A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

FILOSOFIA DA POLÍCIA COMUNITÁRIA Uma idéia que transcende a sua origem Autor: Jorge Bengochea.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "FILOSOFIA DA POLÍCIA COMUNITÁRIA Uma idéia que transcende a sua origem Autor: Jorge Bengochea."— Transcrição da apresentação:

1

2 FILOSOFIA DA POLÍCIA COMUNITÁRIA Uma idéia que transcende a sua origem Autor: Jorge Bengochea

3

4 1. Filosofia e Estratégia organizacional; 2. Compromisso com a segurança da comunidade; 3. Policiamento descentralizado e personalizado; 4. Resolução preventiva de problema; 5. Ética, legalidade, responsabilidade e confiança; 6. Garantia dos direitos fundamentais das pessoas; 7. Estímulo à criatividade e apoio básicos; 8. Defesa do exercício da cidadania; 9. Mudança interna e externa; 10. Construção do futuro. Princípios do Policiamento Comunitário

5 Base teórica para o Policiamento Comunitário Procedimento Técnico Procedimento Técnico Procediment o Pedagógico Procediment o Pedagógico Teoria social Crítica Teoria social Crítica Teoria Normativa Teoria Normativa PARTICIPAÇÃO DE TODOS

6 OBJETIVO do Policiamento Comunitário INTERAÇÃO DIÁLOGO COMPROMETIMENTO

7 Identificar as causas das condutas delituosas e buscar a solução com ações comunitárias: PREVENTIVAS CONSTANTES Identificar e Solucionar

8 n Despertar o interesse para a segurança pública; n Oportunizar a participação; n Envolver a comunidades nas ações preventivas; n Estimular a responsabilidade de todos com a qualidade de vida de uma comunidade; n Construir juntos o futuro. Despertar o interesse do cidadão

9 Polícia pró-ativa * Níveis de decisão preparados e qualificados; * Execução rápida – eficiente e eficaz; * Envolvimento de todos os segmentos sociais ; * Comprometimento com o futuro; * Participação de todos na identificação e resolução de problemas. * Correção dos desvios nos procedimentos

10 * Constituição de equipes de trabalho; * Competência de gerenciamento e decisão; Potencialização das condições de trabalho; Interação com a comunidade para a identificação das causas e solução dos problemas de segurança pública; Valorização da atividade de polícia e defesa da cidadania. Policiamento personalizado

11 n Valoriza a ação policial; n Estimula a interação do policial com o cidadão; n Facilita a troca de informações; n Aumenta o grau de relacionamento e confiança; n Melhora a qualidade de vida da comunidade. Reconhecimento da comunidade Reconhecimento da comunidade

12 Fortalece a união dos cidadãos; Amplia o exercício da cidadania ; Incentiva a informação; Fomenta a participação; Propicia programas sociais; Resolve questões sociais; Aumenta o relacionamento; Estimula a solidariedade; Reduz o medo e a desconfiança; Estabelece políticas comunitárias. Organização da Comunidade Meio ambiente Quarteirão Fome Religião Educação Saúde Criança Esporte Vida Empreg o Segurança AMB Cidadania COMUNIDADE ORGANIZADA

13 ELO DE LIGAÇÃO COM A COMUNIDADE Os servidores policiais de todos os níveis da Instituição constituem o elo de ligação direta com a comunidade; Da sua atuação e comprometimento dependem os resultados da atividade policial desde o planejamento até a avaliação.

14 Engajamento efetivo de Todos Na identificação dos problemas que influem na qualidade de vida e eficácia policial; Na resolução destes, atacando as suas causas; * Na aplicação de programas sociais; No desenvolvimento das comunidades. Segurança é Prioridade

15 COMPROMETIMENTO DO POLICIAL Respeito aos direitos humanos; Com o seu local de trabalho; Envolver a comunidade; Resolver os problemas; Sensível às questões sociais; Aprimoramento técnico policial; Responsabilidade profissional; Ação pró-ativa e qualitativa; Resultados das ações realizadas. Continuidade no que está dando certo e Corrigir o está dando errado.

16 Internalizar a filosofia de trabalho; Aprimorar o conhecimento técnico-profissional Qualificar o profissional no seu ofício diário para atender as demandas de segurança pública; Alcançar as variáveis de sucessão dos recursos humanos. Treinamento constante: Treinar... Praticar... Treinar...

