A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Conhecimento é o melhor investimento que podemos fazer....Einstein.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Conhecimento é o melhor investimento que podemos fazer....Einstein."— Transcrição da apresentação:

1 Conhecimento é o melhor investimento que podemos fazer....Einstein

2 Mauricio Abreu MSc Administração e Sistemas de Informação Administração e Sistemas de Informação SAD / Data Warehouse

3 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Tecnologias: Data Warehouse, Data Mart, Metadado e ODS; Data / Text / Web Mining; BPM; Portal Corporativo. Tecnologias: Data Warehouse, Data Mart, Metadado e ODS; Data / Text / Web Mining; BPM; Portal Corporativo. Agenda Geral

4 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Introdução Novo Ambiente de Negócios Sistemas de Informação Sistemas de Apoio a Decisão Tecnologias: Data Warehouse, Data Mart, Metadado e ODS Modelagem do DW Segunda Geração do DW Introdução Novo Ambiente de Negócios Sistemas de Informação Sistemas de Apoio a Decisão Tecnologias: Data Warehouse, Data Mart, Metadado e ODS Modelagem do DW Segunda Geração do DW Agenda

5 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Introdução

6 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Explosão da Informação e do Conhecimento Explosão da Informação e do Conhecimento Uma edição semanal do NYT contém mais informação do que uma pessoa normal poderia ter tido acesso, em toda a sua vida, na Inglaterra do século XVIII; Nos campos científico e tecnológico o conhecimento duplica a cada 18 meses; Muita informação e pouco tempo: poluição da informação; Executivos dedicam até 4 horas por dia para a leitura; Ansiedade da informação: hiato entre os dados disponíveis e o conhecimento para absorvê-los. O mundo produz em torno de 1.5 exabytes (10 18 bytes) de informação original por ano, o que dá, aproximadamente, 250 megabytes para cada habitante da terra. Peter Liman & Hal R. Varian (Junho de 2001) O mundo produz em torno de 1.5 exabytes (10 18 bytes) de informação original por ano, o que dá, aproximadamente, 250 megabytes para cada habitante da terra. Peter Liman & Hal R. Varian (Junho de 2001) Sociedade da Informação Introdução

7 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento A explosão da informação, sobre a qual muito se comenta e escreve, é também, em grande parte, a explosão da informação errada e mal organizada (...). A revolução digital apenas agravou o problema. Murray Gell-Mann Information versus knowledge and understanding Introdução Nosso fascínio pela tecnologia nos fez esquecer o objetivo principal da informação: INFORMAR. Todos os computadores do mundo de nada servirão se seus usuários não estiverem interessados na informação que estes computadores podem gerar. O aumento da largura de banda dos equipamentos de telecomunicações será inútil se os funcionários de uma empresa não compartilharem a informação que possuem. Thomas Davenport - Information Ecology Sociedade da Informação

8 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Um ambiente de informação e conhecimento deve considerar: Cultura - valores e crenças empresariais sobre informação; Comportamento - como as pessoas realmente usam a informação; Processos de trabalho - o que é feito com a informação; Política - as armadilhas que podem interferir no intercâmbio de informações; Tecnologia - quais sistemas de informação já estão instalados e quais os potenciais. Introdução Sociedade da Informação

9 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Novo Ambiente de Negócios Novo Ambiente de Negócios

10 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Realidade Mundial Globalização ConcorrênciaAcirrada Instabilidade Estar à frente da Concorrência Agilidade e Flexibilidade AltaCompetitividade Crescimento das Vendas Foco no Cliente Comércio Eletrônico Fidelização do Cliente Investimento em TI NovosAmbientes de Negócio Introdução

11 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Globalização Concorrência Acirrada Instabilidade Estar à frente da Concorrência Agilidade e Flexibilidade Alta Competitividade Crescimento das Vendas Foco no Cliente Comércio Eletrônico Fidelização do Cliente Investimento em TI Novos Ambientes de Negócio Dado Informação Novo Ambiente de Negócios A Era do Conhecimento

12 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Globalização Concorrência Acirrada Instabilidade Estar à frente da Concorrência Agilidade e Flexibilidade Alta Competitividade Crescimento das Vendas Foco no Cliente Comércio Eletrônico Fidelização do Cliente Investimento em TI Novos Ambientes de Negócio Informação = f(Dado + Definição + Apresentação) Novo Ambiente de Negócios Dado Informação INFORMAÇÃO É o Dado num Contexto É o Dado Utilizável (Apresentação) É o Significado do Dado para o Negócio É AQUILO que ALTERA a Estrutura Mental dos Knowledge Workers ex: 55 (11) r. 111 DADO Matéria Prima da qual a informação é derivada e é a base para decisões e ações inteligentes ex: A Era do Conhecimento

13 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Globalização Concorrência Acirrada Instabilidade Estar à frente da Concorrência Agilidade e Flexibilidade Alta Competitividade Crescimento das Vendas Foco no Cliente Comércio Eletrônico Fidelização do Cliente Investimento em TI Novos Ambientes de Negócio Conhecimento Dado Informação Novo Ambiente de Negócios Dimensão do Nível Conceitual do Conhecimento Meios Sinais Dado Informação Conhecimento Inteligência EspecialidadesHabilidades Tecnologia Máquinas e Dispositivos Organização Sistemas e Procedimentos Conhecimento Automático Conhecimento Pragmático Conhecimento Sistemático Conhecimento Idealizado Dimensões Dimensão da Manifestação do Conhecimento Capacidade para Agir Inteligentemente Fonte: Wiig A Era do Conhecimento

