A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Alimentação saudável. A Importância da alimentação saudável É através dos alimentos que o nosso organismo recebe todas as substâncias (chamadas nutrientes)

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Alimentação saudável. A Importância da alimentação saudável É através dos alimentos que o nosso organismo recebe todas as substâncias (chamadas nutrientes)"— Transcrição da apresentação:

1 Alimentação saudável

2 A Importância da alimentação saudável É através dos alimentos que o nosso organismo recebe todas as substâncias (chamadas nutrientes) necessárias ao seu bom funcionamento. Nutrientes são as proteínas, as gorduras, os carboidratos, as vitaminas, os minerais, as fibras e a água.

3 Alimentação saudável Planejada com alimentos de todos os tipos, de procedência conhecida e de preferência naturais e preparados preservar os valores nutritivos, os aspectos sensoriais e com segurança alimentar; Alimentos qualitativa e quantitativamente adequados, pertencentes ao hábito alimentar, consumidos em refeições em ambientes calmos; Satisfação das necessidades nutricionais, emocionais e sociais para promoção de uma qualidade de vida saudável;

4 Alimentação saudável Preferências alimentares que fazem parte da cultura de um povo. São estabelecidos na infância e tornam-se comuns no decorrer da vida. Ex: comer arroz com feijão

5

6 Alimentação saudável Comemos o que nosso corpo prefere ou preferimos o que gostamos? X

7 Para que a alimentação seja saudável e preventiva : Dar preferência a grelhados e cozidos, molhos à base de legumes e ervas aromáticas; Troque o leite integral pelo desnatado; Dar preferência aos óleos vegetais, margarina light e azeite de oliva; Substitua as sobremesas por frutas cruas com casca; Tempere as saladas com vinagre, limão, ervas e o mínimo de azeite; Porções de carne de 90g; Dar preferência a carnes magras, retire a gordura visível das carnes bovinas e a pele das aves;

8 Para que a alimentação seja saudável e preventiva : A alimentação deve ser dividida em três refeições principais e três lanches intermediários. Isso aumenta o trabalho intestinal e o gasto de energia para a digestão dos alimentos; As refeições devem ser feitas em lugares tranqüilos e sem pressa. Mastigue pelo menos trinta vezes cada garfada, isso fará com que você se sinta saciado ingerindo menos alimentos; Comece sua refeição pela salada crua, que contém fibras e tira a sensação de fome. Se depois da refeição ainda sentir fome, coma mais salada e não repita o prato quente;

9 Para que a alimentação seja saudável e preventiva : Evite beber durante as refeições. As bebidas, principalmente gasosas, dilatam o estômago; Beba pelo menos dois litros de água por dia (seis a oito copos); Beba muita água no intervalo das refeições. Ela ajuda a limpar o organismo e manter as suas funções normais; Diminua o consumo do açúcar e aumente o consumo de fibras. O açúcar é muito calórico e não traz nenhum benefício à saúde, enquanto que as fibras asseguram um bom funcionamento intestinal e reduzem a sensação de fome;

10 Para que a alimentação seja saudável e preventiva : Substitua produtos comuns por lights ou desnatados, pois estes contêm menos calorias. Substitua queijos amarelos (prato, muzzarela, provolone, requeijão) por queijos magros (ricota, cottage, queijo branco); Diminua o consumo de massas, cereais, pães e doces; O exercício físico, orientado por um profissional, acelera a queima de gordura armazenada, auxiliando na redução de peso; Não faça exercícios com o estômago cheio, pois a energia necessária para fazer a digestão será desviada para a atividade física;

11 Para que a alimentação seja saudável e preventiva : Não durma logo após as refeições, nem ingira alimentos muito pesados à noite pois neste período a digestão é mais lenta; Evite dietas milagrosas em que há uma grande eliminação de peso em um curto período de tempo; Não compre alimentos que devem ser evitados; Nunca acumule a fome. Por isso deixe na geladeira legumes picados (cenoura, pepino, salsão) e gelatina diet; Coma de 3 em 3 horas para que o organismo se acostume a queimar calorias o dia inteiro. Ficar sem comer é errado e engorda; Não pule nenhuma refeição. Coma o dia inteiro, pelo menos uma fruta ou barra de cereal;

12 Para que a alimentação seja saudável e preventiva : Sal Ele é necessário para o equilíbrio dos fluidos corporais e para a transmissão de impulsos nervosos; O problema é que nosso paladar se adaptou tanto a ele que o consumo se tornou excessivo; O brasileiro consome em média quatro a cinco colheres (chá) de sal por dia, o que equivale a 10 g. Muito mais do que o organismo precisa, que é de 5 g a 6 g por dia; As ervas são excelentes aliadas, pois são aromáticas e saborosas. Basta variar as ervas adicionadas como: estragão, orégano, sálvia, alecrim, tomilho, manjericão, salsinha e cebolinha.

