A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

© GMV, 2010 CENTROS DE EXCELÊNCIA ASD EM PORTUGAL CRIAÇÃO DE.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "© GMV, 2010 CENTROS DE EXCELÊNCIA ASD EM PORTUGAL CRIAÇÃO DE."— Transcrição da apresentação:

1 © GMV, 2010 CENTROS DE EXCELÊNCIA ASD EM PORTUGAL CRIAÇÃO DE

2 © GMV, Quem Somos 2.Centro de Excelência em Aeronáutica (IMA - Aviónica Modular) A GMV no Sector Aeronáutico O Caminho Percorrido em Portugal Estratégia de Desenvolvimento 3.Centro de Excelência em Segurança Marítima A GMV na Segurança Marítima O Caminho Percorrido em Portugal Estratégia de Desenvolvimento 4.Considerações Finais SUMÁRIO Página 2CENTROS DE EXCELÊNCIA ASD2010/06/24

3 © GMV, 2010 SOMOS QUEM

4 © GMV, 2010 Grupo tecnológico de capital privado fundado em 1984 Presente em Portugal há mais de 10 anos Mais de 1000 colaboradores espalhados pelo mundo Actividade nas seguintes áreas: Aeronáutica Espaço Defesa Segurança Saúde Transportes Telecomunicações Tecnologias de Informação para Administração Pública e Grandes Empresas GERAL Página 4CENTROS DE EXCELÊNCIA ASD2010/06/24

5 © GMV, 2010 GMV NO MUNDO ESPANHA PORTUGAL EUA POLÓNIA REPÚBLICA DA COREIA MALÁSIA ALEMANHA Filiais em Espanha, Portugal, EUA, Alemanha, Polónia, República da Coreia e Malásia. Clientes nos 5 continentes Página 5CENTROS DE EXCELÊNCIA ASD2010/06/24

6 © GMV, 2010 GMV: CRESCIMENTO SUSTENTADO O Grupo GMV é o resultado de um conglomerado multinacional diversificado nos vários sectores industriais. Página 6CENTROS DE EXCELÊNCIA ASD2010/06/24 A GMV em Portugal: Líder no fornecimento de Tecnologia a partir de Portugal para algumas das principais agências europeias: Agência Espacial Europeia (ESA), Agência Europeia de Defesa (EDA), Agência Europeia de Segurança Marítima (EMSA), Eurocontrol, Eumetsat, … Empresa Portuguesa líder em Engenharia de Software para a Aviação Civil Centros de Excelência em Aviónica Modular e Segurança Marítima

7 © GMV, 2010 AERONÁUTICA (IMA - Aviónica Modular) CENTRO DE EXCELÊNCIA EM A GMV NO SECTOR AERONÁUTICO O CAMINHO PERCORRIDO EM PORTUGAL ESTRATÉGIA DE DESENVOLVIMENTO

8 © GMV, 2010 A GMV é principalmente reconhecida pela liderança do mercado mundial de Centros de Comando e Controlo de Satélites A GMV NO SECTOR AERONÁUTICO Página 8CENTROS DE EXCELÊNCIA ASD2010/06/24

9 © GMV, 2010 A GMV NO SECTOR AERONÁUTICO Página 9CENTROS DE EXCELÊNCIA ASD2010/06/24 Desenvolvimento de Software de acordo com RTCA DO- 178 Software Aviónico de bordo certificado Desenvolvimento de Equipamentos e Sistemas experimentais Integração de plataformas de testes Sistemas de Navegação Infra-estruturas GNSS (SBAS, GBAS, LAAS) Sistemas de apoio à gestão de tráfego aéreo Simuladores Bancos de ensaio Sistemas de Comunicações Aeronáuticas A GMV trabalha para os maiores fabricantes do sector como a AIRBUS MILITARY e EUROCOPTER, assim como com entidades e organismos de aviação civil como a AENA e a EUROCONTROL

