A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Unidade I Comunicação Aplicada Profª. Carolina Lara Kallás.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Unidade I Comunicação Aplicada Profª. Carolina Lara Kallás."— Transcrição da apresentação:

1 Unidade I Comunicação Aplicada Profª. Carolina Lara Kallás

2 A disciplina A disciplina está dividida em quatro unidades: I - Conceitos e história da comunicação. Meios de comunicação II - Conceitos básicos de linguagem e semiótica. Funções da comunicação. III - O poder da comunicação.Indústria cultural. Reconstrução da realidade. IV - Comunicação Empresarial. Imagem institucional.

3 1.Conceito Etnológico – Comunidade Comunicação vem da palavra communis, dando a idéia de comunidade. Ou seja, a Comunicação acontece quando duas ou mais pessoas são comuns ou utilizam códigos comuns entre si para : trocar, enviar, receber e entender as mensagens utilizando códigos e signos similares. Portanto, comunicar significa: dar ou tomar conhecimento de algo, trocar informações, participar e transmitir. Diversos Conceitos sobre Comunicação

4 2. Conceito Biológico – Sistema Nervoso Nesse conceito, a comunicação é relacionada à atividade sensorial e nervosa do ser humano. Segundo Wilbur Schramm, a comunicação segue a seguinte ordem: a)Coleta de informações pela atividade nervosa. b)Armazenagem da informação. c)Disposição da informação. d)Circulação das informações para os centros de ação. e)Preparo de ordens que resultam no envio das mensagens.

5 Diversos Conceitos sobre Comunicação 3. Conceito Histórico – Cooperação A Comunicação nesse conceito é baseada na cooperação e ela funciona como instrumento de equilíbrio entre a humanidade. Ou seja, podemos repassar e transformar o conhecimento adquirido pelos nossos ancestrais, ampliando as possibilidades de coexistência mais pacifica entre os homens.

6 Diversos Conceitos sobre Comunicação 4. Conceito Sociológico – Integração O papel da comunicação é de transmissão de significados entre pessoas, possibilitando assim a sua integração social. A comunicação nos possibilita a constante interação com o mundo e com as pessoas que nos cercam. Integração entre o mundo interno e externo. Relações intrapessoais e interpessoais.

7 Diversos Conceitos sobre Comunicação 5. Conceito Antropológico – Cultura Precisamos primeiro ressaltar que sem o desenvolvimento dos meios de comunicação e dos médiuns lingüísticos, ou seja, letras e desenhos que formam a escrita seria muito mais difícil de estudarmos os homens e suas origens. É através dos meios de comunicação e da escrita que obtemos informações sobre nossos antepassados. Portanto, o conceito antropológico diz respeito à cultura.

8 Diversos Conceitos sobre Comunicação 5. Conceito Antropológico A comunicação é o veiculo de transmissão que forma a bagagem cultural do individuo. É através dela que recebemos as tradições, as regras e o entendimento do que a nossa sociedade espera de nós.

9 A Comunicação humana envolve a troca de informações utilizando sistemas simbólicos como ferramentas. O que são os sistemas simbólicos? Os sistemas simbólicos são as junções de fonemas ou de letras que formam a palavra e a escrita. Uma composição de cores, sons ou imagens também pode formar um sistema simbólico. Linguagens sincréticas: junções de cores, sons, formas e palavras. Exemplo: site Comunicação

10 Só os textos e as palavras comunicam? Tudo Comunica!!! Podemos dizer que existem dois tipos de linguagens: A Linguagem Verbal (palavras e escrita). A Linguagem não verbal (cores, formas, gestos, olhares, vestuários, o modo como falamos e nos expressamos, etc). Veremos agora os componentes da comunicação:

11 Formas e componentes da comunicação Emissor Código ReceptorMensagem Meio

12 Formas e componentes da comunicação Fazem parte da mensagem: 1) O Código: è o conjunto de signos convencionais, por exemplo, a língua, utilizados na representação da mensagem. Esses códigos, como observamos anteriormente necessitam ser comuns ao receptor para que ele possa entender a mensagem. A compreensão e a interpretação da mensagem estão diretamente ligadas ao repertório de quem as recebe.

