A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Módulo de Portuária e Construção Civil – AULA 4 Prof.ª Marivaldo Oliveira FTST Formação Técnica em Segurança do Trabalho.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Módulo de Portuária e Construção Civil – AULA 4 Prof.ª Marivaldo Oliveira FTST Formação Técnica em Segurança do Trabalho."— Transcrição da apresentação:

1 Módulo de Portuária e Construção Civil – AULA 4 Prof.ª Marivaldo Oliveira FTST Formação Técnica em Segurança do Trabalho

2 COMPETÊNCIAS QUE TRABALHAREMOS NESTE MÓDULO Lançar mão dos recursos e técnicas de prevenção quanto ao SESMT (Serviço Especializado em Segurança e Medicina do Trabalho) e a CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes) para melhorar as condições de segurança e trabalho na construção Civil.

3 É obrigatória a instalação de proteção coletiva onde houver risco de queda de trabalhadores ou de projeção e materiais. NR MEDIDAS DE PROTEÇÃO CONTRA QUEDAS EM ALTURA Aberturas no Piso

4 PROTEÇÃO DE PERIFERIA TRAVESSÃO SUPERIOR COM 1,20m DE ALTURA TRAVESSÃO INTERMEDIÁRIO com 0,70m de altura RODAPÉ 0,20m FECHAMENTO COM TELA

5 ABERTURAS DO POÇO DO ELEVADOR Maneira correta de proteção de poço de elevador

6 PLATAFORMAS DE PROTEÇÃO - BANDEJAS Instalar em todo perímetro da construção com mais de 4 (quatro) pavimentos ou altura equivalente. Plataforma principal

7 3º 2º 1º PLATAFORMA PRINCIPAL - BANDEJAS

8 PLATAFORMAS SECUNDÁRIAS Instalar a plataforma secundárias de proteção, em balanço, de 3 (três) em 3 (três) lajes partir da principal Plataforma Secundária e telas de proteção

9 PLATAFORMAS TERCIÁRIAS Instalar a proteção terciária nas construções com pavimentos no subsolo, de 2(duas) em 2(duas) lajes.

10 Elevadores de obra NR MOVIMENTAÇÃO E TRANSPORTE DE MATERIAIS E PESSOAS Gruas

11 - Dimensionados por profissional legalmente habilitado. - Montado e desmontado por trabalhador qualificado. - Manutenção executada por trabalhador qualificado, sob supervisão de profissional legalmente habilitado. - Operado por trabalhador qualificado. - Área de movimentação isolada e sinalizada. NR MOVIMENTAÇÃO E TRANSPORTE DE MATERIAIS E PESSOAS

12 12 MÁQUINA DE TRAÇÃO – GUINCHO Guincho tipo coluna Tracionado por Cabos de Aço – elevadores de materias, passageiros ou mistos - Elevadores de Cremalheira

13 13 MÁQUINA DE TRAÇÃO – GUINCHO GUINCHO AUTOMÁTICO GUINCHO MISTO

14 14 ELEVADOR DE CREMALHEIRA

15 15 ELEVADOR DE CREMALHEIRA

16 16 CABINA DOS ELEVADORES

17 17 BASE DOS ELEVADORES Base de concreto armado, nivelada; Instalar dreno para evitar o acúmulo de água dentro do vão da base; Colocar chumbadores obedecendo as distâncias recomendadas pelo fabricante; Alinhamento entre o carretel, a roldana livre e o tubo central do painel lateral.

18 18 TORRE DOS ELEVADORES Amarrar e estroncar os montantes anteriores e posteriores, inclusive no último pavimento evitando o tombamento da torre no sentido contrário à edificação; Tirantes com 45º amarrando a torre pelo lado oposto a cada 6m Ultrapassar 4m a 6m acima da última laje a fim de permitir espaço suficiente entre o teto da cabina e o moitão superior

19 19 AMARRAÇÃO DA TORRE DOS ELEVADORES

20 20 TORRE DOS ELEVADORES Amarração da torre do elevador de cremalheira

21 21 COMPONENTES DE SEGURANÇA – LIMITADORES DE CURSO

22 22 COMPONENTES DE SEGURANÇA Fim de curso de emergência Sistema Elétrico

23 23 CANCELAS Barreira colocada na entrada à torre do elevador em cada parada com 1.8m de altura, no mínimo. Dispositivos elétricos e eletrônicos que não permiti que a cabina se movimente, caso exista alguma cancela aberta.

24 24 Freio a Cunha com limitador de velocidade

25 Plataforma para trabalhos em alturas elevadas por estrutura provisória ou dispositivo de sustentação. Dimensionamento do andaimes, sua estrutura de sustentação e fixação - Profissional legalmente habilitado. Construídos de modo a suportar, com segurança, as cargas de trabalho a que estarão sujeitos. Dispor de sistema guarda-corpo e rodapé, inclusive nas cabeceiras e em todo o perímetro. Devem ser tomadas precauções especiais, quanto a montagem, desmontagem e movimentação de andaimes próximos a redes elétricas. NR ANDAIMES E PLATAFORMAS DE TRABALHO

26 VOCÊ COMO TST AUTORIZARIA UM TRABALHO NUM ANDAIME DESSE JEITO?

27 Montantes apoiados em sapatas sobre base sólida; Proibido trabalho sobre cavaletes que possuam altura superior a 2,00m e largura inferior a 0,90m; Não deslocar os andaimes com trabalhadores sobre os mesmos; Providos de escadas ou rampas quando maior que 1,50m de altura; Andaimes de madeira só para obras abaixo de 3 pavimentos ou altura equivalente; ANDAIME SIMPLESMENTE APOIADO

28 ANDAIMES

29 ANDAIMES FACHADEIROS Carga distribuída de modo uniforme, sem obstruir a circulação de pessoas. Acessos verticais feitos em escada incorporada a sua própria estrutura ou por meio de torre de acesso. Montantes do andaime com encaixes travados com parafusos, contrapinos, braçadeiras ou similar.

