A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

DE – Leste 2 Núcleo Pedagógico- Anos Iniciais/2016 Educação Matemática nos Anos Iniciais – EMAI 22 de Março de 2016.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "DE – Leste 2 Núcleo Pedagógico- Anos Iniciais/2016 Educação Matemática nos Anos Iniciais – EMAI 22 de Março de 2016."— Transcrição da apresentação:

1 DE – Leste 2 Núcleo Pedagógico- Anos Iniciais/2016 Educação Matemática nos Anos Iniciais – EMAI 22 de Março de 2016

2 “ A Matemática, quando a compreendemos bem, possui não somente a verdade, mas também a suprema beleza.” Russel

3  Contribuir para o estudo do Coordenador Pedagógico sobre a Educação Matemática, sua formação profissional e desenvolvimento de resolução de problemas como estratégias de trabalho com os alunos.  Apresentar o Projeto Educação Matemática nos Anos Iniciais – EMAI  Retomar a concepção de Trajetória Hipotética de Aprendizagem. Objetivos

4  Analisar a matriz de Avaliação Processual – Anos Iniciais/Matemática.  Propor ações internas da Jornada da Matemática;  Contribuir para o estudo do material do Roteiro de Avaliação Diagnóstica de Conhecimentos Matemáticos.

5 Projeto - EMAI Educação Matemática nos Anos Iniciais

6 O Projeto EMAI teve início em 2012 e abrange cerca de professores dos anos iniciais da rede estadual paulista, ou seja, em torno de 85% do número total de docentes. O Projeto EMAI...

7 Grupos Colaborativos de Estudo

8 O Projeto EMAI propõe como ação central a constituição de Grupos de Educação Matemática dos Anos Iniciais nas escolas, usando o horário destinado a atividades pedagógicas coletivas, com reuniões semanais de 2 horas/aula de duração. A SEE-SP editou resolução específica no sentido de garantir a participação dos professores nessas reuniões. Grupos Colaborativos de Estudo Resolução SE Nº 46/2012 Dispõe sobre formação em serviço do Professor Educação Básica I, e dá providências correlatas do Projeto EMAI. Grupos Colaborativos de Estudo

9 Esses Grupos de Estudo, constituídos como grupos colaborativos, são organizados pelo Professor Coordenador (PC) de anos iniciais, com atividades conduzidas com a participação dos próprios professores. A principal meta do EMAI é a de que as escolas se consolidem como lugares de formação, de inovação, de experiência e de desenvolvimento profissional, de pesquisa e de reflexão crítica. Grupos Colaborativos de Estudo

10 Neste início de 2016 é importante retomar os Grupos colaborativos nas escolas, visando a: Organizar agenda e pautas de reunião. Apoiar os professores a elaborarem seu planejamento. Fazer a leitura e discussão antecipada das atividades e resolver dúvidas de conteúdo ou de questões didáticas. Grupos Colaborativos de Estudo

11 Socializar observações realizadas durante o desenvolvimento das aulas (pelo uso de vídeos ou de relatos). Analisar protocolos de alunos discutindo procedimentos, aprendizagens e eventuais dificuldades. Compartilhar experiências de trabalho bem sucedidas e desafios a serem superados. Grupos Colaborativos de Estudo

12 Material de apoio

13 Bloco temáticoReferências adotadas Números Naturais e Sistema de Numeração Decimal Fayol, Lerner, Sadovsky, Kamii, Pires, Curi. OperaçõesVergnaud, Franchi, Parra, Pires, Curi. Espaço e Forma Piaget, Van Hiele, Parzysz, Clements, Sarama, Pires, Curi. Grandezas e MedidasRogalski, Chamorro, Heraud, Douady. Tratamento da Informação Crossen, Curcio, Cardeñoso, Azcárate, Batanero, Godino. Números Racionais Kieran, Post, Behr, Lesh, Duval. Principais autores usados como referência para a construção do Material EMAI.

14 Conhecimento do professor Avaliação do conhecimento dos alunos Realização interativa das atividades de sala de aula Trajetória Hipotética de Aprendizagem Objetivos do professor para a aprendizagem dos alunos Plano do professor para atividades de ensino Hipóteses do professor sobre o processo de aprendizagem dos alunos THA – Trajetória Hipotética de Aprendizagem

15 O professor e sua matemática O professor, a reflexão, a crítica e o desenvolvimento profissional O professor e a avaliação O professor, a gestão da sala e a interação dos alunos O professor e o seu conhecimento sobre os alunos O professor e o seu conhecimento sobre Educação Matemática O professor e suas teorias de aprendizagem O professor e sua visão de currículo de Matemática

16 Com base nesses estudos, o GRM elaborou um plano de atividades, composto de 8 unidades para cada ano da escolaridade, previstas para serem realizadas cada uma delas, no período de 1 mês. Cada unidade é constituída em média por 4 sequências com 5 atividades cada, totalizando uma média de 180 atividades por ano.

17 Estrutura do material Expectativas de aprendizagem Atividade Conversa inicial Problematização Observação/ Intervenção Material do aluno Material formativo Leitura fundamental

18 Formação docente

19  As formações que ocorrem nos grupos colaborativos nas escolas são apoiadas pelo grupo de PCNPs dos Anos Iniciais da Diretoria de Ensino, que oferecem formação e acompanhamento nas escolas e oficinas de trabalho.  Também foi organizado um Curso na modalidade EaD denominado "Educação Matemática nos Anos Iniciais", com módulos relativos a cada tema curricular do EMAI. Formação docente

20 Um importante avanço do Projeto EMAI foi o de se buscar alternativas de formação do professor tendo como referência a sua prática cotidiana, o apoio de material para estudo e as possibilidades de participar de grupo de estudo colaborativo na escola. Esses são ganhos indiscutíveis. Acompanhamento e avaliação do Projeto EMAI

21 Questões para Socialização: 1. Quais são os procedimentos importantes para o professor trabalhar com as atividades sugeridas no material? 2.Quais materiais os professores podem pesquisar sobre as expectativas de aprendizagem que se pretende alcançar nas atividades sugeridas aos alunos? 3.Cada trajetória traz uma reflexão sobre as hipóteses das crianças, quais outros procedimentos o material oferece para ajudar o professor no processo de ensino e aprendizagem?

22 Jornada da Matemática A Jornada da Matemática consiste em uma Gincana/Concurso entre classes ou alunos. Objetivo: A Jornada da Matemática tem por objetivo criar, na sala de aula, um contexto favorável à aprendizagem das diversas modalidades de cálculo e resolução de problemas para todas os alunos do ensino fundamental. Proposta para 2016: Envolvimento de todos os alunos da comunidade escolar, 1º ao 5º Ano.

23 ROTEIRO DE AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA DE CONHECIMENTOS MATEMÁTICOS Para o ano de 2016 sugerimos que: Os professores realizem as mesmas atividades do Roteiro de Avaliação Diagnóstica a cada três meses (duas no 1º semestre e uma no 2º semestre). Roteiro de Avaliação Diagnóstica de Conhecimentos Matemáticos: uma série de atividades para serem realizadas a cada três meses. Objetivo: Ajudar os professores a conhecerem seus alunos e, em particular, buscar indícios sobre seus conhecimentos matemáticos no decorrer do ano letivo.

24 Boa Tarde!!!


Carregar ppt "DE – Leste 2 Núcleo Pedagógico- Anos Iniciais/2016 Educação Matemática nos Anos Iniciais – EMAI 22 de Março de 2016."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google