A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Procurando uma Esposa Baseado no sermão Não Abrir Concessões de Charles H. Spurgeon (1834-1892), pregado em 7 de outubro de 1888 no Metropolitan Tabernacle,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Procurando uma Esposa Baseado no sermão Não Abrir Concessões de Charles H. Spurgeon (1834-1892), pregado em 7 de outubro de 1888 no Metropolitan Tabernacle,"— Transcrição da apresentação:

1 Procurando uma Esposa Baseado no sermão Não Abrir Concessões de Charles H. Spurgeon ( ), pregado em 7 de outubro de 1888 no Metropolitan Tabernacle, Newington, Londres Adaptado por Levi de Paula Tavares O sermão original na íntegra está disponível em Hinos Sugeridos (H.A.) Inicial: 11 Final: 317

2 Texto Chave E disse-lhe o servo: Se porventura não quiser seguir- me a mulher a esta terra, farei, pois, tornar o teu filho à terra donde saíste? E Abraão lhe disse: Guarda-te, que não faças lá tornar o meu filho. O Senhor Deus dos céus, que me tomou da casa de meu pai e da terra da minha parentela, e que me falou, e que me jurou, dizendo: À tua descendência darei esta terra; ele enviará o seu anjo adiante da tua face, para que tomes mulher de lá para meu filho. Se a mulher, porém, não quiser seguir-te, serás livre deste meu juramento; somente não faças lá tornar a meu filho. (Gênesis 24:5-8.)

3 Nosso Propósito Vamos analisar a história de Abraão, Isaque e os outros personagens do relato de Gênesis 24 à luz da alegoria bíblica que retrata a igreja como esposa de Cristo, para que possamos aprender algumas lições aplicáveis a nós hoje. Deixemos claro que trata-se apenas de uma comparação, um recurso teológico, para que possamos compreender melhor o nosso papel nos planos Divinos.

4 O Contexto Isaque Tinha cerca de quarenta anos de idade e não havia demonstrado sinais de casar-se Possuía um espírito quieto e gentil e necessitava de um espírito mais ativo que o instigasse. A morte de Sara, sua mãe, o havia destituído do consolo da sua vida Isto havia, sem dúvida, feito com que desejasse uma companhia terna e amável ao seu lado. Abraão Era um homem idoso e bem avançado em anos. Gostaria de ver a Promessa começando a ser cumprida, de que em Isaque seria continuada a sua semente. Exigiu que seu servo jurasse um voto da mais alta solenidade

5 1 - A Tarefa Pensem na tarefa jubilosa, mas de grande responsabilidade, deste servo: buscar uma noiva para o herdeiro da promessa. Foi exigido dele um juramento solene Teria que viajar para longe, sobre terras sem trilhas ou estradas. Teria que procurar uma família, a qual não conhecia Teria que descobrir nesta família uma mulher a quem não conhecia Esta mulher deveria ser a pessoa certa para ser a esposa do filho de seu mestre

6 O Noivo da Promessa Isaque era único. Era um homem nascido de acordo com a Promessa, não pela carne, mas pelo poder de Deus (Gênesis 17:9). Cristo também é o Filho da promessa, fruto do grande plano traçado antes da fundação do mundo. Mas, vindo a plenitude dos tempos, Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido sob a lei, para remir os que estavam debaixo da lei, a fim de recebermos a adoção de filhos. (Gálatas 4:4-5) Quem estará à altura deste noivo? Onde encontraremos uma companheira para Ele? Uma alma que esteja pronta a desposá-Lo?

7 O Noivo Como Herdeiro Isaque era tudo para Abraão. Abraão teria dito a Isaque, "Tudo o que tenho é teu. Isto também é verdade com relação Jesus Cristo, a quem o Pai tornou o Herdeiro de todas as coisas – através de quem os mundos os mundos foram criados, pois: Colossenses 1: E ele é antes de todas as coisas, e todas as coisas subsistem por ele. E ele é a cabeça do corpo, da igreja; é o princípio e o primogênito dentre os mortos, para que em tudo tenha a preeminência. Porque foi do agrado do Pai que toda a plenitude nele habitasse. Que dignidade será depositada sobre todo aquele que desposar a Cristo! E a que glória seremos elevados, tornando-nos um com Jesus!

