A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

RESULTADOS DO 2T11 10 de Agosto de 2011 1. Esta apresentação pode conter certas declarações que expressam expectativas, crenças e previsões da administração.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "RESULTADOS DO 2T11 10 de Agosto de 2011 1. Esta apresentação pode conter certas declarações que expressam expectativas, crenças e previsões da administração."— Transcrição da apresentação:

1 RESULTADOS DO 2T11 10 de Agosto de

2 Esta apresentação pode conter certas declarações que expressam expectativas, crenças e previsões da administração sobre eventos ou resultados futuros. Tais declarações não são dados históricos, estando baseadas em dados competitivos, financeiros e econômicos disponíveis no momento e em projeções atuais acerca da indústria na qual a BM&FBOVESPA se insere. Os verbos antecipar, acreditar, estimar, esperar, prever, planejar, projetar, almejar e outros verbos similares têm a intenção de identificar estas declarações, as quais envolvem riscos e incertezas que podem resultar em diferenças materiais entre os dados atuais e as projeções desta apresentação e não garantem qualquer desempenho futuro da BM&FBOVESPA. Os fatores que podem afetar o desempenho incluem, mas não estão limitados a: (i) aceitação pelo mercado dos serviços prestado pela BM&FBOVESPA; (ii) volatilidade relacionada (a) à economia e ao mercado de valores mobiliários brasileiros e (b) à indústria altamente competitiva na qual a BM&FBOVESPA opera; (iii) alterações (a) na legislação e tributação nacional e estrangeira e (b) nas políticas governamentais relacionadas aos mercados financeiros e de valores mobiliários; (iv) crescimento da competição, com novos participantes nos mercados brasileiros; (v) habilidade em adaptar-se às rápidas mudanças no ambiente tecnológico, incluindo a implementação de funcionalidades otimizadas requeridas pelos clientes da BM&FBOVESPA; (vi) habilidade em manter um processo contínuo de introdução de competitivos novos produtos e serviços enquanto mantém a competitividade dos já existentes; (vii) habilidade em atrair novos clientes nas jurisdições nacional e estrangeira; (viii) habilidade em expandir a oferta de produtos da BM&FBOVESPA em jurisdições estrangeiras. Todas as declarações nesta apresentação são baseadas em informações e dados disponíveis na data em que foram feitas, a BM&FBOVESPA não se obriga a atualizá-las com base em novas informações ou desenvolvimentos futuros. Esta apresentação não se constitui em uma oferta de venda nem em uma solicitação de compra de qualquer valor mobiliário; tampouco deve haver qualquer venda de valor mobiliário onde tal oferta ou venda pudesse ser ilegal antes de registro ou qualificação de acordo com lei de valores mobiliários. Nenhuma oferta deve ser feita à exceção de um prospecto que atenda os requisitos da Instrução CVM 400 de 2003 e suas alterações. Considerações Iniciais (Disclaimer) 2

3 1 Ajustadas pelo plano de opções de compra de ações, depreciação, PDD e imposto relacionado aos dividendos recebidos do CME Group 2 Ajustado pelo reconhecimento de passivo diferido da amortização do ágio, plano de opções de compra de ações e equivalência patrimonial da participação da Companhia no CME Group (líquida de imposto) 3 Ajustado pelo plano de opções de compra de ações Destaques Operacionais e Financeiros Volume de BM&F. Média diária de 2,7 milhões de contratos no 2T11, alta de 5,8% em relação ao 2T10. Crescimento de 11% dos volumes dos HFTs no segmento BOVESPA em relação ao 1T11 (7,4% do volume total no 2T11 e 8,6% em Jul/11) 21 ofertas públicas até jul/11, sendo 11 IPOs e 10 follow ons Novo programa de recompra: aquisição de até 30 milhões de ações até dez/11 Dividendos: R$235,3 milhões, 80% do Lucro Líquido no 2T11. Projetos Estratégicos Nova estrutura de tarifação: fim dos subsídios cruzados, fortalecimento da posição competitiva e alinhamento internacional. Entrega do módulo de derivativos da nova plataforma de negociação no 3T11 CORE: nova arquitetura de administração de risco que será utilizada no projeto integração das clearings Formador de mercado para opções sobre ações Destaques do 2T11 Fortalecimento da posição estratégica frente às condições de mercados desfavoráveis Receita Líquida: R$468M (2T10: R$476M) Despesas Ajust. 1 : R$144M (2T10: R$124M) Lucro Ajust. 2 : R$409M (2T10: R$424M) EBITDA Ajust. 3 : R$323M (2T10: R$351M) Margem EBITDA Ajust.: 69,1% (2T10: 73,7%) LPA Ajust.: R$0,209 (2T10: R$0,211) 3