10 © GMV, 2010 AIRBUS MILITARY Airbus A330 Multi Role Tanker Transport (MRTT) Air Refuelling Boom System Especificação e Desenvolvimento do SW para o Tail BOOM Control Computing System AIRBUS MILITARY Eurofighter Avionics SW Development in ADA Desenvolvimento do Environmental Control System (ECS) do Utilities Control System (UCS) e Ground Loading e Data Transfer Unit (GLU) Software Crítico de Segurança para pressurização e condicionamento de ar dentro da aeronave Aircraft Computers software upload & Aircraft Mission data upload Testes a bordo, modelo do sistema e aeronave EADS-CASA F-18 Tactical Pilot Awareness Computer SW Mid Life Upgrade Actualização do Computador de aviso táctico do piloto Desenvolvimento de testes e ferramentas V&V para o MUFC e Gestão de cenários de teste EUROCOPTER Tiger HAD Espanhol Avionics SW Development in ADA Desenvolvimento da versão Espanhola de módulos de software específico para o AMCSG (Armament Mission Computer and Symbol Generator) Sistema de Missão Integração do CIT (combined interrogator trasnponder) Integração do míssil ar-terra AUTORIDADE Espanhola da Pesca Dauphin Helicopter Fishing Surveillance System Captura de vídeo e subsistemas de comunicação (HW & SW) para Sistema de Vigilância de Pesca Página 10CENTROS DE EXCELÊNCIA ASD2010/06/24 A GMV NO SECTOR AERONÁUTICO

11 © GMV, 2010 Desenvolvimento de software em tempo real para o simulador ASTA (Aircrew Synthetic Training Aid) do EuroFighter Desenvolvimento de módulos de simulação do A400-M, MRTT e F-18 Avionics SW Development em ADA para o NH-90 Flight Control Computer Development para o UAV ATLANTE Flight Simulator software development do CN-235 para as Forças Aéreas Espanhola, Turca e Sul-CSimulation software modules development and in-flight entertainment oreana para o A400-M, A330-MRTT, FSTA, CN-295 Deep Water e F- 18MLU Software development para o monitoring control and response system do A330-MRTT Communications system & imagery date collection (in real- time) do Dauphin AS 365 OUTROS PROGRAMAS AERONÁUTICOS Página 11CENTROS DE EXCELÊNCIA ASD2010/06/24

12 © GMV, 2010 PROGRAMAS AERONÁUTICOS Languages ADA, C, C++,... Standards RTCA DO-178B Level C to A, MIL STD-498A, ARINC 653 & 664,... Página 12CENTROS DE EXCELÊNCIA ASD2010/06/24

13 © GMV, 2010 AERONÁUTICA (IMA - Aviónica Modular) CENTRO DE EXCELÊNCIA EM A GMV NO SECTOR AERONÁUTICO O CAMINHO PERCORRIDO EM PORTUGAL ESTRATÉGIA DE DESENVOLVIMENTO

14 © GMV, 2010 Projectos de referência (CNS-ATM): 1998/ MA-AFAS –Aeronaves mais autónomas integradas no Futuro Sistema de Gestão de Tráfego Aéreo. Comunicações e Planeamento de Voo com testes em tempo real 1999/05 - ISAWARE I and II – Aviónica para aumento Situation Awareness do piloto. 2005/09 - FLYSAFE - Sistema Aviónico Integrado para Melhoria da Segurança e Protecção contra Incidentes de voo em todo o tipo de condições atmosféricas 2007/10 - SOFIA – Sistema de Reconfiguração de voo que torna possível o regresso ao solo de aeronaves de transporte civil de forma automática e segura O forte investimento interno em projectos de I&D suportado pelos 5FP, 6FP e 7FP da CE permitiram à GMV / ex.Skysoft expandir o seu networking e, desta forma, penetrar num mercado muito fechado e desenvolver competências técnicas únicas e inovadoras INVESTIMENTO EM I&D Página 14CENTROS DE EXCELÊNCIA ASD2010/06/24 NG-ISS Thunderstorms Icing Wake Vortex Clear Air Turbulence Volcanic Ash Controlled Flight into Terrain Primary Flight Plan ATC-negotiated alternate flight plan Terrain Object Weather Object Weather Terrain Traffic Runway Incursion Collision Prevention

