A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A esfera celeste e a orientação pelas estrelas

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A esfera celeste e a orientação pelas estrelas"— Transcrição da apresentação:

1 A esfera celeste e a orientação pelas estrelas
Vídeo ABC da Astronomia Constelações O Universo A esfera celeste e a orientação pelas estrelas

2 Manual - A esfera celeste
Essa esfera é uma uma esfera imaginária que se designa por esfera celeste. Se olhares para o céu numa noite escura e longe das luzes das cidades, observarás uma infinidade de pequenos pontos luminosos que parecem estar distribuídos irregularmente sobre uma enorme esfera.

3 A esfera celeste, vista da Terra e ao longo do tempo, parece mover-se.
Manual - A esfera celeste A esfera celeste, vista da Terra e ao longo do tempo, parece mover-se. É possível verificar que ela parece dar uma volta completa sobre si mesma ao longo de um dia. É como se a esfera celeste fosse um enorme relógio que permitisse contar os dias e os anos. A observação do céu permitiu desde a Antiguidade, fazer a contagem do tempo.

4 Manual - A esfera celeste
Por exemplo, no Antigo Egito, o aparecimento no céu da estrela Sírius a estrela mais brilhante do céu, na constelação do Cão Maior, era comemorado pois marcava o início do Novo Ano.

5 Manual - A esfera celeste
Estas figuras ocupam determinadas regiões da esfera celeste designadas por constelações. Para reconhecer facilmente o céu, os povos da Antiguidade imaginaram, a partir de grupos de estrelas, figuras no céu.

6 Manual - A esfera celeste
Por exemplo, a região do céu onde, em tempos remotos, se imaginou a figura do caçador gigante da mitologia grega, Orionte, corresponde hoje à constelação de Orionte.

7 Manual - A esfera celeste
Da mesma forma que recorremos a mapas geográficos para localizar países ou cidade, também recorremos a mapas celestes para encontrar mais facilmente objetos celestes.

8 Manual - Orientação pelo céu
A observação da esfera celeste é um dos métodos mais antigos utilizados pelo Homem para orientação geográfica pelas estrelas. Os quatro pontos cardeais são: Pontos cardeais Norte, N Este, E Sul, S Oeste, O

9 Manual - Orientação pelo céu
A constelação de Orionte, visível em Portugal de outubro a março, pode ser utili-zada para orientação, uma vez que a “Espada de Orionte” aponta para sul. S

10 Manual - Orientação pelo céu
“nasce” a este, ao início da manhã; “põe-se” a oeste, ao fim da tarde; encontra-se na posição mais alta, a meio do dia. O Sol:

11 Manual - Orientação pela estrela Polar
Para encontrares o norte podes utilizar, todo o ano, a Estrela Polar, que faz parte da constelação da Ursa Menor. N

12 Manual - Orientação pela estrela Polar
Prolongando cinco vezes o segmento de reta que une as “Guardas”, encontras a Estrela Polar que indica o ponto cardeal norte.

13 Manual - Localizar um objeto celeste no céu
É possível localizar objetos celestes a partir das suas coordenadas celestes ou, então, obter as coordenadas celestes de um objeto a partir da observação da sua posição no céu. No sistema de coordenadas celestes horizontais, a posição de um objeto celeste é dada por duas coordenadas: a altura e o azimute.

14 O valor do azimute varia entre 0º e 360º.
Manual - Localizar um objeto celeste no céu A altura, h, é a distância angular medida verticalmente entre o plano do horizonte e o objeto celeste. O valor da altura varia entre 0o e 90o. O azimute, A, é a distância angular medida horizontalmente, no sentido retrógrado (sentido dos ponteiros de um relógio), entre o ponto cardeal sul e o ponto no horizonte por baixo do objeto celeste. O valor do azimute varia entre 0º e 360º.

15 Manual - Síntese de conteúdos
A esfera celeste é uma esfera imaginária onde os objetos celestes parecem estar distribuídos irregularmente. A observação da esfera celeste permitiu, desde tempos remotos, fazer a contagem do tempo, quer dos dias quer dos anos, e a orientação geográfica pelas estrelas.

16 Manual - Síntese de conteúdos
Para reconhecer mais facilmente o céu, os povos da Antiguidade imaginaram, a partir de grupos de estrelas, figuras no céu. Esses grupos de estrelas ocupam determinadas regiões da esfera celeste designadas por constelações. Os mapas celestes permitem encontrar mais facilmente objetos celestes no céu.

17 Manual - Síntese de conteúdos
O Sol “nasce” a este, “põe-se” a oeste e, a meio do dia, encontra-se na posição mais alta que, no hemisfério norte, indica o sul. A Estrela Polar, que faz parte da constelação da Ursa Menor, indica o norte. Podes localizar um objeto celeste a partir das suas coordenadas celestes horizontais: altura e azimute. Vídeo ABC da Astronomia Zodíaco Vídeo Constelações Zodíaco

18 Trabalho sobre constelações
O Universo Trabalho sobre constelações

19 Trabalho artístico sobre a sua constelação do zodíaco
História mitológica por detrás da constelação Configuração da constelação e quando é visível na esfera celeste. Símbolos da constelação.

20

21

22


Carregar ppt "A esfera celeste e a orientação pelas estrelas"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google