4 Receitas – 2T11 vs. 2T10 O segmento BM&F continua crescendo frente às dificuldades do mercado A receita de Empréstimo de Títulos aumentou 39,3% sobre o 2T10 R$ milhares2T112T10 Var. % 2T11 x 2T10 Receita operacional ,5% BOVESPA Neg. e/ou Liq ,2% BM&F Neg. e/ou Liq ,8% Outras receitas ,7% Depos., custódia e back-office ,0% Vendors ,1% Emprést. de valores mobiliários ,3% Acesso dos participantes ,1% Listagem de valores mobiliários ,0% Banco ,6% Outros ,7% Bolsa Brasileira de Mercadorias ,2% Desempenho operacional2T112T10 Var. % 2T11 x 2T10 BOVESPA ADTV - em R$ milhões 6.207,16.682,6-7,1% Margem – em bps 5,8626,131-0,269 bp BM&F ADTV – em milhares de contratos 2.670,22.523,45,8% RPC – em R$ 1,1271,145-1,5% 4

5 Dadas as condições de mercado, as pessoas físicas reduziram o volume negociado (velocidade de giro), mas não houve perda de estoque (valor custodiado) Performance do Segmento BOVESPA Queda dos volumes das pessoas-físicas dadas as condições de mercado desfavoráveis ADTV do 2T11: R$6,2 bi vs. R$6,7 bi (2T10) Queda da turnover velocity * das PFs Volume Custodiado das PFs constante 2T11 vs. 1T11: A queda de 0,106 bp no mercado à vista é explicada pelo crescimento de 11% do ADTV dos HFTs. Queda da participação dos derivativos de ações que impactam a margem total. 2T11 vs. 2T10: Queda da participação de opções sobre ações no total negociado, os quais possuem margem superior à média, no total negociado; e crescimento da atividade dos HFTs. R$ bilhões *Relação entre o volume negociado e o valor custodiado das PFs Atividade Pessoa Física Explicada, principalmente, pela desaceleração das pessoas físicas (PFs) no ADTV Margem de Negociação (em pontos base) 5 Mercado2T101T112T11 Mercado a Vista 5,3985,5015,395 Derivativos de Ações 14,70113,24913,627 Termo de ações 12,99812,99912,998 Opções sobre ações15,30813,39313,963 Total BOVESPA 6,1316,0175,862

6 ADTV de 2,7 milhões de contratos no 2T11, acima dos 2,5 milhões no 2T10, principalmente por conta dos contratos de taxa de juros em R$ em USD Receita Média por Contrato (RPC) A RPC caiu para R$1,13, em comparação com R$1,14 e subiu em relação aos R$1,04 no 1T11 2T11 x 2T10: alteração do mix de contratos negociados: (i) aumento da participação dos contratos de Taxas de Juros em Dólares (margem inferior à média); (ii) redução da participação dos contratos de Taxa de Câmbio (margem mais elevada do que a média) Volume Médio Diário Negociado (ADTV) R$ Milhares de contratos Queda da volatilidade no 2T11 Recorde Histórico Segmento BM&F Volume de derivativos se mantém em nível elevado 6

7 Crescimento da receita de Empréstimos de Ações Benefícios de um modelo de negócio diversificado 39,3% -3,1% 3,0% (em milhares de R$) Crescimento de 8,8% do número médio de contas de custódia, de 580 mil para 631 mil de contas no 2T10; número de contas levemente acima do 1T11 Aumento de 13,6% do valor médio em depositado (desconsiderando a custódia de ADRs e de inv. estrangeiros) Nova Política de Preços implementada em Ago/10, reduziu as tarifadas relacionadas ao acesso online de inv. pessoas-físicas (Home Broker), com o objetivo de atrair mais investidores Apreciação cambial média do R$ em relação ao US$, de 11,0% (aproximadamente 30% da receita de vendors) Aumento do nível de atividade do serviço de empréstimos de ações em relação ao 2T10 e 1T11 Aumento de 42,0% do volume financeiro médio de contratos em aberto em relação ao 2T10 7