8 O Noivo como Sacrifício Isaque havia sido sacrificado. Havia sido deposto sobre o altar e, embora não houvesse realmente morrido, a mão de seu pai havia brandido o cutelo para imolá-lo. Abraão, em seu espírito, havia oferecido seu filho (Gênesis 22:1-19). Jesus Cristo depositou voluntariamente a Sua vida como um sacrifício pelos pecadores. Foi apresentado como uma oferta queimada completa a Deus. E andai em amor, como também Cristo vos amou, e se entregou a si mesmo por nós, em oferta e sacrifício a Deus, em cheiro suave. (Efésios 5:2) Como encontraremos homens e mulheres que possam recompensar dignamente um amor tão maravilhoso, tão divino, como o dAquele que morreu a morte da cruz?

9 O Noivo Ressurreto Isaque também havia sido, em figura, ressuscitado dos mortos. Para seu pai, foi considerado como "amortecido", como disse o apóstolo em Hebreus 11:12 – e este lhe foi entregue dentre os mortos. Jesus Cristo, nosso Senhor, foi realmente ressuscitado dentre mortos reais e está diante de nós hoje como o Conquistador da morte e o Vencedor da tumba. Romanos 14:9 – Porque foi para isto que morreu Cristo, e ressurgiu, e tornou a viver, para ser Senhor, tanto dos mortos, como dos vivos. I Coríntios 15:57 – Mas graças a Deus que nos dá a vitória por nosso Senhor Jesus Cristo. Quem se ajuntará a este Conquistador? Quem é digno de habitar com este Ser glorioso?

10 A Esposa Verdadeira A igreja de Deus é vista por Ele como a Sua esposa. Muitos textos retratam a igreja desta forma: O livro de Cantares é reconhecido como sendo uma paráfrase do relacionamento entre Deus e Seu povo. Isaías 62:5 – Porque, como o jovem se casa com a virgem, assim teus filhos se casarão contigo; e como o noivo se alegra da noiva, assim se alegrará de ti o teu Deus. Apocalipse 19:7 – Regozijemo-nos, e alegremo-nos, e demos- lhe glória; porque vindas são as bodas do Cordeiro, e já a sua esposa se aprontou. Apocalipse 21:2 – E eu, João, vi a santa cidade, a nova Jerusalém, que de Deus descia do céu, adereçada como uma esposa ataviada para o seu marido.

11 O Ministro de Cristo A responsabilidade necessária ao servo de Abraão para o desempenho da tarefa é nada comparado com o peso que repousa sobre o verdadeiro ministro de Cristo. O Pai quer encontrar uma noiva para o grande Noivo; assim, deposita esta tarefa sobre todos a quem chama para disseminar o Evangelho A responsabilidade é ainda maior, por causa da pessoa para quem esta noiva é procurada. Filipenses 2:10-11 – Para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra, e toda a língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para glória de Deus Pai. Apenas pela graça divina teremos capacidade para desempenhar esta missão de forma satisfatória

12 O Ministro e a Tarefa a) Como podemos nos colocar na situação certa para encontrar pecadores e conquistá-los para Jesus? b) Como podemos aprender a falar as palavras certas? c) Como adaptaremos nossa pregação aos seus sentimentos, seus preconceitos, suas dores, e suas tentações? Não podemos responder de forma prática a essas perguntas. Certamente que a resposta não está no método, no planejamento, na campanha meramente humanos. Apenas quando o Poderoso Deus dirigir, e guiar, e influenciar, e inspirar, podemos executar a tarefa que nos foi solenemente confiada. Apenas com o Divino auxílio poderemos voltar com júbilo, trazendo conosco os escolhidos do Senhor.

