A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

SGI Sistema de Gestão Industrial Movimentação de Materiais.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "SGI Sistema de Gestão Industrial Movimentação de Materiais."— Transcrição da apresentação:

1 SGI Sistema de Gestão Industrial Movimentação de Materiais

2 Movimentação de materiais Compra ( Aquisição de matéria-prima para utilização na produção ).Compra ( Aquisição de matéria-prima para utilização na produção ). Produção ( Transformação da matéria-prima em semi-acabados ou acabados ).Produção ( Transformação da matéria-prima em semi-acabados ou acabados ). Venda ( Comercialização dos produtos acabados produzidos ).Venda ( Comercialização dos produtos acabados produzidos ).

3 Compra ( Aquisição de matéria-prima para utilização na produção ). Solicitação de Aquisição (Cotação / Requisição de material)Solicitação de Aquisição (Cotação / Requisição de material) A Solicitação de Aquisição consiste em um documento que contem uma lista de materiais ou produtos a serem cotados com os fornecedores, que pode inclusive ser passado por para os mesmos, a partir do retorno dos fornecedores deve ser gerado um Pedidos de Entrada para cada fornecedor do qual será adquirido o material. Observar que os pedidos devem ser gerados (criados) a partir da própria Solicitação de Aquisição que possui funções especificas para isso com o objetivo de deixar todos os pedidos gerados vinculados a mesma.A Solicitação de Aquisição consiste em um documento que contem uma lista de materiais ou produtos a serem cotados com os fornecedores, que pode inclusive ser passado por para os mesmos, a partir do retorno dos fornecedores deve ser gerado um Pedidos de Entrada para cada fornecedor do qual será adquirido o material. Observar que os pedidos devem ser gerados (criados) a partir da própria Solicitação de Aquisição que possui funções especificas para isso com o objetivo de deixar todos os pedidos gerados vinculados a mesma. Pedido de Entrada (Ordem de Compra)Pedido de Entrada (Ordem de Compra) O Pedido de Entrada é o documento que posteriormente se tornará a Nota Fiscal de Entrada, o pedido pode ser criado diretamente ou a partir de uma Solicitação de Aquisição, e possui o objetivo de ser enviado ao fornecedor como a confirmação da compra, anteriormente cotada ou não.O Pedido de Entrada é o documento que posteriormente se tornará a Nota Fiscal de Entrada, o pedido pode ser criado diretamente ou a partir de uma Solicitação de Aquisição, e possui o objetivo de ser enviado ao fornecedor como a confirmação da compra, anteriormente cotada ou não. A função Faturar do pedido, tem o objetivo de transformar o pedido pronto e revisado em Nota Fiscal de Entrada.A função Faturar do pedido, tem o objetivo de transformar o pedido pronto e revisado em Nota Fiscal de Entrada. Nota Fiscal de EntradaNota Fiscal de Entrada A Nota Fiscal de Entrada é o documento que movimenta o ESTOQUE no sentido de entrada, ou seja, é um dos principais documentos que acrescem a quantidade do material adquirido.A Nota Fiscal de Entrada é o documento que movimenta o ESTOQUE no sentido de entrada, ou seja, é um dos principais documentos que acrescem a quantidade do material adquirido. É importante destacar a necessidade de uma checagem física dos materiais que chegaram a empresa, juntamente com seus respectivos lotes de fabricação.É importante destacar a necessidade de uma checagem física dos materiais que chegaram a empresa, juntamente com seus respectivos lotes de fabricação.

4 Compra ( Aquisição de matéria-prima para utilização na produção ). Pedido de Entrada Produtos: X Y Z Solicitação de Aquisição Produtos: X Y Z FORNECEDORES FORNECEDOR Nota Fiscal de Entrada Produtos: X Y Z ESTOQUE + X (adição de X) + Y (adição de Y) + Z (adição de Z) 1) Inicia-se a Solicitação com os materiais necessários a serem adquiridos. 2) A Solicitação é enviada aos fornecedores. 3) Os fornecedores retornam as cotações com seus valores. 4) Define-se de quais fornecedores vai se adquirir os materiais, gerando um pedido para cada fornecedor diferente. 5) Envia-se o pedido a cada fornecedor como uma ordem efetiva de compra. 6) O fornecedor emite a nota fiscal e a envia juntamente com o material. 7) O material é conferido juntamente com sua nota fiscal e seus lotes, então o pedido de entrada é FATURADO transformando-se na Nota Fiscal de Entrada que automaticamente alimentará o estoque. É muito importante salientar que no caso de ser controlado os lotes, deve-se sem exceção lançar os mesmos na nota fiscal já faturada, observando que a quantidade do material descriminado na NF deve ser igual ao total dos lotes do mesmo.

