A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

R ELEITURA DE M ÉTRICAS DE V ULNERABILIDADE S OCIAL DE F AMÍLIAS : ANÁLISE DE INDICADORES DE VULNERABILIDADE SOCIAL – EM BUSCA DE METODOLOGIAS PARA MÉTRICAS.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "R ELEITURA DE M ÉTRICAS DE V ULNERABILIDADE S OCIAL DE F AMÍLIAS : ANÁLISE DE INDICADORES DE VULNERABILIDADE SOCIAL – EM BUSCA DE METODOLOGIAS PARA MÉTRICAS."— Transcrição da apresentação:

1 R ELEITURA DE M ÉTRICAS DE V ULNERABILIDADE S OCIAL DE F AMÍLIAS : ANÁLISE DE INDICADORES DE VULNERABILIDADE SOCIAL – EM BUSCA DE METODOLOGIAS PARA MÉTRICAS SOCIOTERRITORIAIS O IPVS e a experiência da Fundação Seade Maria Paula Ferreira Gustavo Coelho INPE – São José dos Campos – SP 19/03/2012

2 M UNICÍPIO DE S ÃO P AULO Distribuição da População

3 Í NDICE P AULISTA DE V ULNERABILIDADE S OCIAL (IPVS) Cobertura: Estado de São Paulo Fonte dos Dados: Censo Demográfico 2000 Unidade de Área: Setor Censitário 2000 Metodologia: Análise Fatorial e Análise de Agrupamentos

4 Indicador de gestão Objetivo original: identificar áreas intramunicipais com grande concentração de famílias pobres para o programa Renda Cidadã. Tornou-se: um instrumento de delimitação e identificação no território municipal de áreas para a implantação de diversas politicas e ações O QUE É O IPVS

5 Cadastro PROSOCIAL – Secretaria Estadual do Desenvolvimento Social - SEDS Cadastro de Economias da Sabesp Cadastro de ligações da Eletropaulo Composição da tarifa dos anúncios da TV Cultura Alocação do Adicional do Local de Exercício – ALE para os professores da rede estadual de ensino O NDE É U TILIZADO

6 IPVS - RETROSPECTO 1990: Pesquisa de Condições de Vida (PCV) – Fundação Seade Pesquisa domiciliar por amostragem realizada na Região Metropolitana de São Paulo que classificou as famílias em quatro grupos homogêneos e não hierárquicos, segundo renda, educação, emprego e habitação. 2002/03: Clusters de Pobreza (Região Administrativa de Campinas) – Fundação Seade e Cem/Cebrap o Classificação dos setores censitários 2000 em grupos homogêneos segundo renda, nível de instrução e idade do responsável pelo domicilio, variáveis de serviços urbanos – abastecimento de água, esgotamento sanitário e coleta de lixo.e outras variáveis demográficas.

7 IPVS - RETROSPECTO 2003/04: Mapa da Vulnerabilidade Social (RMSP) – CEM/Cebrap o Classificação dos setores censitários 2000 em grupos homogêneos segundo renda, nível de instrução e idade do responsável pelo domicilio e outras variáveis demográficas. 2003/04: Índice Paulista de Vulnerabilidade Social – IPVS – (Estado de São Paulo) – Fundação Seade o Classificação dos setores censitários 2000 em grupos homogêneos segundo renda, nível de instrução e idade do responsável pelo domicilio e outras variáveis demográficas.

8 Vulnerabilidade Social no IPVS Áreas vulneráveis são aquelas com elevadas proporções de famílias e/ou indivíduos com níveis de renda, instrução inferiores aos observados para o conjunto da população. O perfil demográfico é considerado um fator que afeta essa situação Não se utiliza nenhum parâmetro normativo, todas as classificação (alta, baixa, etc.) são definidas a partir do observado no conjunto dos dados

9 Vulnerabilidade Social no IPVS No IPVS busca-se mensurar a vulnerabilidade à pobreza, mais do que vulnerabilidade social, com a situação de pobreza sendo mensurada de forma relativa Busca-se não restringir a condição de pobreza à questão da renda, mas enfatizar os vários aspectos que conformam a pobreza A variável renda ainda é a mais importante no IPVS

10 Território no IPVS Acepção política: (distritos, municípios, estados ou países) Unidades espaciais de interesse da política: (distrito sanitário, diretoria de ensino, sub-prefeitura, zona de orçamento participativo, área de influência do projeto ou equipamento público, etc.). Setor Censitário Unidade de coleta do Censo Demográfico e apresenta em média 250 domicílios Apesar de não apresentar significados sociais relevantes, a não ser como unidades espaciais de informação, podem ser importantes na estratégia espacial de diferentes políticas, pois os mesmos podem ser reagrupados segundos diferentes recortes territoriais identificados como sendo de interesse dessa política.

11 IPVS – 2010 Unidade territorial ainda será o setor censitário 2010 Representação em setores censitários apenas para médios e grandes municípios: Problema: o que é município médio? Utilização do componente geográfico para a construção dos clusters de vulnerabilidade (?) Possibilidade do usuário construir suas próprias áreas de intervenção por meio da agregação de setores censitários


Carregar ppt "R ELEITURA DE M ÉTRICAS DE V ULNERABILIDADE S OCIAL DE F AMÍLIAS : ANÁLISE DE INDICADORES DE VULNERABILIDADE SOCIAL – EM BUSCA DE METODOLOGIAS PARA MÉTRICAS."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google