A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

UMA NOVA MANEIRA DE PENSAR E FAZER RESILIA Consulting & Management Services Ltda. Ricardo Faúndez Ahumada Arquiteto – Sócio Diretor.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "UMA NOVA MANEIRA DE PENSAR E FAZER RESILIA Consulting & Management Services Ltda. Ricardo Faúndez Ahumada Arquiteto – Sócio Diretor."— Transcrição da apresentação:

1 UMA NOVA MANEIRA DE PENSAR E FAZER RESILIA Consulting & Management Services Ltda. Ricardo Faúndez Ahumada Arquiteto – Sócio Diretor

2 Architect, Master of Administation Construção Ministério das Obras Públicas, Governo do Chile Diretor Regional de Arquitetura da região de Bío Bío Ministério das Obras Públicas, Governo do Chile Gerente de projetos, construções de demolição danificadas pelo terremoto de 2010 F – 2013Empresa de construção civil - JCE S.A. Gerente de projetos 2013 … RESILIA Consulting & Management Services Ltda. Sócio - diretor. Ricardo Faúndez Ahumada /

3 O contexto El Desafío A proposta Resultados >>>>>> O caso de sucesso AGENDA /

4 / Ao longo da sua história, o Ministério das obras públicas tem sido responder aos desafios do desenvolvimento do país: Na década da ´90: O retorno à democracia. Aumento no crescimento econômico do país. A recuperação do défice infra-estrutura SISTEMA DE CONCESSÕES DE OBRAS PÚBLICAS EL CONTEXTO

5 /

6 / No início do século XXI: A lei de transparência e de governo do cidadão ACCOUNTABILITY

7 /

8 / O aumento dos investimentos: 9 vezes entre 1990 e 2008 Não pessoal suficiente para o desenvolvimento de atividades críticas, além de uma taxa de crescimento muito baixa. Intervalo entre demanda e capacidade…

9 / Patacas enfraquecimento contrapartida técnica permanente do privado É necessário reforçar o capital humano existente no Ministério, cuja condição é crítica em todos os estratos. A situação da Capital humano gera riscos de perda para o estado…

10 / É necessário reforçar as funções de planejamento sob uma abordagem de território e participação, para aumentar o impacto da infra-estrutura pública. Necessidade de fazer promessas explícitas de infra-estrutura pública de qualidade para a cidadania Os processos políticos mudaram nos últimos 15 anos…

11 / > Face a este desafio, a MOP foi confrontado com a necessidade de rever seus paradigmas: O DESAFIO

12 / De um ministério Construtor de obras……………... Para um ministério provedor de serviços de infra-estrutura

13 / De um ministério tecnocrática e auto- suficiente para um ministério fechar, que ouvir e responder às pessoas

14 / O Ministério fechou a participação interna……………. para um ministério que valoriza a experiência de seu capital humano para gerar um processo de mudança institucional

15 / > Programa de fortalecimento institucional MOP / Chile ( ) A PROPOSTA

16 / >Acção 5-eixo

17 / GIP É o modelo de gestão integrada de projetos que permite trabalhar em equipes conectados, colaborativos e coordenados em torno de objectivos comuns… O projeto GIP / História

18 / Destina-se a definir e implementar as melhores práticas aplicáveis à gestão de infra-estruturas públicas, O projeto GIP / História

19 / melhorar os resultados atuais através de um sistema de gestão, com informações centralizadas e transparentes, sob a responsabilidade dos atores que gerou. O projeto GIP / História

20 / Este modelo vai se tornar o padrão para o gerenciamento de portfólio de projetos de MOP. O projeto GIP / História

21 /

22 / Definição e implementação de uma infra- estrutura tecnológica de apoio à gestão integrada de projetos Plataforma Colaborativa GIP Definição e implementação de um esquema organizacional e modelo de processo com base na gestão integrada de projetos Modelo GIP–MOP Formação de profissionais com habilidades em gerenciamento de projetos (project management) Formação de profissionais com habilidades em gerenciamento de projetos (project management) PADRÃO PMI

23 / >Desvio do custo RESULTADOS

24 / Estádios de futebol do Mundial feminino Sub – 20 (Chile 2008) O projeto GIP / Caso de sucesso

