A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

9º juiz: Ibsã Depois de Jefté, Ibsã, de Belém, liderou Israel. Teve trinta filhos e trinta filhas. Deu suas filhas em casamento a homens de fora do seu.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "9º juiz: Ibsã Depois de Jefté, Ibsã, de Belém, liderou Israel. Teve trinta filhos e trinta filhas. Deu suas filhas em casamento a homens de fora do seu."— Transcrição da apresentação:

1

2 9º juiz: Ibsã Depois de Jefté, Ibsã, de Belém, liderou Israel. Teve trinta filhos e trinta filhas. Deu suas filhas em casamento a homens de fora do seu clã, e trouxe para os seus filhos trinta mulheres de fora do seu clã. Ibsã liderou Israel durante sete anos. Então Ibsã morreu, e foi sepultado em Belém. (Juízes 12:8-10) O número de seus filhos indica sua riqueza e posição social na comunidade. fora do seu clã significa que eles casaram com pessoas de outros clãs, e não com estrangeiros. Esta Belém não é a mesma que Jesus nasceu, ela prova- velmente se localizava na parte oeste de Zebulom.

3 10º juiz: Elom / 11º juiz: Abdom Depois dele, Elom, da tribo de Zebulom, liderou Israel durante dez anos. Elom morreu, e foi sepultado em Aijalom, na terra de Zebulom. Depois dele, Abdom, filho de Hilel, de Piratom, liderou Israel. Teve quarenta filhos e trinta netos, que montavam setenta jumentos. Abdom liderou Israel durante oito anos. Então Abdom, filho de Hilel, morreu, e foi sepultado em Piratom, na terra de Efraim, na serra dos amalequitas. (Juízes 12:11-15) Piratom foi o local de nascimento de Benaia, capitão de Davi (2 Samuel 23:30). O prestígio e riqueza de Abdom se revelam pelo número de filhos e netos e suas montarias.

4 Sansão e os filisteus A narrativa sobre Sansão tem como pano de fundo a ameaça dos filisteus. Os filisteus viriam a ameaçar Israel durante o restante do período dos juízes, e o início da monarquia, até os primeiros anos do reinado de Davi. Os filisteus haviam se estabelecido na costa de Israel cerca de uma geração depois que os israelitas se apossaram da terra prometida (cerca de 1200 a.C.). Suas cidades sede eram: Gaza, Ascalom, Asdode, Ecrom e Gate.

5 Sansão e os filisteus A origem dos filisteus é a região de Micenas, na Grécia. Eles fizeram parte dos povos do mar, que atacaram o Egito e foram repelidos por Ramsés III.

6 Sansão e os filisteus Sangar (3º juiz) repeliu uma invasão inicial dos filisteus. Os filisteus atacaram também os amorreus, expulsando- os de seu antigo território e forçando-os a pressionar os israelitas na região central, o que deslocou uma parte da tribo de Dã para o norte. É provável que Sansão fosse descendente dos danitas que permaneceram em sua porção tribal original. Os filisteus normalmente não eram tão agressivos quanto os outros povos. Eles preferiam se infiltrar através de casamentos mistos e do comércio.

7 Sansão e os filisteus Na época de Sansão, os israelitas conviviam pacificamente com os filisteus, e até se ressentiram quando Sansão foi hostil com eles. Os israelitas aceitaram o jugo filisteu docilmente. Foi nessa situação de aceitação apática das circunstâncias que Deus ergueu Sansão, para infligir uma guerra de um homem só contra os filisteus. Ele quase não teve apoio de seus irmãos; em lugar algum ele dispõe de algum soldado ao seu lado, quanto menos de um exército.

8 Sansão e os filisteus Sansão trouxe o pecado de Israel à luz. As façanhas de Sansão aguçaram a animosidade dos filisteus contra os israelitas. Isso representou a maior ameaça contra Israel até o momento. Com o inimigo se revelando, Israel percebeu que precisava se preparar para enfrentá-lo e derrotá-lo. Muitas vezes possuímos pecados encobertos dentro de nós, e Deus usa pessoas para manifestá-los, a fim de que possamos percebê-los, enfrentá-los e vencê-los.

9 Sansão e os filisteus Sansão não era um modelo de santidade. Apesar de dotado do Espírito do Senhor e dedicado a um voto vitalício de nazireu, sua vida parece girar ao redor de relacionamentos ilícitos com prostitutas e pagãs. Ele iniciou o livramento dos filisteus, mas não os derrotou. Sua história é triste, pela falta de disciplina e dedicação, e imaginamos o que ele poderia ter feito com seu enorme potencial se tivesse agido corretamente. As façanhas de Sansão mais pareciam estrepolias de um delinquente juvenil incontrolável.

