A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

História do Rio Grande do Norte. 1. As origens do nome Rio Grande 1.1 Rio Potengi 1.2 Rio Açu Imagem aérea do Forte dos Reis Magos e do Rio Potengi.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "História do Rio Grande do Norte. 1. As origens do nome Rio Grande 1.1 Rio Potengi 1.2 Rio Açu Imagem aérea do Forte dos Reis Magos e do Rio Potengi."— Transcrição da apresentação:

1 História do Rio Grande do Norte

2 1. As origens do nome Rio Grande 1.1 Rio Potengi 1.2 Rio Açu Imagem aérea do Forte dos Reis Magos e do Rio Potengi

3 2. A situação do Rio Grande no período Pré-Colonial (1500 – 1530) 2.1 Intensa presença de piratas (franceses) 2.2 Relativo abandono do Brasil por parte de Portugal 2.3 Contrabando do Pau-Brasil a) A importância tintorial da madeira b) A mão-de-obra: indígena – escambo

4 3. Os primeiros contatos 3.1 Chantamento do Marco de Touros (1501) 3.2 Reação violenta dos indígenas

5 O marco de Touros, o mais antigo monumento colonial preservado, encontra-se atualmente no Forte dos Reis Magos.

6 Período Colonial (1530 – 1815) 1. O Rio Grande como capitania hereditária 1.1 João de Barros e Aires da Cunha – donatários da capitania 1.2 Fracasso nas primeiras tentativas: falta de recursos e a reação indígena 1.3 Reversão à Capitania da Coroa

7 2. Contexto da conquista do Rio Grande 2.1 União Ibérica: O papel de Felipe II 2.2 Consolidação da colonização da Região norte-nordeste 2.3. Expedição: sob o Comando de Mascarenhas Homem (PE), Feliciano Coelho (PB) e Jerônimo de Albuquerque.

8 2.4. Fundação do Forte (06/01/1598): possibilitou a conquista e colonização do restante do Norte e Nordeste do Brasil.

9 3.3 A Fundação de Natal - (25/12/1599) Obs.: A polêmica sobre o fundador: a) Mascarenhas Homem b) João Rodrigues Colaço c) Jerônimo de Albuquerque

10 4. O domínio holandês na capitania do Rio Grande ( ) 4.1 Causas das invasões holandesas ao Brasil a) Econômica: Garantir o comércio do açúcar. b) Política: União das Coroas Ibéricas. 4.2 Causas da invasão ao Rio Grande (1633) a) Ponto estratégico b) Consolidação e expansão da conquista c) Existência de rebanho bovino

11 4.4 A Aliança entre Holandeses e os índios janduís 4.5 Aspectos Gerais do Domínio Holandês no Rio Grande a) O Forte (Castelo Keulen) e Natal (Nova Amsterdã) b) Destruições e massacres Contexto da Insurreição Pernambucana Conotação Religiosa O Papel de Jacó Rabi Exemplos: Uruaçu, Cunhau, Ferreiro Torto

12 5. As nações indígenas do Rio Grande 5.1 Potiguares – Litoral 5.2 Tapuias – Interior

13 6. Potiguares e Portugueses 6.1 Pacificador: Jerônimo de Albuquerque 6.2 O papel dos Jesuítas – Aldeamentos a) Extremoz (Guajiru) b) Vila Flor c) Canguaretama d) Arez (Guaraíras)

14 7. A Guerra dos Bárbaros ou a Confederação dos Cariris 7.1 Causas: Expansão portuguesa pelo interior 7.2. A importância do gado para a manutenção da colonização da capitania

15 7.3 Consequências a)Consolidação e expansão do domínio português na capitania. b)Dizimação das tribos ou caboclização? 7.4 Regiões atingidas pelo conflito a) Rio Grande b) Paraíba c) Piauí

16 1.A Revolução de 1817 no RN 1.1 Aspectos a) Elitista b) Separatista c) Republicana Obs.: Participação do clero 1.2 Líder: André de Albuquerque Maranhão

17 Obelisco construído em comemoração ao centenário da Revolução Pernambucana de 1817.

18 2. A Independência do Brasil 2.1 Contexto histórico do RN a) Economia: agropecuária b) Política: domínio dos Albuquerque Maranhão c) Sociedade: pouca população urbana

19 1. Aspectos econômicos do império 1.1 Gado – algodão – cana-de-açúcar. 1.2 Comércio de exportação 1.3 Manufatura têxtil Obs.: Juvino Barreto e Fabrício Pedrosa

20 2. O Abolicionismo no RN 2.1 Pioneirismo Mossoroense (fatores) a) Constantes secas b) Economia comercial 3. Revolta do Quebra-Quilo 3.1 Goianinha 3.2 Mudança para o sistema métrico- decimal

21 5. O movimento republicano no RN 5.1 Antecedentes: a) A Revolução de b) A Confederação do Equador de A imprensa republicana: a) O Jaguarari. b) O Eco Miguelinho. c) A República 5.3 Líder: Pedro Velho

22 1. Oligarquias que governaram o RN na Primeira República 1.1 Albuquerque Maranhão ( ) - oligarquia litorânea, ligada economi- camente ao açúcar e ao comércio de exportação. 1.2 Bezerra de Medeiros ( ) - oligarquia interiorana (Seridó), ligada à pecuária e à cotonicultura.

23 2.Principais governadores da oligarquia Albuquerque Maranhão 2.1 Pedro Velho: a)1º Governador Republicano. b)Iniciador da oligarquia c)Partido Republicano 2.2 Alberto Maranhão a)Mecenas potiguar b)Processo de modernização: sanitarização, eugenia, higienização. c)Questão de Grossos

24 2.3 A Campanha de José da Penha a) Contexto: Política das Salvações b) Vitória de Ferreira Chaves

25 Atual Praça André de Albuquerque – foto tirada em 1904

26 Construção do Teatro Carlos Gomes (atual Alberto Maranhão)

27

28

29 Prefeitura de Natal em construção

30

31

32 3. Principais governadores da oligarquia Bezerra de Medeiros. 3.1 José Augusto a) Passagem da Coluna Prestes. b) Combate ao Cangaço 3.2 Juvenal Lamartine a) Voto feminino b) Revolução de 1930

33 4. A Revolução de 1930 no RN. 4.1 Papel adesionista do RN Obs.: A liderança coube a João Café Filho 4.2 As Interventorias (1930 – 1934) são marcadas pela violência

34 João Café Filho – foto da época em que ele foi empossado Presidente da República

35 5. A Insurreição Comunista de Liderança: ANL 5.2 O ambiente político em Natal: governo de Rafael Fernandes 5.3 Publicação do jornal A Liberdade Obs.: A insurreição foi derrotada na Serra do Doutor

36 6. Natal na II Guerra Mundial 6.1 Ponto estratégico 6.2 Transformações a) Economia: crescimento do comércio b) Cultura: mudança de hábitos c) Urbanização: expansão da cidade

37 Getúlio Vargas e Franklin D. Roosevelt se encontraram em Natal durante a Segunda Guerra Mundial

38 7.O Populismo no Rio Grande do Norte 7.1 Pesquisas de intenção de voto 7.2 Passeatas 7.3 Comícios relâmpagos 7.4 Vigílias 7.5 Símbolos

39 Aluízio Alves foi o maior símbolo do populismo no RN. Em 1960, ele venceu a disputa para o governo do Estado contra o deputado federal Djalma Marinho.


Carregar ppt "História do Rio Grande do Norte. 1. As origens do nome Rio Grande 1.1 Rio Potengi 1.2 Rio Açu Imagem aérea do Forte dos Reis Magos e do Rio Potengi."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google