30 ANDAIMES MÓVEIS Rodízios providos de travas, de modo a evitar deslocamentos acidentais. Utilizados apenas em superfícies planas.

31 ANDAIMES EM BALANÇO Ter sistema de fixação à estrutura da edificação capaz de suportar três vezes os esforços solicitantes. A estrutura do andaime deve ser contraventada e ancorada, de tal forma a eliminar quaisquer oscilações.

32 ANDAIMES SUSPENSOS - Placa visível com carga máxima de trabalho permitida; - Garantir a estabilidade; - Suspensos por meio de vigas, afastadores ou outras estruturas metálicas de resistência equivalente a, no mínimo, 3X o maior esforço solicitante. - A verificação estrutural e as especificações técnicas para a sustentação dos andaimes suspensos deverão permanecer no local de realização dos serviços. - É proibida a fixação de sistemas de sustentação dos andaimes por meio de sacos com areia, pedras ou qualquer outro meio similar.

33 BALANÇAS QUE ATENDEM A NR-18

34 SISTEMA DE SUSTENÇÃO DO ANDAIME SUSPENSO

35 CADEIRA SUSPENSA A cadeira suspensa deve dispor de: a) Dispositivo de subida e descida com dupla trava de segurança; b) Requisitos mínimos de conforto - NR 17 – Ergonomia; c) Sistema de fixação do trabalhador - cabo-guia independente para fixação do cinto de segurança tipo paraquedista. d) Sistema de fixação da cadeira suspensa independente do cabo-guia do trava-quedas. É proibida a improvisação de cadeira suspensa.

36 CADEIRA SUSPENSA

37 ATIVIDADE 1ª ETAPA O item da NR trata dos Sistemas Limitador de Quedas de Altura (Redes de Segurança) que podem ser instaladas como alternativa para as proteções secundárias. Faça a uma pesquisa sobre essas redes e responda as seguintes perguntas: - De que material e como devem ser confeccionada essas redes? - Quais os elementos que compõem esse sistema? - A ancoragem das redes de segurança devem ser feitas de que maneira? - Como deve ser realizada a inspeção dessas redes? - Quais os requisitos para a montagem desse sistema?

38 2º ETAPA: Faça um resumo da NR com relação aos requisitos que devem ser observados para os seguintes equipamentos: - Elevadores de materiais; - Elevadores de Passageiro; - Grua; Se necessário, busque informação dos fabricantes, use fotos, figuras ou qualquer outro meio para demonstrar o uso correto ou inadequado dessas máquinas. ATIVIDADE

39 3ª ETAPA: A PTA – Plataforma Aérea de Trabalho é uma máquina que está sendo muito utilizada na construção de grandes obras. Analise o anexo da NR-18 que trata sobre a PTA e apresente um resumo com as considerações importantes para o uso dessa máquinas. ATIVIDADE

40 DICAS PARA SUA ATIVIDADE SER SFO!!! Nossa atividade deve ter os seguintes tópicos: Capa: Capa: + Nome do Aluno + Nome do Polo + Nome do Tutor + Módulo + Disciplina + Nome do Professor + Nº da Atividade. Sumário: Sumário: Tópicos da atividade e sua localização na atividade (nº da página). Introdução: Introdução: Suas considerações sobre a atividade. Desenvolvimento: Desenvolvimento: Apresentação de todos os tópicos da atividade, atendendo ao solicitado pelo Professor, sempre mostrando sua própria produção. Lembrando que cada tópico corresponde a um subtítulo, que deve estar destacado no texto. Conclusão: Conclusão: Suas considerações finais. Devem ser exclusivamente suas! Bibliografia/Fonte de Pesquisa: Bibliografia/Fonte de Pesquisa: Links e livros consultados (Revistas técnicas também são uma ótima opção de pesquisa!) Utilize o Guia Minha Atividade é SFO! Disponível no AVA

41 Prazo de entrega: até 24/03/2012 até às 18h ATIVIDADEATIVIDADE EVITE DEIXAR A POSTAGEM DE SUA ATIVIDADE PARA O ÚLTIMO DIA. FAZENDO ISSO, IMPREVISTOS NÃO VÃO LHE PREJUDICAR.

42 Dúvidas Fórum Fórum Chat dia 09/02/12 no horário:das 20h30 às 22 h Chat dia 09/02/12 no horário:das 20h30 às 22 h


Carregar ppt "Módulo de Portuária e Construção Civil – AULA 4 Prof.ª Marivaldo Oliveira FTST Formação Técnica em Segurança do Trabalho."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google