8 Abertura de despesas – 2T11 (em R$ milhões) Despesas operacionais de R$166,8 milhões no 2T11, devido ao aumento planejado do número de funcionários em relação ao 2T10 Queda de 11,6% das despesas operacionais em relação ao 1T11, explicada pelo primeiro vesting do novo programa de opções, cujo reconhecimento das despesas se concentrou no 1T11 Alta de 15,5% das despesas ajustadas em relação ao 2T10, em linha com a estratégia de crescimento da Companhia e com o intervalo previsto do orçamento (de R$615,0 milhões a R$635,0 milhões) Leve aumento (2,2%) das despesas ajustadas em relação ao 1T11, explicado pelo aumento de despesas com pessoal - desligamento e hora extra Despesas Operacionais abaixo do Trimestre Anterior Leve aumento das despesas ajustadas; em linha com a estratégia da empresa 8

9 Aumento de 22,9% do número médio de funcionários em relação ao 2T10 (fortalecimento das áreas de desenvolvimento, fomento e tecnologia, em linha com a estratégia de crescimento da Companhia) Queda de 9,5% em relação ao trimestre anterior, devido às despesas com o novo plano de opções no 1T11 Alta de 7% da despesa de pessoal ajustada sobre o 1T11, devido ao reconhecimento de despesas não recorrentes, tais como desligamento e hora extra de funcionários ligados à implantação de projetos 22,3 Despesas de Pessoal e Depreciação: queda sobre o 1T11 As despesas de pessoal ajustadas foram impactadas pelo aumento das despesas com desligamento e hora extra relacionada à implantação de projetos estratégicos 63,7 64,4 71,7 90,3 97,4 88,2 Queda de 12,3% das despesas de depreciação em relação ao 2T10 e 54,7% na comparação com o 1T11 O 2T11 inclui a alocação das despesas com depreciação dos equipamentos e amortização dos softwares para os custos de projetos de TI onde referidos equipamentos ou softwares tem sido utilizados No 2T11, R$6,8 milhões de despesas foram revertidas do 1T11 e alocadas para os custos de projetos de TI onde equipamentos e softwares estão sendo utilizados (em R$ milhões) Despesas com Depreciação Despesas com Pessoal (em R$ milhões) 9

10 R$43,7 milhões no 2T11, atingindo R$73,0 milhões no 1S11; Dentro do intervalo orçado de R$235,0 milhões a R$255,0 milhões *Inclui garantias em dinheiro depositadas por participantes, proventos e direitos sobre títulos em custódia e proventos ainda não pagos ** Inclui recursos de terceiros (R$142 milhões no 4T10 e R$101 milhões no 2T11) e fundos restritos(R$11 milhões no 4T10 e no 2T11) do Banco BM&F R$70,8 milhões no 2T11: 6,3% abaixo do 2T10 Receita Financeira: R$87,9 milhões, 13,2% acima do 2T10, devido ao aumento da taxa média de juros Despesas Financeiras: R$17,1 milhões, comparados a R$2,1 milhões no 2T10, principalmente devido ao custo da dívida Investimentos (Capex) Programa aprovado em Ago/10 concluído: 60 milhões de ações foram recompradas Novo programa permite a aquisição de até 30 milhões de ações até Dez/11 (6,5 milhões de ações foram recompradas em Jul/11) Recompra de Ações R$235,3 milhões em dividendos aprovados no 2T11, 80% do lucro líquido Distribuição de Lucros Caixa e Aplicações Financeiras (R$ milhões) Resultado Financeiro Destaques Financeiros Forte geração de caixa, mantendo a distribuição de proventos e programa de recompra em benefício dos acionistas 10

11 Avanços nos projetos estratégicos Fortalecimento do modelo de negócio e da posição de mercado Refletir a estrutura de custos da Companhia, eliminando os subsídios cruzados e fortalecendo a posição competitiva Alinhamento com o mercado internacional Neutralidade nas receitas e margens da Companhia Entrará em vigor no 2S11: seg. Bovespa: 26/08 e seg. BM&F: 31/10 Nova Estrutura de Tarifação A integração das quatro clearings trará sinergias, reduzirá o custo de transação e elevará a eficiência do mercado O CORE será a arquitetura base para os sistemas de risco e liquidação da nova clearing O desenvolvimento será concluído em 2012, sendo que a certificação e a migração ocorrerão em 2013 Integração das Clearings Módulo de Derivativos concluído no 3T11 Aumento da capacidade, redução da latência, mais funcionalidades Aumento de eficiência e sinergias para os participantes de mercado Aumento da atividade de Alta Frequência Estado da Arte em TI Nova Plataforma de Negociação Multiativos 11