15 © GMV, 2010 Portugal adere à Agência Espacial Europeia em 2001 Envolvimento de múltiplas tecnologias (CNS-ATM, SATCOM, GNSS,…) INVESTIMENTO EM I&D (2) Página 15CENTROS DE EXCELÊNCIA ASD2010/06/24 Projecto DIANA Projecto EC FP6 liderado pela GMV Definição de uma plataforma aviónica avançada, denominada AIDA (Architecture for Independent Distributed Avionics), que garante a execução e distribuição segura das aplicações em máquinas virtuais AMOBA World First ARINC 653 Simulator for Modular Space Based Applications CoopAir Promove a cooperação entre a UE e a América Latina ao nível da investigação Aeronáutica e Transporte Aéreo. Para além da GMV, participam empresas como a Embraer, a Airbus, a Alenia e a Thales SCARLET SCAlable & ReconfigurabLe Electronics plaTforms and Tools project, led by THALES on IMA integration AIR & AIR II – ESA Feasibility of building an ARINC 653 compliant RTOS suitable for usage on space on-board data systems

16 © GMV, 2010 EC CLEANSKY : programa a 7 anos (1.600 M) para redução de 50% nas emissões de CO2 através da diminuição drástica de consumo de combustível, a redução em 80% de NOx, a redução de ruído externo em 50% e a adopção de um ciclo de vida de produto verde A GMV já ganhou 3 projectos dentro deste programa: WEMACS –desenhar e desenvolver SW que fornece estimativas de peso e de custos de fabrico de aeronaves em função dos seus parâmetros de configuração AERODESIGN– criação de um grupo integrado de aplicações para apoio à fase inicial de desenho de aeronaves GRA3M – Green Regional Aircraft Avionics Architecture - Encontrar a arquitectura (HW e SW) que possibilita o mínimo peso dos sistemas digitais embarcados. A tecnologia chave nesta actividade é IMA CONTINUAÇÃO do INVESTIMENTO EM I&D Página 16CENTROS DE EXCELÊNCIA ASD2010/06/24 EC SESAR : Single European Sky ATM Research programme (2.100 M) para dotar a Europa de um Sistema de Gestão do Tráfego Aéreo (ATM) moderno que suporte o crescimento esperado A GMV trabalha na génese deste programa desde 2000: SDLS (ESA2000) - Satellite Data Link System for Air Traffic Management SaNTA (ESA2001) – Satellite Network Transport Architecture over TCP / IP ASPASIA (EC2006/09)– Aeronautical Surveillance & Planning by Advanced Satellite ANASTASIA (EC2005/09) – Airborne New and Advanced Satellite Techniques and Technologies In a System Integrated Approach IRIS (SESAR2009) - SatCom for ATM - Analysis and consolidation of user requirements in the context of the European SESAR initiative ANTARES (2010/14) - Solução baseada em comunicação por satélite no âmbito do programa SESAR

17 © GMV, 2010 O espírito de diálogo com as empresas portuguesas encetado pela Comissão Portuguesa de Contrapartidas (CPC) permitiu estabelecer um programa de colaboração a longo prazo com a AIRBUS MILITARY no âmbito do desenvolvimento e manutenção do Sistema de Missão das aeronaves C-295: FITS (Fully Integrated Tactical System): desenvolvimento do Sistema de Missão Aérea para as aeronaves C-295 da Força Aérea Portuguesa do tipo VIMAR Cliente : AIRBUS MILITARY/Força Aérea Portuguesa No âmbito do upgrade dos P3 Orion, e sob o patrocínio da CPC, um consorcio de 12 entidades nacionais associaram-se para desenvolver um UAV para missões de vigilância marítima e terrestre/fogos em parceria com a Lockheed Martin : UAV (Unmanned Aerial Vehicle) - PAIC (Portuguese Aerospace Industry Consortium): O PAIC tem como principal objectivo o desenvolvimento de um sistema não tripulado para aplicações civis, incluindo sistemas de suporte em terra, os sistemas embarcados e a aeronave O sistema será um produto aeronáutico certificado colocado no mercado internacional de aplicações civis A GMV é responsável pelo desenvolvimento do software embarcado Contrapartidas - C295 e P3-ORION Página 17CENTROS DE EXCELÊNCIA ASD2010/06/24

