A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

MORFEU : CRIANDO AMBIENTES VIRTUAIS FLEXÍVEIS NA WEB PARA MEDIAR A COLABORAÇÃO Leonardo N. Santos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "MORFEU : CRIANDO AMBIENTES VIRTUAIS FLEXÍVEIS NA WEB PARA MEDIAR A COLABORAÇÃO Leonardo N. Santos."— Transcrição da apresentação:

1 MORFEU : CRIANDO AMBIENTES VIRTUAIS FLEXÍVEIS NA WEB PARA MEDIAR A COLABORAÇÃO Leonardo N. Santos

2 2011 Roteiro Introdução Inovação em ambientes para mediar a colaboração O Ambiente MOrFEu Veículos de Comunicação Considerações Finais 2

3 2011 Introdução Aumento das propostas pedagógicas colaborativas utilizando Ambientes Virtuais O processo de desenvolvimento de software é lento Muitas vezes é preciso adequar a proposta de trabalho aos recursos do ambiente Cada grupo possui sua própria forma de trabalhar Mas os ambientes são pouco flexíveis Os ambientes devem ser flexíveis, capazes de serem modificados por seus utilizadores de acordo com suas necessidades. 3

4 2011 Web As páginas de Internet Criada em 1990, por Tim Berners-Lee Preparada para ser utilizada em qualquer sistema operacional que tivesse um browser Hipertexto é uma maneira de ligar e acessar informações de vários tipos como uma teia de nós na qual o usuário pode acessar conforme sua vontade 4

5 2011 Web: principais idéias Criar um espaço de informação no qual qualquer um teria acesso imediato e intuitivo Compartilhar o que você sabe ou pensa fosse tão simples quanto aprender algo que outra pessoa sabe Web é mais uma criação social que tecnológica, para ajudar as pessoas a trabalharem juntas Como é a Internet sem a Web? 5

6 2011 Web: primeira geração Páginas estáticas Geração Dinâmica de Páginas CGI, PHP, ASP Interação com Flash e JavaScript AJAX: requisições assíncronas (JavaScript) 6

7 2011 Web 2.0 ou Web Social Sites Dektop-like Conteúdo Gerado por usuário Poder das Massas Os serviços da Web 2.0 são caracterizados pelo fato de seus valores aumentarem conforme o número de pessoas que os estão usando Dados em escala Épica Potencialização da Cauda Longa Beta Perpétuo 7

8 2011 Ambiente Virtual Sistemas web que reúnem virtualmente várias pessoas em um mesmo lugar possibilitando a interação entre elas Groupware Ambintes Virtuais de Aprendizagem Redes sociais Não é Ambiente de Realizada Virtual 8

9 2011 Desenvolvimento de Ambientes Virtuais Mesmo que um desenvolvedor de groupware seja capaz de desenvolver uma aplicação ótima para um grupo, a aplicação irá eventualmente se tornar inadequada devido a novas situações e problemas que certamente aparecerão (Fuks et al., 2008) 9

10 2011 Desenvolvimento de Ambientes Virtuais Em face das dificuldades de construção e manutenção, o desenvolvedor de groupware gasta mais tempo lidando com dificuldades técnicas que moderando e provendo suporte para as interações entre os usuários. Tais problemas levam à necessidade de criar uma forma mais rápida e efetiva de se desenvolver groupware (Fuks et al., 2008) 10

11 2011 Desenvolvimento de Ambientes Virtuais Criação rápida Flexibilidade para Modificações Abordagens atuais Modular Componentes Linha de Produção Web-services 11

12 2011 Inovação em Ambientes Virtuais para Mediar a Colaboração Controvérsia Acadêmica (Mendonça, 2003) A favor e contra. Projetos de Aprendizagem (Fagundes, 2006) Investigação Júri Simulado (Real, 2007) Defesa, Acusação e Júri Construindo Conceituações (Nevado, 2009) Discussão e revisão de posicionamentos Diário Virtual (Serres, 2009) Registro de solução e discussão das soluções 12

13 2011 Inovação em Ambientes Virtuais para Mediar a Colaboração Os ambientes virtuais não davam suporte adequado Em alguns casos usaram um Wiki Regras de interação eram passadas verbalmente Alguns foram implementados Tornaram-se inadequado para o trabalho com outros grupos É difícil predizer como um grupo irá colaborar (Gutwin, 2000 apud Fuks, 2008) 13

14 2011 Multi-Organizador Flexível para Espaços Virtuais (Menezes, 2008) Um conjunto de interações dentro de um ambiente virtual resulta em um documento. Veículo de Comunicação (VCom): O documento; um ambiente virtual. Unidade de Produção Intelectual (UPI): Menor parte que compõe este documento. Publicação: Postar uma UPI em um VCom 14

