A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Conflito de Culpa Guilt Conflict. Culpa quer dizer paralisação das nossas oportunidades de crescimento no presente em conseqüência da nossa fixação doentia.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Conflito de Culpa Guilt Conflict. Culpa quer dizer paralisação das nossas oportunidades de crescimento no presente em conseqüência da nossa fixação doentia."— Transcrição da apresentação:

1 Conflito de Culpa Guilt Conflict

2 Culpa quer dizer paralisação das nossas oportunidades de crescimento no presente em conseqüência da nossa fixação doentia em comportamentos do passado. Culpa quer dizer paralisação das nossas oportunidades de crescimento no presente em conseqüência da nossa fixação doentia em comportamentos do passado. Guilt means paralysis of growth opportunities in the present as consequence of our ill fixation in past behaviours. Hammed - Renovando Atitudes

3 A culpa é sombra pertubadora na personalidade, responsável por enfermidades soezes, causadoras de desgraças de vária ordem. A culpa é sombra pertubadora na personalidade, responsável por enfermidades soezes, causadoras de desgraças de vária ordem. Guilt is a disturbing shadow in the personality, responsible for illnesses and causing misfortunes of all kinds. Joanna de Ângelis – Jesus e Atualidade

4 A culpa é uma carga emocional muito pesada e causadora de várias lesões íntimas... A culpa sempre se insculpe no inconsciente como uma necessidade de punição, através de cujo mecanismo o ego se liberta do delito. A culpa é uma carga emocional muito pesada e causadora de várias lesões íntimas... A culpa sempre se insculpe no inconsciente como uma necessidade de punição, através de cujo mecanismo o ego se liberta do delito. Guilt is a very heavy emotional burden and causes many inner lesions…. Guilt is always engraved in the unconscious as a necessity for punishment, through such mechanism the ego frees itself from the fault. Joanna de Ângelis – O Despertar do Espírito

5 ...o Criador da Vida é infinita Bondade e Compreensão e que sempre vê com os olhos do amor, nunca punindo suas criaturas; na realidade, são elas mesmas que se autopenalizam, por não se renovarem nas oportunidades do livre- arbítrio e por ficarem, no presente, agarradas aos erros do passado....o Criador da Vida é infinita Bondade e Compreensão e que sempre vê com os olhos do amor, nunca punindo suas criaturas; na realidade, são elas mesmas que se autopenalizam, por não se renovarem nas oportunidades do livre- arbítrio e por ficarem, no presente, agarradas aos erros do passado....the Lifes Creator is infinite Goodness and Comprehension and always sees with loving eyes, never punishing his creatures; in reality, they punish themselves for not choosing to be renewed in the free will opportunities and for remaining, in the present, tightened to wrong doings of the past. Hammed - Renovando Atitudes

6 A sua postura (de Jesus) com Maria de Magdala – dentre outras passagens -, é a de quem via o pecado de uma maneira natural, como um desvio de rota, apenas um erro, fazendo parte das experiências de evolução do ser humano. A sua postura (de Jesus) com Maria de Magdala – dentre outras passagens -, é a de quem via o pecado de uma maneira natural, como um desvio de rota, apenas um erro, fazendo parte das experiências de evolução do ser humano. Jesus attitude towards Mary of Magdala- between other episodes-, is of whom saw sin in a natural way, as a deviation from the route, only a mistake, being part of the human beings evolution experiences. Alírio de Cerqueira Filho – Psicoterapia a Luz do Evangelho de Jesus

7 Todos nós fomos criados com possibilidades de acertar e errar; por isso, temos necessidade de exercitar para aprender as coisas, de colocar aptidões em treino, de repeti-las várias vezes entre ensaios e erros. A culpa se estrutura nos alicerces do perfeccionismo. Alimentamos a idéia de que não seremos suficientemente bons se não fizermos tudo com perfeição. Todos nós fomos criados com possibilidades de acertar e errar; por isso, temos necessidade de exercitar para aprender as coisas, de colocar aptidões em treino, de repeti-las várias vezes entre ensaios e erros. A culpa se estrutura nos alicerces do perfeccionismo. Alimentamos a idéia de que não seremos suficientemente bons se não fizermos tudo com perfeição. We have all been created with the opportunities to get things right or wrong therefore we need to exercise to learn things, to train our abilities, to repeat them many times between trials and errors. Guilt is structured in the perfectionism foundations. We feed the idea that unless we do everything perfectly we are not going to be good enough. Hammed - Renovando Atitudes

