A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Revisão 1 bimestre. Administração Bases Históricas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Revisão 1 bimestre. Administração Bases Históricas."— Transcrição da apresentação:

1 Revisão 1 bimestre

2 Administração Bases Históricas

3 O estudo da Administração é o desdobramento da própria história do homem, das transformações econômicas, sociais e políticas.

4 O fenômeno da industrialização é, historicamente, relativamente recente.

5 Antes da industrialização as organizações humanas eram fundamentalmente a família, a tribo, a igreja, o exército e estado

6 Administração pré-industrial Desde o princípio o homem sentiu necessidade de organizar-se para as campanhas militares, para os problemas familiares, para a administração governamental e para a operação de sua religião, decorrendo daí as primeiras noções de organização.

7 Administração pré-industrial Orientando-nos pela evolução da história, podemos situar acontecimentos que permitiram a evolução das antigas civilizações com base em princípios administrativos. Que são até hoje defendidos e utilizados pôr grandes teóricos da administração.

8 A construção das pirâmides Egípcios - Princípios de administração nos projetos arquitetônicos e de engenharia e construção das pirâmides.

9 Babilônia Elaboração do código de Hamurábi. As leis apresentam punições para o não cumprimento das regras estabelecidas em várias áreas como, por exemplo, relações familiares, comércio, construção civil, agricultura, pecuária, etc

10 Aristóteles Publicação da obra Metafísica Examina o que pode ser afirmado sobre qualquer coisa que existe por causa de sua existência e não por causa de alguma qualidade especial que se tenha. (384 a.C.)

11 Hebreus Princípios de organização para o êxodo de Moisés.

12 Roma Instituição do sistema semi-industrial de produção.

13 China Publicação da constituição CHOW. Na China de 500 a.C, a necessidade de adotar um sistema organizado de governo para o império. A Constituição de Chow oito regulamentos e as regras de Administração Pública de Confúcio Tentativa chinesa de definir regras e princípios de administração.

14 Igreja Católica Romana Princípio de hierarquia A Igreja Católica Romana pode ser considerada a organização formal mais eficiente da civilização ocidental

15 Ética e RSE Sérgio Caldas

16 O que é RSE Responsabilidade social empresarial é a forma de gestão que se define pela relação ética e transparente da empresa com todos os públicos com os quais ela se relaciona.

17 Caracteriza-se pelo estabelecimento de metas empresariais que impulsionem o desenvolvimento sustentável da sociedade, preservando recursos ambientais e culturais para as gerações futuras, respeitando a diversidade e promovendo a redução das desigualdades sociais

18

19 Relevância As enormes carências e desigualdades existentes no país, aliadas às deficiências crônicas do Estado no atendimento das demandas sociais, conferem maior relevância à responsabilidade social empresarial.

20 Ética Ética é a parte da filosofia dedicada aos estudos dos valores morais e princípios ideais do comportamento humano. A palavra "ética" é derivada do grego θικός, e significa aquilo que pertence ao θος, ao caráter. Diferencia-se da moral, pois, enquanto esta se fundamenta na obediência a costumes e hábitos recebidos, a ética, ao contrário, busca fundamentar as ações morais exclusivamente pela razão

21 Ética Empresarial A ética empresarial pode ser entendida como um valor da organização que assegura sua sobrevivência, sua reputação e, consequentemente, seus bons resultados. A ética empresarial é "o comportamento da empresa - entidade lucrativa - quando ela age de conformidade com os princípios morais e as regras do bem proceder aceitas pela coletividade (regras éticas)."

22 Funções Administrativas

23 23 Funções Administrativas São aquelas atividades básicas que devem ser desempenhadas por administradores para alcançar resultados determinados e/ou esperados pelas organizações. As funções administrativas constituem o processo administrativo. São elas: o planejamento, a organização, a direção e o controle.

