A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Atletismo Educação Física 2010-2011. ATLETISMO O Atletismo é a base fundamental para qualquer desporto. Nele se misturam as corridas, os saltos e os lançamentos,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Atletismo Educação Física 2010-2011. ATLETISMO O Atletismo é a base fundamental para qualquer desporto. Nele se misturam as corridas, os saltos e os lançamentos,"— Transcrição da apresentação:

1 Atletismo Educação Física 2010-2011

2 ATLETISMO O Atletismo é a base fundamental para qualquer desporto. Nele se misturam as corridas, os saltos e os lançamentos, com as diferentes componentes técnicas. O Atletismo foi dos primeiros desportos a ser praticado pelo Homem e a ter honras de competição. As actividades que o constituem são naturais ao ser humano, sempre fizeram parte do seu dia-a-dia.

3 História do Atletismo É um desporto muito antigo, senão mesmo o mais antigo. Já na antiga Grécia era praticado, embora de uma forma diferente da actual. Não havia tantas provas como há hoje e grande parte delas eram constituídas por corridas, tais como: a corrida simples (correr 192,27 metros), a corrida dupla (diaulo) e a corrida dos doze comprimentos (dólico). Havia igualmente a prova do salto em extensão e a do lançamento do disco.

4 ATLETISMO O Atletismo é uma modalidade desportiva que engloba corrida, lançamentos e saltos. De um modo geral, o Atletismo é praticado em estádios, com excepção de algumas corridas de longa distância, praticadas em vias públicas ou no campo, como a maratona.

5 Pistas de Atletismo

6 Diferentes Provas Actualmente as principais disciplinas de atletismo são: corrida, lançamentos, saltos e provas combinadas. A corrida pode ser dividida em 3 tipos de provas: velocidade, meio-fundo e fundo. Exemplos dessas provas são a corrida de 100m, 3000m e a Maratona respectivamente. Este tipo de provas também pode assumir outras classificações, dependendo das características das mesmas, como é o caso das corridas de barreiras, estafetas (em equipa) ou obstáculos.

7 PROVAS DE VELOCIDADE: Até 400m PROVAS DE MEIO-FUNDO: 800 - 3000m PROVAS DE FUNDO: a partir de 5000m

8 Os lançamentos podem ser divididos em 4 provas: lançamento do peso, martelo, dardo e disco. Os saltos são igualmente divididos em 4 provas: salto em comprimento, salto à vara, salto em altura e triplo salto. As provas combinadas contemplam o decatlo (para os homens) e o heptatlo (para as mulheres). Tal como o próprio nome indica, combina as 3 disciplinas constituintes do atletismo: corrida, saltos e lançamentos.

9

10 Salto em comprimento Corrida de Balanço: Realizar uma corrida progressivamente acelerada, com um ritmo crescente até à chamada. Correr com os ombros relachados, e com uma acção energética dos membros superiores.

11 Chamada: Realizar a chamada com apoio total da superfície plantar do pé. Realizar um movimento de extensão activa das articulações do pé, joelho e anca. Manter o tronco próximo da vertical, a cabeça levantada e os membros superiores/ombros a actuar de forma rápida, coordenada e alternada com os membros inferiores.

12 Voo (técnica salto na passada): Manter o olhar dirigido para a frente. Posicionar os M.Inferiores de forma elevada e o mais para a frente possível, flectindo o tronco sobre estes e aproximanto as mãos dos pés. Recepção: Amortecer a queda através da flexão dos joelhos após o toque dos calcanhares, permitindo deslizar sobre o local de contacto.

13 Corrida de Barreiras Principais corridas: Homem: 60m (indoor); 110m; 400m Mulheres: 60m (indoor); 100m; 400m

14 Aproximação à 1º Barreira: Acelerar progressivamente a corrida. Aumentar a amplitude da passada até ao último passo.

15 Chamada: Apoiar o pé da perna de impulsão no eixo da corrida. Simultaneamente, a outra perna efectua o ataque à barreira, movendo-se para cima e para a frente. Inclinar o tronco de modo a ficar no prolongamento da perna de impulsão. A cintura e os ombros devem estar no sentido da corrida. A perna de impulsão só deixa o contacto com o solo depois da sua extensão.

16 Transposição: Flectir o tronco sobre a perna de ataque, com a ajuda do braço do lado oposto desta. Afastar lateralmente (abdução) a perna de impulsão na passagem da barreira e levar o braço do mesmo lado, na direcção do pé da perna de ataque. Recepção: Alongar a perna de ataque para a frente e para baixo, procurando o solo, facilitando a acção do corpo para a corrida entre barreiras.

17 Corrida entre Barreiras: O ritmo entre barreiras é de importância capital. O número de apoios deve permitir a passagem das barreiras sem modificar o ritmo e com uma regularidade precisa.

18 Lançamento do Peso Preparação: Apoiar o peso na base dos dedos. Colocar o peso junto à mandíbula, por baixo do queixo, pressionando contra este, estando o braço flectido pelo cotovelo em tensão. Colocar os pés em linha, um atrás do outro, concentrando o peso do corpo sobre a perna (do braço que lança), que se encontra flectida pelo joelho.

19 Deslize: Elevar a perna de balanço, flectindo a de impulsão. Efectuar um movimento rápido de extensão à retaguarda da perna apoiada. Procurar um deslocamento rápido e rasante pelo calcanhar. Rodar os pés na direcção do arremesso.

20 Arremesso: Transferir o peso do corpo da perna de impulsão para a perna de balanço. Rodar a bacia para a frente, através da extensão da perna de balanço. Efectuar a extensão de todas as articulações do corpo, tornozelo, joelho, cintura, ombro e braço de forma explosiva.

21 FIM


Carregar ppt "Atletismo Educação Física 2010-2011. ATLETISMO O Atletismo é a base fundamental para qualquer desporto. Nele se misturam as corridas, os saltos e os lançamentos,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google