8 Culpar não é um método educativo, nem tampouco gerador de crescimento, mas um meio de induzir as pessoas a não se responsabilizarem por seus atos e atitudes. Culpar não é um método educativo, nem tampouco gerador de crescimento, mas um meio de induzir as pessoas a não se responsabilizarem por seus atos e atitudes. To accuse is not an educative method, nor is a generator of growth either, but it is a mean of inducing people not to take responsibility for their actions and behaviours. Hammed - Renovando Atitudes

9 A consciência de culpa torna-se tortura lúcida ou não para o emocional, gerando tormentos que poderiam ser evitados se outros processos houvessem sido elaborados para facultar a reparação do erro. A consciência de culpa torna-se tortura lúcida ou não para o emocional, gerando tormentos que poderiam ser evitados se outros processos houvessem sido elaborados para facultar a reparação do erro. The guilt conscience becomes or not lucid torture for the emotional, generating torments that could have been avoided if other processes had been elaborated to facilitate the reparation of the mistake. Joanna de Ângelis – O Despertar do Espírito

10 Por isso mesmo ao invés de pecado ou culpa, surge o conceito de responsabilidade, mediante a qual a colheita se deriva da semeadura, sem qualquer expressão castradora do discernimento nem fatalista do sofrimento. Por isso mesmo ao invés de pecado ou culpa, surge o conceito de responsabilidade, mediante a qual a colheita se deriva da semeadura, sem qualquer expressão castradora do discernimento nem fatalista do sofrimento. For this reason instead of sin or guilt, the concept of responsibility emerges, through which the reap comes from the sowing, without any castrating expression for the discernment nor of fatalist suffering. Joanna de Ângelis – O Despertar do Espírito

11 Quem se culpa, não assume a responsabilidade pela condução da sua vida. Constitui-se num nível profundo, um movimento de fuga. É mais fácil sofrer e se sentir um coitado, do que tomar nas mãos a responsabilidade por construir sua própria felicidade, pois isto só acontece com esforço pessoal. Quem se culpa, não assume a responsabilidade pela condução da sua vida. Constitui-se num nível profundo, um movimento de fuga. É mais fácil sofrer e se sentir um coitado, do que tomar nas mãos a responsabilidade por construir sua própria felicidade, pois isto só acontece com esforço pessoal. Who blames oneself does not assume responsibility for the conduction of ones life. It constitutes in a deep level, an escape movement. It is easier to suffer and to feel pitiful than to take responsibility to build ones own happiness in the hands, as this just happens with personal effort. Alírio de Cerqueira Filho – Psicoterapia à Luz do Evangelho de JESUS

12 O culpismo é um processo de se tentar substituir um ato de desamor por outro ato de desamor. O desculpismo é a tentativa de substituir o desamor pelo pseudo-amor. Somente através do amor é que podemos nos libertar da culpa e da tentativa de fugir dela. O culpismo é um processo de se tentar substituir um ato de desamor por outro ato de desamor. O desculpismo é a tentativa de substituir o desamor pelo pseudo-amor. Somente através do amor é que podemos nos libertar da culpa e da tentativa de fugir dela. Guiltiness is a process of trying to substitute an unloving action by another unloving action. Excuses are an attempt to substitute the unloving by the pseudo-love. Only through love is that we will be able to free ourselves from guilt and from the attempt to escape from it. Alírio de Cerqueira Filho – Psicoterapia à Luz do Evangelho de JESUS

