A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Sexualidade e Saúde na Adolescência:

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Sexualidade e Saúde na Adolescência:"— Transcrição da apresentação:

1 Sexualidade e Saúde na Adolescência:
A AÇÃO DO PROJETO SABER VIVER EM JUIZ DE FORA - MG BISCOTTO IA*, FARANI JB*, DRUMOND DG** * Acadêmicos do 5º Período da Faculdade de Medicina da UFJF. Contatos: ** Doutora em Ginecologia e Obstetrícia pela UFMG; Professora Adjunta da Faculdade de Medicina da UFJF. Contato: INTRODUÇÃO A adolescência, estágio crítico do desenvolvimento humano, envolve a travessia de conflitos biológicos e psicossociais e deve receber especial atenção de políticas de saúde.1 Um aspecto relevante nessa fase é a sexualidade, que comumente assume o primeiro plano na vida do adolescente,2 tendência que contrasta com a grande ingenuidade e o déficit de conhecimento dos jovens com relação à saúde sexual, levando à maior susceptibilidade a doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) e à gravidez precoce.3 Essa vulnerabilidade se expõe claramente em estatísticas globais e regionais: os mais baixos índices de uso do preservativo nas relações sexuais são entre 15 e 19 anos; metade das novas contaminações do vírus HIV no mundo é de jovens entre 15 e 24 anos.4 A cidade de Juiz de Fora concentra índices relativamente altos da doença, sendo atualmente o segundo município mineiro com maior número de casos residentes (8,1% de toda a população mineira contaminada).5 Nesse contexto, surge a iniciativa do Projeto Saber Viver: educação sexual a escolares adolescentes. OBJETIVOS Almeja-se atender à considerável necessidade de trabalhos de educação sexual no âmbito da promoção de saúde pública em Juiz de Fora. O projeto se estende ao campo da pesquisa, procurando esboçar o perfil dos jovens juizforanos quanto a condutas e conhecimentos em saúde sexual. METODOLOGIA O projeto vem promovendo palestras educativas desde o ano de 2012, tendo como público alvo alunos do 9º ano do Ensino Fundamental das escolas públicas do município, fase escolar que concentra a faixa etária em que majoritariamente se inicia a vida sexual dos brasileiros.6 Os eventos são ministrados pela ginecologista e obstetra Dra. Denise Gasparetti Drumond, professora da Universidade, com o auxílio de dois acadêmicos da Faculdade de Medicina da UFJF, e abordam as principais DSTs, métodos preventivos e planejamento familiar. Considerando que a efetividade da ação depende do engajamento e motivação dos jovens,2 é desenvolvida pelos acadêmicos uma apresentação musical após cada palestra, abordando temática relacionada de maneira lúdica e envolvente. Após recente aprovação da Comissão Nacional de Ética em Pesquisa, será iniciada ainda a aplicação de questionários relacionados ao tema, procurando esboçar o perfil dos jovens juizforanos quanto aos indicadores mencionados. RESULTADOS Além de uma experiência sensivelmente rica para os acadêmicos bolsistas, o projeto tem recebido feedback bastante favorável do público-alvo, que demonstra interesse e participa das discussões com empenho e atenção. CONCLUSÕES O Projeto Saber Viver visa promover no adolescente o bem-estar na vivência de sua sexualidade, a preocupação com o auto-cuidado e a autonomia de decisão sobre práticas saudáveis.6 Espera ainda reduzir os índices de DSTs e gravidez indesejadas em Juiz de Fora. Por fim, visa se estender ao campo da pesquisa, a fim de fornecer contribuições acadêmicas ao município e fomentar a condução de futuros programas na área, na franca convicção de que levar a saúde ao âmbito educativo é levar educação às práticas de saúde dos estudantes. “A saúde sexual também deveria ser considerada como um direito humano básico.” (OMS, 1975) “É preciso ter cuidado Para mais tarde não sofrer É preciso saber viver! Se o bem e o mal existem Você pode escolher É preciso saber viver!” (Roberto Carlos) Referências [1] BRASIL. Ministério da Educação e do Desporto. Parâmetros Curriculares Nacionais: Orientação Sexual. Brasília, 1998. [2] GOMES, C. M.; HORTA, N. C. Promoção de Saúde do Adolescente em Âmbito Escolar. Revista APS, 13ª ed, Juiz de Fora, 2010. [3] LLOYD, C. B. (ed). Growing up Global: The Changing Transitions to Adulthood in Developing Countries. Washington, D.C., The National Academies Press, 2005. [4] UNAIDS. Focus - HIV and young people: the threat for today’s youth. In: Report on the global Aids epidemic 2004. [5] MINAS GERAIS. Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais. 1º Boletim Epidemiológico DST/Aids- Minas Gerais. Belo Horizonte, 2007. [6] CAMARGO, E. A. I. et al. Adolescentes: conhecimentos sobre sexualidade antes e após a participação em oficinas de prevenção. Ciência e Saúde Coletiva, 14ª ed, 2009.


Carregar ppt "Sexualidade e Saúde na Adolescência:"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google