A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Prof. Dr. Francisco Soares Santos Filho (UESPI). Como você vê a questão ambiental?

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Prof. Dr. Francisco Soares Santos Filho (UESPI). Como você vê a questão ambiental?"— Transcrição da apresentação:

1 Prof. Dr. Francisco Soares Santos Filho (UESPI)

2 Como você vê a questão ambiental?

3

4 Seria possível o homem deixar de impactar o meio ambiente? [CUIDADO COM O QUE ESTÁ PENSANDO EM RESPONDER...]

5

6 Todo e qualquer empreendimento altera/impacta o meio ambiente

7 Mas agora [você está se perguntando] o que fazer?

8 Primeiro: fazer uma coisa de cada vez [isso já é uma lição da própria natureza...]

9

10 Alguns dos problemas ambientais mais frequentes podem ser enumerados: Desmatamento Queimadas Extinção de espécies Introdução de espécies exóticas Biopirataria Poluição

11 Desmatamento

12 A Europa devastou de 60-80% de suas florestas nos últimos 1000 anos e se tornou rica. Entre 2000 e 2005 o Brasil foi o país que mais perdeu áreas florestadas no planeta. O que foi desmatado corresponde a 165 mil km². Esta área equivale a quatro vezes o tamanho da Holanda.

13 O que o Desmatamento causa? Redução da diversidade biológica Fragmentação de habitats Desproteção de nascentes Assoreamento de rios Desproteção do solo (erosão)

14 Desmatamento promove a fragmentação

15 Rio Parnaíba: assoreamento forma as coroas

16 Desmatamento: solo desprotegido, solo erodido

17 Queimadas Prática rudimentar de supressão da vegetação; É mais frequente entre os meses de junho e novembro em todo o país; Pode ser autorizada pelo IBAMA, quando atende a critérios técnicos É monitorada pelo INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais)

18 Formação de um Pirocúmulus – Rondônia - Brasil

19 Desmatamento e queimada – Mato Grosso do Sul - Brasil

20 Monitoramento queimadas no planeta (NASA)

21

22 Extinção de espécies Consiste na eliminação definitiva de uma espécie e seu respectivo pool gênico da natureza. O estado de conservação da espécie é o principal indicador da probabilidade de sua extinção. Existem pelo menos três critérios usados na determinação do status de conservação das espécies: Amplitude de distribuição Nível de ameaça Tamanho das populações

23 Hotspots Norman Myers (Ecólogo inglês ) criou o conceito para resolver um dos maiores dilemas dos conservacionistas: quais as áreas mais importantes para preservar a biodiversidade na Terra? Hotspot é toda área prioritária para conservação, isto é, de alta biodiversidade e ameaçada no mais alto grau. É considerada Hotspot uma área com pelo menos espécies endêmicas de plantas e que tenha perdido mais de 3/4 de sua vegetação original.

24

25 Extinção de espécies A União Internacional para Conservação da Natureza (IUCN) é responsável por uma das mais conceituadas classificações sobre extinção de espécies: EX (Extinta) EW (Extinta na natureza) CR (Criticamente ameaçada) EM (Em perigo) VU (Vulnerável) NT (Quase ameaçada) LC (Pouco preocupante)

26 Extinção de espécies: caso da Ararinha-Azul Cianopsitta spixii Ocorre no norte da Bahia Status: Extinta da Natureza ou Criticamente ameaçada Causa da extinção: caça predatória

27 Todas as ararinhas-azuis do mundo

28 Introdução de espécies exóticas Consiste na inserção de espécies pertencentes a ecossistemas de outros países ou locais em ecossistemas onde a espécie não ocorre naturalmente; Pode causar danos consideráveis à biodiversidade presente; No Brasil, registram-se 73 spp. de plantas e 71 spp. de animais exóticos (Fonte: Instituto Horus – )www.institutohorus.org.br

29 Introdução de espécies exóticas D entre os casos mais conhecidos destacam-se: Achatina fulica (caramujo africano) Limnoperna fortunei (mexilhão dourado)