13 A ação responsável é um processo de autoconsciência composto das seguintes atitudes: Responsabilização; Arrependimento; Auto-análise; Aprendizado; Reparação. A ação responsável é um processo de autoconsciência composto das seguintes atitudes: Responsabilização; Arrependimento; Auto-análise; Aprendizado; Reparação. The responsible action is a self conscious process made of the following attitudes: Responsibleness; Repentance; Self-analysis; Learning; Reparation. Alírio de Cerqueira Filho – Psicoterapia à Luz do Evangelho de JESUS

14 Responsabilização: Ao se perceber em erro ao invés de entrar no julgamento gerador do remorso ineficaz, proveniente da consciência de culpa, ou na tentativa infrutífera de fugir dela, o indivíduo tem uma atitude responsável, não de auto-acusação, mas de perceber que foi ele que cometeu aquele erro e que somente ele podera repará-lo. Responsabilização: Ao se perceber em erro ao invés de entrar no julgamento gerador do remorso ineficaz, proveniente da consciência de culpa, ou na tentativa infrutífera de fugir dela, o indivíduo tem uma atitude responsável, não de auto-acusação, mas de perceber que foi ele que cometeu aquele erro e que somente ele podera repará-lo. Responsibleness: When noticing oneself in error instead of entering into judgement creating useless remorse, from the guilty conscience, or in the fruitless attempt to escape from it, the individual has a responsible attitude, not of self-accusation, but of noticing that the individual has committed that mistake and only the individual can now repair it. Alírio de Cerqueira Filho – Psicoterapia à Luz do Evangelho de JESUS

15 Arrependimento: o erro praticado é um ato de desamor, portanto contrário as leis Divinas e, por isso, é necessário se arrepender de tê-lo cometido. Auto análise - examinar o erro, isto é, refletir sobre o motivo pelo qual cometeu aquela ação equivocada, o que o levou a agir com desamor, para poder aprender com o erro. Arrependimento: o erro praticado é um ato de desamor, portanto contrário as leis Divinas e, por isso, é necessário se arrepender de tê-lo cometido. Auto análise - examinar o erro, isto é, refletir sobre o motivo pelo qual cometeu aquela ação equivocada, o que o levou a agir com desamor, para poder aprender com o erro. Repentance: the committed error is an unloving act, thus contrary to the Divine laws and, therefore, it is necessary to regret having committed it. Self-analysis – to examine the error, there being, to reflect upon the motive for which that wrong action was committed, what was the drive to act in an unloving way, so then to learn with the mistake. Alírio de Cerqueira Filho – Psicoterapia à Luz do Evangelho de JESUS

16 Reparação – a ação responsável diante da vida, exige que reparemos o desamor, transformando tais atitudes, em atos de amor. Portanto o auto- perdão não é uma simples anulação do erro, de forma fácil, como muitos pensam, mas uma ação consciente... Buscando praticar ações amorosas diante da vida, que vão substituindo gradativamente o desamor e o pseudo-amor, que existem em nós, por amor, transformando as energias egóicas em energias essenciais. Reparação – a ação responsável diante da vida, exige que reparemos o desamor, transformando tais atitudes, em atos de amor. Portanto o auto- perdão não é uma simples anulação do erro, de forma fácil, como muitos pensam, mas uma ação consciente... Buscando praticar ações amorosas diante da vida, que vão substituindo gradativamente o desamor e o pseudo-amor, que existem em nós, por amor, transformando as energias egóicas em energias essenciais. Reparation – the responsible action before life requires that we repair the unloving behaviours, transforming them into loving acts. For this reason self-forgiveness is not only a simple annulment of the mistake, in an easy way, as many think, but a conscious action… Searching to practice loving actions before life will gradually substitute the unloving attitudes and the pseudo-love, that exist in us, by love, transforming the ego energies in essential ones. Alírio de Cerqueira Filho – Psicoterapia à Luz do Evangelho de JESUS

