A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Anatomia e Fisiologia I

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Anatomia e Fisiologia I"— Transcrição da apresentação:

1 Anatomia e Fisiologia I
Professora: Kely Maria Tecnóloga em Radiologia

2 Sistema Articular - Junturas
CONCEITO: União entre dois ou mais ossos. Esta união não tem a finalidade exclusiva de colocar os ossos em contato, mas também a de permitir a mobilidade.

3 Classificação As articulações possuem certos aspectos estruturais e funcionais em comum que permitem classifica- lá em três grandes grupos: FIBROSAS; CARTILAGINOSAS; SINOVIAIS.

4 Fibrosas: São aquelas em que o elemento que se interpõe às peças que se articulam é o tecido conjuntivo fibroso. A grande maioria delas se apresentam no crânio. A mobilidade nestas articulações é reduzida, embora o tecido conjuntivo permita uma certa mobilidade do crânio.

5 As Fibrosas podem ser classificadas:
SUTURAS: São encontradas entre os ossos do crânio. A maneira pela qual as bordas dos ossos articulados entram em contato é variável e podem ser classificadas em: SUTURAS PLANAS: União retilínea; SUTURAS ESCAMOSAS: União em faces ósseas ásperas;

6 Exemplo de Sutura Plana (Retilínea):
Osso do Nariz

7 Exemplo de Sutura escamosa (união de faces ósseas):
Osso parietal e osso temporal

8 Sutura Denteada Entre os ossos Parietais

9 SIDESMOSE O tecido também é fibroso, mas não ocorrem entre os ossos do crânio.

10 Exemplo : Sindesmose tíbio- fibular e Rádio- ulnar.

11 Articulações Cartilaginosas
Nesse grupo o tecido que se interpõe é cartilaginoso. Quando se trata de cartilagem hialina, temos as SINCONDROSES. Exemplo: articulação entre as costelas e esterno. Nas SÍNFISES a cartilagem é fibrosa. Exemplo: entre os púbis e o disco intervertebral. Em ambas a mobilidade é reduzida.

12 ARTICULAÇÃO CARTILAGINOSA- SINCONDROSES

13 ARTICULAÇÃO CARTILAGINOSA- SÍNFISE

14 ARTICULAÇÕES SINOVIAIS
As articulações sinoviais incluem a maioria das articulações do corpo. São o tipo mais comum e importante funcionalmente, possuem uma substância lubrificante, chamada de líquido sinovial. O principal meio de união é representado pela cápsula articular.

15 Articulação sinovial

16 Articulação Sinovial A cápsula articular, cavidade articular e o líquido sinovial são características da articulação sinovial.

17 Considerações sobre a Articulação Sinovial
Superfícies articulares e seu revestimento: Estas superfícies são revestidas de cartilagem hialina, que representa a porção do osso que não foi invadida por ossificação. Se apresentam lisas, polidas e de cor esbranquiçada.

18 ARTICULAÇÃO SINOVIAL- CARTILAGEM ARTICULAR

19 Articulação Sinovial 2. Cápsula articular Uma membrana conjuntiva que envolve a articulação sinovial. Apresenta duas camadas: a membrana fibrosa- externa e a membrana sinovial – interna. A primeira é mais resistente. A segunda é abundantemente vascularizada e inervada , sendo encarregada da produção do líquido sinovial.

20 ARTCULAÇÕES SINOVIAIS- CÁPSULA ARTICULAR

21 Articulação Sinovial 3. Discos e meniscos São formações fibrocartilagíneas com a função de adaptar melhor a superfície das articulações. Também possuem a função de amortecedor de impactos. Ex. Disco intra-articular são encontrados nas articulações esternoclavicular e temporomandibular. E menisco na articulação do joelho.

22 ARTICULAÇÕES SINOVIAIS- DISCO E MENISCO

23 Principais movimentos realizados no corpo humano
Movimento ocorre em torno de um eixo de movimento; A direção destes eixos é ântero- posterior, látero- lateral e longitudinal; A direção do eixo de movimento é sempre perpendicular ao plano no qual se realiza o movimento em questão.

24 Principais Movimentos
Movimentos Angulares: - Há diminuição ou aumento do ângulo entre o segmento que se desloca e o que permanece fixo. - Quando diminui há a flexão e quando aumenta há a extensão. No caso especifico do pé, não utilizamos os termos flexão e extensão, e sim, os termos dorsiflexão ou plantoflexão (flexão plantar).

25 MOVIMENTOS ANGULARES- FLEXÃO E EXTENSÃO

26 Movimentos do Corpo 2. Adução e Abdução: - Movimento no qual o segmento é deslocado em direção ao plano mediano (adução) ou em direção oposta(abdução). - Desenvolvem- se no plano frontal e seu eixo é ântero- posterior.

27 Abdução e adução

28 Movimentos do Corpo 3. Rotação
É o movimento em que o segmento gira em torno de um eixo longitudinal. Podemos diferenciar rotação medial e lateral. O movimento é feito no plano horizontal e o eixo é vertical.

29 Rotação

30 Classificação Morfológica das articulações sinoviais:
Plana: As superfícies articulares são planas ou ligeiramente curvas, permitindo um suave deslizamento entre elas. - Um exemplo característico é a articulação sacroíliaca. Outros exemplos são as articulações dos ossos do carpo e do tarso (que em conjunto, permitem uma mobilidade considerável).

31

32 Classificação Morfológica das articulações sinoviais:
2) Gínglimo(dobradiça): Movimentos de flexão e extensão. - Exemplo: articulação do cotovelo. - São monoaxiais (permitem apenas um grau de movimento).

33 Articulação do cotovelo- Gínglimo

34 Classificação Morfológica das articulações sinoviais:
3) Trocóide: Neste tipo, uma das superfícies articulares é cilíndrica, permitindo a rotação em um eixo único de movimento longitudinal ou vertical. - Um exemplo clássico é a articulação rádio-ulnar proximal, responsável pelo movimento de pronação e supinação do antebraço.

35 Articulação radio- ulnar- Trocóide

36 Classificação Morfológica das articulações sinoviais:
4) Condilar: Uma das superfícies articulares é elípticas; estas estruturas permitem flexão, extensão, adução, abdução, mas não a rotação. São biaxiais (permitem dois graus de movimento),e um exemplo é a articulação rádio cárpica e a ATM.

37 Articulação temporomandibular- Condilar

38 Classificação Morfológica das articulações sinoviais:
5) Em sela: A estrutura da superfície articular apresenta uma concavidade num sentido e convexidade em outro. A articulação carpometacárpica do 1º dedo é um exemplo disto. É considerada biaxial pois apesar de realizar a circundação, não realiza a rotação isoladamente.

39 Articulação carpo metacárpica- Em sela

40 Classificação Morfológica das articulações sinoviais:
6) Esferoide: Apresentam segmentos esferoides que se encaixam em receptáculos ocos. Este tipo de articulação permite os movimentos triaxiais(três graus de movimento). O ombro e o quadril permitem movimentos de rotação, circundação, flexão, extensão, adução e abdução.

41 Articulação do Ombro e Quadril

42 VAMOS ESTUDAR MEU POVO!!!!!


Carregar ppt "Anatomia e Fisiologia I"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google