A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

OS VÍRUS 1. Características Gerais: Origem: provavelmente derivaram de trechos de ácidos nucléicos que escaparam de organismos celulares,surgindo a partir.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "OS VÍRUS 1. Características Gerais: Origem: provavelmente derivaram de trechos de ácidos nucléicos que escaparam de organismos celulares,surgindo a partir."— Transcrição da apresentação:

1 OS VÍRUS 1. Características Gerais: Origem: provavelmente derivaram de trechos de ácidos nucléicos que escaparam de organismos celulares,surgindo a partir de células de bactérias,protista,fungos,plantas e animais. Origem: provavelmente derivaram de trechos de ácidos nucléicos que escaparam de organismos celulares,surgindo a partir de células de bactérias,protista,fungos,plantas e animais. A palavra vírus é originária do latim e significa toxina ou veneno ; A palavra vírus é originária do latim e significa toxina ou veneno ; Não possuem metabolismo próprio; Não possuem metabolismo próprio; Só se reproduz no interior de uma célula hospedeira; Só se reproduz no interior de uma célula hospedeira; São parasitas intracelulares obrigatórios; São parasitas intracelulares obrigatórios; São bastante específicos; São bastante específicos; Sofrem mutações;são extremamente simples; Sofrem mutações;são extremamente simples; Possuem como material hereditário o DNA ou RNA nunca ambos; Possuem como material hereditário o DNA ou RNA nunca ambos; Existem vírus de animais e vegetais; Existem vírus de animais e vegetais; Nem todos os vírus causam prejuízo a célula hospedeira; Nem todos os vírus causam prejuízo a célula hospedeira; Alguns vírus possuem um envoltório ou envelope externo ao nucleocapsídeo; Alguns vírus possuem um envoltório ou envelope externo ao nucleocapsídeo;

2 2.ESTRUTURA DOS VÍRUS: Nucleocapsídeo = capsídeo + ácido nucléico. Nucleocapsídeo = capsídeo + ácido nucléico.

3 3.BACTERIÓFAGO: São formados apenas por nucleocapsídeo,não existe forma envelopada; São formados apenas por nucleocapsídeo,não existe forma envelopada; Os bacteriófagos ou fagos podem ser vírus de DNA ou de RNA; Os bacteriófagos ou fagos podem ser vírus de DNA ou de RNA; Os mais estudados são os que infectam a bactéria intestinal,Escherichia coli; Os mais estudados são os que infectam a bactéria intestinal,Escherichia coli;

4 4.CICLOS: Ciclo lisogênico - O DNA viral incorpora-se ao DNA bacteriano e não interfere no metabolismo bactéria,que se reproduz normalmente,transmitindo o DNA viral aos seus descendentes. Ciclo lisogênico - O DNA viral incorpora-se ao DNA bacteriano e não interfere no metabolismo bactéria,que se reproduz normalmente,transmitindo o DNA viral aos seus descendentes. Ciclo lítico – O DNA viral passa a comandar o metabolismo bacteriano e a formar vários DNAs virais e cápsula protéicas,que se organizam formando novos vírus.Ocorre a lise da célula,liberando vários vírus que podem infectar outras bactérias,reiniciando o ciclo. Ciclo lítico – O DNA viral passa a comandar o metabolismo bacteriano e a formar vários DNAs virais e cápsula protéicas,que se organizam formando novos vírus.Ocorre a lise da célula,liberando vários vírus que podem infectar outras bactérias,reiniciando o ciclo.

5 5.VÍRUS DE DNA : DNA transcrição RNA tradução PROTEÍNA DNA transcrição RNA tradução PROTEÍNA VÍRUS DE RNA : VÍRUS DE RNA : RNA RNA PROTEÍNA RETROVÍRUS RNA : RETROVÍRUS RNA : RNA DNA RNA PROTEÍNA Enzima transcriptase reversa