14 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Globalização Concorrência Acirrada Instabilidade Estar à frente da Concorrência Agilidade e Flexibilidade Alta Competitividade Crescimento das Vendas Foco no Cliente Comércio Eletrônico Fidelização do Cliente Investimento em TI Novos Ambientes de Negócio Novo Ambiente de Negócios Conhecimento Dado Informação CONHECIMENTO É a Informação num Contexto É Entender o Significado da Informação ( Conceituação Contextual ) É o Valor Agregado à informação por pessoas que têm experiência e perspicácia para entender o seu real potencial ex: Telefone de uma empresa que fornece serviços com alto padrão de qualidade em Data Warehouse. Conhecimento = f(Pessoa + Informação + Significado) Características do Conhecimento Não é produto de prateleira; Conhecimento tem natureza endógena, portanto se mistura com as características das pessoas; É uma coisa viva - precisa ser continuamente reciclado, precisa interagir para daí surgir novos conhecimentos; Geralmente dividido em TÁCITO e EXPLÍCITO. A Era do Conhecimento

15 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Globalização Concorrência Acirrada Instabilidade Estar à frente da Concorrência Agilidade e Flexibilidade Alta Competitividade Crescimento das Vendas Foco no Cliente Comércio Eletrônico Fidelização do Cliente Investimento em TI Novos Ambientes de Negócio Novo Ambiente de Negócios Conhecimento Dado Informação Conhecimento Tácito É algo pessoal; Formado dentro de um contexto social e individual; Não é propriedade de uma organização ou de uma coletividade. CONHECIMENTO É a Informação num Contexto É Entender o Significado da Informação ( Conceituação Contextual ) É o Valor Agregado à informação por pessoas que têm experiência e perspicácia para entender o seu real potencial ex: Telefone de uma empresa que fornece serviços com alto padrão de qualidade em Data Warehouse. Conhecimento = f(Pessoa + Informação + Significado) A Era do Conhecimento

16 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Globalização Concorrência Acirrada Instabilidade Estar à frente da Concorrência Agilidade e Flexibilidade Alta Competitividade Crescimento das Vendas Foco no Cliente Comércio Eletrônico Fidelização do Cliente Investimento em TI Novos Ambientes de Negócio Novo Ambiente de Negócios Conhecimento Dado Informação Conhecimento Explícito Envolve conhecimento dos fatos; É adquirido principalmente pela informação; Quase sempre adquirido pela educação formal; está documentado em livros, manuais, bases de dados etc. CONHECIMENTO É a Informação num Contexto É Entender o Significado da Informação ( Conceituação Contextual ) É o Valor Agregado à informação por pessoas que têm experiência e perspicácia para entender o seu real potencial ex: Telefone de uma empresa que fornece serviços com alto padrão de qualidade em Data Warehouse. Conhecimento = f(Pessoa + Informação + Significado) A Era do Conhecimento

17 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Globalização Concorrência Acirrada Instabilidade Estar à frente da Concorrência Agilidade e Flexibilidade Alta Competitividade Crescimento das Vendas Foco no Cliente Comércio Eletrônico Fidelização do Cliente Investimento em TI Novos Ambientes de Negócio Conhecimento Dado Informação Inteligência Resultado de um processo que envolve coleta, organização e transformação de dados em informação, passando por análise e contextualização, cujo resultado é aplicado na solução de problemas que geram uma vantagem competitiva para a organização. Novo Ambiente de Negócios A Era do Conhecimento

18 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Globalização Concorrência Acirrada Instabilidade Estar à frente da Concorrência Agilidade e Flexibilidade Alta Competitividade Crescimento das Vendas Foco no Cliente Comércio Eletrônico Fidelização do Cliente Investimento em TI Novos Ambientes de Negócio Conhecimento Dado Informação Inteligência Novo Ambiente de Negócios CONHECIMENTO É a Informação num Contexto É Entender o Significado da Informação ( Conceituação Contextual ) É o Valor Agregado à informação por pessoas que têm experiência e perspicácia para entender o seu real potencial ex: Telefone de uma empresa que fornece serviços com alto padrão de qualidade em Data Warehouse. Conhecimento = f(Pessoa + Informação + Significado) INTELIGÊNCIA É o Conhecimento Aplicado É a Capacidade de Inovar É o Conhecimento Compartilhado Cria um Processo de Aprendizagem Inteligente Voltado para a Tomada de Decisão Inteligência = f(Pessoa + Conhecimento + Ação) A Base ! A Era do Conhecimento

19 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Novo Ambiente de Negócios

20 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Por que Conhecimento? E por que agora? O Conhecimento é a base para uma Vantagem Competitiva Sustentável Novo Ambiente de Negócios

21 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento A Emoção e a Regra Grupos criativos na Europa de 1850 a 1950 Domenico De Masi Casa Thonet Bauhaus Instituto Pasteur de Paris Cooperativa Wiener Werkstätte de Artistas e Artesãos Novo Ambiente de Negócios A Era do Conhecimento

22 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Criar Evoluir Disseminar Distribuir Usar Selecionar Explicitar Contextualizar Documentar Armazenar Converter Classificar Revisar Adaptar Codificar Adquirir Analisar Inovar Acessar Dividir Gestão do Conhecimento Coletar Melhorar Prospectar Visualizar Triar Selecionar Obter Identificar Fonte: CRIE/COPPE Criar / Adquirir Aplicar Avaliar Compartilhar / DistribuirOrganizar / Armazenar Produzir Onde o conhecimento surge, internamente ou externamente. São atos de prospectar, visualizar, triar, selecionar, filtrar, coletar, identificar identificar, evoluir e inovar. O conhecimento passa a ser usado e a gerar valor para organização. É o ato de usar. Onde os resultados obtidos são avaliados. São atos de medir, analisar e qualificar. Onde o conhecimento começa a ser internalizado na organização. São atos de explicitar, customizar, contextualizar e documentar. Onde o conhecimento começa a ser socializado na organização. São atos de disseminar, dividir e distribuir. Novo Ambiente de Negócios