30

31 Biopirataria

32 Fragilidade nas fronteiras Roubo de recursos Roubo de patentes

33 Fragilidade das fronteiras

34 Biopirataria Açaí Japão (2003) Andiroba França (1999) Japão (1999) Copaíba França (1993) EUA (1999) Cupuaçu Reino Unido (1998) Japão (2001)

35 Biopirataria Espinheira santa Japão (1996) Jaborandi Alemanha (1991) Veneno da Jararaca EUA (1972)

36 Poluição Atmosférica Hídrica Solo Radioativa Sonora

37 Poluição do Ar Consiste na emissão de: Gases Partículas

38 Efeito Estufa...

39 Camada de Ozônio

40

41 Chuva Ácida

42

43

44 Poluição Hídrica Consiste na emissão de efluentes que alterem a composição química do corpo hídrico. Existem efluentes (esgotos) de origem industrial e residencial. A emissão de água em elevadas temperaturas também caracteriza poluição (térmica).

45 Esgotos

46

47 Poluição térmica

48 Poluição do Solo Consiste na emissão de resíduos que contaminam o solo. Os dois principais tipos de poluição do solo são: Agrotóxicos Lixo

49 Agrotóxicos

50 Lixo

51 O principal problema ambiental da Terra

52 Tratamento do lixo - incineração

53 Tratamento do lixo - reciclagem

54 Tratamento do lixo – Aterro Sanitário

55 Tratamento do lixo - Lixão

56 Poluição radioativa Consiste na emissão de energia proveniente de elementos como Urânio, Césio etc.

57 26 de abril de 1986

58 A usina de Chernobyl está situada no assentamento de pripayt, Ucrânia. A usina era composta por quatro reatores, cada um capaz de produzir 1 GW de energia elétrica (3.2 gigawatts de energia térmica). Em conjunto, os quatro reatores produziam cerca de 10% da energia elétrica utilizada pela Ucrânia na época do acidente. O acidente ocorreu no reator 4

59 Chernobyl 24 anos depois Os efeitos da radiação libertada provocaram a morte de milhares de pessoas,principalmente de câncer na tireóide. Depois do acidente de Chernobyl, múltiplos casos de distúrbio mental foram relatados. O césio radioativo é ainda encontrado no leite servido no país. Os hospitais infantis estão repletos de crianças vítimas de câncer

60

61

62

63

64 Poluição Sonora Consiste na emissão de ruídos que quebrem o equilíbrio ambiental.

65 Poluição Sonora Nível de ruído provocado (aproximadamente – em decibéis) - torneira gotejando (20 db) - música baixa (40 db) - conversa tranqüila (40-50 db) - restaurante com movimento (70 db) - secador de cabelo (90 db) - caminhão (100 db) - britadeira (110 db) - buzina de automóvel (110 db) - turbina de avião (130 db) - show musical, próximo as caixas de som (acima de 130 db) - tiro de arma de fogo próximo (140 db)

66 Efeitos negativos da poluição sonora na saúde dos seres humanos · Insônia (dificuldade de dormir); · Estresse · Depressão · Perda de audição · Agressividade · Perda de atenção e concentração · Perda de memória · Dores de Cabeça · Aumento da pressão arterial · Cansaço · Gastrite e úlcera · Queda de rendimento escolar e no trabalho · Surdez (em casos de exposição à níveis altíssimos de ruído)

67 Mas muitos dos problemas ambientais têm girado em torno de um só ponto:

68 Interesses econômicos sobrepujam interesses ambientais? Concentração de renda: no Brasil para cada Dólar (US$) ganho por um pobre um rico ganha US$ CUIDADO: Obsolescência afeta diretamente a natureza...

69 OBSOLESCÊNCIA

70 O consumo afeta o equilíbrio ecológico...

71 O que pode ser feito?

72

73

74 Que cenário você espera para o futuro????

75

76 O futuro está em nossas mãos...

77


Carregar ppt "Prof. Dr. Francisco Soares Santos Filho (UESPI). Como você vê a questão ambiental?"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google