13 Formas e componentes da comunicação Os códigos utilizados dependem também do contexto ou do meio ambiente no qual eles são utilizados. 2)Meio de comunicação: É o canal pelo qual o emissor transmite a mensagem ao receptor.

14 Meios de Comunicação Sonoro (Telefone, Rádio) Escrita (Jornais,Revistas,etc.) Audiovisual (Televisão e Cinema) Multimídia (Diversos meios simultaneamente) Hipermídia NTICs, CD-ROM, TV Digital, Internet, etc.

15 Modelos de comunicação Vertical De cima para baixo; Unilateral; Comunicação de mão única; Autoridade. Horizontal Sociedade Participativa e interdependente; Valorização do potencial humano; Comunicação de mão dupla; Alteridade.

16 Comunicação de Massa É um sistema produtivo que visa gerar e consumir idéias. As pessoas aceitam as mensagens sem pré-julgamento. Objetivo: consumo. Não existe troca (mão dupla) as pessoas apenas recebem as informações. Palavras chaves: Manipulação e Indústria Cultural.

17 Comunicação Segmentada É um desdobramento da comunicação em massa. Utiliza os meios de comunicação tradicionais. Diferença da comunicação em massa: A comunicação segmentada é direcionada a grupos específicos de acordo com as características e preferências do consumidor.

18 Interatividade A Comunicação ocorre: a)Num único sentido: emissor para o receptor. b)Exclusivamente pela linguagem verbal. c)Por meio de sistemas simbólicos que podem ser ou não verbais. d)Somente quando duas pessoas falam a mesma língua, ou seja, utilizam o mesmo código. e)Apenas pelos meios de comunicação.

19 Resposta c)Por meio de sistemas simbólicos que podem ser ou não verbais. Os sistemas simbólicos são as junções de fonemas ou de letras que formam a palavra e a escrita. A junção de formas, cores e linhas num quadro ou a organização das notas musicais que formam uma música também são sistemas simbólicos. Linguagem sincrética: junção de diversos sistemas simbólicos.

20 Principais marcos da Comunicação e do Marketing Brasões – Símbolos que representam a identidade. Cruzadas descobrimento e posse de terras 1450 – Invenção da Imprensa Gutenberg 1529 – Panfletos Reforma Protestante – Lutero 1597 – 1ª Congregação de Propaganda Contra Reforma - Papa Clemente VIII 1750 – Revolução Industrial

21 Principais marcos da Comunicação e do Marketing 1808 – 1º Jornal Brasileiro Gazeta do Rio de Janeiro 1891 – Cartazes Toulouse Lautrec 1917 / 1945 – Propaganda Política Regimes Totalitários - Hitler 1922/23 – 1ª Rádio Brasileira Rádio Sociedade do Rio de Janeiro 1945 * Final da 2ª Guerra Mundial transição V – C

22 Principais marcos da Comunicação e do Marketing 1950 * Televisão 1º Anunciante Brasileiro (Persianas Columbia) 1960 – Internet (Estratégia Militar) 1960 * 4 P´s – preço, praça, produto e promoção. Basic Marketing- Jerome Mc Carthy 1970 * Planejamento Estratégico (missão, visão) 1980 * Crises Morais (Marketing Verde)

23 Principais marcos da Comunicação e do Marketing 1990 Internet nas mãos do consumidor (informações mais acessíveis) 1990 * Era do Cliente (Vantagem Competitiva) 2000 * Democratização dos meios de informação (Marketing Holístico) A Comunicação sempre existiu, desde os primeiros agrupamentos humanos. A Modernidade apenas problematizou a comunicação.

24 História da Comunicação Anos de 50 e 60 Foco: preocupação com o conhecimento e com tudo o que rodeia o homem. Conquistas e preocupação com o ambiente físico. Urbanismo, Racionalização do trânsito e planejamento. Visão funcionalista: o homem deve servir a sociedade para o desenvolvimento da mesma.

