A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Financiamento ao Sector Privado Apoiar o Crescimento de África Sustainable Energy Fund for Africa Seminário - 14 de Maio 2012 Hotel Polana - Maputo 1.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Financiamento ao Sector Privado Apoiar o Crescimento de África Sustainable Energy Fund for Africa Seminário - 14 de Maio 2012 Hotel Polana - Maputo 1."— Transcrição da apresentação:

1 Financiamento ao Sector Privado Apoiar o Crescimento de África Sustainable Energy Fund for Africa Seminário - 14 de Maio 2012 Hotel Polana - Maputo 1

2 1.O Grupo do Banco Africano de Desenvolvimento 2.Envolvimento com o Sector Privado 3.Africa Infrastructure Bond 4.Portefólio de Projectos 2

3 3 História Fundado em 1964, o AfDB é uma dos 5 bancos multilaterais de desenvolvimento no mundo juntamente com o Banco Mundial (WB), o Banco Asiático de Desenvolvimento (AsDB), o Banco Europeu para Reconstrução e Desenvolvimento (EBRD), e o Banco de Desenvolvimento Inter-Americano (IDB) Missão Promover a redução da pobreza e o desenvolvimento sustentado de África Instituições da Constituição The African Development Bank (ADB) Providencia financiamento para os países africanos de médio-rendimento e projectos de investimento privados The African Development Fund (ADF) Providencia empréstimos concessionais e doações aos países africanos de baixo-rendimento Estrutura Accionista 53 países Africanos (todos os países Africanos) 24 países não-Africanos (sobretudo pertencentes ao G20) Capital Autorizado: biliões de Unidades de Conta (UA), equivalente a 75 biliões de Euros O Grupo Banco Africano de Desenvolvimento Instituição Líder no Financiamento em África

4 Operações de Financiamento do BAD Janela Privada Empresas Privadas e EPs Financeiramente Fortes Não Soberanas Termos Comerciais Janela Pública Governo e Empresas Públicas Soberanas Termos Concessionais 4 Destinatários Garantias Financiamento O BAD possui duas janelas de financiamento: a Pública e a Privada

5 5 Investindo na Economia Sustentável & Verde Recursos Estatuários do AfDB Operações Não- Soberanas Dívida Capital Garantias Empréstimos Soberanos Concessional Doações Não-concessional Recursos de Doadores geridos pelo AfDB SCAF ACSP SEFA ACF Recursos Externos Adicionais Strategic Climate Funds SREP PPCR FIP CTF Outras Iniciativas: FAPA, AWF, CBFF, NEPAD-IPPF, RWSSI, ICA, AFP, ClimDev Africa, GEF etc. Outras Iniciativas: FAPA, AWF, CBFF, NEPAD-IPPF, RWSSI, ICA, AFP, ClimDev Africa, GEF etc.

6 Operações com Garantias não-soberanas – i.e. financiamento alavancado para projectos privados, com termos comerciais & seleccionados investimentos de capital em fundos: Operações Focadas em -Industrias & Serviços -Financiamento de Infra-estruturas -Intermediação Financeira -Gestão de Portfolio 6 Operações com o Sector Privado

7 Vasta experiência cross-sector no Continente Africano O ADB como parceiro: partilha de expertise técnico / assiste em assegurar co-financiamento Uso da capacidade financeira (rating AAA) / produtos de gestão de risco para fazer arrancar projectos comercialmente viáveis Mitigação de risco politico: O papel do Banco como honest broker, alavancando o relacionamento do Banco com os governos africanos que são nossos accionistas Parceiro de confiança: transações superiores a USD 1.8 biliões em 2010 Selecção de projectos sóldia: low loss rate (<3%) 7 Vantagens Comparativas do Banco

8 Assistir os governos no melhoramento do Ambiente de Negócio para o Sector Privado: Melhorar a infra-estrutura soft (i.e. o ambiente regulatório e legal, qualidade do sector financeiro, liberalização do comercio) Melhorar Infra-estrutura Física 8 Estratégia de Operações no Sector Privado Infra- estructura Soft Transações Cataliticas Infra- estrutura Física Criar efeitos catalíticos e demonstrativos assistindo e financiando transacções especificas: Infra-Estrututa (e.g. energia, transportes, telecoms, água & saneamento Industrias & Serviços (e.g. mineração, cimento, agribusiness, hotels) Intermediação Financeira (e.g. bancos, MFIs, seguros, factoring, leasing)

9 Maximização do Posicionamento (interface Public-Private) (o sweet spot) PúblicoPrivado Strategic Fit 9 Posicionamento Estratégico Optimo