15 2011 Ambientes Virtuais modelados como Veículos de Comunicação Fórum: Uma UPI é publicada em resposta a outra UPI Estrutura de árvore Blog: Várias UPIs organizadas pela data de publicação UPI são publicadas como comentários às postagens principais Wiki: As páginas (UPIs) são editáveis As páginas possuem links para outras páginas 15

16 2011 Views Forma de apresentação é definida separadamente da estrutura de UPIs. As views definem os conteúdos das páginas do ambiente. Várias views são permitidos Exemplo: um fórum com exibição de suas postagens de forma endentada e de forma não endentada (indented). Exemplo: um blog mostrando só as mensagens principais ou todas as mensagens e comentários das mensagens. 16

17 2011 Views 17 View Exibição Documento Usuário

18 2011 Implementando Veículos de Comunicação Documento (Model): XML Flexível e Semi-estruturado UPI: Texto: título e corpo Publicação: Incluir uma UPI no documento View: XSL Transforma XML --> HTML 18

19 2011 Documento de Projetos de Aprendizagem 19

20 2011 Documento de Projetos de Aprendizagem 20 Sub-veículo

21 2011 Documento de um projeto de aprendizagem (2) 21

22 2011 Documento de um projeto de aprendizagem (2) 22

23 2011 Implementando Views Quais dados do documento XML e como eles serão mostrados em uma página HTML Links para Publicação Links para outros Templates Adquirir informações do sistema: Dados do usuário Dados de UPIs Dados do usuário publicador 23

24 2011 Processo de visualização de uma página de VCom 24

25 2011 View da página principal do VCom Projeto de Aprendizagem 25

26 2011 View da página principal do VCom Projeto de Aprendizagem 26 php:function

27 2011 Implementando Publicação 27 Um pedaço de XML Nova UPI é criada Em que lugar do XML será inserido

28 2011 Projeto de Aprendizagem 28 Links para outros Templates

29 2011 Outras propostas colaborativas implementadas Fórum, Blog, Wiki, Enquete, Glossário e Mural; Um Fórum para a Controvérsia Acadêmica; O objeto de aprendizagem CARTOLA O Quadro de Discussões da Arquitetura Pedagógica Júri Simulado; O Quadro de Discussões da Arquitetura Pedagógica Construindo Conceituações; O Diário Virtual para Aprendizagem de Matemática; Uma versão básica de Curso do Moodle, com os tópicos, e os sub-veículos (Fórum, Wiki, Questionário, etc.) em cada tópico, 29

30 2011 Considerações Finais Redução dos custos de implementação 12 Vcoms; 19 Templates; 260 linhas de código cada; máximo dois dias de trabalho cada. Evidências de que o MOrFEu consegue modelar esse tipo de ambiente virtual Os VComs são flexíveis: criação e modificação User-created Application Próximos passos: permissões, papéis, grupos e protocolos de interação. 30

31 2011 Obrigado Perguntas? Versão de Testes 31

32 2011 Referências Fagundes, L., Nevado, R., Basso, M., Bitencourt, J., Menezes, C., Monteiro, V. C. P. C. (2006) Projetos de Aprendizagem – Uma experiência mediada por ambientes Telemáticos. Revista Brasileira de Informática na Educação. Fuks, H., Raposo, A., Gerosa, M. A., Pimental, M., Lucena, C. J. P. (2008) The 3C Collaboration Model. Encyclopedia of E-Collaboration. Information Science Reference, USA. Gutwin, C., Greenberg, S. (2000). The mechanics of collaboration: Developing low cost usability evaluation methods for shared workspaces. Proceedings of the IEEE 9th Workshop on Enabling Technologies. Mendonça, A. P., Castro, A. N., Souza, F. F., Queiroz, S. J. B., Batista, V. O. (2003) Um Ambiente Telemático para mediar a Controvérsia Acadêmica. Anais do Simpósio Brasileiro de Informática na Educação. Menezes, C. S., Nevado, R. A., Castro, A. N., Santos, L. N. (2008) MOrFEU – Multi-Organizador Flexível de Espaços VirtUais para Apoiar a Inovação Pedagógica em EAD, Anais do Simpósio Brasileiro de Informática na Educação. Nevado, R. A., Dalpiaz, M. M., Menezes, C. S. (2009) Arquitetura Pedagógica para Construção Colaborativa de Conceituações, Anais do Workshop sobre Educação em Computação, Congresso da Sociedade Brasileira de Computação. Real, L. M. C., Menezes, C. S. (2007) Júri simulado: possibilidade de construção de conhecimento a partir de interações em grupo, Aprendizagem em rede na educação a distância, Porto Alegre: Ricardo Lenz. Serres, F. F., Basso, M. V. A. (2009) Diários virtuais – Uma ferramenta de comunicação social para a autoria e aprendizagem de Matemática, Anais do Simpósio Brasileiro de Informática na Educação. 32


Carregar ppt "MORFEU : CRIANDO AMBIENTES VIRTUAIS FLEXÍVEIS NA WEB PARA MEDIAR A COLABORAÇÃO Leonardo N. Santos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google