A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Em parceria com Projeto Reengenharia de Processos e Software Definição, Escopo e Ações Eduardo Mugnai Gerente de TI do SPA - Saúde Relator GT1 – Modelos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Em parceria com Projeto Reengenharia de Processos e Software Definição, Escopo e Ações Eduardo Mugnai Gerente de TI do SPA - Saúde Relator GT1 – Modelos."— Transcrição da apresentação:

1 em parceria com Projeto Reengenharia de Processos e Software Definição, Escopo e Ações Eduardo Mugnai Gerente de TI do SPA - Saúde Relator GT1 – Modelos para representar a informação em saúde ABNT CEE 78 – Informática em Saúde

2 em parceria com - Ao longo de vários anos as mudanças de mercado, a ação controladora da ANS e a necessidade de melhorias na qualidade e nos controles internos da empresa fizeram com que o SPA crescesse em todos os sentidos, e neste momento, onde busca-se um crescimento maior com qualidade visando atender a esta meta e também a novas exigências da Agência reguladora bem como de nossa auditoria externa, entendemos ser necessária a elaboração de estratégias com olhar de remodelar a empresa para os novos desafios que vem pela frente. Projeto Reengenharia Justificativas e Necessidades - Algumas políticas de seriedade e autenticidade dos processos das operadoras foram adotadas pela ANS, exigindo a partir de então que as auditorias externas não só emitam pareceres contábeis para aquela agência, mas também que assumam em conjunto com as diretorias e administração das mesmas a responsabilidade por todos os atos e processos da empresa. - Aliada a estas políticas a ANS preparou para a questão da Qualidade dentro das operadoras, uma Consulta Pública de nº 36, que já foi encerrada e deverá ter sua RN publicada em breve, onde parâmetros e exigências são definidos para garantir a qualidade dos atendimentos e a assistência à saúde dos beneficiários. Dimensões estas que afetarão diretamente os processos e protocolos de trabalho internos das operadoras e consequentemente de nossa empresa. - Se nossa empresa pretende criar um planejamento para crescimento saudável e com direcionamento dentro dos aspectos da melhor assistência a saúde possível, precisamos arrumar a casa antes, de acordo com estas novas realidades e criando alicerces que nos garantirão este crescimento contínuo com qualidade e segurança.

3 em parceria com Fatos, preocupações, cuidados e grandes verdades sobre a revisão de sistemas de informação em saúde

4 em parceria com Nada pode parar a automação

5 em parceria com Não estabeleça prazos audaciosos demais Prazo é prazo !

6 em parceria com Sempre ouça o mercado

7 em parceria com Usuários odeiam bugs Accesso negado O.k., e agora você vai fazer exatamente o que estou te falando !

8 em parceria com Experiência em simulações ajuda Alguém aqui sabe jogar o Flight Simulator da Microsoft?

9 em parceria com Nem toda apresentação será um sucesso

10 em parceria com O que serve para uma área da empresa pode não servir para a outra

11 em parceria com Busque soluções eficientes Acabei o meu banho. MM... Foi rápido.

12 em parceria com Suporte! Ferramentas diferentes para situações diferentes Atrasado Bêbado Batom

13 em parceria com Ajuda on-line pode ser útil Enfermeira, acesse a internet, vá até cirurgia.com e clique no ícone Você está totalmente perdido.

14 em parceria com Previsão e otimização podem ser complexas Come on! It cant go wrong every time... Vamos lá, não podemos errar todas...

15 em parceria com Escolha atributos significativos para sua área Qual é o meu?

16 em parceria com Matemática não é tudo Mas eu continuo não entendendo as mulheres.

17 em parceria com Então, para não acontecer isso...

18 em parceria com Bons Softwares dependem de bons Processos !!! Precisamos entender que Principalmente na área da saúde !!!