18 © GMV, 2010 AERONÁUTICA (IMA - Aviónica Modular) CENTRO DE EXCELÊNCIA EM A GMV NO SECTOR AERONÁUTICO O CAMINHO PERCORRIDO EM PORTUGAL ESTRATÉGIA DE DESENVOLVIMENTO

19 © GMV, 2010 ESTRATÉGIA de DESENVOLVIMENTO Página 19CENTROS DE EXCELÊNCIA ASD2010/06/24 O envolvimento a MLP em tecnologias state-of-the-art permitiu-nos: Identificação de mercados nicho onde novos produtos podem ser desenvolvidos e colocados no mercado Criação de competências altamente especializadas (arquitecturas modulares, sistemas críticos, normas de desenvolvimento, …) A criação do centro de excelência IMA está sustentada pelo trabalho desenvolvido durante uma década posicionando-nos como um referência mundial e líder europeu da tecnologia IMA nos mercados aeronáutico e espacial Contribuição para o Grupo de Trabalho referente ao Standard ARINC 653 Desenvolvimento de novos projectos de acordo com requisitos RTCA DO-178B Pretendemos incrementar relações comerciais com os principais fabricantes aeronáuticos, tais como, o Grupo EADS e a EMBRAER Continuar a ser uma referência como fornecedor dos MoD e das principais Agências Europeias do Sector ASD Utilizar a vantagem tecnológica para posicionarmo-nos em nichos chave de mercados estratégicos (UAVs, …)

20 © GMV, 2010 SEGURANÇA MARÍTIMA CENTRO DE EXCELÊNCIA EM A GMV NA SEGURANÇA MARÍTIMA O CAMINHO PERCORRIDO EM PORTUGAL ESTRATÉGIA DE DESENVOLVIMENTO

21 © GMV, /00/00Page 21APRESENTAÇÃO GERAL A GMV NA SEGURANÇA MARÍTIMA A GMV é a empresa responsável pela instalação das redes costeiras de estações AIS para os Puertos del Estado e Governo das Ilhas Canárias (em Espanha), bem como para as autoridades portuárias dos Açores e da Madeira, em Portugal. GMV integrou vários sistemas costeiros de transmissão de correcções DGPS (em Espanha e na Malásia), de acordo com as normas da IALA/RTCM SIGO - Sistema Integrado para gestão de operações de salvamento marítimo (SAR): instalado na rede de todos os centros do SASEMAR e em Madrid Coordenação de Operações de Search & Rescue Combate à poluição Marítima Gestão de Tráfego Maritimo em áreas localizadas (Cabo Finisterra, Estreito de Gibraltar, Cabo Gata). NFFI v compliant

22 © GMV, 2010 Página 22 APRESENTAÇÃO GMV Simuladores: Defensa antimíssil (SPICA) Defesa anti-torpedo (MISTAT) Simulador de Lançamento de chaffs (ALSA) Simulador de infravermelhos (SEIR) Sistema Integrado de Segurança Interior de Embarcações (SISI) Sistema de vigilância de embarcações num porto (VIDI) Sistema de Comando e Controlo para Artilharia de Desembarque (PAFAD) Sistema de Controlo de Embarcações LCM (SCELM) Estudo de viabilidade do sistema de aproximação aeronáutico baseado em GNSS (SISCAR) Cursos multimédia (Navegação, Segurança Interior, Link 16, Comunicações, …) PROGRAMAS PARA A MARINHA E MARÍTIMOS A GMV NA SEGURANÇA MARÍTIMA