13 2 - A Dúvida O servo de Abraão disse, "Se porventura não quiser seguir-me a mulher a esta terra." Se a mulher não estiver disposta, isso será um obstáculo aos planos de casamento. Deve haver uma disposição verdadeira ou não pode haver matrimônio neste caso. Ao buscarmos uma esposa para Cristo, esta é, ainda agora, a nossa dificuldade. Ela poderá não crer no meu relato, ou impressionar-se com ele. Quando chegar a ela e lhe disser que fui enviado por meu Senhor, poderá olhar-me no rosto e dizer, "Existem muitos enganadores hoje em dia." "Quem deu crédito à nossa pregação?" (Isaías 53:1)

14 Outra Dificuldade Espera-se ainda que ela se apaixone por alguém a quem nunca havia visto. Havia apenas acabado de ouvir que existia uma pessoa chamada Isaque, mas mesmo assim deve amá-lo o bastante para que deixe seus queridos e vá para uma terra distante. Isto somente poderia acontecer caso o Espírito Santo opere um milagre da Divina Graça no coração da noiva. Ele está pronto para operar este milagre. Temos sido Suas ferramentas para isto? E, ainda assim, se a noiva vier amá-Lo, encontrará nEle descanso para sua alma e uma paz que excede todo o entendimento (Mateus 11:29; Filipenses 4:7).

15 Deixar Tudo Para casar-se com Isaque, a noiva deveria despojar-se de tudo. Ela havia nascido e sido criada em uma grande cidade, de um distante país desenvolvido Todas as suas associações eram com a casa de seu pai. A mudança seria muito radical. Não podemos ter a Jesus e também o mundo – é preciso que rompamos com o pecado para que possamos nos unir a Jesus. Se nos tornamos cristãos, devemos abandonar velhos hábitos, velhos motivos, velhas ambições, velhos prazeres, velhas vanglórias, velhos modos de pensar. Todas as coisas devem tornar-se novas. Deveremos passar por uma mudança tão grande como se houvéssemos morrido e sido novamente recriados.

16 A Vida Peregrina Rebeca, dali em diante, deveria levar uma vida peregrina. Abraão e Isaque vagueavam de lugar para lugar, habitando sozinhos, seguindo os rebanhos, moradores transitórios, juntamente com Deus. Eram os homens do Senhor e o Senhor era a sua possessão. A sociedade (mesmo a religiosa) de hoje não é estranha no mundo – não são estrangeiros aqui, com seus tesouros no Céu. Encontram o seu céu em desfrutar esta vida terrena. Muitos homens pensam que as coisas da religião existem meramente para que seja lido a seu respeito e pregado acerca delas – mas viver por elas seria uma existência sonhadora e fantasiosa. Se algum homem torna-se desvinculado deste mundo e faz das coisas espirituais seu objetivo, é desprezado como um entusiasta sonhador. (Mateus 5:11)

17 O Concerto da Promessa Pode ser que a mulher, mesmo acreditando, não dê a importância devida ao Concerto da Promessa. Se não tiver consideração por Jeová e a Sua vontade revelada, a noiva não irá com o homem para casar-se com Isaque. As coisas de Deus – eternas, imortais, sem limites – são sem importância para o mundo. Muitos descrêem completamente e outros racionalizam e criam objeções. Realmente, falamos a ouvidos que não se dispõem a ouvir. Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências; e desviarão os ouvidos da verdade, voltando às fábulas. (II Timóteo 4:3-4)

18 3 - A Sugestão "Se porventura não quiser seguir-me a mulher a esta terra, farei, pois, tornar o teu filho à terra donde saíste?" Se ela não vier até Isaque, deveria Isaque descer até ela? Se o mundo não vem a Jesus, deveria Jesus amenizar Seus ensinamentos ao mundo? Se o mundo não se eleva até a igreja, não deveria a igreja descer até o mundo? Ao invés de insistir com os homens que se convertam e saiam de entre os pecadores e separem-se deles, deveríamos nos juntar ao mundo ímpio, entrando em união com ele para, desta forma, podermos permeá-lo com nossa influência?

