A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Análise de Custos Professora Mônica Brandão Aula 3 e 4.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Análise de Custos Professora Mônica Brandão Aula 3 e 4."— Transcrição da apresentação:

1 Análise de Custos Professora Mônica Brandão Aula 3 e 4

2 Aulas 1 e 2 Aulas 3 e 4 Vamos aprender sobre: 1)A diferença entre Custo da Produção e Custo do Produto Vendido; 2)Intervalo relevante que interfere diretamente no custo da produção; 3)Custeio por Absorção; 4)Rateio de Controle dos Custos Indiretos de Fabricação /Departamentalização Aprendemos conceitos como: a) Custo/Despesa/Investimento /Perda b) Custo Direto c) Custo Indireto d) Custo Fixo e) Custo Variável f) Custo Semifixo g) Custo Semivariável h) Custo Primário i) Custo de Transformação j) Custo da Produção

3 Custo do Produto Vendido É o valor da produção acabada que está sendo vendida ou foi vendida aos clientes em um determinado período de tempo. O custo da produção refere-se ao custo incremental de um determinado período, ou seja, o valor do somatório da MP, MOD e CIF, imputados no processo produtivo. CPV é a parcela do custo da produção do período ou de períodos passados que foram vendidos.

4 Vejamos Graficamente. Matéria-Prima Produto ProcessoProduto Acabado Ei 100 Ei 20Ei Co MP 300PP MOD CIF 100 Ef 200 Ef 320Ef Custo do Produto Vendido Custo da Produção = R$ 800 (MP+MOD+CIF) Custo do Produto Vendido = R$ Custo de Transformação = R$ 500 (MOD + CIF) Matéria-Prima consumida = R$ 300

5 Custo do Produto Vendido X Custo da Produção CPV – pode e ser definido como a parcela vendida da produção acabada de um ou de vários períodos. CPV = EiPA + PPTPA – EfPA CP – pode ser definido como o total dos custos imputados no processo produtivo dentro de um determinado período de tempo. CP = MP + MOD + CIF

6 Intervalo Relevante Refere-se ao período de produção em que os custos variáveis e fixos são constantes por quantidade fabricada. Suponha a produção de ud a custo unitário de MP a R$ 8,00 cada e que se a empresa produzisse ud o custo da MP caísse para R$ 7,50 e que a empresa tivesse condições de fabricar e vender as ud. Como saber se o intervalo é ou não relevante com relação ao custo da produção? MOD e Custos indiretos fixos em R$

7 Análise Gráfica R$ Intervalo Relevante R$

8 Custeio Por Absorção É o aceito pela legislação para compor o custo dos bens e serviços. Para utilizá-lo a empresa precisa ser dividida em Centro de Custos, visando controlar e avaliar o desempenho de cada departamento no processo produtivo. – Faz uso dos Sistemas de Custo por Ordem de Produção e de Custo por Processo de Produção. Como os custos indiretos de fabricação são de difícil mensuração, necessário se faz estudar o comportamento deles nos Centos de Custos.

9 Rateio e Controle dos CIFs Estabelecer bases de rateio para os CIFs de acordo com suas peculiaridades; Alocar os CIFs aos centros de custos (departamentos) em função da utilização dos mesmos; Alocar aos produtos em função da participação dos departamentos no processo de transformação da matéria-prima;

10 Departamentalização 1)Selecionar as bases de rateio para os CIFs; Material indireto – quant. produzida Aluguel – metro quadrado Seguro dos equipamentos – Núm. ou valor Máq MOI – Núm. de funcionários Depreciação – Valor das máq/Hr máq trab. Energia – Hr máq trab./Hr MOD trab. 2)Alocar os CIFs ao devidos departamentos; Analise o exemplo do capítulo IV da apostila.


Carregar ppt "Análise de Custos Professora Mônica Brandão Aula 3 e 4."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google