23 © GMV, 2010 SEGURANÇA MARÍTIMA CENTRO DE EXCELÊNCIA EM A GMV NA SEGURANÇA MARÍTIMA O CAMINHO PERCORRIDO EM PORTUGAL ESTRATÉGIA DE DESENVOLVIMENTO

24 © GMV, SOBCAH VTS Millimetric Wave Radar IR and VIS cameras SOBCAH Smart Container System SOBCAH Magnetic Loop Detectors SOBCAH Sonars Underwater Vehicles Segurança Marítima container & vehicle tracking warehouse surveillance (people & vehicles) liquid fuels surveillance ship surveillance (land, under-water & surface) smuggling detection (weapons, explosives, etc) demonstration at Port of Genova in 2006 SOBCAH – Surveillance of Borders, Coast and Harbours (EC - PASR) System Interoperability Security of Communications Integration of Heterogeneous Networks Missões de Petersberg ASTRO+ : Security Operations (EC – PASR) User requirements definition: INVESTIMENTOS EM I&D NO DOMÍNIO DA SEGURANÇA EM PORTOS Novo Projecto EC (2010/2014): Segurança Portuária envolvendo 2 Administações de Portos Portugueses Monitorização e Tracking de Contentores

25 © GMV, MACAIS Implementação de todo o sistema de vigilância marítima com recurso à tecnologia AIS (Automatic Identification System) AIS Data Links (VDL Mode 4) c/ Posicionamento por GPS & GIS Data fusion para integração de imagens SAR. Clientes: Portos dos Açores e Portos da Madeira REDAIS Portal de ligação dos sistemas de vigilância costeira da Macaronésia Clientes: Portos dos Açores, Portos da Madeira e Portos das Canárias MARCIA Sistema de fusão de dados AIS com informação de radar do tipo VTS para estruturas portuárias Clientes: Portos da Madeira O CAMINHO PERCORRIDO EM PORTUGAL NO DOMÍNIO DA SEGURANÇA MARÍTIMA MARISS Desenvolvimento de um moderno sistema para detecção e monitorização de embarcações infractoras com recurso à fusão de dados por satélite, radar e AIS. Agência Espacial Europeia (ESA) MARCOAST Desenvolvimento de um sistema para detecção de manchas de petróleo no mar e das respectivas embarcações associadas, com recurso à fusão de dados por satélite, radar e AIS. Agência Espacial Europeia (ESA)

26 © GMV, 2010 Página 26 APRESENTAÇÃO GMV Sistema de Guerra Electrónica dos novos submarinos Portugueses (fornecimento pela HDW) Definição e desenvolvimento do sistema de Threat Data Management System ( TDMS ) e do User Data Translator Software Responsável pelas manutenção e actualizações do TDMS HMI embarcado e do sistema de SIGINT Sistemas TDMS fornecido pela Avitronics (África do Sul), SIGINT fornecido pela MEDAV (Alemanha) O CAMINHO PERCORRIDO EM PORTUGAL NO DOMÍNIO DA SEGURANÇA MARÍTIMA SONIS – Solution Outline for New Information System for Port State Control Consultoria técnica e tecnológica para a definição dos requisitos funcionais e técnicos de um novo Sistema de Informação para as actividades de Controlo de Portos (Port State Control) na região do Paris MoU e no âmbito de nova directiva com data prevista de implementação a 1 de Janeiro de Cliente: Agência Europeia de Segurança Marítima (EMSA)