23 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento PlanejamentoTreinamento Pesquisa Mercado TI BPR/ TQM Transferir Adquirir Armazenar Produzir Conhec. Plano Estratégico BD,DW,DM, docs, Novos Processos Compartilhar Produzir Processos Gerenciais & Administrativos Melhores Práticas Desenvolvimento do Produto Mercado Consumidor Venda Suporte ao Cliente Entrega Financeiro Na Organização Teste & Avaliação Estoque Fabricação Fonte: Litton-PRC Novo Ambiente de Negócios

24 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Dado Transação Operacional Demográfico Estilo de Vida Financeiro Econômico Governamental Informação Segmentação de Cliente Previsão de Demanda Afinidade de mercado Relação Cliente & Produto Perfis & Padrões de Fraude Conhecimento (Decisão / Ação) Programas de Fidelização Otimização de mala direta Maximização da loja Alocação de fundos Planejamento dos riscos Inteligência Empresarial Ter o Dado; Saber que tem o Dado; Poder acessá-lo; Confiar nele. Novo Ambiente de Negócios

25 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Utilização de estratégias, unidas com as tecnologias corretas, privilegiam a interação inteligente e a gestão eficaz dos recursos produtivos; Ciclo rápido de resposta e interatividade; Auto-suficiência para o usuário; Modelo mental de operação rápida, prestativa e sensata, segundo o ponto de vista do usuário; Aplicação de tecnologias e métodos de inteligência empresarial; Uso compartilhado de métricas e indicadores relevantes. O que é ser uma organização inteligente? Novo Ambiente de Negócios

26 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Desenvolveu um método capaz de prever, com 61% de segurança, se um consumidor trocaria de companhia telefônica dentro de um período de dois meses. Com um marketing agressivo, conseguiu evitar a deserção de clientes e uma perda de 35 milhões de dólares em faturamento. Sprint Necessitava de um relatório completo sobre pessoas que voaram de Londres para New York, em primeira classe ou classe executiva, e não voaram pela British Airways. British Airways Casos Novo Ambiente de Negócios

27 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento PESSOASTEMPOMOTIVAÇÃO Arquitetura de segurança (acesso, senhas, etc.) Usuário = identificação Trabalho = ações válidas ex. ORGANIZAÇÃO Arq. da apresentação Pessoa=usuário / grupo Arq. da interface humana Pessoa = Papel Trabalho = Entregas Modelo Work Flow Usuário=uni. organizacio. Trabalho=produto do trabalho Lista de orgs/agentes importantes do negócio Pessoa = classe de agente Lista dos eventos significantes do negócio Tempo = Evento negócio Processando a estrutura Ciclo = ciclo de proces. Tempo = evento sistema Diag. fluxo de controle Ciclo=ciclo compenente Evento = execução Parte interna Ciclo = ciclo de máquina Evento = interrup. de I/O ex. HORÁRIO Plano Principal Lista de estratégias e objeticos do negócio Plano do negócio Fim = objetivos negócio Meio = estratégias negóc. Modelo das regras neg. Projeto das regras Fim = declaração estrut. Meios = declar. ação Especificação das Regras Fins = sub-condiçãos Meios = paços ex. ESTRATÉGIA QuemQuandoPorquê Fins = Maiores objetivos Meios = C.S.F. Evento maior do negócio Ciclo = Ciclo do negócio Fim = condição Meio = ação Trabalho=formato de tela Arquitetura de Informações Novo Ambiente de Negócios

28 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Estratégia do Conhecimento Tecnologias Estrutura Organizacional Processos denegócio Arquitetura de Gestão do Conhecimento Capital de Relacionamento Capital Intelectual Capital Estrutural CRIE ® Novo Ambiente de Negócios

29 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento ESCOPO DO NEGÓCIO MODELO DA EMPRESA (Conceitual) MODELO LÓGICO MODELO FÍSICO IMPLEMENTAÇÃO Planejador Proprietário Projetista Construtor Subempreiteiro PESSOASTEMPOMOTIVAÇÃO QuemQuandoPorquê DADO FUNÇÃOREDE O Que Como Onde Arquitetura de Gestão do Conhecimento Extendida Novo Ambiente de Negócios

30 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Gestão do Conhecimento Fonte: CRIE/COPPE Criar / Adquirir Aplicar Avaliar Compartilhar / DistribuirOrganizar / Armazenar Benchmarking Balanced Scorecard Mineração de Dados Mapa de Conceitos Data Warehouse Metadado CRM ERP Sistemas Especialistas Agentes Inteligentes Data / Text Mining Novo Ambiente de Negócios

31 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Sistemas de Informação

32 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento CAPITAIS DO CONHECIMENTO CAPITAIS DO CONHECIMENTO (Intelectual, Relacionamento, Estrutural e Ambiental) Agentes Inteligentes Workflow Banco de Dados CRM Data/Text Mining Data Warehouse EIS & DSS GED Groupware Segurança Internet/Intranet/Extranet Mapa do Conhecimento Mapa de Processos ERPMetadado Sistemas Especialistas Sistemas de Informação

33 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Tipos de Sistemas de Informação Sistemas de Informações Transacionais (SIT) Sistemas de Informações Gerenciais (SIG) Sistemas de Apoio à Decisão (SAD) Sistemas Especialistas (SE) Sistemas de Apoio ao Executivo (EIS) Sistemas Integrados de Gestão (ERP) Sistemas de Informação Georeferenciada (GIS) e-ERP, Supply Chain (SCM), e-CRM,... E agora?! Está chegando o BPM, o ECR,…. Sistemas de Informação