12 Nova Estrutura de Tarifação da BM&FBOVESPA Eliminando distorções e fortalecendo posição competitiva pontos base Estrutura AtualNova Estrutura MenorMaiorMenorMaior Neg.1,902,850,70 Pós Neg.0,60 1,802,75 Total 2,503,452,503,45 (76%) (24%) (100%) (83%) (17%) (100%) (28%) (72%) (100%) (20%) (80%) (100%) Nova Política de Tarifação – Seg. Bovespa Nota: a menor tarifa é paga pelo institucional local e clube de investimentos, e no caso de day trade para todos investidores Fortalecimento da posição competitiva Elimina subsídios cruzados entre negociação e pós-negociação O rebalanceamento das tarifas tem efeito neutro no custo de negociação para o investidor e nas receitas e margens da Companhia Nova Política de Tarifação – Seg. BM&F Rebalanceamento das tarifas de negociação e pós-negociação (tarifas de liquidação e registro) 60% pós-negociação e 40% negociação All in cost em linha com o mercado internacional 12

13 Integração das Clearings Fortalecimento da posição de mercado e redução de custos DERIVATIVOS FINANCEIROS E COMMODITIES AÇÕES, DERIVATIVOS DE AÇÕES E EMPRÉSTIMO DE AÇÕES RENDA FIXA CÂMBIO SPOT EFICIÊNCIA OPERACIONAL SISTEMAS INTEGRADOS EFICIÊNCIA NA LIQUIDAÇÃO REDUÇÃO DOS VALORES A PAGAR VIA MAIOR PODER DE NETTING EFICIÊNCIA NA ADMINISTRAÇÃO DE RISCO REDUÇÃO NA ALOCAÇÃO DE CAPITAL A integração dos sistemas de administração de risco, colaterais e compensação simplificará as operações e gerará eficiência A nova arquitetura CORE beneficiará os participantes que concentrarem suas transações na BVMF, fortalecendo nossa posição competitiva 13

14 Evolução Estratégica em TI Construindo a plataforma mais eficiente do mercado Sistema de Negociação (multiativos) Nova Clearing (integração) Módulo de derivativos da plataforma de negociação multiativos (3T11) Capacidade de processamento de 200 milhões de mensagens/dia (recorde de 6 milhões de mensagens/dia no segmento BM&F) Latência de aproximadamente 1 milissegundo, indo para microssegundos em 2012 Demais módulos: ações (1S12) e renda fixa (2012) TradingTechnology (TT) passará a oferecer telas de negociação para seus clientes Desenvolvimento da infraestrutura de TI que suportará a nova clearing (processo de integração) suportará as atividades de compensação, liquidação e depositária das quatro clearings existentes atualmente. Processo de desenvolvimento será concluído em 2012; certificação e migração da plataforma em

15 Foco em prioridades estratégicas Oportunidade de capturar crescimento macroeconômico Apesar da situação macroeconômica recente, os mercados de capitais e derivativos brasileiros oferecem excelentes oportunidades de crescimento da BVMF no longo prazo Crescimento consistente de receitas e resultados Desenvolvimento da nova plataforma de negociação multiativos (estado da arte em TI) Aumento da eficiência de capital com a integração das clearings Primeiro módulo da plataforma multiativos será entregue no 3T11 Rebalanceamento da estrutura de tarifas Fortalecimento da posição competitiva Diversificação do mix de produtos como direcionador de crescimento de longo prazo Parceria com CME oferece oportunidade de inovações Novos produtos (formador de mercado, HFT e cross listing) Investimento em produtos e parcerias Foco no controle de custo – despesas ajustadas dentro do orçamento Estratégia de maximizar o retorno do acionista Elevado payout combinado com recompra Entrega consistente de resultados 15

16 ANEXO 16

17 Resumo da Demonstração de Resultados * Lucro Líquido do Período Atribuído aos acionistas da BM&FBOVESPA 17

18 Reconciliação do Lucro Líquido Ajustado Reconciliação do Lucro Societário e Ajustado (R$ milhões) – 2T11 * Atribuído aos acionistas da BM&FBOVESPA R$ mil2T112T10 Var. 2T11/2T10 1T11 Var. 2T11/1T11 Lucro Líquido* ,8% ,6% (+) Programas Stock Option (+) Passivo Diferido (-) Equivalência Patrimonial Líquida de imposto Lucro Líquido Ajustado ,6% ,5% 18