17 O autoperdão é uma necessidade para luarizar a culpa, o que não implica em acreditar haver agido corretamente, ou justificar a ação infeliz. Significa dar-se oportunidade de crescimento interior, de reparação dos prejuízos, de aceitação das próprias estruturas, que deverão ser fortalecidas. O autoperdão é uma necessidade para luarizar a culpa, o que não implica em acreditar haver agido corretamente, ou justificar a ação infeliz. Significa dar-se oportunidade de crescimento interior, de reparação dos prejuízos, de aceitação das próprias estruturas, que deverão ser fortalecidas. The self forgiveness is a necessity in order to enlighten guilt, what does not imply in the belief of having acted correctly or to justify an unfortunate action. It means to give oneself the opportunity of inner growth, of repairing the damage, of accepting ones own structures that should be strengthened. Joanna de Ângelis - Autodescobrimento

18 Perdoar-nos é conviver com a mais nítida realidade, não se distraindo com ilusões de que os outros e nós mesmos deveríamos ser algo que imaginamos ou fantasiamos. Perdoar-nos resulta no amor a nós mesmos – o pré requesito para alcançarmos a plenitude do bem viver. Perdoar-nos é conviver com a mais nítida realidade, não se distraindo com ilusões de que os outros e nós mesmos deveríamos ser algo que imaginamos ou fantasiamos. Perdoar-nos resulta no amor a nós mesmos – o pré requesito para alcançarmos a plenitude do bem viver. To forgive ourselves is to be in familiar terms with the most clear reality and not getting distracted with illusions that the others and ourselves should be something that we imagine or fantasize. Forgiving ourselves result in the love to ourselves – the pre requisite to reach the fullness of the well living. Hammed – Renovando Atitudes

19 Perdoar-nos é não importar-nos com o que fomos, pois a renovação está no instante presente; o que importa é como somos hoje e qual é nossa determinação de buscar nosso progresso espiritual. Perdoar-nos é não importar-nos com o que fomos, pois a renovação está no instante presente; o que importa é como somos hoje e qual é nossa determinação de buscar nosso progresso espiritual. To forgive ourselves is not to care about who we were, as the renewal is in the present moment; what matter is how we are today and what is our resolution to seek our spiritual progress. Hammed – Renovando Atitudes

20 Ninguém que lança mão do arado e olha para trás é apto para o reino de Deus (Lucas 9:62) – Olhando para trás a alma não caminha resoluta e, consequentemente não se liberta dos grilhões do passado. Não guardemos culpa. Optemos pelo melhor, modificando nossa conduta. Reconheçamos o erro e não olhemos para trás, e sim, para frente, dando continuidade à nossa tarefa na Terra. Ninguém que lança mão do arado e olha para trás é apto para o reino de Deus (Lucas 9:62) – Olhando para trás a alma não caminha resoluta e, consequentemente não se liberta dos grilhões do passado. Não guardemos culpa. Optemos pelo melhor, modificando nossa conduta. Reconheçamos o erro e não olhemos para trás, e sim, para frente, dando continuidade à nossa tarefa na Terra. No one that lay hold of the plow and looks back is apt to Gods reign (Luke 9:62) – Looking backwards the soul does not walk resolutely and consequently, is not freed from the shackles of the past. Let us not keep the guilt. Let us opt for the better, changing our procedure. Let us recognize the mistake and not look back, but yes, look forward, giving continuity to our task in Earth. Hammed - Renovando Atitudes

21 Rendamos graças a Deus que na sua bondade, concede ao homem a faculdade de reparação e não o condena irrevogavelmente pela primeira falta. Rendamos graças a Deus que na sua bondade, concede ao homem a faculdade de reparação e não o condena irrevogavelmente pela primeira falta. Let us render thanks to God that in his goodness, grants humanity the faculty of repairing and does not irrevocably condemns for the first mistake. Evangelho Segundo o Espiritismo – cap V – Item 8

22 Translated by Translated by The Spiritist Psychological Society


Carregar ppt "Conflito de Culpa Guilt Conflict. Culpa quer dizer paralisação das nossas oportunidades de crescimento no presente em conseqüência da nossa fixação doentia."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google