34 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Evolução dos SI OPERACIONAL TÁTICOESTRATÉGICO Simulação Processamento detextos 00 TransaçõesInformação por área funcional Visão da organizaçãoe seu contexto Substituiro julgamento humano Integração da Informação OPERACIONAL TÁTICO ESTRATÉGICO SIT SEEIS SIG ERP SAD TÁTICO ESTRATÉGICO OPERACIONAL CRM Explorar dados Informação por cliente Sistemas de Informação

35 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Informação Sistematizada: rumo à inteligência empresarial Informação Sistematizada: rumo à inteligência empresarial Lucros - Redução de risco Serviço à sociedade Demanda por bens e serviços Performance - Risco Identificar oportunidades Antecipar problemas Ambiente social Ambiente organizacional Ambiente intra- organizacional SISTEMA DE INTELIGÊNCIA Econômico Social - Legal Concorrência - Mercado Fornecedores Capacidade - Forças Fraquezas - Restrições Sistemas de Informação

36 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Sistemas de Apoio à Decisão

37 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Sistemas de Nível Operacional (SPT) Sistemas de Informação (SI) Sistemas de Informação Gerencial (SIG) Sistemas de Informação Executiva Sistemas de Informação Empresarial Operacional Tático (Análise do Negócio) Estratégico (Gestão do Negócio) SAD Sistemas de Informação Empresarial Vantagem Competitiva Importância da IE Dados e Informações

38 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Ambiente Operacional Ambiente de Transição Ambiente de Apoio a Decisão SAP/R3 Migrados Oracle Área de Preparação ods Legados DB2 RDB DW ÁREA 1 DW Área 2 Data Warehouse Armazenamento Alternativo Produção Marketing Vendas Data Marts Ambiente de Negócio Empresa INTERNET Visão Global Dado Externo E-Business CRM EIS / DSS OLAP Data Mining Fábrica Corporativa de Informações Visão Geral da Arquitetura SAD Metadados

39 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento RH Vendas Produção Estoque CMA Bolsas Commodities Tass CNN Reuters Correio Eletrônico Agenda Fax Mensagens Gerenciamento de Produtos Monitoração de Clientes Plano de Marketing Orçamentos Investimentos Planejamentos Análises Simulações SAD Sistemas corporativos e de apoio ao negócio Informações Externas Automação de Escritório Notícias Sistemas de Apoio ao Marketing Sistemas Financeiros e DSS Captação de Informações SAD

40 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Projetado para informações de negócio; Utilização de indicadores de desempenho; Facilidade de utilização; Exige um estudo detalhado das necessidades de informação dos usuários; Torna possível a visualização de informações disponíveis nos BDs da empresa/externo; Possui capacidade de aprofundamento (drill-down) nos detalhes, de acordo com as necessidades do usuário; Facilita a análise de exceções por meio da parametrização pelo próprio usuário; Capacidade de antecipação através do uso de cenários especificados pelo usuário. Principais Características SAD

41 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Sistemas legados ou operacionais (OLTP) Sistemas de Informação Gerencial (SIG) SIE Sistemas de Informação Empresarial SAD B2C B2B B2E G2C G2G G2B G2E

42 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Tecnologias Data Warehouse Data Mart Metadado ODS Tecnologias Data Warehouse Data Mart Metadado ODS

43 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Data Warehouse

44 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento É uma coleção de dados: orientados pôr assuntos de negócio; integrados; não voláteis; variantes no tempo, para suporte à tomada de decisões Willian H. Inmon O que é Data Warehouse? Data Warehouse O que é Data Warehousing? É o processo de determinação do valor do dado para o negócio, decisão de que dado será visível pôr meio do Data Warehouse, extração desses dados, transformação destes dados num estado consistente, e acesso do usuário a estes dados.

45 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento É uma coleção de dados: orientados pôr assuntos de negócio; integrados; não voláteis; variantes no tempo, para suporte à tomada de decisões Willian H. Inmon O que é Data Warehouse? Data Warehouse O que é Data Warehousing? É o processo de determinação do valor do dado para o negócio, decisão de que dado será visível pôr meio do Data Warehouse, extração desses dados, transformação destes dados num estado consistente, e acesso do usuário a estes dados. Características de um Data Warehouse: Dirigido pelo valor dos processos de negócio; Os planos de implementação são baseados no valor da informação para a empresa; Direciona a definição de outras arquiteturas.

46 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Sistemas de Informação Transacionais Bases de Dados Operacionais (bidimensionais) (Dimensão 2) (Dimensão 1) SistemasLegadosSistemasLegados Data Warehouse (bases multidimensionais) Metadados Repositório - usuário geral - pré-determinado - transação - lê / atualiza - normalizado - usuário gerencial - ad-hoc - seleção - lê somente - desnormalizado Sistemas de Informação para Executivos (EIS) Sistemas de Informação para Gestão Corporativa Sistemas de Informação para Gestão Operacional Sistemas de Suporte à Decisão (DSS) ARQUITETURA DE INFORMAÇÕES Planejamento Análise (Dimensão 3) Data Warehouse

47 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Os analistas de negócio não conseguem relacionar os dados de vários sistemas com a finalidade de tomar uma decisão estratégica; Busca pôr oportunidades. Data Warehouse Quando se deve pensar em usar um Data Warehouse?

