A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Ação das vitaminas no sistema imunológico. Como estes nutrientes podem atuar sobre as células e outros elementos do sistema imune?

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Ação das vitaminas no sistema imunológico. Como estes nutrientes podem atuar sobre as células e outros elementos do sistema imune?"— Transcrição da apresentação:

1 Ação das vitaminas no sistema imunológico

2 Como estes nutrientes podem atuar sobre as células e outros elementos do sistema imune?

3

4

5 Vitaminas hidrossolúveis Complexo B Vit. B6 Vit. B12 Folato Vitamina C

6 Complexo B B6 ou piridoxina auxilia na utilização de aa para síntese protéica (sistema imune) Produção de anticorpos e citocinas Favorecendo a uma resposta Th1 (IL-2) Estudos: 1) Deficiência (30 a 50% recomendado)– prejudica maturação, expansão e atividade de linfócitos, produção de anticorpos, atividade de células NK, suprime resposta Th1 e promove resposta Th2. 2)Suplementação: promove resposta Th1 e leva a proliferação de linfócitos.

7 Câncer e B6 ou piridoxina Ratos Suplementação preveniu a formação de tumores no cólon. In vitro Células de carcinoma pancreático tiveram seu crescimento inibido pelo tratamento com B6. Mecanismo desconhecido Inibe o estresse oxidativo

8 B12 ou Cobalamina Auxilia na multiplicação de células. Anemia perniciosa: redução de no. de linfócitos totais, células CD8+ e na proporção de células CD4+. Câncer gástrico

9 Folato ou ácido fólico Sistema imune: está envolvida na síntese de ácido nucléico e proteína. Deficiência reduz: linfócitos circulantes e sua proliferação, atividade de células NK, razão entre CD4+/CD8+ Prejuízo na resposta Th1 com susceptibilidade a infecções A deficiência com redução de células CD8+ pode está relacionada ao aumento da carcinogenese - Redução na citotoxicidade Estudos com Humanos - Deficiência – baixa proporção entre CD4+/CD8+ e supressão na atividade de células NK.

10 Vitamina C ou ácido ascórbico Antioxidante, produção e manutenção de colágeno. ROS: importantes para matar bactérias e outros microorganismos invasores, também podem atacar células e biomoléculas do sistema imune (Wintergerst et al., 2007). Redução da vitamina no plasma em infecções e estresse. Deficiência: atividade de células NK diminuída, função de leucócito prejudicada e redução na proliferação de linfócitos. Suplementação estimula a quimiotaxia de neutrófilos e monócitos (Anderson et al. 1980). Estimula o sistema imune – aumentando a proliferação de linfócitos T, citocinas e Igs em resposta a infecções (Jeng et al. 1996).

11 Vitaminas lipossolúveis Vitamina A Vitamina D Vitamina E Vitamina K

12 Vitamina A Visão e diferenciação celular de tecido epitelial e expressão de genes. Tem as formas: retinol e retinal. Atua via ácido retinóico, desempenhando papel na regulação da função imune, tanto na imunidade inata como na adaptativa (mediada por células e anticorpos).

13 Vitamina A Visão e diferenciação celular de tecido epitelial e expressão de genes. Deficiência: integridade da mucosa epitelial é alterada – crianças tem diarréia e doença respiratória. Suplementação reduziu a severidade da diarréia, mas não afetou a pneumonia. Aumentou a secreção de citocina Th2 e suprime a produção de IFN- e TNF-. Associação da deficiência e redução da fagocitose e estresse oxidativo dos m, e também diminuição no número e atividade de células.

14 Geração de célula Treguladoras

15 Linfócitos B

16 Vitamina D Formas disponíveis Vit. D2 e D3. Metabólito ativo calcitriol.

17 Vitamina D Calcitriol age regulando produção de citocinas por linfócito T e Igs por linfócitos B, diferenciação de precursores de monócitos e modula a proliferação celular. Quantidade de receptores de Vit. D nos monócitos, m e tecido do timo A Vit. D3 exerce efeitos na imunidade adaptativa como redução ativação de linfócitos e maturação de células dendríticas (efeito inibitório). Inata (estimulatório)

18

19 Vitamina E Considerada antioxidante da membrana celular; Inibir ação de radicais livres prevenindo a peroxidação lipídica. Suplementação aumenta: a proliferação de linfócitos com aumento de IL-2, citotxicidade de cèlulas NK, fagocitose de m alveolares, promove resposta Th1 com resistência a infecções (Meydani et al., 2005). Em idosos (redução na resposta imune) a suplementação conseguiu reverter o quadro aumentando a resposta Th1. Em modelo experimental de tumor (melanoma), foi mostrado que a vitamina E inibiu o crescimento deste tumor (MALAFA et al., 2002).

20 T regCD8 + Linf. B M CitocinCél. NKCD4 + DC Vit. B6 Vit. B12 Folato Vit. C Vit. A Vit. D Vit. E

21 Vit. D Vit. C Vit. A Vit. D Vit. C Vit. A F

22 Obrigada!!!!!!!!!!!!!!


Carregar ppt "Ação das vitaminas no sistema imunológico. Como estes nutrientes podem atuar sobre as células e outros elementos do sistema imune?"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google