19 Um Mundo Cristão? Tendo em vista nosso objetivo final, revisemos as nossas doutrinas. Algumas são ultrapassadas, severas, impopulares. Acabemos com elas. Vamos aplainar as asperezas da Verdade de Deus, moderando a tonalidade dogmática da Revelação. Os tempos estão mudados e o espírito desta época sugere o abandono de tudo que é muito severamente correto e muito definitivamente de Deus. Nunca o mundo esteve tão religioso, e as igrejas tão mundanas (Ciro S. Zibordi, Evangelhos que Paulo Jamais Pregaria, p. 147)

20 O Relativismo Pós-Moderno A religião espiritual é desprezada e uma falsa moralidade social é estabelecida em seu lugar. A santificação e substituída por ações politicamente corretas ou um manual de boas maneiras. Cada um pode ter a sua verdade individual Não seja fanático nem leve tudo tão a sério. Esteja na moda e pense de acordo com aqueles que professam ser científicos. Arrume-se bem para ir à igreja e comporte-se. Isso é o bastante. Não seja diferente, mas sim tão mundano quanto seus vizinhos.

21 O Pragmatismo Em nossa época atual, queremos tudo de forma mais rápida e eficiente. Queremos depender de métodos modernos, com alvos e metas objetivas e cronogramas rígidos. Esperar até que as pessoas nasçam de novo e se tornem seguidores de Cristo é um longo processo – vamos abolir a separação entre os regenerados e os não regenerados. Assim os objetivos numéricos serão mais rapidamente alcançados Tenha bons desejos e boas resoluções. Isto é o suficiente – não é preciso se preocupar com mais nada. Se você não crer muito no evangelho venha assim mesmo, nós também não cremos tanto assim.

22 Mas Ninguém Fala Assim... Possivelmente não usam estas palavras, mas este é o significado da religião da atualidade. O novo plano é assimilar a igreja ao mundo e assim, alcançar uma área maior dentro de suas fronteiras. Transformam seus cultos em verdadeiros shows musicais, e seus sermões em discursos políticos ou ensaios filosóficos Trocam o templo pelo teatro, e transformam os ministros de Deus em atores, cuja função é entreter os homens. De forma a ganhar o mundo, o Senhor Jesus, Seu povo e a Sua Palavra, devem adaptar-se ao mundo. Não compactuo com proposta tão repugnante!

23 4 - A Rejeição Notemos a rejeição franca e determinada do mestre a esta proposta. Ele diz, de forma curta e incisiva, "Guarda-te, que não faças lá tornar o meu filho." Não permitais que o povo a quem o Senhor tirou do Egito retorne à casa da servidão. Mas que Seus filhos saiam e que sejam separados, e o Senhor Jeová será um Pai para eles. I Pedro 2:9 – Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz; A proposta de voltar ao mundo é abominável ao verdadeiro seguidor de Cristo – sim, ela é mortal para a nossa vida mais nobre, a vida espiritual.

24 Uma Ordem Divina Note como Abraão coloca a questão: Ele argumenta que isto seria, de fato, afastar-se da ordem divina. "O Senhor Deus dos céus me tomou da casa de meu pai e da terra da minha parentela. Então, se Deus ordenou a Abraão que saísse de lá, por que Isaque deveria retornar? Isto não pode ser. Se Deus tivesse em mente abençoar a família em Padã-Arã, permitindo que Seus escolhidos habitassem entre eles, por que chamou Abraão para sair dali? Se Isaque pudesse fazer algum bem habitando ali, por que Abraão precisou partir de lá?

25 Um Plano Divino O plano de Deus não se altera. Até aqui o caminho do Senhor com a Sua igreja tem sido separar um povo do mundo para que sejam Seus eleitos – um povo formado para Si mesmo, o qual demonstrará o Seu louvor. Se não há necessidade de uma igreja separada hoje, o que estivemos fazendo todos esses anos? O sangue dos mártires foi derramado por pura tolice? Os reformadores estavam loucos quando lutaram por doutrinas as quais parece hoje não serem de grande importância?