48 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Aplicações Típicas Pesquisa de fraudes; Análise de crédito; Análise de sazonalidade; Análise de risco; Perfis de cliente. Data Warehouse

49 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Exemplos do Mundo Real Enviava mais de 1 milhão de malas diretas com taxa de retorno de 2%. Hoje, a taxa de retorno subiu para 30%. A conta do correio foi reduzida a um quinto. Banco Itaú Utilizando avançadas técnicas de mineração pôde identificar os consumidores potenciais, bem como identificar os motivos que eles têm para comprar e quando comprar. Com este ambiente de informações, a empresa conseguiu a captação de 6000 novos clientes. Econometrics Inc. Data Warehouse

50 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Principais Benefícios Respostas rápidas para decisões críticas; Possibilita a construção de visões integradas; Amplia a integridade e a qualidade das informações: Mantendo uma visão integrada da empresa; Identificando a melhor fonte de cada informação; Complementando informações a partir de fontes externas. Otimiza o acesso aos dados de forma integrada: e liminando o efeito macarronada dos sistemas legados; eliminando o impacto sobre as aplicações OLTP em produção; criando uma perspectiva histórica em diferentes níveis. Disponibiliza informação estratégica e de conteúdo relevante para o processo decisório; Alinhar as informações com a missão, objetivos e estratégias da organização; Contribuir para o aumento da capacidade gerencial; Alinhar as informações com a missão, objetivos e estratégias da organização. Data Warehouse

51 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Explosão dos Dados (Volume); Alto Investimento em Hardware/Software; Qualidade e Disponibilidade dos Dados; Cultura Organizacional; Construção Demorada; Difícil de gerenciar (Integração dos dados; e Crescimento / mudanças constantes). Desafios do DW Data Warehouse

52 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Principais Arquiteturas Modelo Corporativo ( Big Bang ); Modelo Departamental ( Data Mart ); Modelo Departemental Distribuído; Modelo Multi-Camada ( Evolutivo ). Data Warehouse

53 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Novas Aplicações BDs Oper. / BDs Legado Sistemas Fontes Externas Data Warehouse Corporativo RDB / MDDB Repositório de Metadados PREPARAÇÃO Scanning Seleção Extração Transformação Integração APIs Middleware Acesso EIS / DSS Ferramentas Querys/Rels. OLAP Web Browsers Data Mining POSSO PAGAR O CHEQUE DE R$500,00 QUE O CARLOS APRESENTOU NO BANCO AGORA? QUAIS AS FILIAIS QUE TIVERAM PROBLEMAS COM PAGAMENTO DE EMPRÉSTIMO, COMPARADAS COM OUTRAS FILIAIS, NOS ÚLTIMOS 6 MESES? Big Bang Data Warehouse Corporativo

54 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Abordagem Big Bang Modelo extremamente ambicioso visando atender todas as necessidades corporativas. Vantagens: Homogeneização das informações; Capacidade para um grande volume de informações; Minimiza enormemente a redundância de dados; Informações gerenciais em um único ambiente físico; Gerenciamento centralizado da informação. Desvantagens: Maior tempo para a obtenção de resultados (~ 2 anos); Difícil de administrar e grande investimento inicial; Difícil alcançar consenso em questões conceituais; Processo mais longo: os requisitos podem se modificar até o momento da implementação. Data Warehouse

55 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Fontes Externas Novas Aplicações BDs Data Mart Legado Marketing & Vendas RDB / MDDB Middleware Acesso EIS / DSS Ferramentas Querys/Rels. OLAP Web Browsers Data Mining Oper. / BDs Sistemas APIs Data Mart Staging PREPARAÇÃO Scanning Seleção Extração Transformação IntegraçãoRepositório de Metadados Departamental Data Warehouse

56 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Fontes Externas Data Mart Novas Aplicações BDs Legacy Data Mart Marketing Produção Engenharia APIs Middleware Acesso EIS / DSS Ferramentas Querys/Rels. OLAP Web Browsers Data Mining Oper. / BDs Sistemas Staging Staging Staging PREPARAÇÃO Scanning Seleção Extração Transformação IntegraçãoRepositório de Metadados Departamental Distribuído Data Mart Data Warehouse

57 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Vantagens: Menor tempo para obtenção de resultados (3 meses); Esforço mais fácil de gerenciar; Bom ponto de partida para DSSs mais sofisticados; Aumento de performance a partir da experiência; Custo mais baixo e menos arriscado no curto prazo. Desvantagens: Duplicidade de dados e processos de extração; Perda do controle pôr parte do órgão central de TI; Não resolve diferenças conceituais entre áreas; Limita a capacidade de cruzamento de informações entre áreas, podendo gerar novas ilhas de informação; Integrar depois é difícil (de 3 a 4 vezes mais caro); Excesso de tráfego na rêde. Abordagem Departamental Data Warehouse

58 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Novas Aplicações BDs DataMart Data Warehouse Corporativo Legacy DataMart Marketing Engenharia Replicação Produção RDB / MDDB APIs Middleware EIS / DSS Acesso Ferramentas Querys/Rels. OLAP Web Browsers Data Mining DataMart Oper. / BDs Sistemas PREPARAÇÃO Scanning Seleção Extração Transformação IntegraçãoRepositório de Metadados Fontes Externas Data Warehouse Multi-Camada Evolutivo

59 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Vantagens: Esforço mais fácil de gerenciar; Pouco tempo para obtenção de resultados; Homogeneização das informações; Ganho de escala no desenvolvimento do DW; Maior capacidade de armazenamento; Garante os mesmos critérios (atributos) de consolidação e consulta entre os vários Data Marts; Gerenciamento centralizado da informação. Desvantagens: Menor facilidade de manutenção (carga e atualização); Maior tempo para a obtenção de consenso em questões conceituais e definição de tecnologia; Custo inicial mais alto. Data Warehouse Abordagem Evolutiva

60 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Operational Data Store (ODS) Novas Aplicações BDs ODS Legacy DataWarehouse APIs Middleware Acesso EIS / DSS Ferramentas Querys/Rels. OLAP Web Browsers Data Mining Oper. / BDs Sistemas Fontes Externas PREPARAÇÃO Scanning Seleção Extração Transformação IntegraçãoRepositório de Metadados Data Warehouse