5 Produção ( Transformação de matérias-primas em semi-acabados ou acabados ). Ordem de ProduçãoOrdem de Produção Documento responsável pela transição de matérias-primas para semi-acabados ou acabados.Documento responsável pela transição de matérias-primas para semi-acabados ou acabados. Ao ser iniciada, obtém do cadastro do produto a ser produzido a sua formulação que deve estar previamente definida, fazendo assim o cálculo da quantidade necessária de cada matéria-prima, sugerindo seus respectivos lotes mais antigos.Ao ser iniciada, obtém do cadastro do produto a ser produzido a sua formulação que deve estar previamente definida, fazendo assim o cálculo da quantidade necessária de cada matéria-prima, sugerindo seus respectivos lotes mais antigos. Antes de ser finalizada deve-se informar as quantidades e lotes reais que foram usadas de cada matéria-prima, e também a quantidade total do produto produzido. Havendo a necessidade ainda pode-se informar os retornos de materiais resultantes que não o produto de destino desejado.Antes de ser finalizada deve-se informar as quantidades e lotes reais que foram usadas de cada matéria-prima, e também a quantidade total do produto produzido. Havendo a necessidade ainda pode-se informar os retornos de materiais resultantes que não o produto de destino desejado. Ao finalizar (mudar a situação para concluída), o sistema irá realizar as seguintes operações no ESTOQUE:Ao finalizar (mudar a situação para concluída), o sistema irá realizar as seguintes operações no ESTOQUE: Subtração (SAÍDA) do estoque da quantidade de cada material informado na formulação.Subtração (SAÍDA) do estoque da quantidade de cada material informado na formulação. Adição (ENTRADA) no estoque da quantidade de cada material informado em retorno.Adição (ENTRADA) no estoque da quantidade de cada material informado em retorno. Adição (ENTRADA) no estoque da quantidade do material produzido.Adição (ENTRADA) no estoque da quantidade do material produzido.

6 Produção ( Transformação de matérias-primas em semi-acabados ou acabados ). 3) Envia-se a Ordem para o setor físico de produção, onde esta deve ser preenchida corretamente com as quantidades e lotes realmente utilizados. Ordem de Produção Produto: X Formulação: Y Retorno: Z ESTOQUE - Y (subtração de Y) ESTOQUE + X (adição de X) + Z (adição de Z) 1) Inicia-se a Ordem de produção especificando qual o produto a ser produzido, e com a ralação dos materiais a serem utilizados no processo. 4) Ao retornar do setor fisico de produção a ordem é conferida, atualizada, corrigida e concluída. 5) Ao efetuar a conclusão da ordem está irá retirar do estoque as quantidades dos materiais informados na formulação. 6) Juntamente com o fechamento ocorre a alimentação da quantidade do material produzido e dos retornos especificados (caso informado). É muito importante salientar que no caso de ser controlado os lotes, deve-se sem exceção lançar os mesmos na ordem de produção, observando que a quantidade do material descriminado na formulação deve ser igual ao total dos lotes utilizados realmente. Solicitação de Aquisição Produtos: Y 2) O Sistema verifica se existe materiais da formulação suficientes para a produção desejada, caso não, o mesmo inicia automaticamente um nova Solicitação dos produtos nescessários, dando ínicio a um novo ciclo do processo de compra. SETOR FÍSICO DE PRODUÇÃO

7 Venda ( Comercialização dos produtos acabados produzidos ). Pedido de Saída (Orçamento para o Cliente)Pedido de Saída (Orçamento para o Cliente) O Pedido de Saída é o documento que posteriormente se tornará a Nota Fiscal de Saída, o pedido pode ser criado diretamente ou a partir de uma Proposta, e possui o objetivo de ser enviado ao Cliente informando os valores dos produtos solicitados pelo mesmo.O Pedido de Saída é o documento que posteriormente se tornará a Nota Fiscal de Saída, o pedido pode ser criado diretamente ou a partir de uma Proposta, e possui o objetivo de ser enviado ao Cliente informando os valores dos produtos solicitados pelo mesmo. A função Faturar do pedido, tem o objetivo de transformar o pedido pronto e revisado em Nota Fiscal de Saída.A função Faturar do pedido, tem o objetivo de transformar o pedido pronto e revisado em Nota Fiscal de Saída. Nota Fiscal de SaídaNota Fiscal de Saída A Nota Fiscal de Saída é o documento que movimenta o ESTOQUE no sentido de saída, ou seja, é um dos principais documentos que subtraem a quantidade do material retirado do estoque.A Nota Fiscal de Saída é o documento que movimenta o ESTOQUE no sentido de saída, ou seja, é um dos principais documentos que subtraem a quantidade do material retirado do estoque. É importante destacar a necessidade de uma checagem física dos materiais que serão enviados ou entregues, juntamente com seus respectivos lotes de fabricação.É importante destacar a necessidade de uma checagem física dos materiais que serão enviados ou entregues, juntamente com seus respectivos lotes de fabricação.

8 Venda ( Comercialização dos produtos acabados produzidos ). Pedido de Saída Produtos: X Y Z CLIENTE Nota Fiscal de Saída Produtos: X Y Z ESTOQUE - X (subtração de X) - Y (subtração de Y) - Z (subtração de Z) 1) O Cliente solicita o orçamento de materiais que deseja adquirir. 2) O Pedido é iniciado e elaborado, posteriormente sendo enviado ao cliente para confirmação. 3) O Cliente retorna a confirmação do pedido. 4) O Pedido é faturado, transformando-se na Nota Fiscal de Saída a qual retira do estoque o material especificado. 5) O material é separado e enviado ao cliente juntamente com a Nota Fiscal. É muito importante salientar que no caso de estar sendo controlado os lotes, deve-se sem exceção lançar os mesmos na nota fiscal já faturada, observando que a quantidade do material descriminado na NF deve ser igual ao total dos lotes do mesmo.


Carregar ppt "SGI Sistema de Gestão Industrial Movimentação de Materiais."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google