25 História da Comunicação Anos 70 Valorização do ambiente social. Estudo das relações de interdependência no ambiente social. O homem é visto como um ser social. O homem é produto e produtor da cultura. Mudança no conceito de Cultura.

26 História da Comunicação Anos 80 O homem volta a se preocupar com o ambiente físico mas não só com a sua funcionalidade, ele se preocupa com a consciência ambiental. Crise do petróleo. Necessidade de repor o que tiramos da natureza. Início do Boom tecnológico. Existe uma dualidade : de um lado a critica ao consumo em massa e de outro a necessidade de produzir cada vez mais para atender os consumidores.

27 História da Comunicação Anos 90 Internet (disponível aos consumidores) Era do cliente – estudo do pós compra e da satisfação do cliente. Vantagem competitiva por meio da fidelização do cliente e da construção de valores ligados a responsabilidade social. (Branding empresarial) Anos 2000 Democratização dos meios de comunicação e descentralização da informação.

28 Interatividade Sobre a História da Comunicação podemos afirmar que: a)A primeira congregação de propaganda foi criada por Lutero na Reforma protestante. b)Na década de 50 havia uma influência da visão funcionalista da sociedade. c)Os panfletos foram criados pelo Papa Clemente VIII para propagar a fé no mundo. d)Na década de 70 o homem se preocupava apenas com o ambiente físico e funcional da sociedade. e)A propaganda política começou a existir só depois da década de 60.

29 Resposta b)Na década de 50 havia uma influência da visão funcionalista da sociedade.

30 Tipos de Comunicação Segundo Pierre Levy, a comunicação pode ser dividida em três tipos principais: 1.Comunicação: Um X Um. 2.Comunicação: Um para Todos. Comunicação de massa 3.Comunicação: Todos para Todos.

31 Evolução tecnológica e Comunicação Alta velocidade de informações Globalização (diversos códigos) Relação tempo X espaço As relações de tempo e espaço foram completamente modificadas no âmbito social, hoje em dia a informação não depende mais do deslocamento de uma pessoa, de um cavalo ou do correio. Ao fazer parte da rede ela perde a relação de tempo espaço e deslocamento, podemos acessar informações a qualquer hora em qualquer lugar.

32 Meios de Comunicação Os meios de comunicação criaram uma nova realidade social de causas e efeitos no comportamento humano. Quando estudamos os meios de comunicação em massa não estudamos apenas o objeto. Estudamos a nova realidade social criada por esse meio de comunicação, seus reflexos e conseqüências no nosso dia a dia, na sociedade e nas diversas dimensões do real.

33 Função dos meios de comunicação Reguladores Sociais 1.Informar. 2.Transmitir sentido. 3.Compensar ou aliviar carências e fracassos dos ouvintes. 4.Fonte de orientação e conselho:

34 Meios de comunicação Influenciam diretamente nosso comportamento e nossas opiniões, tanto nos aspectos positivos como nos aspectos negativos. Preenchem nossas necessidades. Ex.: Jornal Necessidades racionais – informação; Necessidades não-racionais – contatos e prestigio social.

35 Os meios de comunicação e as carências humanas Rádio e TV: Companhia; Difusão de notícias; Publicidade. Válvula de escape que oferece uma compensação relaxante para o crescente estresse da vida moderna. As revistas populares cumprem mais ou menos as mesmas funções.

36 Os meios de comunicação e as carências humanas Telenovelas e Cinema: Identificação; Experimentação de surpresas e sentimentos; Sensação de compartilhar seus problemas com alguém; Referência de vida. Todos estes itens fazem parte da Indústria Cultural ou Industria do Entretenimento.

37 Interatividade Podemos afirmar que: a)Os meios de comunicação não influenciaram o modo de vida das pessoas; b)A evolução tecnológica fez com que o homem utilizasse menos a comunicação; c)Antigamente só existia a comunicação Um para Todos; d)As revoluções tecnológicas além de criarem novos produtos criam novas realidades sociais; e)A realidade social é independente dos meios de comunicação.