61 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento É o conjunto de dados da empresa, com uma estrutura derivada do modelo do legado, que serve como base para o processamento operacional integrado. É um conjunto de dados: Orientado à assuntos; Integrado e Volátil; Contém valores correntes; Nível detalhado; Opera nos níveis tático / operacional. Data Warehouse Operational Data Store (ODS)

62 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Diferenças entre DW e ODS Data Warehouse

63 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Despesas com DW em 5 Anos DSS Pessoal Hardware Administração do DW RDBMS ETL R$ 4000 R$ 3000 R$ 2000 R$ Ano 1Ano 2Ano 3Ano 4Ano 5 Fonte: Gartner Group Modelo de despesas reais em cinco anos em um projeto típico de DW Data Warehouse

64 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Começar com patrocinadores errados; Criar expectativas que não podem ser realizadas; Construir projetos isolados, sem visão corporativa; Carregar o warehouse com informações simplesmente pôr estarem disponíveis; Acreditar que um projeto de DW é igual a um projeto OLTP; Desenvolver um projeto de DW voltado à tecnologia e não voltado aos objetivos da organização; Concentrar-se nos dados tradicionais, ignorando dados externos, textuais, imagens, sons e vídeos; Disponibilizar dados com definições confusas, sobrepostas e sem qualidade; Acreditar em promessas de performance, capacidade e escalabilidade; Acreditar que quando o DW estiver em operação, todos os problemas estarão terminados; Mudança cultural e organizacional não planejada. Grandes Riscos Data Warehouse

65 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Metadado

66 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Quais tipos de Metadados eram requeridos? Uma visão extendida dos Metadados METADADOS TÉCNICOS Metadado E agora ? Quais tipos de Metadados são requeridos ? METADADOS DE NEGÓCIO Descrições de campos; Nomes de programas; Nomes de tabelas; Nomes de variáveis. Regras de Negócio; Níveis de qualidade; Fontes de informação; Conhecimento associado. Quais dados existem ? O que eles significam ? Onde eles estão ? De onde eles vieram ? Qual sua qualidade ?

67 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Ambiente Operacional Ambiente de Transição Ambiente de Apoio a Decisão SAP/R3 Migrados Oracle Área de Preparação ods Legados DB2 RDB DW ÁREA 1 DW Área 2 Data Warehouse Armazenamento Alternativo Produção Marketing Vendas Data Marts Ambiente de Negócio Empresa INTERNET Visão Global Dado Externo E-Business CRM EIS / DSS OLAP Data Mining Fábrica Corporativa de Informações Visão Geral de uma Arquitetura de TI Metadados Metadado

68 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Ferramentas de Desenvolvimento KEY for Enterprise Bachman DA/DBA TeamWork Excelerator II IEF / Composer ERwin Oracle*CASE PowerBuilder Visual Basic System Architect Linguagens COBOL PL/1 MVS/ASM MVS/JCL C EasyTrieve RPG SGBDs DB2 IMS SYBASE ORACLE Informix ADABAS Red Brick INGRES Sistemas Operacionais MVS UNIX/AIX OS/2 DOS/Windows Windows/NT SUN-OS Solaris HPUX Dicionários de Dados DataManager PREDICT IMS DBDC Outras Ferramentas e pacotes ARIS / SAP POSC / Epicentre IBM / IAA Project Management Process Management Métodos, Técnicas e Padrões Gerencia de Projeto Testes Engenharia Reversa BPR Data Warehouse Business Objects Prism ETI Fontes de Informação Metadado

69 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Ferramentas de Desenvolvimento KEY for Enterprise Bachman DA/DBA TeamWork Excelerator II IEF / Composer ERwin Oracle*CASE PowerBuilder Visual Basic System Architect Linguagens COBOL PL/1 MVS/ASM MVS/JCL C EasyTrieve RPG SGBDs DB2 IMS SYBASE ORACLE Informix ADABAS Red Brick INGRES Sistemas Operacionais MVS UNIX/AIX OS/2 DOS/Windows Windows/NT SUN-OS Solaris HPUX Dicionários de Dados DataManager PREDICT IMS DBDC Outras Ferramentas e pacotes ARIS / SAP POSC / Epicentre IBM / IAA Project Management Process Management Métodos, Técnicas e Padrões Gerencia de Projeto Testes Engenharia Reversa BPR Data Warehouse Business Objects Prism ETI Fontes de Informação Qual o impacto que esta mudança irá causar? Como gerenciar as mudanças no ambiente? Como compartilhar ou reutilizar a informação? Como fazer a gerência de acesso à informação? De quem é esta informação? Dificuldades Gerenciais Visões da Informação Metadado

70 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Solução u Metadado –Informações sobre o significado, contexto e entendimento do dado (conhecimento); –São informações sobre o conteúdo, qualidade e outras características do dado (estrutura); –São divididos em metadados de negócio e metadados técnicos. u Gerenciamento dos Metadados –Utilização de um repositório de Metadados. Visões da Informação Metadado

71 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Ambiente Operacional Ambiente de Transição Ambiente de Apoio a Decisão SAP/R3 Migrados Oracle Área de Preparação ods Legados DB2 RDB DW ÁREA 1 DW Área 2 Data Warehouse Armazenamento Alternativo Produção Marketing Vendas Data Marts Ambiente de Negócio Empresa INTERNET Visão Global Dado Externo E-Business CRM EIS / DSS OLAP Data Mining Fábrica Corporativa de Informações Visão Geral da Arquitetura Metadados Metadado O que são Metadados? "A cola que une todos os componentes da arquitetura de TI"

72 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Legados Ilhas de DadosRelatórios dos Knowledge Workers Impacto para a organização: POLUIÇÃO DA INFORMAÇÃO Planejamento e Controle da Produção Vendas Finanças Planejamento Suprimento Recebimento Estoque Propaganda Marketing Vendas Gerencia de Produtos Contas a Receber Contas a Pagar Custo Industrial Análise de ROI vxvxvxvvxccccccccc Análise Financeira Marketing & Vendas Blue Corner Reports Red Corner Reports Sistemas Corporativos O Mapa do Caminho Metadado

73 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Metadado Desenvolvedores de Aplicações Analíticas precisam de Metadados Produto Qtde. Valor TV Micro Video Camera DVD Gerência de Produtos Gerência de Vendas Item Qtde. Valor TV Philco TV Semp TV Sony TV Panasonic TV Toshiba Total Vendas por semana Semana 1 Regra (padrão de acesso): Some quantidades vendidas para todos os produtos faturados na semana n do mês.