19 em parceria com Desta forma a reengenharia de software no SPA está intimamente atrelada a reengenharia de processos em todas as áreas da empresa

20 em parceria com Todo o projeto terá alguns parâmetros orientadores: a) Normas e Resoluções ANS b) Normas e Resoluções de órgãos reguladores / fiscalizadores c) Direcionamento do Planejamento estratégico da empresa d) Direcionamento nas Dimensões de qualidade da Consulta Pública nº 36 da ANS e) Normas e diretivas de sigilo, confidencialidade, segurança e qualidade da informação em saúde, como exemplo SBIS/CFM f) Normas ABNT / ISO de Informática em Saúde

21 em parceria com O processo de reengenharia no SPA está dividido em duas frentes de trabalho: 1) Criação/Revisão de processos e fluxos de trabalho (pelas áreas da empresa) 2) Remodelagem e redesenvolvimento de software de gestão e serviços informatizados baseada no processos e fluxos de trabalho criados/revistos (pela TI e Fábrica de Software)

22 em parceria com Que deve contar com o apoio direto ou indireto de: 1) Fábrica de Software 2) Especialistas e consultorias em Informática em Saúde 3) Órgãos de padronização da Informática em Saúde, como ISO, ABNT, HL7, SBIS, OpenEHR etc. 4) Consultorias e especialistas em processos na área da saúde, administrativos, médicos, e outros. 5) Consultorias e Prestadores de serviços já parceiros do SPA. 6) Equipe da Qualidade da Informação em Saúde (EQIS), em conjunto com a Gestão do SPA.

23 em parceria com O importante é entender que para este projeto ser um sucesso é preciso: 5) Ter métodos 1) Ter conhecimento do negócio 2) Ter capacidade técnica (Negócio e Métodos) 3) Visão e entendimento das tendências de mercado 4) Visão e entendimento das tendências de novas regulações e normativas do mercado

24 em parceria com O que é uma Fábrica de Software ? Como funciona uma Fábrica de Software ?

25 em parceria com Exemplo de processo em uma Fábrica de Automóveis Design/ProjetoDefiniçãoEspecificação TécnicaLinha de Montagem TestesVendas

26 em parceria com Se todo o processo for : Bem pensado, elaborado, especificado e executado Resultado Se não...Resultado

27 em parceria com O mesmo critério e prática serve para projetos com as Fábricas de Software A Fábrica de Software em nosso projeto fará o papel de linha de montagem, pois o negócio, a definição dos modelos e processos, especificidades e levantamentos de requisitos será de responsabilidade do SPA

28 em parceria com Modelo para a Saúde Conectada Inteligência, Gestão e Operação Hospitais Fornecedores / Prestadores Pacientes / Beneficiários Médicos / Auditores Associadas Laboratórios Clínicas Datacenter (SPA - Saúde) Internet

29 em parceria com Iniciaremos com módulos do sistema de gestão - Sistema Contábil (em andamento) - TUSS – Serviços de Terminologia ( a partir de 05/10/2011) - Sistema de Gestão de RH (a definir) - Contas Médicas (a definir) - Demais módulos, conforme prioridade a ser definida Depois com módulos adicionais e interoperabilidade - Módulos do conceito de saúde conectada - Interoperabilidade com sistemas internos e externos (RES/TISS/Serviços para Prestadores/Associadas) - Inteligência da Informação em Saúde (BI / Sistema de alertas), com base em artefatos de informática em saúde, ANS, MS, DATASUS, NCQA etc.

30 em parceria com Sistemas Legados - Sistema SIGSPA continua até a finalização da reegenharia - Serviços WEB / Extranet continuam até a finalização da reengenharia - Portal TISS / Conectividade - Gerenciador de Solicitações... Cuidados... - Equipe TI SPA e Smart - Documentação de sistema legado - As demais áreas da empresa terão que se organizar quanto ao início de suas reengenharias, dentro do prazo de desenvolvimento dos primeiros módulos já contratados

31 em parceria com A Área da Saúde é muito complexa !!! Sistemas de Informação em Saúde, são muito complexos e difíceis de se construir !!!

32 em parceria com Ensinamentos Conhecimento Sabedoria

33 em parceria com Knowledge is knowing that a tomato is a fruit. Wisdom is not putting tomatoes in a fruit salad. Peter Kay Conhecimento é saber que um tomate é uma fruta. Sabedoria é não colocar tomates numa salada de frutas.

34 em parceria com Projeto Reengenharia Processos e Software Definição, Escopo e Ações Obrigado Eduardo Mugnai Gerente de TI SPA - Saúde Relator GT1 – Modelos para representar a informação em saúde ABNT CEE 78 – Informática em Saúde


Carregar ppt "Em parceria com Projeto Reengenharia de Processos e Software Definição, Escopo e Ações Eduardo Mugnai Gerente de TI do SPA - Saúde Relator GT1 – Modelos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google