13 Para que a alimentação seja saudável e preventiva : Embutidos Esses alimentos são saborosos, práticos e fáceis de serem preparados, mas eles também são uma fonte de gordura; Estudo revelaram que o consumo de embutidos aumenta em 42% o risco de problemas cardíacos; O consumo diário de 50g agrava problemas do coração e aumenta em 19% a chance de as pessoas desenvolverem a diabetes tipo 2; Principais: Mortadela, linguiça, bacon, presunto, salame e salsicha;

14 Para que a alimentação seja saudável e preventiva : Fibras São estruturas celulares das paredes vegetais, com propriedades funcionais cientificamente comprovadas. Possuem efeitos fisiológicos importantes, incluindo o bom funcionamento intestinal, previnem doenças (câncer de cólon), diminui a absorção de colesterol e glicose; Fontes Frutas: maçã, abacaxi, pêra, manga, melão, uva, ameixa, papaia, laranja; coma sempre a casca e o bagaço, quando possível. Legumes e verduras: couve, brócolis, vagem, espinafre, alface, escarola, repolho, quiabo, berinjela, beterraba, chuchu, couve-flor, cenoura, batata, tomate, cebola; Cereais: grão-de-bico, feijões, lentilha, soja, farelo de trigo integral, aveia, sementes de linhaça e girassol, milho verde, ervilha, arroz integral;

15

16 Avaliação nutricional IMC – Índice de Massa Corporal ResultadoSituação Abaixo de 17Muito abaixo do peso Entre 17 e 18,49Abaixo do peso Entre 18,5 e 24,99Peso normal Entre 25 e 29,99Acima do peso Entre 30 e 34,99Obesidade I Entre 35 e 39,99Obesidade II (severa) Acima de 40Obesidade III (mórbida) IMC: Peso (kg) / Altura² (m)

17 Avaliação nutricional As circunferências predizem gordura corporal e analisam os padrões de distribuição dessa gordura. A relação das circunferências da cintura e do quadril (C/Q) pode ser usada para identificação do risco de doença cardiovascular; CIRCUNFERÊNCIA DA CINTURA CIRCUNFERÊNCIA DO QUADRIL

18 Avaliação nutricional MEDIDA DA CIRCUNFERÊNCIA DA CINTURA MEDIDA DA RELAÇÃO CINTURA/QUADRIL Risco cardiovascular - C/Q 0,8 para mulheres 1,0 para homens

19 Avaliação nutricional QUANTO AO LOCAL DE DISTRIBUIÇÃO DE GORDURA GIN Ó IDE (PÊRA)ANDR Ó IDE (MA Ç Ã) Gordura centralizada na região dos quadris e n á degas, mais prevalentes em mulheres. Gordura centralizada na região abdominal, mais prevalente em homens, aumenta os riscos de doen ç as do cora ç ão e infartos.

20 Obesidade Condição caracterizada pelo excesso de peso corpóreo consequente de um desequilíbrio entre o aporte energético e o gasto metabólico; Doença crônica de etiologia multifatorial que acompanha o aumento do risco de mortalidade e morbidade;

21

22 Prevalência Obesidade e sobrepeso vem aumentando em Adolescentes. Elevada probabilidade de se tornarem adultos obesos. A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que, no mundo, existam 155 milhões de jovens obesos (1 em cada 10). IBGE - POF (2003): prevalência de excesso de peso em 17,9% dos meninos e 15,4% das meninas. – Maior prevalência na região Sul e Sudeste em ambos os sexos.

23

24

25

26

27 Fatores genéticos – Predisponibilidade genética quando há obesos na família. 80% de probabilidade = pai e mãe obesos 40% de probabilidade = somente 1 genitor é obeso Fatores determinantes para excesso de peso e obesidade

28 Padrão alimentar – Quantidade e qualidade da dieta – Transição nutricional aumento do consumo de lipídeos (saturados, trans) e de carboidratos simples (açúcares). Fatores determinantes para o excesso de peso e obesidade

29

30

31

32 Mudanças qualitativas e quantitativas

33 Proteínas

34 Faça do seu alimento o seu remédio e do seu remédio o seu alimento Hipócrates – O Pai da Medicina

35 Obrigado!!


Carregar ppt "Alimentação saudável. A Importância da alimentação saudável É através dos alimentos que o nosso organismo recebe todas as substâncias (chamadas nutrientes)"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google