6 6. OS VIRUS E A SAÚDE HUMANA: AIDS : AIDS : Transmissão: relação sexual com pessoas portadoras do HIV;transfusão de sangue ou transplante de órgãos contaminados;uso de seringas ou outros matérias cirúrgicos não esterilizados;através do leite materno; através da inseminação artificial com sêmen contaminado pelo HIV. Transmissão: relação sexual com pessoas portadoras do HIV;transfusão de sangue ou transplante de órgãos contaminados;uso de seringas ou outros matérias cirúrgicos não esterilizados;através do leite materno; através da inseminação artificial com sêmen contaminado pelo HIV. Sintomas: fadiga;febre;inchaço crônico dos gânglios linfáticos;surgimento de pequenos pontos vermelhos na pele;fortes dores de cabeça. Sintomas: fadiga;febre;inchaço crônico dos gânglios linfáticos;surgimento de pequenos pontos vermelhos na pele;fortes dores de cabeça. Profilaxia:usar apenas seringas descartáveis e materiais cirúrgicos esterilizados;conscientizar mulheres portadores do HIV sobre os riscos da contaminação do filho durante a gravidez e a amamentação;usar preservativo nas relações sexuais etc. Profilaxia:usar apenas seringas descartáveis e materiais cirúrgicos esterilizados;conscientizar mulheres portadores do HIV sobre os riscos da contaminação do filho durante a gravidez e a amamentação;usar preservativo nas relações sexuais etc. Estrutura do HIV: Estrutura do HIV: 1.CORE 1.CORE 2.RNA 2.RNA 3.ENZIMA-TRANSCRIPTASE 3.ENZIMA-TRANSCRIPTASE REVERSA REVERSA 4. ENVOLTÓRIO-GLIOCOPROTEÍNAS E 4. ENVOLTÓRIO-GLIOCOPROTEÍNAS E LIPÍDIOS LIPÍDIOS

7 DENGUE: DENGUE: Transmissão: através do mosquito Aedes aegypti Transmissão: através do mosquito Aedes aegypti Sintomas: febre alta; dor de cabeça;dores na juntas;fraqueza falta de apetite;manchas vermelhas na pele e pequenos sangramentos(no nariz e gengiva). Sintomas: febre alta; dor de cabeça;dores na juntas;fraqueza falta de apetite;manchas vermelhas na pele e pequenos sangramentos(no nariz e gengiva). Profilaxia: evitar deixar água parada. Profilaxia: evitar deixar água parada. Formas da Dengue: Formas da Dengue: a) Dengue Clássica e Hemorrágica : b) Observação 1: Em caso de suspeita de dengue deve-se evitar tomar medicamento que contenha o ácido acetilsalisílico,pois pode favorecer a hemorragia. c) Observação 2: No Brasil até 2001, apenas as formas de Dengue 1, 2 e 3 haviam diagnosticado caso. CATAPORA-VARICELA: CATAPORA-VARICELA: Transmissão:saliva ou contato com objetos contaminados pelas lesões na pele. Transmissão:saliva ou contato com objetos contaminados pelas lesões na pele. Sintomas: presença de feridas no corpo. Sintomas: presença de feridas no corpo. Profilaxia:vacinação e evitar contato direto com doentes Profilaxia:vacinação e evitar contato direto com doentes CAXUMBA: CAXUMBA: Transmissão:saliva,uso de corpos,garfos ou outros objetos contaminados. Transmissão:saliva,uso de corpos,garfos ou outros objetos contaminados. Sintomas: provoca inflamação das glândulas salivares,principalmente das parótidas. Sintomas: provoca inflamação das glândulas salivares,principalmente das parótidas. Profilaxia:vacinação e evitar o contato com objetos contaminados e doentes. Profilaxia:vacinação e evitar o contato com objetos contaminados e doentes. CONDILOMA ACUMINADO: CONDILOMA ACUMINADO: Transmissão: através da relação sexual. Transmissão: através da relação sexual. Sintomas: ocorre o aparecimento de verrugas na região genital e anal. Sintomas: ocorre o aparecimento de verrugas na região genital e anal. Profilaxia: usar camisinha nas relações sexuais. Profilaxia: usar camisinha nas relações sexuais.

8 FEBRE AMARELA: FEBRE AMARELA: Transmissão: picadas das fêmeas do mosquito Aedes aegypti. Transmissão: picadas das fêmeas do mosquito Aedes aegypti. Sintomas: afeta o fígado dando o aspecto amarelado ao paciente ao doente,afeta também o fígado,baço,rins,linfonodos e medula óssea. Sintomas: afeta o fígado dando o aspecto amarelado ao paciente ao doente,afeta também o fígado,baço,rins,linfonodos e medula óssea. Profilaxia:vacinação e combater os mosquitos vetores. Profilaxia:vacinação e combater os mosquitos vetores. GRIPE: GRIPE: Transmissão:gotículas de saliva espalhadas pelo ar. Transmissão:gotículas de saliva espalhadas pelo ar. Sintomas: provoca coriza,tosse, afeta o trato respiratório. Sintomas: provoca coriza,tosse, afeta o trato respiratório. Profilaxia:vacinação e evitar contato direto com doentes. Profilaxia:vacinação e evitar contato direto com doentes. HANTAVIROSES: HANTAVIROSES: Transmissão: inalação de aerossóis formados a partir de secreções de roedores ou mordeduras. Transmissão: inalação de aerossóis formados a partir de secreções de roedores ou mordeduras. Sintomas:febre,dores musculares,vômitos e insuficiência respiratória. Sintomas:febre,dores musculares,vômitos e insuficiência respiratória. Profilaxia:saneamento básico e medidas de higiene. Profilaxia:saneamento básico e medidas de higiene. HEPATITE(TIPOS A, B, C, D e E): HEPATITE(TIPOS A, B, C, D e E): Transmissão da A e E: ingestão de água e alimentos contaminados. Transmissão da A e E: ingestão de água e alimentos contaminados. Transmissão da B, C e D: relações sexuais,tatuagens,transfusões de sangue,seringas contaminadas. Transmissão da B, C e D: relações sexuais,tatuagens,transfusões de sangue,seringas contaminadas. Sintomas: afeta o fígado. Sintomas: afeta o fígado. Profilaxia da A e E : saneamento básico,tratamento da água,lavar as mãos antes das refeições. Profilaxia da A e E : saneamento básico,tratamento da água,lavar as mãos antes das refeições. Profilaxia da B, C e D:usar camisinha nas relações sexuais,vacinação contra a hepatite B,usar seringas descartáveis. Profilaxia da B, C e D:usar camisinha nas relações sexuais,vacinação contra a hepatite B,usar seringas descartáveis.