25 / EL AÑO 2006, CHILE OBTIENE EL DERECHO DE ORGANIZAR EL MUNDIAL FEMENINO DE FUTBOL SUB 20 LA ULTIMA GRAN INVERSION EN INFRAESTRUCTURA PARA UN MUNDIAL DE FUTBOL HABIA SIDO REALIZADA EN EL AÑO 1962 El Desafío LA SITUACION DE LA INFRAESTRUCTURA EXISTENTE NO CUMPLÍA CON LOS ESTANDARES REQUERIDOS POR FIFA EN MARZO DE 2007, LA PRESIDENTA MICHELLE BACHELET MANIFIESTA EL APOYO DEL + GOBIERNO CENTRAL A ESTA INICIATIVA O ANO DE 2006, O CHILE OBTIDO O DIREITO DE ORGANIZAR DE FUTEBOL SUB DAS MULHERES DE COPA MUNDO 20 O ÚLTIMO GRANDE INVESTIMENTO EM INFRA-ESTRUTURA PARA UM MUNDO DE FUTEBOL FORAM REALIZADA NO ANO DE 1962 O caso F.I.F.A. A.N.F.P. + CLUBES DESPORTIVOS MUNICÍPIOS Locais GOVERNO CENTRAL Compromisso político Capacidade técnica

26 / EL AÑO 2006, CHILE OBTIENE EL DERECHO DE ORGANIZAR EL MUNDIAL FEMENINO DE FUTBOL SUB 20 LA ULTIMA GRAN INVERSION EN INFRAESTRUCTURA PARA UN MUNDIAL DE FUTBOL HABIA SIDO REALIZADA EN EL AÑO 1962 El Desafío O caso A SITUAÇÃO DA INFRA-ESTRUTURA EXISTENTE NÃO ATENDE OS PADRÕES EXIGIDOS PELA FIFA EM MARÇO DE 2007, A PRESIDENTE MICHELLE BACHELET EXPRESSA DE APOIO DO GOVERNO CENTRAL A ESTA INICIATIVA

27 / Estádio Francisco Sanchez Rumoroso, Coquimbo

28 / Estadio Municipal de la Florida, Santiago

29 / Estádio Nelson Oyarzun, Chillán

30 / Estádio Germán Becker, Temuco

31 / Esportes- melhorias Tamanho oficial de corte Contracancha oficial Vestiários e zona de aquecimento Sala de árbitros Melhorias tecnológicas Telas Câmeras de TV Internet + WIFI + UPS Iluminação 1200 lux Melhorias para o público Banheiros e barracas de comida Eliminando as barreiras visuais e trincheira de separação Bancos individuais com encosto Salões VIP Melhorias do programa Sala de controle de doping Cabines de conferência e imprensa Segregação dos atores (Imprensa / public / VIP / jogadores) Mejoras para estándar FIFA Melhorias para o padrão FIFA

32 / +14 Meses!

33 / O DESAFIO QUE SOMOS OBRIGADOS A MUDAR A NOSSA MANEIRA DE PENSAR E FAZER

34 / Organizando el trabajo de una manera distinta Generando asociaciones basadas en las mejores competencias Implementando nuevas prácticas y herramientas de trabajo Organizar o trabalho de uma maneira diferente Gerar as melhores associações baseado em competências Implementação de novas práticas e ferramentas

35 / Equipe Coquimbo Equipe La Florida Equipe Chillán Equipe Temuco Gerente de projetos + Diretório Projeto integrado de gestão (GIP)

36 / El Proyecto GIP / modelo de trabajo COMISSÃO POLÍTICA Presidência – IND - MOP COMITÊ TÉCNICO INSPEÇÃO TÉCNICA

37 / PMO Autoridade Gerente de projetos Inspetor fiscal1 Inspetor fiscal2 Unidades de Apoyo Jefes de Departamento Diretório O projeto GIP / modelo de trabalho Empresa privada

38 COMISSÃO POLÍTICA Presidência – IND - MOP COMITÊ TÉCNICO INSPEÇÃO TÉCNICA / O projeto GIP / modelo de trabalho

39 / ESTANDARES Y PROGRAMA FIFA FINANCIAMIENTO INSTITUTO DEL DEPORTE PROPIEDAD /CLIENTE MUNICIPALIDADES GERENCIAMIENTO TÉCNICO MOP EJECUCIÓN Y APOYO TÉCNICO EMPRESA PRIVADA >Asociación por competencias

40 / >Incredulidade inicial…

41 / Ao tempo!

42 /

43 /

44 /

45 /

46 / >Happy hour………….

47 / NOSSA CHAVE PARA O SUCESSO? : O ALINHAMENTO

48 / Nada é impossível se todos concordamos que somos capazes

49 / Tudo é possível, se nós não foco no valor e reforçar a equipe

50 /

51 / >A lição que aprendi…

52 / ¿Perguntas? ¿Comentários?

53 Muito obrigado !!! RESILIA Consulting & Management Services Ltda. Ricardo Faúndez Ahumada Arqchitect - Sócio Diretor /


Carregar ppt "UMA NOVA MANEIRA DE PENSAR E FAZER RESILIA Consulting & Management Services Ltda. Ricardo Faúndez Ahumada Arquiteto – Sócio Diretor."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google