A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Brasil A economia em ano de eleição Carlos Alberto Sardenberg Porto Alegre, 23 de novembro de 2013 www.sardenberg.com.br.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Brasil A economia em ano de eleição Carlos Alberto Sardenberg Porto Alegre, 23 de novembro de 2013 www.sardenberg.com.br."— Transcrição da apresentação:

1 Brasil A economia em ano de eleição Carlos Alberto Sardenberg Porto Alegre, 23 de novembro de 2013

2 Melhoramos? COMPARANDO COM QUEM? BRASIL INFLAÇÃO 1984/ % INFLAÇÃO 2002/12 87,8% Mas

3 COMPARANDO COM QUEM? INFLAÇÃO 2002/12 Alemanha 18,1% EUA 27,7% China 31,5% Brasil 87,8%

4 Comparando com quem? 2013GréciaEspanhaBrasil PIB-4,5%-1,6%2,4% Inflação01,6%5,9% Desemprego27,9%26,3%5,6%

5 Comparando com quem? 2013ChinaCoréia SulChileBrasil PIB7,5%2,8%4,5%2,4 Inflação2,6%1,7% 5,9 Desemprego4,1%3,0%5,7%5,6

6 2013 saiu pior que o esperado FOCUS 11/0114/11 Inflação 135,53%5,84% Inflação 145,505,91 PIB 133,202,50 PIB 143,602,10 Juros 137,2510,0 Juros 148,2510,25 Dolar dez 13R$ 2,072,27 Dolar dez 14 Desemprego 2,052,40 5,4% (09/13)

7 A grande desvalorização

8 Expectativas para o PIB

9 PIB %aa6.15,1-0,37,52,70,92,502,10 Inflação % aa4,55,94,35,96,505,84 5,91 Juros BC11,2513,758,7510,7511,07,2510,010,25 DLSP/PIB %43,938,842,939,136,535,234,55 Dolar dez R$1,802,341,741,691,802,022,272,40 Com externo US$ bi 40,024,725,220,329,818,01,208,0 IED- US$ bi34,645,125,948,575,065,360,0 Dívida Bruta % PIB 50,0 67,0 C/C - US$bi3,6-29,0-24,3-47,5-49,3-56,0-79,55-70,5 Mas, Ritmo de cruzeiro

10 Desemprego7,98,16,76,05,5 6,0 Varejo - % aa6,78,44,74,6 Indústria- %aa0,4-2,62,0 Juro real ex-ante Swap 360 dias 5,92,43,14,3 Risco Brasil Embi CDS103,4200,6 Déficit nominal2,03,3 2,62,5 4,54,0 Primário % PIB3,42,02,7 3,12,41,71,3 Mas, Ritmo de cruzeiro

11 MUNDO DIFÍCIL Mas saindo do buraco, pelos ricos 1.Dos anos dourados ao colapso financeiro 2008/09 2.Crise das dívidas públicas, dos bancos e do Euro – Grécia, Espanha, Itália e ….Chipre!! 3.Erupção nos países do petróleo/ 4.Japão – terremoto, tsunami e ameaça nuclear 5.Desaceleração da China – Nova liderança, novo modelo? 6.Desaceleração dos emergentes 7.Mas, a volta do Japão e, sobretudo, dos EUA e o rearranjo das moedas 8.Impasse político nos EUA....Orçamento/Teto da Dívida

12 PIB % ao ano Mundo-0,75,3 3,8 3,3 3,0 3,4 EUA-3,52,4 1,8 2,2 1,8 2,7 Japão-6,34, ,9 2,0 1,5 Zona do Euro-4,01,7 1,5 -0,5 -0,4 0,8 Alemanha3,5 3,0 0,9 0,9 2,0 Índia5,59,9 7,4 4,5 4,5 5,2 China8,510,4 9,2 7,8 7,5 7,0 Emergentes7,30 6,4 5,3 4,7 4,9 Am. Latina6,1 4,3 3,2 2,7 3,0 Brasil7,5 2,7 0,9 2,5 2,2 Recuperação e atrasos

13 Mas, Mundo Emergente em crescimento 1.População vai a 9 bilhões em 2050 – a cada ano, 40 milhões de pessoas entram na classe C, só na Ásia 2.Demanda crescente para alimentos (com restrição de produção) – preços altos 3.Demanda crescente de energia (mais gente nas cidades) 4.Demanda crescente de populações urbanas, de casas e transportes a eletrônicos e telecom 5.AL – 180 milhões de pobres (ou pessoas por entrar no mercado interno) 6.A questão da sustentabilidade

14 Por que melhoramos? Estabilidade macroeconômica Forte crescimento global China! Minérios/alimentos/petróleo

15 As Reformas VIRTUDES DA ESTABILIDADE Regime de metas de inflação com BC independente Responsabilidade fiscal Câmbio flutuante Privatizações Reformas microeconômicas Programas sociais/salário mínimo (desde 95)

16 Dólares! A inversão dos termos de troca Comodities e alimentos valiosos (Entre 2001 e 2011, para o Brasil, preços de exportação de bens primários cresceram 260%!Quantidade dobrou) Renda e importação de tecnologias etc..