19 R$ mil2T112T10 Var. % 2T11/2T10 1T11 Var. % 2T11/1T11 Despesas Totais ,2% ,6% (-) Depreciação ,3% ,7% (-) Plano de Opções ,4% ,7% (-) Imposto relacionado à Equivalência Patrimonial ,7% (-) PDD ,8%(1.075)-153,2% (=) Despesas Ajustadas ,5% ,2% Reconciliação das Despesas Operacionais 19

20 ATIVO 30/06/201131/12/2010 PASSIVO E PATRIMÔNIO LÍQUIDO 30/06/201131/12/2010 Circulante Circulante Disponibilidades Garantias recebidas em operações Aplicações financeiras Outros Outros Não-circulante Não-circulante Empréstimos Realizável a longo prazo Imp. de Renda e Contribuição Difer Aplicações financeiras Outros Outros Investimentos Patrimônio líquido Imobilizado Capital social Reserva de capital Intangível Outros ( ) Participação minoritária de controladas ATIVO TOTAL PASSIVO TOTAL E PATRIMÔNIO LÍQUIDO Balanço Patrimonial Em R$ mil 20

21 Mercado2T112T101T11 2T11/2T10 (%) 2T11/1T11 (%) Ações e seus derivativos ,8%0,6% Ações a vista ,3%3,2% Derivativos ,8%-10,7% Termo de ações ,0%-10,8% Opções sobre ações e índices ,6%-10,7% Renda fixa e outros a vista13 5,5%2,7% Total BOVESPA ,8%0,6% ADTV (R$ milhões) Número Médio de Negócios Margem de Negociação (pontos base) Segmento BOVESPA: desempenho operacional Mercado2T112T101T11 2T11/2T10 (%) 2T11/1T11 (%) Ações e seus derivativos6.205,86.679,66.734,9-7,1%-7,9% Ações a vista5.857,36.166,36.290,7-5,0%-6,9% Derivativos348,5513,3444,2-32,1%-21,5% Termo de ações121,3134,9161,6-10,1%-24,9% Opções sobre ações e índices 227,2378,4282,6-40,0%-19,6% Renda fixa e outros a vista1,33,00,5-58,4%144,3% Total BOVESPA6.207,16.682,66.735,4-7,1%-7,8% Mercado2T112T101T11 Renda Variável 5,8576,1136,012 Mercado a Vista5,3955,3985,501 Derivativos13,62714,70113,249 Termo de ações12,998 12,999 Opções a vista sobre ações e índices 13,96315,30813,393 Total BOVESPA5,8626,1316,017 21

22 Segmento BM&F: desempenho operacional ADTV (milhares de contratos) 2T112T101T11 2T11/2T10 (%) 2T11/1T11 (%) Taxas de Juros em R$ 1.719, , ,05,1%-19,1% Taxas de Câmbio 543,4 603,5 422,0-10,0%28,8% Índices de Ações 101,4 99,3 87,72,1%15,6% Taxas de Juros em US$ 186,8 84,5 127,5121,1%46,5% Commodities 15,2 10,1 10,350,4%47,7% Mini Contratos 91,2 79,5 76,714,7%18,9% Balcão 12,3 10,8 14,514,8%-14,6% Total 2.670, , ,85,8%-6,8% RPC (R$) 2T112T101T11 2T11/2T10 (%) 2T11/1T11 (%) Taxas de Juros em R$ 0,930 0,905 0,8432,7%10,3% Taxas de Câmbio 1,847 1,838 2,0160,5%-8,4% Índices de Ações 1,753 1,515 1,63915,7%7,0% Taxas de Juros em US$ 0,893 1,163 1,102-23,2%-19,0% Commodities 1,948 2,106 2,016-7,5%-3,4% Mini Contratos 0,137 0,129 0,1425,6%-3,5% Balcão 1,682 1,772 1,393-5,1%20,7% Total 1,127 1,145 1,040-1,5%8,4% 22

23 HFT – Segmento BM&F (ADTV em milhares de contratos)** HFT – Segmento Bovespa** **Considera os dois lados de uma operação - compra e venda Investidores de Alta Frequência (HFT) Papel relevante dos HFTs nos segmentos BM&F e Bovespa 52% 11% 23

24 BM&FBOVESPA – RELAÇÃO COM INVESTIDORES Website: Telefone: /4728/4729/


Carregar ppt "RESULTADOS DO 2T11 10 de Agosto de 2011 1. Esta apresentação pode conter certas declarações que expressam expectativas, crenças e previsões da administração."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google