38 Resposta d)As revoluções tecnológicas além de criarem novos produtos criam novas realidades sociais.

39 Comunicação Pessoal : Feedback Mão Dupla Diferenças Meios de comunicação em massa : Um único sentido. Mão Única Diferentes entre si

40 Apocalípticos e Integrados Apocalípticos Influência da Escola de Frankfurt. Analisam a parte negativa da comunicação em massa. Dizendo que a mesma é direcionada para o consumo. Industria Cultural – Theodor Adorno. Integrados Analisam a parte positiva dos meios de comunicação em massa. Democratização e descentralização da informação.

41 Linguagem Hipóteses sobre o surgimento da fala humana: Imitações dos sons da natureza; Exclamações espontâneas (verbalização de uma sensação – uso de onomatopéias). Ex.: Ah, Ai, Grr.

42 Língua Língua: 1) Órgão muscular localizado na boca. 2) Idioma: refere-se a um conjunto de palavras e expressões utilizadas por um povo ou uma nação. Contem suas regras próprias (gramática). As línguas não são estáticas e se modificam com o tempo. Dialetos.

43 Linguagem É um sistema de signos utilizado como meio de comunicação. Pode ser verbal (escrita e fala). Não verbal (gestos, símbolos e imagens). É a capacidade ou a faculdade de exercitar a comunicação. Forma de comunicação usada por humanos. Em lingüística, a ciência que estuda a linguagem, é tradicional defini-la como uma sistema de signos vocais arbitrários usados para a comunicação humana.

44 Elementos de linguagem São: gestos, sons, palavras, sinais, símbolos, etc. Esses elementos são usados para representar conceitos de comunicação, idéias, significados e pensamentos. Qualquer que seja o caso de se comunicar, seja com as mãos, batendo palmas, com gestos, cores ou palavras, utilizamos o signo como ponte entre os objetos e o conceito dos mesmos.

45 Signo É algo que representa alguma coisa para alguém. Signo é todo objeto perceptível que, de alguma maneira, remete a outro objeto, toma o lugar de outra coisa. Representa ou significa algo. Códigos Conjuntos organizados de signos. Ex: a língua portuguesa, o código Morse, os sinais de trânsitos, o sistema Braile para cegos

46 Materialização Simbólica Se pudéssemos influir diretamente nas mentes de outras pessoas, não precisaríamos de signos para transmitir nossa idéias e emoções.Daí a necessidade de significar nosso mundo interior para poder compartilhá-lo. É por meio da materialização simbólica que nos comunicamos. Cada signo é uma ponte, um elo. É a representação de alguma coisa e não a coisa em si. O conjunto desses signos forma a linguagem.

47 Interatividade Sobre linguagem podemos dizer: a)A linguagem é apenas o idioma, a língua que a pessoa fala; b)Os apocalípticos vêem o lado positivo dos meios de comunicação de massa; c)Os integralistas vêem o lado negativo dos meios de comunicação de massa; d)O signo é o próprio objeto; e)A materialização simbólica é a forma pela qual nos comunicamos, o signo é a representação de algo, o meio pelo qual representamos os objetos, idéias e sentimentos.

48 Resposta e)A materialização simbólica é a forma pela qual nos comunicamos, o signo é a representação de algo, o meio pelo qual representamos os objetos, idéias e sentimentos.

49 Reflexão Será que o modo como nossa sociedade usa sua comunicação social responde às necessidades das pessoas reais? Os meios de comunicação ajudam na tomada de decisões importantes? Estimulam o crescimento da consciência crítica e da capacidade de participação questionando os regimes políticos e as estruturas sociais? De que forma os meios de comunicação manipulam os signos? Essa manipulação ocorre também através do meio simbólico?

50 ATÉ A PRÓXIMA!


Carregar ppt "Unidade I Comunicação Aplicada Profª. Carolina Lara Kallás."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google