24 24 Estabelecer objetivos e missão; Examinar as alternativas; Determinar as necessidades de recursos; Criar as estratégias para o alcance dos resultados. Estabelecer objetivos e missão; Examinar as alternativas; Determinar as necessidades de recursos; Criar as estratégias para o alcance dos resultados. Desenhar os cargos e tarefas específicas; Criar estrutura organizacional; Definir posições de staff; Coordenar as atividades de trabalho; Estabelecer políticas e prioridades; Definir a alocação de recursos. Desenhar os cargos e tarefas específicas; Criar estrutura organizacional; Definir posições de staff; Coordenar as atividades de trabalho; Estabelecer políticas e prioridades; Definir a alocação de recursos. Conduzir e motivar os empregados na realização das metas organizacionais; Estabelecer comunicação com os trabalhadores; Apresentar solução dos conflitos; Gerenciar mudanças. Conduzir e motivar os empregados na realização das metas organizacionais; Estabelecer comunicação com os trabalhadores; Apresentar solução dos conflitos; Gerenciar mudanças. Medir o desempenho; Estabelecer comparação do desempenho com os padrões estabelecidos; Tomar as ações necessárias para melhoria do desempenho. Medir o desempenho; Estabelecer comparação do desempenho com os padrões estabelecidos; Tomar as ações necessárias para melhoria do desempenho. PLANEJAMENTO ORGANIZAÇÃO 1 DIREÇÃO 3 CONTROLE 4 As Funções Administrativas e suas Características 2

25 PLANEJAMENTO Estabelecer objetivos e missão; Examinar as alternativas; Determinar as necessidades de recursos; Criar as estratégias para o alcance dos resultados.

26 MISSÃO ORGANIZACIONAL A missão de uma organização representa a razão de sua existência (SENGE et al., 1994; HUNGER & WHEELEN, 1995). IDENTIFICA O FOCO FUNDAMENTAL DE SUA ATIVIDADE. Para prover algumas orientações em relação à concepção de uma missão, os autores consideram que a mesma deva abranger: 1) o propósito básico da organização (foco no cliente externo); 2) os valores que a organização pretende agregar a elementos que com ela interagem.

27 O QUE É A MISSÃO ORGANIZACIONAL? 1.Quem somos? 2.O que fazemos? 3.Para quem fazemos? 4.O que nos propomos a fazer?

28 A empresa não se define pelo seu nome, estatuto ou produto que faz, ela se define pela sua missão. Somente uma definição clara da missão é razão de existir da organização e torna possíveis, claros e realistas os objetivos da empresa. (Peter Drucker);

29 NOVAS CONFIGURAÇÕES ORGANIZACIONAIS

30 Na década de 80 as empresas cresciam de maneira desordenada, criando estruturas gigantescas e inflexíveis. Com o advento da globalização estas organizações foram forçadas a se reestruturar para sobreviver diante de uma concorrência acirrada (RODRIGUES, 2005).

31 Para gerenciar este novo contexto muitas organizações têm utilizado de vários instrumentos gerenciais como reengenharia, fusões, aquisições, programas de qualidade total, entre outros.

32 "... consiste no repensar fundamental e no redesenhar radical dos processos de trabalho Objetivo obter melhorias dramáticas nas medidas contemporâneas críticas da performance da empresa, seja nos custos, na qualidade, no serviço ou no tempo". Michael Hammer "Reengineering the Corporation" Reengenharia

33 Figura I.5. Os Dez Papéis do Administrador:

34

35 Fig. I1.1. As três Habilidades do Administrador

36 Habilidades conceituais São as habilidades mentais necessárias para se obter, analisar e interpretar informações de várias fontes e a partir daí tomar decisões complexas. Habilidade de compreensão da relação das partes com o todo e, o todo separando-o em partes. São mais usadas na alta administração.

37 Habilidades técnicas Incluem o uso de conhecimento, instrumentos e técnicas de um campo específico. Cada empresa e tarefa têm suas exigências especiais de habilidades técnicas. A habilidade técnica é apenas parte do necessário para tornar-se um administrador.

38 Habilidades em relações humanas Capacidade para compreender outras pessoas e para com elas interagir eficazmente. São necessárias habilidades interpessoais para liderar, motivar e comunicar-se com os colegas, com os chefes e com pessoas de fora da organização.

39 Fig. I.2. As Competências Duráveis do Administrador


Carregar ppt "Revisão 1 bimestre. Administração Bases Históricas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google