A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Perspectiva Bíblica Revda. Suely Xavier dos Santos Faculdade de Teologia Encontro Nacional de Capacitação para Mulheres SBC, 14 de junho de 2013.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Perspectiva Bíblica Revda. Suely Xavier dos Santos Faculdade de Teologia Encontro Nacional de Capacitação para Mulheres SBC, 14 de junho de 2013."— Transcrição da apresentação:

1 Perspectiva Bíblica Revda. Suely Xavier dos Santos Faculdade de Teologia Encontro Nacional de Capacitação para Mulheres SBC, 14 de junho de 2013

2 Onde surgiu a Bíblia? Como surgiu a Bíblia? Como a Bíblia chegou até nós? Como usamos o texto?

3 O Palco da história bíblica é o Antigo Oriente Médio; Tradição oral versus tradição escrita; Nome: Bíblia (Antigo e Novo Testamentos); A intenção do texto bíblico; Formação da Bíblia;

4 No tempo: milhares de anos atrás (1.200 a.C. até 150 d.C.) No espaço: geograficamente, milhares de quilômetros nos separam (ao mesmo tempo o tamanho da Terra Santa na época era de aproximadamente 130 km x 240 km).

5

6 Foi escrita nas línguas: Hebraica Grega Aramaica.

7

8 “Como o abrir-se da represa, assim é o começo da contenda; desiste, pois, antes que haja rixas.” (Pv 17.14)

9

10 “ No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus.” (Jo 1.1)

11

12

13  A fé bíblica se expressa numa forma diferente da nossa.

14  Antigo Testamento: 39 Livros  Novo Testamento: 27 livros  Total de 66 livros (para os Protestantes)  Total de 73 livros (para os Católicos

15 ANTIGO TESTAMENTO Primeiro estágio Composição oral. Local: casas, nos portões das cidades, festas da roça, etc. Segundo estágio Transmissão oral. Local: nos lugares de culto, nas festas, etc (pelos cantores, sábios.

16 Terceiro estágio Fixação por escrito Local: nos lugares de culto das províncias, corte em Jerusalém etc (pelos escribas) Quarto estágio Organização dos textos (redação ou pré- canonização). Local: Sinagoga e Templo (no período pós-exílico), pelos escribas e sacerdotes

17 Quinto estágio: Canonização Local: o texto final da Bíblia Hebraica foi conseguido, no século I d.C., através de árduas discussões entre os líderes judeus.

18 NOVO TESTAMENTO Primeiro estágio Composição oral Local: casas, Templo, festas, caminho etc. Segundo estágio Transmissão oral Local: Igrejas nascentes do 1º. e 2º. séculos depois de Cristo

19  Terceiro estágio  Fixação por escrito  Local: comunidades cristãs nascentes, prisões, caminho, pelos seguidores de Jesus  Quarto estágio  Organização e Canonização dos textos e definição do Cânon do NT por eliminação  Local: Concílios da Igreja por volta do século IV d.C., através da idéia de Cânon que começou a aparecer em d.C. Por volta do século IV, a grosso modo, no Oriente e no Ocidente fecha-se o segundo Cânon Bíblico, NT.

20  Nestes estágios de composição verifica-se que: O texto bíblico surge da vida das pessoas comuns da época; não é um tratado sobre teologia, mas uma expressão da relação entre ser humano e Deus.

21 1. Para que insistir no Antigo, quando o Novo já chegou?  Para os cristãos, Cristo era, e ainda é, ao mesmo tempo, realidade presente e futura. Era profecia já realizada e promessa a ser realizada ainda.

22  Jeremias 32.14: Assim diz o SENHOR dos Exércitos, o Deus de Israel: Toma esta escritura, esta escritura da compra, tanto a selada como a aberta, e coloca-as num vaso de barro, para que se possam conservar por muitos dias;  2 Coríntios 4.7: Temos, porém, este tesouro em vasos de barro, para que a excelência do poder seja de Deus e não de nós.

23

24

25  Para dar “razão à fé”  No cotidiano, pois a leitura do texto Sagrado orientam às situações concretas em que vive o ser humano.

26 Bíblia Contexto Igreja 1. Acercar-se da realidade da Bíblia 2. Escutar a realidade da Bíblia 3. Examinar a realidade da Bíblia 4. Fazer nova leitura 5. Adotar nova perspectiva 6. Empreender nova ação 7. Novas histórias (nova realidade)

27  Pregação  Liturgia  Estudo Bíblico  Escola Dominical  Culto nos lares  Devocionais  Meditações

28  Visitas pastorais  Boletins  Artigos  Blogs e Sites  Programas de Rádio e Televisão  E outros

29  Neste sentido a Bíblia:  Está no cotidiano  Responde a questões de fé  Orienta a fé  Procura promover a vida.

30 Experiência Tradição Razão BíbliaBíblia Criação Quadrilátero wesleyano

31  Wesley dizia que era homem de um livro só.  Valorizava o estudo da bíblia, especialmente pelos pregadores e pregadoras.

32  Alfabeto hebraico 


Carregar ppt "Perspectiva Bíblica Revda. Suely Xavier dos Santos Faculdade de Teologia Encontro Nacional de Capacitação para Mulheres SBC, 14 de junho de 2013."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google