17 US$ bi Exportação58,260,4160, Saldo 2,713,1 40,0 19,4 Reservas 35,9 37,8180, E O AGRONEGÓCIO SALVOU O PAÍS Entre 2001 e 2011 Preços de exportação de bens primários cresceram 260%! Quantidade dobrou!

18 Brasil/China ExportUS$ 1 bi44,341,2 ImportUS$ 1 bi32,734,2 O PESO DA CHINA

19 Brasil credor em dólares US$ bi D í vida P ú blica Externa 138,6 bi82,5 (76,7) Reservas 15,9 bi206,8 378,6 Dívida Externa Total 214,9198,4 317,8

20 Os emergentes credores e com Reservas internacionais

21 RESERVAS

22 Juros em queda

23 Estabilidade = crédito Mudança institucional: o consignado 2013

24 Crédito para casas e carros Habitacional R$ 300 bi/jan 13 Unidades mil Unidades mil

25 Estabilidade = negócios

26 Investimento – público e privado % do PIB América Latina média 24% Asia 30% China 40%

27 Ambiente de Negócios Chile.113. El Salvador 43 Peru.110. Costa Rica 45 Colombia.119. Nicaragua 48 México.124. Argentina 91. China.125. Honduras 103. Paraguai.130. Brasil 110. Costa Rica.132. India.139. Equador

28 Fazendo (desfazendo) negócios Iniciando negócio 122o. 121 Lidando c/licenças 107o. 131 Empregando pessoas 119o Registrando propriedades 110o. 109 Acesso ao crédito 84o. 104 Proteção aos investidores 64o. 82 Pagamento de impostos 137o. 156 Procedimentos de export/import 93o. 123 Cumprimento de contratos 106o. 116 Encerrando empresas 131o

29 Receita gov federal % do PIB 19,721,0 Despesas governo federal % do PIB 17,617,9 Investimento1,21,1

30 Carga tributária total % do PIB

31 O Que faz o governo? Estímulo ao consumo (redução de impostos, crédito mais barato (bancos públicos) (Funcionou uma vez) – mas agora o endividamento das famílias/renda chega a 45%, vindo de 35% in 2010 Estímulo ao Investimento – redução de impostos para setores, crédito subsidiado para alguns (Funcionou …. Para os escolhidos..) Redução da taxa de juros BC (e sobe agora?) Privatizações anunciadas (aeroportos, rodovias, ferrovias, portos) (E a Valec?!)

32 Equívocos do governo Visão estatista, de esquerda – acha que o governo deve e pode controlar tudo Privatizações envergonhadas – margem reduzida de lucros, estado como sócio obrigatório Forçou politicamente a redução dos juros, mesmo com a inflação alta. Problema hoje: baixo crescimento com inflação elevada) Protecionismo– a ideologia do mercado interno Idas e vindas na política econômica – dólar… tarifas de importação

33 Mas,...Brasil estável, um paísão PIB de US$ 1,57 tri, em 2009, e de US$ 2,1 tri em 2010; US$ 2,4 tri - sexto no mundo Oitavo do mundo em consumo de petróleo Terceiro mercado de computadores Telefones – quinto mercado do mundo Celulares – terceiro (+ 260 milhões de linhas, contra 5 milhões em 97, ano da privatização) Usuários internet – 80 mi – quinto

34 Paisão 3,5 milhões de carros – 4º./5º. no mundo E 3º. Produtor mundial de Cerveja 3º. Mercado mundial de...beleza Esportes – R$ 50 bilhões/ ano (sendo 70% no varejo.... Olha as classes C e D chegando....

35 RESUMO DA ÓPERA Brasil entrou na crise, mas não quebrou O macro está bem resolvido, a menos de desvios ideológicos Agenda liberal Os problemas principais que ficaram: – Infraestrutura – Educação – – Mão-de-obra – custo x produtividade – Ambiente de negócios (incluindo impostos) – Diplomacia comercial


Carregar ppt "Brasil A economia em ano de eleição Carlos Alberto Sardenberg Porto Alegre, 23 de novembro de 2013 www.sardenberg.com.br."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google