10 10 Suporte do ADB às operações PPP

11 11 Janela Sector Público ADB Financiamento de Assistência Técnica e Capacitação; Estudos preparatórios de Project Finance ; Providenciar empréstimos concessionais para garantir contribuição de capital do governo. Janela Sector Privado ADB Assistir e aconcelhar o governo na estruturação de projectos; Providenciar capital, sub-emprestimos e emprestimos ao sponsor do projecto; Providenciar produtos de gestão de risco ao sponsor do projecto. Suporte do ADB às operações PPP

12 12 Dívida Sénior Até 15 anos de prazo Até 5 anos de carência Moeda local e Hard-Currency Dívida Subordinada Moeda Local e Hard-Currency Guarantias Partial risk Guarantee Partial credit Guarantee (prazos longos) Capital Equity Funds; Até 20% do total de capital Assistencia Tecnica Doações para estudos Capacitação Instrumentos Utilizados pelo Banco

13 13 1.O Grupo do Banco Africano de Desenvolvimento 2.Envolvimento com o Sector Privado 3.Africa Infrastructure Bond 4.Portefólio de Projectos

14 A empresa/projecto deve estar localizada e sediada num País Membro Regional (RMCs) do Banco A empresa/projecto deve ser detido marioritariamente majority-owned (51%+) por investidores privados, ou Empresas Públicas com posiçao financeira forte e estrutura de gestão comprovadamente autónoma Projectos para o establecimento, expansão, diversificação ou modernização produtiva da empresa (i.e. CAPEX). Não financiamento a trade Tamanho do investimento determinado por Single Obligor Limit e outras considerações de gestão de risco 14 Eligibilidade para Financiamento Projectos

15 15 Alinhamento Estratégico Prioridades económicas e sociais do país Estratégica regional e nacional do Banco Viabilidade Comercial Fundamentais do Mercado Estrutura Financeira Experiencia e capacidade do Sponsor do projecto Adicionalidade Estruturação do negócio Crowding in de investidores comerciais Mitigação Risco Politico Mitigação Risco Financeiro Outcomes Desemvolvimento Emprego Linkages Locais Impacto ambiental e social Colecta de imposto Critérios de Selecção de Projectos

16 Financiamento Infra-Estruturas Água & Saneamento ICTTransportesEnergia Capital Fundos PE Infra-Estruturas Project Loans Dívida Corporate Loans Geração Transmissão Distribuição Utilities Estradas Linhas Férreas Aeroportos Portos Utilities Satelites Fibra-Optica Backbone GSM & CDMA NEPAD Fornecimento Purificação Desalinização Tratamento UtilitiesRenováveis 16 Divisão Financiamento de Infra-Estruturas

17 17 1.O Grupo do Banco Africano de Desenvolvimento 2.Envolvimento com o Sector Privado 3.Africa Infrastructure Bond 4.Portefólio de Projectos

18 As necessidades do Continente são urgentes, e as soluções correntes são insuficientes. Soluções inovadoras e audazes são necessárias. 18 O Deficit de Financiamento de Infra- estruturas Deficit infra-estrutural anual estimado em US$ 93b Deduzido das fontes correntes de financiamento disponíveis US$ 45b O Remanescente por financiar totaliza US$ -48b 30 países em África com problemas crónicos de energia Apenas 4% do PIB africano é investido em infra-estruturas Resolver o deficit infra-estrutura, adicionaria de imediato 2% de crescimento do PIB ao continente

19 Infra-estruturas são oportunidades de Investimento Os retornos dos investimentos são menos voláteis que os mercados Actualmente as taxas de juro estão em mínimos históricos Os investidores globais procuram bens alternativos para yields superiores e diversificação de portfolio 19 Génese do Africa Infrastrucutre Bond África está a emergir como alternativa atraente para investimento: Potenciais fontes de receitas de recursos diversificados Um ambiente macroeconómico e de governação melhorado Um crescimento económico robusto e endógeno Infra-estruturas são um bem em promissor de crescimento

20 20 De uma Wish-List a Projectos Bancáveis Total angariado pelo Global Infrastructure Partners em 2012 US$ 8.2b ASEAN Infrastructure Fund leveraging by co-finance by 2020 US$ 13b Total angariado por fundos de infra-estruturas no 3Q 2012 US$ 14b Os sponsors tem de identificar e preparar projectos game-changer Projectos que são comercialmente viáveis Projectos que inspirem a confiança dos investidores Projectos que são catalisadores para o desenvolvimento O Continente tem também que competir com a concorrência

21 21 Assistência à Preparação de Projectos Fragmentação dos Financiamentos: custos de preparação podem variar entre 5-12% do investimento total Fragmentação dos Instrumentos: Existem mais de 60 investment facilities em África, cada uma com as suas próprias regras e objectivos Deficit de Conhecimentos no Sector Público: Particularmente na estruturação de projectos complexos e project financing Ambiente Operacional: atrasos na resolução de questões legais e regulatórias Viabilidade financeira: muitos projectos, mas poucos financeiramente viáveis dentro os quadros institucionais e regulatórios vigentes