10 Os israelitas voltaram a fazer o que o Senhor reprova, e por isso o Senhor os entregou nas mãos dos filisteus durante quarenta anos. Certo homem de Zorá, chamado Manoá, do clã da tribo de Dã, tinha mulher estéril. Certo dia o anjo do Senhor apareceu a ela e lhe disse: "Você é estéril, não tem filhos, mas engravidará e dará à luz um filho. Todavia, tenha cuidado, não beba vinho nem outra bebida fermentada, e não coma nada impuro; e não se passará navalha na cabeça do filho que você vai ter, porque o menino será nazireu, consagrado a Deus desde o nascimento; ele iniciará a libertação de Israel das mãos dos filisteus". Juízes 13:1-5

11 Nascimento de Sansão Zorá era uma cidade pequena na fronteira entre Dã e Judá, perto de Bete-Semes (que significa Casa do Sol, o que pode ter influenciado o nome de Sansão, que é um nome derivado de Sol). O nascimento de Sansão foi anunciado por um anjo a uma mulher estéril, assim como Sara e Isabel. Nazireu significa separado ou consagrado (Nm 6:1-21). Normalmente, o voto de nazireu era voluntariamente feito por um período pré-determinado, mas o de Sansão foi determinado por Deus para ser vitalício.

12 Nascimento de Sansão O voto de nazireu consiste em: – Abster-se dos produtos da vinha – Não cortar o cabelo – Não tocar em cadáver A narrativa deixa claro que a única regra que Sansão respeitava era a de não cortar o cabelo. O anjo deixou claro que o trabalho da vida de Sansão seria incompleto, pois ele apenas começaria a livrar Israel dos filisteus. Este trabalho seria continuado posteriormente por Samuel, Saul, Jônatas e Davi. Sansão representa bem a nação de Israel: separado por Deus para ser santo, mas caindo frequentemente em pecado.

13 Então a mulher foi contar tudo ao seu marido: "Um homem de Deus veio falar comigo. Era como um anjo de Deus, de aparência impressionante. Não lhe perguntei de onde tinha vindo, e ele não me disse o seu nome, mas ele me assegurou: Você engravidará e dará à luz um filho. Todavia, não beba vinho nem outra bebida fermentada, e não coma nada impuro, porque o menino será nazireu, consagrado a Deus, desde o nascimento até o dia da sua morte ". Então Manoá orou ao Senhor: "Senhor, eu te imploro que o homem de Deus que enviaste volte para nos instruir sobre o que fazer com o menino que vai nascer". Deus ouviu a oração de Manoá, e o anjo de Deus veio novamente falar com a mulher quando ela estava sentada no campo; Manoá, seu marido, não estava com ela. Mas ela foi correndo contar ao marido: "O homem que me apareceu outro dia está aqui! Manoá levantou-se e seguiu a mulher. Quando se aproximou do homem, perguntou: "És tu o que falaste com a minha mulher? " "Sim", disse ele. Juízes 13:6-25

14 "Quando as suas palavras se cumprirem", Manoá perguntou, "como devemos criar o menino? O que ele deverá fazer?" O Anjo do Senhor respondeu: "Sua mulher terá que seguir tudo o que eu lhe ordenei. Ela não poderá comer nenhum produto da videira, nem vinho ou bebida fermentada, nem comer nada impuro. Terá que obedecer a tudo o que lhe ordenei". Manoá disse ao Anjo do Senhor: "Gostaríamos que ficasses conosco; queremos oferecer-te um cabrito". O anjo do Senhor respondeu: "Se eu ficar, não comerei nada. Mas, se você preparar um holocausto, ofereça-o ao Senhor". Manoá não sabia que ele era o anjo do Senhor. Então Manoá perguntou ao anjo do Senhor: "Qual é o teu nome, para que te prestemos homenagem quando se cumprir a tua palavra?" Ele respondeu: "Por que pergunta o meu nome? Meu nome está além do entendimento". Então Manoá apanhou um cabrito e a oferta de cereal, e os ofereceu ao Senhor sobre uma rocha. E o Senhor fez algo estranho enquanto Manoá e sua mulher observavam: Juízes 13:6-25

15 Quando a chama do altar subiu ao céu, o Anjo do Senhor subiu na chama. Vendo isso, Manoá e à sua mulher prostraram-se, rosto em terra. Como o Anjo do Senhor não voltou a manifestar-se a Manoá e à sua mulher, Manoá percebeu que era o Anjo do Senhor. "Sem dúvida vamos morrer! " disse ele à mulher, "pois vimos a Deus! " Mas a sua mulher respondeu: "Se o Senhor tivesse a intenção de nos matar, não teria aceitado o holocausto e a oferta de cereal das nossas mãos, nem nos teria mostrado todas essas coisas, nem nos teria revelado o que agora nos revelou". A mulher deu à luz um menino e pôs- lhe o nome de Sansão. Ele cresceu, e o Senhor o abençoou, e o Espírito do Senhor começou a agir nele quando ele se achava em Maané-Dã, entre Zorá e Estaol. Juízes 13:6-25

