A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Seminário 2- Unidade III. esporte-base O atletismo é um dos esportes mais antigos e considerado esporte-base, pois utiliza atividades naturais (como correr,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Seminário 2- Unidade III. esporte-base O atletismo é um dos esportes mais antigos e considerado esporte-base, pois utiliza atividades naturais (como correr,"— Transcrição da apresentação:

1 Seminário 2- Unidade III

2 esporte-base O atletismo é um dos esportes mais antigos e considerado esporte-base, pois utiliza atividades naturais (como correr, saltar e lançar), bem como suas habilidades são utilizadas em outros esporte. PISTA É constituído de provas de corridas, saltos e lançamentos, todos contemplados no espaço da PISTA.

3 Neste trabalho trataremos das seguintes questões: A história e evolução das pistas de atletismos As marcações e locais destinados a cada prova Os pisos mais adequados

4 As raias olímpicas há 50 anos, eram feitas com carvão, o que conferia um aspecto escuro, além de exigir enorme esforço dos atletas. A década de 60 marcou a chegada do Tartan, um tipo de piso que ficou conhecido por este nome mas que, na realidade, trata-se de uma marca registrada pela 3M, a qual já saiu do mercado. No Brasil, o Tartan não passou de uma alternativa cara e pouco divulgada. Na mesma época, apareceram as pistas feitas com material em resina poliuretânica com mistura de grânulos de borracha EPDM, que continua em franco crescimento. Havia, ainda, pistas com placas de borracha fabricadas com pó de carcaça de pneus. Seu principal problema, por ser um material reciclado, era a influência direta na qualidade, não tendo estabilidade dimensional e descolando-se com freqüência da base de concreto.

5 Nas décadas de 70 e 80, o Brasil ficou à margem e não evoluiu por diversas razões, principalmente financeiras. Nesse contexto, as condições oferecidas aos atletas brasileiros eram precárias, obrigando-os a sair do país. Os anos 90 marcaram uma nova fase para o atletismo nacional, especialmente na segunda metade da década. As empresas presentes no mercado brasileiro passaram a oferecer alternativas mais viáveis para a construção de pistas, com materiais e tecnologias desenvolvidos aqui. Os clubes locais tiveram acesso à raias olímpicas com um bom nível de qualidade, através da tecnologia dos compostos de resina de poliuretano e partículas de borracha, os quais poderiam ser moldados in loco ou oferecidos em mantas de borracha. O país teve acesso, inclusive, ao mais moderno sistema, usado em várias Olimpíadas, que se trata das mantas de borracha natural contínuas e vulcanizadas, da marca italiana Mondo.

6 Os locais de cada prova

7 As raias As raias (são o caminho traçado para cada competidor durante as corridas): pistas oficiais: Em pistas oficiais: São em número de 8 1,22m1,27 podem variar, em largura, entre 1,22m e 1,27 São delimitadas por linhas brancas com cerca de 5cm raia interna 400m de comprimento A raia interna é a menor e possui, obrigatoriamente, 400m de comprimento Sendo que a externa pode chegar a cerca de 490m (por causa das curvas)

8 Para cada prova de corrida existem marcações nas pistas indicando o local de largada, por exemplo. Também há indicações dos locais onde devem ficar as barreiras e as zonas onde deve ser passado o bastão (nas provas de revezamento) As marcações:

9 A pista As marcações:

10 Pode ter o fundo permeável ou impermeável, indiferentemente. São permeáveis, isto é, absorvem a água, as pistas de terra, saibro ou gramado. São impermeáveis as construídas à base de substâncias químicas, como o Tartan, o Rekortan, o Rubkor e o Bitumvelox. Em geral, as pistas impermeáveis permitem melhor desempenho atlético. Porém, exigem um treinamento específico, já que a batida do pé sobre o piso é mais dura. Outra alternativa que também continua sendo divulgada e usada por atletas amadores e profissionais é a pista de saibro. Apesar de sua construção ter um custo mais baixo que os outros sistemas, o saibro exige manutenção constante e trabalhosa, e pode-se dizer que chega a ser artesanal.

11 É essencial destacar que os especialistas em construções esportivas estão desenvolvendo novas tecnologias para que o atleta interaja com a superfície e possa tirar o máximo de proveito do material utilizado, o que possibilita resultados melhores e quebras de recordes.

12 As pistas, assim como as técnicas de corrida, evoluíram com o passar dos anos. A estrutura da pista está diretamente ligada às regras de cada prova do Atletismo, principalmente no que se refere às marcações necessárias para cada modalidade. Atualmente há um entendimento que o tipo de pista (piso) tem influência direta nos resultados e na técnica utilizada. Assim se busca cada vez mais a possibilidade de interação com o atleta.

13 do.html 2/complexos_desportivos/site/pistas.htm


Carregar ppt "Seminário 2- Unidade III. esporte-base O atletismo é um dos esportes mais antigos e considerado esporte-base, pois utiliza atividades naturais (como correr,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google