No interior: - apesar de algum investimento na construção de vias de comunicação nas últimas décadas, muitas regiões do interior continuam com bastantes problemas de acessibilidade não se conseguindo fixar de forma sustentada atividades económicas e população. FATORES HUMANOS

16 CONTRASTES NA DISTRIBUIÇÃO DA POPULAÇÃO NO TERRITÓRIO PORTUGUÊS Geografia – 8º ano


Carregar ppt "CONTRASTES NA DISTRIBUIÇÃO DA POPULAÇÃO NO TERRITÓRIO PORTUGUÊS Geografia – 8º ano."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google