16 Nascimento de Sansão Sansão recebeu a unção carismática do Espírito do Senhor, que se refletiu em sua força extraordinária e em suas façanhas espetaculares. Manoá quis saber o nome do anjo, mas ele não quis revelar, pois Manoá não poderia compreender. Algumas vezes fazemos perguntas a Deus e não recebemos resposta, mas isso não significa uma desconsideração de Deus. Muitas vezes essa conhecimento pode estar além da nossa habilidade de compreensão ou de aceitação. Os pais de Sansão ainda eram tementes a Deus, apesar da nação ter se desviado. Eles resistiram onde Deus os tinha colocado ao invés de fugir para o norte como seus irmãos. Por isso Deus os escolheu. Sansão recebeu esse nome pois seus pais tinham certeza de que ele brilharia como o Sol, e seria luz para Israel.

17 Sansão desceu a Timna e viu ali uma mulher do povo filisteu. Quando voltou para casa, disse a seu pai e a sua mãe: "Vi uma mulher filisteia em Timna; consigam essa mulher para ser minha esposa". Seu pai e sua mãe lhe perguntaram: "Será que não há mulher entre os seus parentes ou entre todo o seu povo? Você tem que ir aos filisteus incircuncisos para conseguir esposa? " Sansão, porém, disse ao pai: "Consiga-a para mim. É ela que me agrada". Seus pais não sabiam que isso vinha do Senhor, que buscava ocasião contra os filisteus; pois naquela época eles dominavam Israel. Juízes 14:1-4

18 Sansão e a filisteia Timna ficava perto de Zorá (cerca de 6 km), o que demonstra a penetração dos filisteus no território israelita e a natureza pacífica dessa invasão. Ao desejar casar com a filisteia, Sansão estava quebrando a tradição do seu povo e as instruções da Lei. Podemos imaginar a mágoa de seus pais, principalmente por saberem do plano de Deus pra ele. Assim como Sansão não respeitava seus votos, ele também não respeitava seus pais. Era direito do pai escolher a esposa do seu filho naquela época. A unidade era o clã, e as preferências pessoais deveriam estar subordinadas às coletivas.

19 Sansão e a filisteia Neste tipo de casamento, a mulher permanecia com seu povo, tendo sua própria casa, e o marido ia visitá-la de tempos em tempos. Este tipo de casamento ainda existe hoje entre os árabes palestinos, com o marido sendo chamado de marido- visitante. Os filisteus são chamados de incircuncisos pois eram os únicos vizinhos de Israel que não praticavam a circuncisão. Mesmo as outras nações cananitas praticavam a circuncisão em rituais de passagem para a vida adulta, antes do casamento ou para designar uma casta superior.

20 Sansão e a filisteia Sansão era dotado do Espírito de Deus, mas sua fraqueza eram as mulheres, e esse foi o motivo de sua queda. Precisamos identificar as nossas fraqueza e submetê-las a Deus, para que elas não causem a nossa ruína, como aconteceu com Sansão. As alianças que o povo de Israel fez com os filisteus no tempo de Sansão são comparáveis com as que a Igreja faz com o mundo hoje. Precisamos estar atentos para não cair neste engano.

21 Sansão foi para Timna com seu pai e sua mãe. Quando se aproximavam das vinhas de Timna, de repente um leão forte veio rugindo na direção dele. O Espírito do Senhor apossou-se de Sansão, e ele, sem nada nas mãos, rasgou o leão como se fosse um cabrito. Mas não contou nem ao pai nem à mãe o que fizera. Então foi conversar com a mulher de quem gostava. Algum tempo depois, quando voltou para casar-se com ela, Sansão saiu do caminho para olhar o cadáver do leão, e nele havia um enxame de abelhas e mel. Tirou o mel com as mãos e o foi comendo pelo caminho. Quando voltou aos seus pais, repartiu com eles o mel, e eles também comeram. Mas não lhes contou que tinha tirado o mel do cadáver do leão. Juízes 14:5-9

22 Sansão e o leão Sansão recebeu uma força irresistível do Espírito do Senhor, que de modo poderoso se apossou dele. Sejam sóbrios e vigiem. O diabo, o inimigo de vocês, anda ao redor como leão, rugindo e procurando a quem possa devorar. (1 Pedro 5:8) Ao remover o favo de mel, Sansão quebrou seu voto de nazireu, tocando em um cadáver. Talvez seja essa a razão porque ele não disse aos seus pais. A culpa do pecado muitas vezes nos impede de falar a verdade, por isso a confissão é tão importante. Portanto, confessem os seus pecados uns aos outros e orem uns pelos outros para serem curados. A oração de um justo é poderosa e eficaz. (Tiago 5:16)