26 Não Renunciar à Promessa Abraão sentiu que isto seria renunciar à Promessa do Concerto. Vejam como ele coloca a questão – "O Senhor Deus dos céus, que me tomou da casa de meu pai me jurou, dizendo: À tua descendência darei esta terra." Deveremos, portanto, deixar nossa herança e voltar ao lugar de onde o Senhor nos ordenou que saíssemos? Irmãos, somos também herdeiros da Promessa, de coisas ainda não vistas. Habitamos entre os homens como Abraão habitou entre os cananitas – mas somos uma raça distinta – somos nascidos com um novo nascimento, vivemos sob leis diferentes e agimos por motivos diferentes. Se voltarmos aos caminhos dos mundanos e formos contados com eles, teremos renunciado o Concerto de Deus, a Promessa não é mais nossa e a herança eterna estará em outras mãos.

27 Deus em Primeiro Lugar Para o verdadeiro homem, Deus está em primeiro lugar – sim, é o Tudo em Tudo. Mateus 6:33 – Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas. Não importa o que possamos perder, não podemos nos desviar. Não importa o que possamos ganhar, a repreensão de Cristo é uma riqueza maior do que todos os tesouros do Egito. Desejamos o espírito de Abraão em nós, e o teremos quando tivermos a fé de Abraão.

28 Suponhamos... Suponhamos que a sugestão do servo houvesse sido acatada e Isaque houvesse descido à casa de Naor, qual teria sido o motivo? Poupar Rebeca da dor de separar-se de seus amigos e do incômodo da viagem? Mas, se essas coisas fossem o bastante para evitar que ela viesse, que valor teria ela para Isaque? O teste da separação era completo e não deveria ser omitido, fossem quais fossem os meios. Ela seria uma esposa inferior, se não pudesse fazer uma jornada para chegar até seu esposo. Se o Noivo deve ter para si uma esposa, esta sairá de sua casa e de seu descanso e não se importará com uma viagem em lombo de camelo.

29 Os Perigos de um Povo Misto Da mesma forma, todos os conversos que a igreja poderá fazer através do rebaixamentos dos padrões de sua doutrina e tornando-se mundana não valerão nada, nem diante de Deus nem para a Igreja. Quando os recebermos, a próxima pergunta será, "Como nos livraremos deles? O número dos Israelitas que saíram do Egito foi inflado por um grande número de Egípcios das classes inferiores que saíram com eles (Êxodo 12:38). Esta classe foi sempre um estorvo e cilada para Israel. (Ellen White, Patriarcas e Profetas, p. 281 – ver p. 316) Os Israelitas eram maus o bastante, mas era a multidão mista quem sempre liderava a murmuração.

30 Condição Laodiceana Por que há uma tal mornidão espiritual hoje? Por que esta falsa doutrina de que Deus aceita qualquer adoração é tão disseminada as nossas igrejas? É porque temos pessoas não santificadas na igreja e no ministério. A ânsia por números e especialmente a ânsia por ganhar a simpatia de pessoas respeitáveis tem adulterado muitas igrejas e tem-nas tornado frouxas na doutrina e prática e amantes de entretenimentos tolos. Os verdadeiros conversos, os que almejam fazer a vontade do Pai, não são intimidados pela busca da Verdade ou pela santidade – de fato, são essas coisas que os atraem.

31 Confiando nas Promessas Além disso, Abraão sentiu que não haveria razão para fazer com que Isaque descesse, pois o Senhor lhe havia assegurado uma esposa. Abraão disse "Ele enviará Seu anjo diante de ti, e tomarás de lá uma esposa para meu filho. Temos medo de que a pregação do Evangelho não conquiste almas? Estamos desanimados com relação ao sucesso em fazer as coisas à maneira de Deus? É por isso que precisamos ter música, e teatro, e arquitetura, e flores, e adornos? Afinal, é através de truques, do entretenimento, e não pelo Espírito de Deus e pela verdade pura do Evangelho de Cristo?

32 O Poder do Evangelho O Evangelho pregado em simplicidade conquistará uma audiência, converterá pecadores e edificará e susterá uma Igreja. Deus quer que compreendamos que, para que o evangelho frutifique, não existe qualquer necessidade de tentarmos experiências duvidosas e métodos questionáveis. Deus ainda salvará através do Evangelho – apenas devemos permitir que seja o Evangelho em sua pureza.