74 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Produto Qtde. Valor TV Micro Video Camera DVD Gerência de Produtos Gerência de Vendas Item Qtde. Valor TV Philco TV Semp TV Sony TV Panasonic Semana 1 Total TV Toshiba Regra (padrão de acesso) : Se primeira semana do mês Se semana inicia em qualquer dia diferente de segunda-feira então Some quantidades de produtos vendidos para todos os produtos faturados a partir da última segunda-feira senão Some quantidades vendidas para todos os produtos faturados na semana n do mês. Vendas por semana Metadado Desenvolvedores de Aplicações Analíticas precisam de Metadados

75 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Pesquisa / Censo: 1990 Fonte: Central de Censos Conjunto de Dados: 1990 PUMS Descrição: O PUMS é um conjunto de dados demográficos básicos sobre pessoas e habitações nos EUA. Este conjunto de dados é de uso público não possuindo nenhum compromisso de com os indivíduos. Elementos de Dados: ID - Identificador do Registro - É um identificador único para o registro. Cada registro identifica uma pessoa; WGT - Peso - Define para o registro quando uma ou mais pessoas possuem a mesma característica. Valores válidos:1.. 9 SEX - Sexo da Pessoa - Valores válidos (0: masculino, 1: feminino) AGE - Idade da pessoa em anos. MARITAL - Status Marital da pessoa - Valores válidos (0: não aplicável, 1: solteiro, 2: casado, 3: separado, 4: divorciado, 5: viúva). Universo: Pessoas acima de 15 anos de idade. Até 15 ou menos recebe o valor 0. Para maiores informações: Contactar o Centro de Serviços do Censo para obter publicações, exemplos, erros e técnicas. Data ID WGT SEX AGE MARITAL Exemplo de Metadado Visões da Informação Metadado

76 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Os engenheiros em terra calcularam o disparo do foguete para correção libra força/s de curso usando libra força/s de empuxo; Os computadores de bordo da nave espacial N/s entenderam as instruções em N/s; O Foguete disparou de 12 a 14 vezes por semana; Quando a nave se aproximou de Marte e os engenheiros preparavam o disparo final do foguete, havia indicação que algo estava seriamente errado com a navegação, porém nenhuma ação corretiva foi tomada A nave queimou ou resvalou na atmosfera marciana e se perdeu no espaço Obviamente, o programa espacial da NASA poderia ter usado o Metadado, provendo uma camada semântica entre seus sistemas e os engenheiros Climate Orbiter Mission Duração: 9 meses Custo: U$ 128 Milhões 1999 Metadado

77 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Ferramentas de Desenvolvimento KEY for Enterprise Bachman DA/DBA TeamWork Excelerator II IEF / Composer ERwin Oracle*CASE PowerBuilder Visual Basic System Architect Linguagens COBOL PL/1 MVS/ASM MVS/JCL C EasyTrieve RPG SGBDs DB2 IMS SYBASE ORACLE Informix ADABAS Red Brick INGRES Sistemas Operacionais MVS UNIX/AIX OS/2 DOS/Windows Windows/NT SUN-OS Solaris HPUX Dicionários de Dados DataManager PREDICT IMS DBDC Repositório de Metadados Outras Ferramentas e pacotes ARIS / SAP POSC / Epicentre IBM / IAA Project Management Process Management Métodos, Técnicas e Padrões Gerencia de Projeto Testes Engenharia Reversa BPR Data Warehouse Business Objects Prism ETI Metadado

78 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Dicionário de dados corporativo Gerência do trabalho / processo Data Warehouse gateway Carga / Documentação sistemas legados Gerenciamento e integração das ferramentas CASE Diretório de informações corporativas (Visão do Negócio) Padronização de Nomes Garantia da Qualidade Controle de versões Comunicação Análise de Impacto Re-uso Papéis Verticais (Gerência da Informação) Papéis Horizontais (Aspectos Funcionais) Os Papéis do Repositório de Metadados Metadado

79 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Repository Objects Matriz de ZACHMAN / Repositório Metadado

80 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Aplicação do Repositório Metadado

81 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Acesso à Informação Corporativa Marketing Pagamentos Finanças Produção Consulta & Análise Pesquisa Portal de Business Intelligence / Business Management Meio Ambiente Metadado

82 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Acesso à Informação Corporativa Vendas Mensais de Produtos PESQUISALIMPA MAIS INFORMAÇÕES SOBRE A PESQUISA PRÓXIMOS 10 DOCUMENTOS Entre Com o Seus Termos de Pesquisa Abaixo Pagina 1 de 2; Encontrados um total de 17 Documentos Relacionamento com Clientes Relatórios de Marketing Metas de Vendas Avaliação da Logística Análise Exploratória Pesquisa 1. Vendas Globais Por Mes Este Relatório mostra valores anuais de Vendas Totais Sumarizadas, a nível Nacional e Internacional por Categoria de Produtos em bases Mensais. 2. Vendas Globais Por Região e Mês Este Relatório mostra valores anuais de Vendas Totais Sumarizadas, a nível Nacional e Internacional por Categoria de Produtos em bases Mensais por Região de Vendas. 3. Vendas de Produtos Globais Por Região e Mes Este Relatório mostra valores anuais de Vendas Totais Detalhadas de Produtos, a nível Nacional e Internacional por Categoria de Produtos em bases Mensais por Região de Vendas Categoria Metadado