23 Seu pai desceu à casa da mulher, e Sansão deu ali uma festa, como era costume dos noivos. Quando ele chegou, trouxeram-lhe trinta rapazes para o acompanharem na festa. "Vou propor-lhes um enigma", disse-lhes Sansão. "Se vocês puderem dar-me a resposta certa durante os sete dias da festa, então eu lhes darei trinta vestes de linho e trinta mudas de roupas. Se não conseguirem dar-me a resposta, vocês me darão trinta vestes de linho e trinta mudas de roupas." "Proponha-nos o seu enigma", disseram. "Vamos ouvi-lo." Disse ele então: "Do que come saiu comida; do que é forte saiu doçura". Durante três dias eles não conseguiram dar a resposta. Juízes 14:10-14

24 O enigma de Sansão A festa aconteceu na casa da noiva, o que mostra mais uma vez que este não foi um casamento israelita normal. A festa durava 7 dias, e o casamento não se consumava até o fim desse período. Os 30 homens constituíam um corpo de guarda para proteger os filisteus contra Sansão. Os enigmas eram muito apreciados no mundo antigo, associados à sabedoria. A rainha de Sabá também testou Salomão com enigmas (1 Reis 10:1).

25 O enigma de Sansão As apostas pelo enigma de Sansão foram altas. As camisas (ou vestes de linho) eram roupas comuns, e as mudas de roupas (ou vestes festivais) eram trajes de qualidade superior, para festas. Normalmente as pessoas comuns possuíam poucas vestes de linho, e apenas uma veste festival. Essas roupas eram a principal fonte de saque após uma batalha. Não se deixem enganar: as más companhias corrompem os bons costumes. (1 Coríntios 15:33)

26 No quarto dia disseram à mulher de Sansão: "Convença o seu marido a explicar o enigma. Caso contrário, poremos fogo em você e na família de seu pai, e vocês morrerão. Você nos convidou para nos roubar?" Então a mulher de Sansão implorou-lhe aos prantos: "Você me odeia! Você não me ama! Você deu ao meu povo um enigma, mas não me contou a resposta!" "Nem a meu pai e à minha mãe expliquei o enigma", respondeu ele. "Por que deveria explicá-lo a você?" Ela chorou durante o restante da semana da festa. Por fim, no sétimo dia, ele lhe contou, pois ela continuava a perturbá-lo. Ela, por sua vez, revelou o enigma ao seu povo. Antes do pôr-do-sol do sétimo dia, os homens da cidade vieram lhe dizer: "O que é mais doce que o mel? O que é mais forte que o leão?" Sansão lhes disse: "Se vocês não tivessem arado com a minha novilha, não teriam solucionado o meu enigma". Juízes 14:15-18

27 O enigma de Sansão A resposta do enigma dificilmente seria encontrada sem o conhecimento pessoal que apenas Sansão possuía. O segredo compartilhado significou que o casamento jamais se consumaria, pois o enigma foi respondido antes do sétimo dia. Sansão não entrou na câmara nupcial, o que invalidou o casamento. A tática da noiva provou que os pais de Sansão estavam certos ao temer este casamento. Alianças com ímpios podem ser boas no início, mas sempre terminam mal.

28 Então o Espírito do Senhor apossou-se de Sansão. Ele desceu a Ascalom, matou trinta homens, pegou as suas roupas e as deu aos que tinham explicado o enigma. Depois, enfurecido, foi para a casa do seu pai. E a mulher de Sansão foi dada ao amigo que tinha sido o acompanhante dele no casamento. Juízes 14:19-20

29 O enigma de Sansão Sansão ficou furioso contra os filisteus, e fez com que eles mesmos pagassem pelo engano. Ascalom era uma das principais cidades dos filisteus, mas ficava 37 km de Timna, o que impediu sua identificação. Para não desperdiçar a festa, a noiva foi dada a um dos padrinhos. Sansão usou seu dom com um propósito egoísta. Paulo nos alertou que os dons de Deus devem ser utilizados com o fim de preparar os santos para a obra do ministério, para que o corpo de Cristo seja edificado (Efésios 4:12)

30 O enigma de Sansão Sansão é um exemplo maravilhoso do que Deus poderia ter feito com um homem completamente separado, e também o que a autossuficiência e o pecado podem fazer para impedir a promessa gloriosa e o propósito de Deus. Assim como o mel tirado do corpo do leão, precisamos perceber as importantes lições da vida de Sansão, não cometendo os mesmos erros que ele.


Carregar ppt "9º juiz: Ibsã Depois de Jefté, Ibsã, de Belém, liderou Israel. Teve trinta filhos e trinta filhas. Deu suas filhas em casamento a homens de fora do seu."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google