A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Instituto Gay Lussac Encontros com a Arte Profª Ana Lúcia Rubens.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Instituto Gay Lussac Encontros com a Arte Profª Ana Lúcia Rubens."— Transcrição da apresentação:

1 Instituto Gay Lussac Encontros com a Arte Profª Ana Lúcia Rubens

2 3º ENCONTRO PRÉ-HISTÓRIA: Paleolítico ou pedra lascada Mesolítico Neolítico ou pedra polida

3 A ARTE É UMA EXPRESSÃO DA NOSSA HUMANIDADE Hoje em dia, sabe-se que a capacidade de produzir arte independe da cultura, da sociedade, da classe social a até mental do artista. Arte é a capacidade do ser humano de expressar seus sentimentos por meio da pintura, da música, da poesia, do cinema, das colagens, dos grafites, do teatro, da dança e de outras linguagens.

4 Figura no 1 Figura no 2 Figura no 3 Figura no 4

5 PRÉ-HISTÓRIA A arte na pré-história se oferece ao séc. XXI como uma arte plenamente moderna. Foi o período de vida humana mais longo sobre a terra, tendo sido também uma constante superação de dificuldades. Foi lenta a evolução. Muitos de nossos antepassados eram artistas. Eles viviam em pequenos grupos e eram nômades, não tinham um lugar fixo para habitar. Alimentavam-se da caça, da pesca e da colheita de frutos. Eles costumavam se abrigar em cavernas e em cabanas construídas com paus e ossos de mamutes, tendo o teto coberto por ramagens ou peles de animais. Eram verdadeiros salões de arte com pinturas de ursos, cavalos, veados, bisões etc. Esses artistas trabalharam entre e A.C., usavam as paredes das cavernas para pintar. Não estabeleciam limites para suas pinturas e não faziam ideia de que podiam pintar sobre outro fundo e utilizar molduras. Eles aproveitavam as próprias saliências e rachaduras das rochas para pintar. As pinturas transmitiam aquilo que havia de mais importante para eles: caçar animais para garantir o alimento. Primeiro eles pintavam na parede e depois iam caçar na prática. Eles usavam toda a superfície da rocha. Rebanhos inteiros galopam assim há milhares de anos nas paredes e nos tetos desses lugares. Eles pintavam com o uso de lamparinas a óleo, e dava impressão de movimento de manadas,como se os animais galopassem em grupos.

6 As primeiras cores eram feitas a partir de madeira e ossos queimados, cal, terra e minérios em pó, misturados com água ou gordura animal. Os contornos da pintura eram desenhados com os dedos, musgo ou pincéis feitos com pequenos galhos de árvore, pelos ou penas de animais. Para preencher o desenho, sopravam os pigmentos através de tubos feitos de osso. Deixavam também as marcas de suas mãos nas cavernas como demarcação de território (impressões palmáreas). Eles colocavam a tinta na boca, assopravam na mão para depois imprimir nas rochas da caverna. As cores para impressão eram o preto, branco, ocre, vermelho e ferrugem.

7 Pintura rupestre significa pintura feita nas paredes das cavernas. Rupestre quer dizer gravado ou traçado na rocha, na pedra. As pinturas rupestres mais famosas são as das cavernas de Altamira, na Espanha e de Lascaux, na França. A 1ª descoberta foi em 1879 e a 2ª só em 1940 por crianças. Os registros deixados por esses artistas nas paredes das cavernas nos possibilitou conhecer as condições de sua existência. A figura humana vai aparecer só mais tarde, representada pelo homem pré-histórico. No final da pré-história, o homem deixou de ser nômade, passou a se dedicar a agricultura e domesticou animais. Com essa mudança, revolucionou a arte que se praticava até então; a vida coletiva e as atividades cotidianas passaram a ser objeto de representações. Com isso, a ideia de movimento passou a ser um problema para o artista e ele começou a criar figuras mais leves, ágeis e pequenas. Essas figuras foram reduzidas a pequenos traços e linhas que transmitiam alguma mensagem e, daí, surgiu a primeira forma de escrita. A arte na pré-história representava a realidade, os desenhos dos animais eram de grande realismo e foram deixados pelo ser humano como registros de sua história.

