A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ORIENTAÇÃO TÉCNICA “ALFABETIZAÇÃO MATEMÁTICA” Mônica Nery PCNP – Anos Iniciais

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ORIENTAÇÃO TÉCNICA “ALFABETIZAÇÃO MATEMÁTICA” Mônica Nery PCNP – Anos Iniciais"— Transcrição da apresentação:

1 ORIENTAÇÃO TÉCNICA “ALFABETIZAÇÃO MATEMÁTICA” Mônica Nery PCNP – Anos Iniciais Email: monicanery@prof.educacao.sp.gov.brmonicanery@prof.educacao.sp.gov.br Fabiana Peca PCNP – Educação Especial Email: bianapeca@gmail.combianapeca@gmail.com decarapicuiba.educacao.sp.gov.br SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO Diretoria de Ensino de Carapicuíba Rua: Campo Grande, 181, Cohab II, FONE: 4185-8200 Núcleo Pedagógico

2 PAUTA  Apresentação;  Objetivos;  Oficina 1: “Resgatando a memória matemática”;  Socialização;  Breve apresentação (Ler e Escrever/Orientações Curriculares/EMAI/Matriz de Avaliação Processual);  Café;  Teoria dos Campos Conceituais;  Oficina 2: “Preparando uma atividade interligada”;  Socialização;  Resolução SE. 46/2012;  Resolução SE. 73/2014;  Instrumentos reflexivos e avaliativos;  Sugestões;  Avaliação.

3 OBJETIVOS  Realizar um estudo sobre as estratégias metodológicas de matemática para o Ciclo de Alfabetização em conjunto com os documentos Oficiais;  Orientar os professores a respeito das Resoluções: SE. 46/2012 (dispõe sobre a formação em serviço); SE. 73/2014 (dispõe sobre a reorganização dos ciclos).

4 OFICINA 1 “Resgatando a memória matemática”  Como vocês aprenderam matemática?  Qual era a postura do professor?  Quais materiais eram utilizados?  Cite algumas atividades que vocês lembrarem.

5  Socialização

6  Atualmente...  Como vocês ensinam matemática?  Qual é a sua postura enquanto professor?  Quais materiais são utilizados?

7 Escrita de números

8

9 Registro da sondagem/diagnóstico da escrita dos números

10 E agora???? Como trabalhar para os alunos avançarem em suas hipóteses de aprendizagem de Matemática? Que material temos??

11 Sugestão...

12 Breve apresentação  Programa Ler e Escrever;  Orientações Curriculares;  EMAI;  Matriz de Avaliação Processual

13 Programa Ler e Escrever Resolução SE 86, de 19-12-2007 Instituído a partir do ano de 2008 com os seguintes objetivos: I – Alfabetizar, até 2010, todos os alunos com idade de até oito anos do Ensino Fundamental da Rede Estadual de Ensino; II – Recuperar a aprendizagem de leitura e escrita dos alunos de todas as séries do Ciclo I do Ensino Fundamental.

14 Programa Ler e Escrever Estado/Municípios DECRETO Nº 54.553 – D.O. de 16/07/2009 Institui o Programa de Integração Estado/Município para o desenvolvimento de ações educacionais nas escolas das redes públicas, autorizando a Secretaria da Educação a representar o Estado de São Paulo na celebração de convênios com a Fundação para o Desenvolvimento da Educação – FDE e municípios paulistas, tendo por objetivo a implementação do aludido programa.

15 Educação Matemática nos Anos Iniciais (EMAI)  Em 2012, foram construídas as primeiras versões dessas trajetórias com a participação direta de PCNP, PC e professores.  Com base nos relatórios elaborados por esses agentes, o material será reformulado para apoiar a continuidade do Projeto a partir de 2013.  Primeiras versões impressas em 2014 tiveram ações previstas até dezembro de 2014. (estudos)  Em 2015 – as escolas receberam na totalidade o material do EMAI

16 Material do Professor/Material do aluno

17 Trajetória Hipotética de Aprendizagem (THA)

18 Orientações Curriculares de Matemática

19 Expectativas de Aprendizagem (1º ao 6º ano) Bloco: Espaço e forma 6º ano Reconhecer elementos geométricos que podem caracterizar uma figura plana. 5º ano Compor e decompor figuras planas; 4º ano Identificar figuras poligonais e circulares nas superfícies planas das figuras tridimensionais; 3º ano Realizar a composição e a decomposição de figuras planas; 2º ano Identificar figuras planas explorando o quebra-cabeça; 1º ano Identificar e nomear algumas figuras planas;

20 Currículo e Aprendizagem Um Movimento em Espiral.

21 Apresentação  Matriz de Avaliação Processual / AAP 2016;  Oferece subsídios para professores e gestores.  Instrumentos de avaliação usados pela escola;  Permite uma perspectiva longitudinal.