9 HERPES SIMPLES: HERPES SIMPLES: Transmissão: contato direto ou indireto com as feridas nas fases da manifestação da doença. Transmissão: contato direto ou indireto com as feridas nas fases da manifestação da doença. Sintomas: pequenas bolhas que se tornam feridas na pele,na boca, na região genital ou anal. Sintomas: pequenas bolhas que se tornam feridas na pele,na boca, na região genital ou anal. Profilaxia: evitar contato direto com as feridas que surgem na manifestação da doença. Profilaxia: evitar contato direto com as feridas que surgem na manifestação da doença. POLIOMIELITE: POLIOMIELITE: Transmissão: através da saliva ou nas fezes da pessoa contaminada. Transmissão: através da saliva ou nas fezes da pessoa contaminada. Sintomas: afeta o sistema nervoso e a musculatura podendo provocar a paralisia infantil. Sintomas: afeta o sistema nervoso e a musculatura podendo provocar a paralisia infantil. Profilaxia: vacina Salk e Sabin é a gotinha que salva. Profilaxia: vacina Salk e Sabin é a gotinha que salva. RAIVA(HIDROFOBIA): RAIVA(HIDROFOBIA): Transmissão: mordidas de animais, cães e gatos, morcegos. Transmissão: mordidas de animais, cães e gatos, morcegos. Sintomas: afeta o sistema nervoso central. Sintomas: afeta o sistema nervoso central. Profilaxia: vacinação de cães e gatos. Profilaxia: vacinação de cães e gatos. RUBÉOLA: RUBÉOLA: Transmissão: gotículas disseminadas pelo ar. Transmissão: gotículas disseminadas pelo ar. Sintomas: febre geralmente baixa,aumento dos linfonodos do pescoço epequenas manchas na pele. Sintomas: febre geralmente baixa,aumento dos linfonodos do pescoço epequenas manchas na pele. Profilaxia:vacinação. Profilaxia:vacinação. SARAMPO: SARAMPO: Transmissão: gotículas de saliva. Transmissão: gotículas de saliva. Sintomas:apresenta manchas na pele,tosse,febre. Sintomas:apresenta manchas na pele,tosse,febre. Profilaxia:vacinação. Profilaxia:vacinação.

10 VARIOLA: VARIOLA: Transmissão: gotículas de saliva e o uso de objetos contaminados. Transmissão: gotículas de saliva e o uso de objetos contaminados. Sintomas: apresenta feridas grandes e numerosas na pele que deixam cicatrizes. Sintomas: apresenta feridas grandes e numerosas na pele que deixam cicatrizes. Profilaxia:vacinação. Profilaxia:vacinação. GRIPE SUÍNA: GRIPE SUÍNA: Transmissão:O vírus é transmitido de pessoa para pessoa. Transmissão:O vírus é transmitido de pessoa para pessoa. Sintomas:Assim como a gripe humana comum, a influenza A (H1N1) apresenta como sintomas febre repentina, fadiga, dores pelo corpo, tosse. Esse novo surto, aparentemente, também causa mais diarreia e vômitos que a gripe convencional. Sintomas:Assim como a gripe humana comum, a influenza A (H1N1) apresenta como sintomas febre repentina, fadiga, dores pelo corpo, tosse. Esse novo surto, aparentemente, também causa mais diarreia e vômitos que a gripe convencional.humanadiarreiahumanadiarreia Profilaxia: higiene,lavar bem as maos e evitar o contato com os doente. Profilaxia: higiene,lavar bem as maos e evitar o contato com os doente.


Carregar ppt "OS VÍRUS 1. Características Gerais: Origem: provavelmente derivaram de trechos de ácidos nucléicos que escaparam de organismos celulares,surgindo a partir."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google