83 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Modelagem do Data Warehouse Modelagem do Data Warehouse

84 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Centralizada ou Descentralizada ? Qual BD é melhor para minhas necessidades? minhas necessidades? Como gerenciar? Qual o tamanho inicial ? Que fontes de dado devo usar ? Quais são as necessidades dos usuários? Hardware Software Serviços OLAP Integração de Sistemas MOLAP Ferramentas de Data Mining Modelo Lógico Gerência de Sistemas Databases Req. Usuári o Devo construir data marts? Qual o crescimento? Qual o ROI esperado? Projeto do DW Modelagem do DW

85 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento NECESSIDADES Mapeamento de necessidades de negócio Definição de objetivos do DataWarehouse PROJETO DW Mapeamento de Informações Legadas Modelagem Multidimensional Capacity Planning Hw - Sw -SGBDs ACESSO OLAP DSS / EIS WEB REPORT DATABASE MARKETING Data Mining IMPLEMENTAÇÃO Análise de Risco Validação Integração SEGURANÇA Recuperação Monitoração Tunning PREPARAÇÃO Cleaning Extração Transformação Integração Metodologia de Desenvolvimento Análise de Necessidades Modelagem Multidimensional Planejamento de Capacidade Limpeza dos Sistemas Legados Extração de Dados Transformação de Dados Carga Gerencia de Metadados Seleção de Ferramentas Prototipação Implantação de Data Mart Data Mining Organiza as atividades buscando uma seqüência de passos para a implantação de uma arquitetura com sucesso. Modelagem do DW

86 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Planejamento do Projeto Definição dos Requisitos de Negócio Modelagem do DW/DM Projeto de Arquitetura Projeto Físico do BD Mapeamento dos Metadados Projeto da Área de Staging Especificação da aplicação do usuário Validação e testes da aplicação do usuário Projeto e Implementação do CETL Carga do DW / DM Implantação Controle e Evolução Seleção de produtos e instalação Desenvolvimento da aplicação do usuário Treinamento do usuário / Equipe de TI Gerenciamento do Projeto Prototipação Exploratória Ciclo de Projeto de um DW Modelagem do DW

87 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Modelos para o DW Modelo e documentação dos Legados - Representa o modelo físico das estruturas de dados dos sistemas legados; Modelo de Áreas de Interesse - Modelo de dados normalizado e corporativo, organizado pôr grandes áreas de interesse para o negócio; Modelo do Data Warehouse - É uma versão histórica, filtrada, sumarizada e desnormalizada do modelo anterior; Modelo Dimensional - Representa os dados como um array de N-dimensões: –os valores colocados no vetor representam fatos sobre o negócio; –as dimensões explicam os fatos. Modelagem do DW

88 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Relação entre os Modelos Modelo das Áreas de Interesse Modelo do Legado Modelo do Warehouse Modelo Dimensional Orientados a: - Dados - Negócio Orientados a: - Processo - Workgroup Engenharia ReversaEngenharia Progressa Fluxo de Metadados Modelagem do DW

89 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Modelo Dimensional Modelo mais natural para o usuário, o que leva a uma facilidade de navegação pelas informações; Acesso a um fato de forma direta; O mesmo conjunto de informações associadas a um fato pode ser visto sob várias óticas (dimensões), de forma simples e ágil. PRODUTO MERCADO TEMPO AD-HOC GERENTE REGIONAL GERENTE DE PRODUTO GERENTE FINANCEIRO Modelagem do DW

90 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Modelo Dimensional Star Schema Produto Região Tipo Cliente Data Quantidade Faturamento Prazo * Fat Produto Código Nome Linha Região Código Nome Geografia Tipo Cliente Código Nome Classe Data Código Nome Peridicidade CLIENTE TEMPO PRODUTO MERCADO TABELA DE FATOS Modelagem do DW

91 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Extração de Dados do Legado - Identificação das fontes de dados (interna/externa); Ciclo de atualização (horária; diária; semanal; mensal; real-time); Transformação dos dados - Padronização e Reconciliação dos dados; Transformação de chaves primárias; Consolidação dos dados; Separação dos dados; Separação de campos textuais; Derivação de dados; Especificação das regras de transformação; Gerência dos dados alterados - Gerência dos dados DELTA (time-stamping; aplicação de captura; triggers; log do DBMS); Qualidade dos dados - Definição da qualidade dos dados; qualidade do conteúdo dos dados; qualidade de apresentação dos dados; Tratamento de anomalias encontradas no legado; Transporte dos dados - Movimentação manual; via Gateways; replicação de dados; protocolos SNA e TCP/IP; Pontos Importantes do Projeto Modelagem do DW

92 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento A Segunda Geração do Data Warehouse

93 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Primeira Geração Preocupação com as Descobertas; Potencial para Gerar Benefícios para o Negócio. 2a. Geração do DW Características Segunda Geração Preocupação em Agir; Realizar os Benefícios; Maior preocupação com a Inteligência Competitiva; Use de novas fontes de informação (GED, , Web, imagens, sons, etc.). Telco Credit Cards Travel Banking Publishing Retail Pharmaceutical

94 © Mauricio Administração em Sistemas de Informação Soluções na Era do Conhecimento Mauricio Abreu UFF CASI


Carregar ppt "Conhecimento é o melhor investimento que podemos fazer....Einstein."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google