A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Modelo de Rutherford-Bohr Estrutura Atômica criação: Roberto Mafra.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Modelo de Rutherford-Bohr Estrutura Atômica criação: Roberto Mafra."— Transcrição da apresentação:

1

2 Modelo de Rutherford-Bohr Estrutura Atômica criação: Roberto Mafra

3 Níveis(camadas) eletrônicas KLMNOPQ + NÚCLEO ELETROSFERA: Dividida em 7 camadas (níveis) eletrônicas Energia crescente n

4 Número máximo de elétrons por nível ( camadas) Equação de Rydberg: e- e- = 2n 2 K - L - M - N - O - P - Q Teórico Prático

5 Postulados de Bohr Em um átomo são permitidas algumas órbitas(camadas) ao elétron, que se movimenta sem perder nem ganhar energia (estado estacionário). O preenchimento dos elétrons ocorre de forma a ocupar o estado com menor energia possível (estado fundamental).

6 Um elétron pode absorver energia de uma fonte externa, saltando para um nível mais energético (estado excitado). Um elétron excitado libera energia luminosa, quando retorna para um nível menos energético.

7 Energia externa Excitação de um elétron Elétron no estado fundamental Elétron no estado excitado

8 Energia luminosa Retorno de um elétron Elétron no estado fundamental Elétron no estado excitado

9 Os subníveis de energia ( ) São pequenas diferenças de energia dentro de cada nível (camadas). s = (sharp) ( = 0) p = (principal) ( =1) d = (difuse) ( =2) f = (fundamental) ( =3) ATUALMENTE SÃO CONHECIDOS 4 SUBNÍVEIS

10 Número máximo de elétrons por subnível s ( = 0 ) = 2 elétrons p ( = 1 ) = 6 d ( = 2 ) = 10 elétrons f ( = 3 ) = 14 elétrons e - = 4 + 2

11 Diagrama de Linus Pauling K (1) (2e - ) 1s 2 L (2) (8e - ) 2s 2 2p 6 M (3) (18e - ) 3s 2 3p 6 3d 10 N (4) (32e - ) 4s 2 4p 6 4d 10 4f 14 O (5) (32e - ) 5s 2 5p 6 5d 10 5f 14 P (6) (18e - ) 6s 2 6p 6 6d 10 Q (7) (2e - ) 7s 2 1s21s2 Nível subnível Quantidade de e -

12 Ordem crescente de energia dos subníveis 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 6 3d 10 4s 2 4p 6 4d 10 4f 14 5s 2 5p 6 5d 10 6s 2 6p 6... Disponível na tabela periódica

13 Distribuição eletrônica em subníveis Segue a ordem crescente de energia dos subníveis determinada por Pauling. Para colocar elétrons em um determinado subnível os anteriores devem estar completos. Ex. 34 Se s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 6 3d 10 4s 2 4p 4

14 Subnível mais energético É o último da distribuição de qualquer átomo. Ex. 34 Se - 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 6 3d 10 4s 2 4p 4

15 Subnível mais externo É o subnível mais energético do último nível. Ex. 34 Se - 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 6 3d 10 4s 2 4p 4 4s 2 último nível 4p 4

16 Exemplo: 28 Ni - 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 6 3d 8 4s 2 3d 8 Mais energético 4s 2 Mais externo Mais energéticoMais externo Subnível s Subnível p Subnível d Subnível s Subnível fSubnível s

17 Método do gás nobre precedente É uma forma de abreviar a distribuição eletrônica usando o gás nobre do período anterior ao elemento em questão. Z X - Período = n [GN] - Período = n-1 ns 1 ou 2... Ex. 34 Se - [Ar]3d 10 4s 2 4p 4 Período = 4 Período = 3 (e - = 18): 3p 6 Ne (2 o período): 2p 6 Ar (3 o período) : 3p 6 Kr (4 o período) : 4p 6 Xe (5 o período) : 5p 6 Rn (6 o período) : 6p 6

18 Ex. 55 Cs - [Xe]6s 1 Período = 6 Período = 5 (e - = 54): 5p 6 Ex. 27 Co - [Ar]4s 2 3d 7 Período = 4 Período = 3 (e - = 18): 3p 6

19 Casos especiais Fenômeno ocorrido apenas no subnível d com 4 e 9 elétrons (d 4 ou d 9 ). Transferir o elétron do subnível s anterior, transformando a distribuição em d 5 ou d 10. s2s2 d4d4 s1s1 d5d5 24 Cr - 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 6 3d 4 4s 2 4s 1 3d 5 s2s2 d9d9 s1s1 d Cu - 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 6 3d 9 4s 2 4s 1 3d 10

20 Distribuição eletrônica de íons Perdem elétrons no subnível mais externo, ou seja, no último nível. Cátions: Ex. 27 Co - 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 6 3d 7 4s 2 Subnível mais externo 27 Co +2 - Obs. É aconselhável distribuir primeiro o átomo neutro para identificar o mais externo. 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 6 3d 7 27 Co s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 6 3d 7 4s 0

21 Distribuição eletrônica de íons Ganham elétrons no subnível mais energético. Ânions: Ex. 15 P -3 -(18e-) 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 6 Subnível mais energético 15 P P -(15e-) 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 3

22 Fim


Carregar ppt "Modelo de Rutherford-Bohr Estrutura Atômica criação: Roberto Mafra."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google