17 Visão crítica e profissional O estímulo a uma visão crítica e profissional, em todos os níveis organizacionais e comunitários, visa detectar variáveis para: Mudanças de Comportamento; Qualificação; Melhoria do Sistema de Segurança e Melhoria da Qualidade de Vida.

18 Aspectos Qualitativos na atividade policial Ao invés do tradicional sistema quantitativo, aspectos qualitativos considerar mais relevantes os aspectos qualitativos do serviço policial. Que são aqueles: Que atingem os objetivos, Que envolvem menos recursos Que agregam menor risco de insucesso

19 ESTRATÉGIAS GERAIS

20 Estratégias de comportamento 4 Promover o desenvolvimento comportamental e integral; 4 Incentivar e promover a cultura de respeito aos direitos humanos e a dignidade das pessoas; 4 Estimular: -a auto-estima -a valorização da vida; - o exercício da cidadania; - o sentimento de solidariedade, - a promoção da justiça social;

21 Escolher os logradouros para a implantação gradativa, considerando as características regionais; Dotar o local dos recursos humanos e logísticos necessários; Aproximar e personalizar o policial junto às comunidades; Fomentar a participação de todos os níveis da instituição em reuniões comunitárias; Identificar, comprometer, interagir, antecipar e respeitar as culturas locais. Escolher os logradouros para a implantação gradativa, considerando as características regionais; Dotar o local dos recursos humanos e logísticos necessários; Aproximar e personalizar o policial junto às comunidades; Fomentar a participação de todos os níveis da instituição em reuniões comunitárias; Identificar, comprometer, interagir, antecipar e respeitar as culturas locais. Estratégias de Aproximação

22 n Estimular a organização comunitária; n Conscientizar as pessoas da importância da sua participação individual; n Demonstrar aos Policiais a necessidade desta interação para redução do risco de vida; n Demonstrar ao cidadão que sua participação nas questões é o fomento para a melhoria do planejamento das ações policiais; n Consolidar a doutrina de interação e participação; n Harmonizar as atitudes, processos e posturas internas na organização das reuniões comunitárias (Pauta). Estratégias de Participação

23 Estratégias de Divulgação - Elaborar pesquisas de opinião: identificar fatores de aproximação e distanciamento - Incentivar a presença e a participação do policial fardado nas iniciativas da comunidade; - Esclarecer as atribuições constitucionais da Brigada Militar para neutralizar as ingerências indevidas; - Elaborar pesquisas de opinião: identificar fatores de aproximação e distanciamento - Incentivar a presença e a participação do policial fardado nas iniciativas da comunidade; - Esclarecer as atribuições constitucionais da Brigada Militar para neutralizar as ingerências indevidas;

24 A verdadeiraEMERGÊNCIA é aquela em que a presença policial é exigida para salvar vidas, reduzir um dano ou prender um criminoso. CAMPANHA COMUNITÁRIA PARA O ATENDIMENTO DE EMERGÊNCIA O trote é prejudicial e seu uso pode tornar inviável o atendimento de emergência -

25 Estratégias de Prevenção Instituir colegiados multidisciplinares Participação de representantes dos segmentos sociais; Estimular a comunidade para a implantação de programas que: - visem o atendimento de suas necessidades sociais; - contribuem para a inibição das causas de violência e criminalidade; - promovam o desenvolvimento social e a melhoria da qualidade de vida.

26 SEGURANÇA É PRIORIDADE! Orçamento Participativo Segurança Pública também é prioridade. Vote na 1ª ou 2ª opção. Orçamento Participativo Segurança Pública também é prioridade. Vote na 1ª ou 2ª opção. Viaturas Prédios Colete balístico Radio Comunicação

27 Mais forte do que um exército é uma idéia que veio para ficar.

28 Através da comunidade fluem os interesses sociais que dizem respeito às rotinas de prestação de serviços de segurança ao cidadão, aos seus familiares e à comunidade em geral. Policiamento Comunitário e Comunidade organizada

29 Invista em (nome da cidade) Aqui tem SEGURANÇA !


Carregar ppt "FILOSOFIA DA POLÍCIA COMUNITÁRIA Uma idéia que transcende a sua origem Autor: Jorge Bengochea."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google