8 As fases da Pré-História: IDADE DA PEDRA: Paleolítico ou pedra lascada ( a anos A.C.) As criações artísticas desta época, impregnadas de sentido mágico ou simbólico, foram encontradas principalmente em grutas e abrigos. Mesolítico (período de transição - entre a anos A.C. ) Continuidade das características da arte da época anterior. Neolítico ou pedra polida (5.000 a anos A.C. ) Período que se caracteriza por um artesanato altamente desenvolvido. É na arte da cerâmica que o homem desenvolve plenamente seu sentido de decoração. Cria vasilhas de bonitas formas e as cobre de abundante e bela ornamentação com listras horizontais, incisões, traços, estrias, etc...

9 MÃOS EM NEGATIVO Umas das primeiras manifestações artísticas dos homens primitivos, foram as "Mãos em Negativo", onde eles usavam carvão, sangue, ossos triturados e folhas de árvores como tinta e como pincel eles utilizavam os dedos e/ou canudos feitos de galhos de árvores ocos, onde eles sopravam o carvão em cima das mãos e após retirar a mesma, ficava a parte que não pegou o carvão ou outro pó colorido,em branco. Somente muito tempo depois de dominar a técnica das mãos em negativo é que o ser humano da Pré-História começou a desenhar e a pintar animais.

10 Estilo: -Pintura naturalista, o artista representava os seres de modo como os via de determinada perspectiva, reproduzia a natureza tal qual sua visão captava. -Figuras de animais ligadas a rituais mágicos de caça. (Esses rituais eram realizados para que a caça fosse abundante e os caçadores pudessem pegar um grande número de animais). -Imagens carregadas de traços fortes que expressavam a ideia de vigor para representar os animais que o ser humano das cavernas temia, ou os grandes animais que caçava, como o bisão. ARTE NO PERÍODO PALEOLÍTICO

11 Gruta de Chauvet/França anos atrás

12 Caverna de Altamira/Espanha anos atrás

13 Pintura rupestre na caverna de Lascaux, França

14 Impressões Palmáreas

15 ARTE NO PERÍODO NEOLÍTICO Começa um novo estilo: -Figuras humanas ou formas humanas: antropomórficas. -Figuras com poucos traços e poucas cores, as formas são apenas sugeridas. -O ser humano passou a ser representado em suas atividades cotidianas e coletivas (cenas de danças coletivas, talvez ligadas ao trabalho de plantio e colheita). -Intenção de transmitir ideia de movimento. -Figuras cada vez mais leves, pequenas, com poucas cores. -Figuras reduzidas a traços e linhas muito simples,mas capazes de transmitir sentido a quem via. -A partir delas surgiria a primeira forma de escrita: a escrita pictográfica, na qual os seres e as ideias são representadas por desenhos.

16 PINTURAS RUPESTRES EM TASSILI NAJJER (Argélia) No período que compreende o Neolítico Recente no Sahara (úmido), uma civilização brilhante realizou gravuras e pinturas rupestres no Platô de Ajjer. O Parque Nacional Tassili NAjjer é sítio considerado Patrimônio Mundial Misto, isto é tanto Cultural quanto Natural, tombado pela Unesco em São extraordinárias pinturas que representam pessoas e animais, especialmente magníficos rebanhos de gado. Tassili oferece paisagens de rara beleza moldada pela erosão, fenômeno mudando relevos produzindo formas muito específicas. É um sítio arqueológico a céu aberto. Esta é uma coleção de arte rupestre de riqueza incomparável de parte do mundo.

17 Observe nessas pinturas que a domesticação de animais já fazia parte da vida da comunidade.

18 Nesta cena retratada acima, há uma intenção do artista de transmitir a ideia de movimento pela posição dos braços e das pernas.

19 Pintura rupestre na Serra da Capivara, Piauí, Brasil

20 Figura no 1 Figura no 2 Figura no 3 Figura no 4

21 Bibliografia Apostila organizada pela profª Célia Figueiredo. Descubra as conexões através de perguntas e respostas - Editora e diretora de criação, Caroline Grimshaw. Como seria sua vida no Antigo Egito? Editora Scipione. Arte Comentada, da Pré-História ao Pós-Modernismo - Carol Strickland, Ph. D., Editora Ediouro.


Carregar ppt "Instituto Gay Lussac Encontros com a Arte Profª Ana Lúcia Rubens."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google