A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Análise de Custos Professora Mônica Brandão Aula 3 e 4.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Análise de Custos Professora Mônica Brandão Aula 3 e 4."— Transcrição da apresentação:

1 Análise de Custos Professora Mônica Brandão Aula 3 e 4

2 Aulas 1 e 2 Aulas 3 e 4 Vamos aprender sobre: 1)A diferença entre Custo da Produção e Custo do Produto Vendido; 2)Intervalo relevante que interfere diretamente no custo da produção; 3)Custeio por Absorção; 4)Rateio de Controle dos Custos Indiretos de Fabricação /Departamentalização Aprendemos conceitos como: a) Custo/Despesa/Investimento /Perda b) Custo Direto c) Custo Indireto d) Custo Fixo e) Custo Variável f) Custo Semifixo g) Custo Semivariável h) Custo Primário i) Custo de Transformação j) Custo da Produção

3 Custo do Produto Vendido É o valor da produção acabada que está sendo vendida ou foi vendida aos clientes em um determinado período de tempo. O custo da produção refere-se ao custo incremental de um determinado período, ou seja, o valor do somatório da MP, MOD e CIF, imputados no processo produtivo. CPV é a parcela do custo da produção do período ou de períodos passados que foram vendidos.

4 Vejamos Graficamente. Matéria-Prima Produto ProcessoProduto Acabado Ei 100 Ei 20Ei 3.000 Co 400 300 MP 300PP 500 2.500 MOD 400 500 CIF 100 Ef 200 Ef 320Ef 1.000 Custo do Produto Vendido Custo da Produção = R$ 800 (MP+MOD+CIF) 2.500 Custo do Produto Vendido = R$ 2.500 Custo de Transformação = R$ 500 (MOD + CIF) Matéria-Prima consumida = R$ 300

5 Custo do Produto Vendido X Custo da Produção CPV – pode e ser definido como a parcela vendida da produção acabada de um ou de vários períodos. CPV = EiPA + PPTPA – EfPA CP – pode ser definido como o total dos custos imputados no processo produtivo dentro de um determinado período de tempo. CP = MP + MOD + CIF

6 Intervalo Relevante Refere-se ao período de produção em que os custos variáveis e fixos são constantes por quantidade fabricada. Suponha a produção de 5.000 ud a custo unitário de MP a R$ 8,00 cada e que se a empresa produzisse 7.000 ud o custo da MP caísse para R$ 7,50 e que a empresa tivesse condições de fabricar e vender as 7.000 ud. Como saber se o intervalo é ou não relevante com relação ao custo da produção? MOD e Custos indiretos fixos em R$ 42.000.

7 Análise Gráfica R$ 56.000 52.500 40.000 Intervalo Relevante R$ 3.500 5.000 7.000

8 Custeio Por Absorção É o aceito pela legislação para compor o custo dos bens e serviços. Para utilizá-lo a empresa precisa ser dividida em Centro de Custos, visando controlar e avaliar o desempenho de cada departamento no processo produtivo. – Faz uso dos Sistemas de Custo por Ordem de Produção e de Custo por Processo de Produção. Como os custos indiretos de fabricação são de difícil mensuração, necessário se faz estudar o comportamento deles nos Centos de Custos.

9 Rateio e Controle dos CIFs Estabelecer bases de rateio para os CIFs de acordo com suas peculiaridades; Alocar os CIFs aos centros de custos (departamentos) em função da utilização dos mesmos; Alocar aos produtos em função da participação dos departamentos no processo de transformação da matéria-prima;

10 Departamentalização 1)Selecionar as bases de rateio para os CIFs; Material indireto – quant. produzida Aluguel – metro quadrado Seguro dos equipamentos – Núm. ou valor Máq MOI – Núm. de funcionários Depreciação – Valor das máq/Hr máq trab. Energia – Hr máq trab./Hr MOD trab. 2)Alocar os CIFs ao devidos departamentos; Analise o exemplo do capítulo IV da apostila.


Carregar ppt "Análise de Custos Professora Mônica Brandão Aula 3 e 4."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google