A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Satélites Planetários Satélites Regulares: – Órbitas ~ circulares e no plano do equador do planeta. – Grandes – Próximos ao planeta. Satélites Irregulares:

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Satélites Planetários Satélites Regulares: – Órbitas ~ circulares e no plano do equador do planeta. – Grandes – Próximos ao planeta. Satélites Irregulares:"— Transcrição da apresentação:

1 Satélites Planetários Satélites Regulares: – Órbitas ~ circulares e no plano do equador do planeta. – Grandes – Próximos ao planeta. Satélites Irregulares: – órbitas excêntricas e inclinadas em relação ao plano eq. do planeta. – Pequenos (excessão Tritão). – Afastados dos planetas. Lua

2

3 Origem dos Satélites Regulares: – Acreção a partir de um disco circumplanetário (Mosqueira & Estrada 2003, Icarus 163, 198.) Irregulares: – Captura de planetesimal. Via dissipação po arrasto do gás no disco circumplanetário. (Cuk & Burns 2004, Icarus 167, 369) Colisão entre planetesimais (Colombo & Franklin 1977, Icarus 15, 186) Lua: – Colisão primordial de protoplaneta tamanho de Marte com a Terra.

4 Os irregulares e as teorias de migração Irregulares capturados com a ajuda do arrasto go gás circumplanetário sobreviveria à migração planetária? (não necessariamente modelo de Nice) Beaugé et al. (2002) (Icarus 158, 483) coloca restrições sobre natureza da migração planetária que poderia ser compatível ou não com os satélites regulares principalmente. Por exemplo, um disco com planetesimais até tamanho de Marte seria incompatível com regulares de Urano. Com um disco de planetesimais mais discreto seria possível preservar os satélites de Urano e eventuamente explicar os irregulares a partir de órbitas inicialmente circulares, mas, no caso mais realístico, o natural é que os irregulares se percam. No caso do modelo de Nice (E. Nogueira, tese de doutorado, UFRJ), é mais difícil preservar os regulares de Urano, os irregulares não sobrevivem.

5 Os irregulares como produto de captura durante a migração planetária Qualquer modelo de migração: – Captura de componente de planetesimal binário durante a migração (E. Nogueira, tese de doutorado; Vokrouhlicky et al. 2008, AJ 136, 1463; Agnor & Hamilton 2006, Nature 441, 192).

6

7

8

9

10 Dificuldades com o modelo de captura por binário Elementos orbitais (excentricidades) dos capturados muito diferentes dos irregulares. Muitos poucos capturados – Possível solução (p/ excentricidades): Interação entre os capturados e um capturado maior (1/10 massa de Tritão).

11 Captura de irregular própria do modelo de Nice (Nesvorny et al AJ 133, 1962) Aqui também é usado um problema de 3 corpos, mas ao invés de 1 planeta e 2 planetesimais, são 2 planetas e 1 planetesimal. São considerados os encontros próximos entre os planetas gigantes, próprios do modelo de Nice, e uma nuvem de planetesimais que estavam por perto durante o encontro.

12

13

14

15


Carregar ppt "Satélites Planetários Satélites Regulares: – Órbitas ~ circulares e no plano do equador do planeta. – Grandes – Próximos ao planeta. Satélites Irregulares:"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google