22

23 TEORIA DOS CAMPOS CONCEITUAIS GÈRARD VERGNAUD "Na sala de aula, o professor até pode propor atividades, mas, se não souber como os alunos avançam, passo a passo, eles talvez compreendam o jogo proposto, porém não vão saber calcular."

24

25 OFICINA 2 “Preparando uma atividade interligada”

26 Em grupos, preparar uma aula de acordo com o tema que será proposto e apresentar para os demais participantes da orientação técnica.

27 Reorganização dos Ciclos RESOLUÇÃO SE. 46/2012 Dispõe sobre formação em serviço do Professor Educação Básica I, e dá providências correlatas Artigo 1º - Os docentes regentes de classe do segmento de 1º a 5º anos do ensino fundamental, interessados em ampliar sua formação profissional, com aprofundamento de conhecimentos, poderão, opcionalmente, a partir do corrente ano, fazer jus a mais 2 (duas) horas semanais de trabalho, para participar de ações e reuniões voltadas à melhoria da prática docente, previstas pelo Programa Ler e Escrever, com especial ênfase ao ensino da Matemática.

28 Reorganização dos Ciclos RESOLUÇÃO SE. 73/2014 I – Ciclo de Alfabetização (1º ao 3º ano) II – Ciclo Intermediário (4º ao 6º ano) III – Ciclo Final (7º ao 9º ano)Ensino Médio

29 Instrumentos reflexivos e avaliativos  Rotina semanal  Caderno de registro reflexivo ou “Diário de bordo”, com as atividades realizadas em sala de aula, reflexões do professor e rotina pedagógica;  Portfólio com os diagnósticos (ditado de números e resoluções de problemas) e as avaliações diagnósticas de Matemática, etc;  Caderno de formação do Horário de Trabalho Pedagógico Coletivo – A.T.P.C;  Fichas de Avaliação Individual e Diário de Classe.

30 Sugestões/Avaliação  Para dar continuidade ao estudo do EMAI, gostaríamos que vocês contribuíssem com sugestões para o desenvolvimento dos trabalhos para a próxima Orientação Técnica.

31 Referências  BRASIL. SEE- SP. Apontamentos sobre concepções que embasam o projeto educação Matemática nos anos iniciais EMAI. Assessoria e elaboração: Célia Maria Carolino Pires, São Paulo, fev. 2012.  BRASIL. SEE-SP. Resolução SE 73, de 29-12-2014. Dispõe sobre a reorganização do Ensino Fundamental em Regime de Progressão Continuada.  Matriz de avaliação processual: anos iniciais, língua portuguesa, matemática; encarte do professor/ Secretaria da Educação; coordenação Ghislene Trigo Silveira, Regina Aparecida Resek Santiago; elaboração, equipe curricular do Centro de Ensino Fundamental dos Anos Iniciais. São Paulo: SE, 2016  Orientações Curriculares e Didáticas de arte para o ensino fundamental anos iniciais – 1º ao 5º ano/ SE, CGEB; coordenação geral, Carlos Eduardo Povinha, Roseli Ventrella; textos, Maria Terezinha Teles Guerra...[ET AL.] - São Paulo: SE, 2015 Parâmetros curriculares nacionais : matemática / Secretaria de Educação Fundamental. – Brasília : MEC/SEF, 1997.  Web site http://lereescrever.fde.sp.gov.br/ http://lereescrever.fde.sp.gov.br/Handler/ExibImagem http://focoaprendizagem.educação.sp.gov.br/

32


Carregar ppt "ORIENTAÇÃO TÉCNICA “ALFABETIZAÇÃO MATEMÁTICA” Mônica Nery PCNP – Anos Iniciais"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google