33 5 - A Absolvição do Servo E agora, finalmente, observemos a justa absolvição dada por Abraão a seu servo. "Se a mulher, porém, não quiser seguir-te, serás livre deste meu juramento; somente não faças lá tornar a meu filho." Notemos que essa absolvição era condicional: ele só seria livre se seguisse à risca a ordem: somente não faças lá tornar a meu filho. Não somos autorizados a tentar estratagemas que serão uma desonra para a religião. Mantenhamos a simplicidade do Evangelho. E, se as pessoas não forem convertidas por ele, estareis livres.

34 Ezequiel 3 17 Filho do homem: Eu te dei por atalaia sobre a casa de Israel; e tu da minha boca ouvirás a palavra e avisá-los-ás da minha parte. 18 Quando eu disser ao ímpio: Certamente morrerás; e tu não o avisares, nem falares para avisar o ímpio acerca do seu mau caminho, para salvar a sua vida, aquele ímpio morrerá na sua iniqüidade, mas o seu sangue, da tua mão o requererei. 19 Mas, se avisares ao ímpio, e ele não se converter da sua impiedade e do seu mau caminho, ele morrerá na sua iniqüidade, mas tu livraste a tua alma. 20 Semelhantemente, quando o justo se desviar da sua justiça, e cometer a iniqüidade, e eu puser diante dele um tropeço, ele morrerá: porque tu não o avisaste, no seu pecado morrerá; e suas justiças, que tiver praticado, não serão lembradas, mas o seu sangue, da tua mão o requererei. 21 Mas, avisando tu o justo, para que não peque, e ele não pecar, certamente viverá; porque foi avisado; e tu livraste a tua alma.

35 O Resultado é de Deus O verdadeiro Servo de Deus é responsável pela diligência e fidelidade; mas não é responsável pelo sucesso ou insucesso. Os resultados estão nas mãos de Deus. Devemos nos preocupar com a profundidade da nossa mensagem; Deus cuidará de seu alcance.

36 6 – O Resultado Gênesis 24:67 – E Isaque trouxe-a para a tenda de sua mãe Sara, e tomou a Rebeca, e foi-lhe por mulher, e amou-a. Apocalipse 19:6-7 - E ouvi como que a voz de uma grande multidão, e como que a voz de muitas águas, e como que a voz de grandes trovões, que dizia: Aleluia! pois já o Senhor Deus Todo-Poderoso reina. Regozijemo-nos, e alegremo-nos, e demos-lhe glória; porque vindas são as bodas do Cordeiro, e já a sua esposa se aprontou. O que teria sido de Rebeca caso ela não houvesse vindo a Isaque? Teria perdido seu lugar na santa linhagem.

37 O Convite Vais aceitar a Jesus Cristo ou não? Ele veio ao mundo para salvar pecadores e a ninguém rejeita. Vais aceitar Seu sacrifício em teu lugar?? Confiarás nEle? Marcos 16:16 - "Todo aquele que crer e for batizado, será salvo". Crerás nEle? Serás batizado em Seu nome? Se sim, a salvação é tua. Mas, se não, Ele mesmo disse, "Aquele que não crer, será condenado." (Idem).

38 Mensagem à Laodicéia Apocalipse 3:19-22 – Eu repreendo e castigo a todos quantos amo; sê pois zeloso, e arrepende-te. Eis que estou à porta, e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo. Ao que vencer lhe concederei que se assente comigo no meu trono; assim como eu venci, e me assentei com meu Pai no seu trono. Se nos recusarmos a aceitar a substituição de Cristo, estaremos recusando Sua própria misericórdia. Quanto a mim, oro para meu Senhor que me conceda a graça de ser fiel até o fim, tanto à Sua verdade quando às almas daqueles a quem eu poder testemunhar. Amém!


Carregar ppt "Procurando uma Esposa Baseado no sermão Não Abrir Concessões de Charles H. Spurgeon (1834-1892), pregado em 7 de outubro de 1888 no Metropolitan Tabernacle,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google