A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Clique para editar o título mestre. Curso de Patologia Renal Anno II Igor Pietrobom Preceptor da Residência em Clínica Médica e Nefrologia da EPM Comitê.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Clique para editar o título mestre. Curso de Patologia Renal Anno II Igor Pietrobom Preceptor da Residência em Clínica Médica e Nefrologia da EPM Comitê."— Transcrição da apresentação:

1 Clique para editar o título mestre

2 Curso de Patologia Renal Anno II Igor Pietrobom Preceptor da Residência em Clínica Médica e Nefrologia da EPM Comitê de Jovens Nefrologistas da SBN 11/04/16 Arteriosclerose no contexto de HAS, DM e Idosos

3 Fisiopatologia

4

5 Idoso e Aterosclerose Massa renal declina com a idade Compensação por néfrons – reserva funcional Envelhecimento normal: Glomerular – Redução da TFG 0,8-1 mL/ano > anos Glomerulomegalia e redução da densidade glomerular Glomerulosclerose Espessamento e aumento da permeabilidade da MBG Aumento da matriz mesangial Tubular - Déficit de concentração e diluição e Redução da capacidade de acidificação FI + AT Redução do número, volume e extensão Arteriosclerose - Redução do FSR Paucidade arteriolar cortical – shunt medular Arteríolas aglomerulares

6 Índice de Esclerose Glomerular [(Idade/2) – 10]

7 HAS e Aterosclerose Espessamento da parede vascular – média Depósitos hialinos arteríolas – Lesão endotelial Fibrose intimal Glomerulopatia focal isquêmica Enrugamento e espessamento da MBG Esclerose glomerular, segmentar/global Obsolescente x Solidificante e APOL1 Expansão da lamina rara interna na ME FI e AT proporcionais a GS

8 HAS e Aterosclerose

9

10

11 DM e Aterosclerose Glomerulomegalia – Hiperfiltração glomerular Inibidores do SGLT2 Espessamento da MBG e MBT – Albuminúria IECA/BRA Expansão da matriz mesangial – difusa x nodular Anti-proliferativos? IF linear para IgG, Kappa e Lambda e Albumina

12 DM e Aterosclerose

13

14 Clique para editar o título mestre “Os olhos são janela para a alma” O RIM

15 Mecanismos fisiopatológicos em comum: Aterosclerose, estresse oxidativo, disfunção endotelial, inflamação, disfunção SRAA, polimorfismo genético, Klotho Olho e Rim

16 Fonte: VigiTel – Ministério da Saúde (2015) Epidemiologia

17 Prevalência estimada de DRC - 15 milhões

18

19 Oftalmologistas no Brasil Especialistas em Clínica Médica 3813 Nefrologistas - 1,9/ hab Sudeste 2035 (53,4%)

20 Fundoscopia Hipertensão Arterial Avaliação inicial e anualmente Diabetes Mellitus tipo 2 Ao diagnóstico e no mínimo anualmente

21 Um pouco de matemática... ~ 30 % da população HAS + DM = 60 milhões + 15 milhões DRC ~ 75 milhões de fundoscopias/ano Para ~ médicos ~1200 pacientes/ médico ~ 210 dias de trabalho (descontados férias) 5,7 pacientes / dia

22

23 Porque não fazemos?

24 Hipertensão Arterial Sistêmica

25 HAS acelerada-maligna

26 Nefropatia e Retinopatia Diabética “Micro dura chama algodão de rosa”

27 Nefropatia diabética

28 Correlação entre ND e RD DM1 – Início entre 3-5 anos; ~ 100% com 20 anos de doença DM2 – 50-80% em 20 anos

29 Biópsia renal em diabéticos FAVORECEM OUTRA NEFROPATIA: Ausência de Retinopatia Progressão rápida da DRC (>4-5mL/min/ano) Proteinúria ou síndrome nefrótica de início súbito Sedimento urinário ativo Suspeita de doença sistêmica FAVORECEM NEFROPATIA DIABÉTICA: Retinopatia Neuropatia Duração de doença > 10 anos

30 Estudo coorte de biópsias renais em 2011 ¼ Biópsias renais do serviço – 620 Pacientes DM2 Duração < 5 anos + Proteinúria subnefrótica: Lesão Renal Aguda, ↓complemento, Hipergama → Favorecem DRND Duração > 12 anos – Favoreceu ND

31 DRND isolada – 36% x ND isolada 37% - GESF secundária(22%) - NTA(18%) - Nefroesclerose HAS(17%) - IgA (11%), GNM(8%), GN pauci-imune(7%) ND + DRND – 27% - NTA (43%) - Nefroesclerose HAS (19%) - GESF secundária (13%) - IgA (7%)

32 Correlação entre retinopatia e mortalidade geral e cardiovascular Correlação entre retinopatia e déficit cognitivo

33 DRC e doença microvascular da retina Diâmetro do vaso e DCV – Idosos, HAS, DM2, dislipidemia, tabagismo DRC – TFG< 45 correlação com alteração microvascular na retina mesmo em pacientes sem HAS/DM2 estreitamento arteriolar e dilatação venular, com redução da relação A/V

34 Obrigado!


Carregar ppt "Clique para editar o título mestre. Curso de Patologia Renal Anno II Igor Pietrobom Preceptor da Residência em Clínica Médica e Nefrologia da EPM Comitê."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google