22 22 Financiamento ao Longo da vida do Projecto National Foreign Exchange Reserves Sovereign Wealth Funds Pension Funds National Foreign Exchange Reserves Sovereign Wealth Funds Pension Funds Potential investors and Financiers Project Sponsors/Equity, Commercial Banks, IFIs Project Sponsors/Equity, Commercial Banks, IFIs Preparation funds The African Infrastructure Financing Facility Instruments The African Infrastructure Financing Facility Instruments Africa Infrastructure Bond Guarantee funds AFDB, RMCs

23 23 Próximas Etapas do Infra-Structure Bond Desenvolvimento da proposta técnica detalhada Pipeline de projectos nacionais a ser submetido pelos países Validação de projectos comercialmente apropriados a nível nacional e regional Constituição de equipas técnicas representando ministros de finanças e Bancos Centrais Análise global do projecto durante as assembleias anuais do Banco Africano de Desenvolvimento a ter lugar em Marraquexe em Junho 2013

24 24 1.O Grupo do Banco Africano de Desenvolvimento 2.Envolvimento com o Sector Privado 3.Africa Infrastructure Bond 4.Portefólio de Projectos

25 25 Evolução das Operações Privadas

26 26 Financiamento de Projectos de Infra- Estruturas Aprovados

27 27 4% ( 39 milhões) 25% ( 235 milhões) 25% ( 236 milhões) 1% ( 14 milhões) 45% ( 414 milhões) O actual Pipeline de Financiamento de Infra- Estrutura está perto dos 1,000 milhões de Eur

28 The implementation of the Blaise-Diagne International Airport has ADB Role ADB Long-term Loan; Co-financing of the transaction with the European Investment Bank. Key Figures Total Project CostEUR 64 million Debt / Equity70% / 30% ADB Senior LoanEUR 15 million ADB Board Approval May 2010 The Project Installation of four onshore wind farms in Cape Verde: First Wind IPP in Sub-Saharan Africa; Combined installed capacity of 25.5MW; Project Sponsor: Infraco. 28 Cabeólica Wind Power

29 The implementation of the Blaise-Diagne International Airport has ADB Role ADB Long-term Loan; Lead Arranger; Co-financing of the transaction with the African Financing Partnership. Key Figures Total Project CostUSD 680 million Debt / Equity25% / 75% ADB Senior LoanUSD 150 million ADB Board Approval Project Under Consideration The Project Installation of a onshore wind farm in Kenya: One of the first wind farms in East Africa; Combined installed capacity of 300MW; Project Sponsor: KP & P Africa. 29 Lake Turkana Wind Power

30 The implementation of the Blaise-Diagne International Airport has ADB Role ADB Long-term Loan; Possible Lead Arranger; Possible co-financing of the transaction with the African Financing Partnership. Key Figures Total Project CostEUR 230 million Debt / Equity30% / 70% ADB Senior LoanEUR 40 million ADB Board Approval Project Under Consideration The Project Installation of an onshore wind farm in an West African country: The first wind farm in West Africa; Combined installed capacity of 125MW. 30 West Africa Wind Project - Confidential

31 The implementation of the Blaise-Diagne International Airport has ADB Role ADB Long-term Loan; Co-lead Arranger with Islamic Dev. Bank; Lenders club: Agence Française de Dev., Industrial Dev. Corp., Banque Ouest Afr. de Dev., and Infrastrucrure Crisis Facility. Key Figures Total Project CostEUR million Debt / Equity72.2% / 27.8% ADB Senior LoanEUR 70 million ADB Board Approval December 2010 The Project Construction of the Aéroport International Blaise Diagne in Senegal: Yearly capacity of 3 million passengers and 80,000 aircraft movements; Project Sponsor: AIBD-SA. 31 Blaise-Diagne International Airport

32 Oportunidades para investimentos lucrativos em infra-estruturas em África continua a crescer rapidamente Clima de investimento em franca melhoria, embora permaneçam riscos que requerem conhecimentos específicos a nível regional e nacional. A equipa de Infrastructure Finance do Banco é um parceiro que pode providenciar a expertise necessária para facilitar o sucesso do investimento/projecto, ao mesmo tempo que garante efeitos para o desenvolvimento sustentável do continente Sólida experiencia da equipa de Infrastructure Finance em projectos de energia renováveis em África, possuindo a capacidade de replicar projectos similares noutras regiões 32 Conclusão…

33 33 Contacts African Development Bank Mozambique National Office André Almeida Santos Tel: Private Sector Department, Infrastructure Finance and PPP Division BP 323, 1002, Tunis Belvedere, Tunis - Tunisia Tel: Fax:


Carregar ppt "Financiamento ao Sector Privado Apoiar o Crescimento de África Sustainable Energy Fund for Africa Seminário - 14 de Maio 2012 Hotel Polana - Maputo 1."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google