27 © GMV, 2010 Página 27 APRESENTAÇÃO GMV MARSUR EXCHANGE SYSTEM (MEXS) –Protótipo do Sistema Integrado de Vigilância Marítima para a Agência Europeia de Defesa (EDA). –Permitirá obter uma visão global de todo o tráfego marítimo relativo aos estados membros da EDA, utilizando dados obtidos com as tecnologias mais avançadas AIS, LRIT, VTMIS e observação terrestre por satélite. SLSSS – Seaborne Logistics Support Stocktaking Study –Make effective use of seaborne logistics in each type of European Security and Defense Policy (ESDP) operation; –Development of a Seaborne Logistic capability to support EU Crisis Management Operations (CMOs). EMSA EUROPEAN AIS NETWORK STUDY CleanSeaNet –Recorrendo à análise de imagens de satélite este sistema visa detectar, quase em tempo real, e responsabilizar os autores do derramamento de hidrocarbonetos nos mares sob soberania dos países da EU SafeSeaNet –Datawarehouse que consolida dados referentes ao Sistema de Controlo de Tráfego Marítimo da EMSA com outros dados estratégicos provenientes de diversas fontes O CAMINHO PERCORRIDO EM PORTUGAL NO DOMÍNIO DA SEGURANÇA MARÍTIMA

28 © GMV, 2010 SEGURANÇA MARÍTIMA CENTRO DE EXCELÊNCIA EM A GMV NA SEGURANÇA MARÍTIMA O CAMINHO PERCORRIDO EM PORTUGAL ESTRATÉGIA DE DESENVOLVIMENTO

29 © GMV, 2010 A Segurança Marítima é uma área estratégica para a GMV e para Portugal A GMV decidiu basear o seu Centro de Excelência do Grupo na área em Lisboa, sendo uma aposta clara para potenciar o desenvolvimento das tecnologias em Portugal e o reforço do I&D associado: fusão de dados, algoritmos,… Importância Estratégica de colaborações e parcerias em programas nacionais e europeus com entidades portuguesas de referência : Forças de Segurança, Marinha, Administrações Portuárias, Transportadoras de Mercadorias, empresas de Navegação… GMV em Portugal é responsável das relações com as agências internacionais relevantes na área O Futuro: Infraestruturas críticas nacionais/europeias Página 29CENTROS DE EXCELÊNCIA ASD2010/06/24 Continuação da aposta Tecnológica no trabalho em Sistemas Aéreos para Vigilância Marítima com grandes fabricantes mundiais: AIRBUS MILITAR: C295 Lockheed Martin + PAIC: UAV Império

30 © GMV, 2010 FINAIS CONSIDERAÇÕES

31 © GMV, 2010 As melhores Universidades Portuguesas de Engenharia formam jovens de grande qualidade, que precisamos manter no nosso Pais, e permitem que as empresas acedam a conhecimento técnico especializado (parcerias com Faculdade de Ciências, Instituto Superior Técnico, entre outros) ; O investimento anual do Estado Português nos programas tecnológicos das principais Agências Europeias é estratégico, dado o seu efeito multiplicador, para o crescimento da Industria ASD nacional e para a afirmação do País no âmbito da Política Europeia de Segurança e Defesa e na NATO Agência Europeia de Defesa (EDA) Agência Europeia de Segurança Marítima (EMSA) Agência Espacial Europeia (ESA) Centro de excelência em Ciber-Defesa da NATO (CCDCOE)…. Continuar a renegociação com fornecedores de equipamentos militares por forma a utilizar as Contrapartidas para potenciar a Industria ASD nacional Portugal deve aproveitar as oportunidades proporcionadas por alguns programas para o desenvolvimento do tecido industrial nacional em áreas estratégicas. Programas como o Embraer KC-390 e um programa interministerial a MLP para a aquisição de UAVs podem representar oportunidades únicas para o pais. CONSIDERAÇÕES FINAIS Página 31CENTROS DE EXCELÊNCIA ASD2010/06/24

32 © GMV, 2010 Obrigado! SÉRGIO BARBEDO Av. D. João II, Lote Torre Fernão Magalhães, 7º Lisboa Portugal Tel


Carregar ppt "© GMV, 2010 CENTROS DE EXCELÊNCIA ASD EM PORTUGAL CRIAÇÃO DE."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google