A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Paisagismo 2010. É o cultivo de vegetais no interior de vidros, que se fundamenta no princípio da manutenção de plantas em um meio auto- sustentável onde.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Paisagismo 2010. É o cultivo de vegetais no interior de vidros, que se fundamenta no princípio da manutenção de plantas em um meio auto- sustentável onde."— Transcrição da apresentação:

1 Paisagismo 2010

2 É o cultivo de vegetais no interior de vidros, que se fundamenta no princípio da manutenção de plantas em um meio auto- sustentável onde a água, o ar e os nutrientes são reciclados num espaço limitado.

3 Há mais ou menos 150 anos, o médico inglês Nathaniel Ward resolveu colocar algumas crisálidas junto com um punhado de terra dentro de uma caixa de vidro fechada, a fim de observar a formação das mariposas. Mas, para sua surpresa, o que ele viu foi os esporos e sementes da terra brotarem em pouco tempo, e continuarem a crescer, sem qualquer cuidado de sua parte, pelos quatro anos seguintes. A partir daí, o cultivo em recipientes fechados popularizou-se.

4 O ambiente do terrário fornece por si só condições básicas para o cultivo de plantas. Ele se torna auto- suficiente, dispensando por muito tempo a rega. No garrafão fechado, o processo segue um ciclo completo de passagem da água à planta: a água regada no solo após o plantio é absorvida pelas raízes das plantas. Ao evaporar-se pelas folhas, condensa-se nas paredes de vidro. A água se acumula até escorrer de volta a terra, repetindo-se o ciclo durante vários meses. Entende-se assim que a planta se abastece a si mesma, podendo viver fechada dentro de um terrário, onde existe um microclima bem equilibrado.

5 Nestas condições, ela precisa de pouquíssimos cuidados, pois está protegida e autocontrolada. Se o terrário tiver uma abertura, torna-se necessário regar, mas com frequência muito menor do que a exigida por plantas que vivem em ambientes abertos.

6 Qualquer recipiente transparente, hermeticamente fechado, ou com uma pequena abertura, pode servir para a criação de um terrário. Apenas os terrários de vidro claro fornecem boas condições para as plantas.

7 Ao escolher as plantas considere três fatores: compatibilidade em relação ao solo, idêntica necessidade de luz e de umidade. Dependendo do tamanho do recipiente, selecione plantas que tenham desenvolvimento adequado a ele. São muitas as plantas que podem ser cultivadas dentro de terrários. Estes são especialmente adequados para plantas tropicais e subtropicais que precisam de uma atmosfera úmida e quente. Proporcionam também uma alternativa de cultivo para ambientes muito secos, como é o caso de casas e escritórios com ar condicionado. Podem ser cultivadas samambaias de diversos tipos, heras, fitonias, begônias, avencas, calatéias, peperômias, mini-orquídeas, musgos, plantas suculentas e violetas africanas.

8 Use recipientes de vidro ou de plástico transparente; Junte plantas, substrato, pedregulhos e ferramentas; Colocar uma camada de pedrisco no recipiente (2,5cm) – servirá de drenagem; Colocar uma camada de substrato esterilizado ( 10 a 20 cm ); Com o auxílio de uma pequena ferramenta de jardinagem dar relevo à camada de substrato até formar partes altas e baixas no substrato para dar um aspecto mais natural; Utilizar mudas de plantas de pequeno porte e ferramentas pequenas para fazer as mini covas (Em recipientes como garrafão de boca estreita deve-se improvisar com arames e varetas (ferramentas alongadas) para facilitar o trabalho).

9 Colocar as mudas mais baixas na frente e mais altas atrás; Tomar o devido cuidado com o sistema radicial das mudas, algumas vezes é preciso podá-lo; Fazer uma composição paisagística; Colocar pedras, figuras, casca de árvores ou mini troncos para decorar; Tomar cuidado para não danificar as plantinhas; Limpar as plantinhas com um pequeno pincel; Molhar as plantinhas e limpar o vidro com um borrifador com água.

10 Examine cuidadosamente as mudas que irá plantar. O ambiente do terrário favorece não só o crescimento das plantas, mas também a proliferação de fungos, insetos e bactérias, se alguma planta estiver contaminada. Tendo em vista que o crescimento das plantas em terrário precisa ser pequeno, não haverá a necessidade de adubá-las com freqüência. Se alguma folhagem crescer demais é preciso podá-la. Retire as folhas mortas rapidamente do recipiente, pois elas podem facilitar o aparecimento de fungos. Coloque seu terrário num local bem iluminado, mas não o exponha a luz direta do sol. Observe as necessidades de luminosidade exigidas pelas plantas que você utilizou no terrário.

11 O solo deve estar sempre úmido, pois isto garante o funcionamento do ciclo que garante a sobrevivência das plantas em terrários fechados. Nestes terrários, normalmente ocorre uma ligeira condensação de água na parte interna do vidro. Se a condensação aumentar, é sinal de que há umidade demais no pequeno sistema ecológico e é preciso retirar a tampa do terrário até que o vidro fique seco. Se ao contrário não ocorrer condensação, é indício de que a umidade é insuficiente. Nesse caso, umedeça o solo para que se restabeleça o equilíbrio do ciclo. Periodicamente deve ser feita manutenção do terrário para descompactação do substrato e poda da parte aérea e raízes das plantas

12

13

14

15

16

17

18 Recipiente para montar o terrário (aquário vazio, vidro ou garrafa PET); Pedrinhas ou argila expandida; Areia grossa, Esfagno (musgo seco) Carvão ativado (utilizado para absorver componentes orgânicos, evita o mal cheiro, proliferação de fungos etc); Solo para jardim (comprado) ou mistura de solos trazidos pelos alunos; Mudas de plantas ou sementes; Elementos para decoração- pedras, troncos,... (opcional)

19

20

21


Carregar ppt "Paisagismo 2010. É o cultivo de vegetais no interior de vidros, que se fundamenta no princípio da manutenção de plantas em um meio auto- sustentável onde."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google