A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A interdisciplinaridade em projetos e sequências didáticas Eliana Magalhães Fernandes 1º ano.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A interdisciplinaridade em projetos e sequências didáticas Eliana Magalhães Fernandes 1º ano."— Transcrição da apresentação:

1

2 A interdisciplinaridade em projetos e sequências didáticas Eliana Magalhães Fernandes 1º ano

3

4 Discussão inicial... O que é sequência didática e projeto didático? Qual é a importância dessa modalidade de ensino para o ciclo inicial do Ensino Fundamental? Qual a diferença entre estas duas modalidades de ensino?

5 O conhecimento não pode ser tratado de maneira compartimentada e fragmentada...

6 ...pois no mundo os diversos saberes apresentam-se de maneira integrada.

7 As diversas áreas do conhecimento são todas peças de um mesmo quebra-cabeça...

8 Artigo 210 da Constituição Federal de 1988:. Maior atenção aos conteúdos mínimos do E.F., visando assegurar a formação básica comum e o respeito aos valores culturais e artísticos nacionais e regionais. Bases legais - Currículo

9  Parâmetros Curriculares Nacionais - séries iniciais do Ensino Fundamental ( ):. Subsídio para reflexões e tentativas de reformulações nesse sentido.  Implantação do Ensino Fundamental de 9 anos:. Reacendem e assumem relevância e prioridade as discussões acerca das Diretrizes Curriculares Nacionais

10 -> Maior finalidade do MEC: promover a discussão sobre a concepção de currículo e seus desdobramentos.

11 Expressões recorrentes nas propostas curriculares nacionais “INTERDISCIPLINARIDADE”  “TEMAS TRANSVERSAIS”  “CONTEXTUALIZAÇÃO”

12 ... constitui algo de extrema relevância e tal concepção propicia a concordância de que o tempo escolar não deve ser dividido por áreas de conhecimento. O desejo é a integração dessas diferentes áreas. Uma abordagem interdisciplinar...

13 Papel da escola Esforço coletivo para organizar tempos pedagógicos de forma a se estabelecer prioridades que atendam às crianças, seus interesses e curiosidades em torno dos diversos campos do saber. A organização pedagógica deve ser flexível e aberta ao novo e ao imprevisível. (Corsino, 2007 )

14 Desafios do alfabetizar letrando:  Pensar temas e conteúdos;   Definir metodologias relacionadas às diversas áreas de conhecimento, articulando-as e pondo em destaque o papel dos diversos eixos da língua numa perspectiva de letramento:  Análise linguística, incluindo o SEA;  Produção de texto;  Leitura;  Oralidade.

15 É importante que as crianças participem de experiências variadas envolvendo leitura e escrita, por meio da diversidade de gêneros textuais que integrem diversas áreas de conhecimento e que paralelamente desenvolvam as capacidades exigidas para uma compreensão e apropriação do SEA. Concluindo...

16 Modalidades Organizativas do Trabalho Pedagógico ATIVIDADE PERMANENTE 1 Situações didáticas propostas com regularidade diária, semanal ou quinzenal que objetiva uma familiaridade maior com um gênero textual, um assunto/tema de uma área curricular, de modo que os estudantes tenham a oportunidade de conhecer diferentes maneiras de ler, de brincar, de produzir textos, de fazer arte, etc.

17 SEQUÊNCIA DIDÁTICA 2 As sequências didáticas são um conjunto de atividades ligadas entre si, planejadas para ensinar um conteúdo, etapa por etapa. Organizadas de acordo com os objetivos que o professor quer alcançar para a aprendizagem de seus alunos, elas envolvem atividades de aprendizagem e avaliação.

18

19 A Sequência Didática: 1.Trabalha com os conhecimentos prévios dos alunos; 2. Permite a interação de conhecimentos; 3. Promove uma aprendizagem significativa. 4. Desenvolve habilidades e competências, mas não fornece, necessariamente um produto final predeterminado.

20 As sequências didáticas podem e devem ser usadas em qualquer disciplina ou conteúdo, pois auxiliam o professor a organizar o trabalho na sala de aula de forma gradual, partindo de níveis de conhecimento que os alunos já dominam para chegar aos níveis que eles precisam dominar.

21 ETAPAS DA SEQUÊNCIA DIDÁTICA

22

23 POR QUE TRABALHAR COM PROJETOS?  As atividades realizadas tem maior significado para os alunos, pois estão articuladas visando a um “produto final”, que é desejado e compartilhado por todos.  A perspectiva de alcançar um produto final é direcionadora e gera maior motivação e interesse.

24 POR QUE TRABALHAR COM PROJETOS?  Resulta numa aprendizagem significativa e prazerosa, pois tem relação com sua vida, é desafiador e promove ampliação de conhecimentos.  Promove o estabelecimento de estratégias de organização e distribuição de tarefas, bem como de administração de espaço e tempo, em função das etapas previstas.

25 Estimula os alunos a fazerem escolhas e comprometerem-se com suas escolhas, assumindo responsabilidades. Possibilita a realização de um trabalho coletivo e interdisciplinar, serão tratadas apenas as áreas de conhecimento que naturalmente se integram aos objetivos pretendidos, considerando-se o produto final que se deseja alcançar.

26 CARACTERÍSTICAS DO PROJETO DIDÁTICO Produto final, que concretiza as ações dos estudantes; Participação das crianças em todas as etapas do trabalho (planejamento, realização, avaliação); Divisão do trabalho, com responsabilização individual e coletiva.

27 CARACTERÍSTICAS DO PROJETO DIDÁTICO Estimula cooperação, com responsabilidade mútua. Estimula a autonomia e a iniciativa. Exige produção autêntica, resultante das decisões tomadas. Contempla a divulgação dos trabalhos.

28

29 NOITE CULTURAL CONCURSO REDAÇÃO CAMINHADA MEIO AMBIENTE PROFESSOR DESTAQUE VESTIVAL DE ATLETISMO JEM´S INTERCÂMBIO ESPORTIVO PUBLICAÇÃO PROJETOS DE REDE:

30 CONSCIÊNCIA NEGRA GINCANA PROJETO AÇÃO DE GRAÇA CARAVANA DA LEITURA O DIA DA FAMÍLIA NA ESCOLA ATO DE RECONHECIMENTO DOS ALUNOS QUE SE DESTACAM NAS OLIMPÍADAS NACIONAIS PROJETOS DE REDE:


Carregar ppt "A interdisciplinaridade em projetos e sequências didáticas Eliana Magalhães Fernandes 1º ano."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google