A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A produção mineral de Pernambuco Antonio Christino P. de Lyra Sobrinho – AGP José Amaro Sereno Filho – ANBEM Exposição realizada na sessão de abril 2013.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A produção mineral de Pernambuco Antonio Christino P. de Lyra Sobrinho – AGP José Amaro Sereno Filho – ANBEM Exposição realizada na sessão de abril 2013."— Transcrição da apresentação:

1 A produção mineral de Pernambuco Antonio Christino P. de Lyra Sobrinho – AGP José Amaro Sereno Filho – ANBEM Exposição realizada na sessão de abril 2013 do eventoNovas Ambientais da CPRH.

2 Mineração e a economia de PE Minerais estão na base da agricultura e de todas as cadeias industriais. Estereótipos – dar o mapa da mina. A atividade de mineração tem efeito a jusante na geração de emprego e renda na indústria de transformação e a montante nos setores fornecedores de máquinas, equipamentos, insumos e serviços; 1:10 na composição do produto industrial e 1:13 na geração de empregos. Geologia de PE X Projeto estruturador da economia Falta vocação mineral a PE - Preconceito & desinformação. Produção mineral composta por não metálicos; pequena participação no PIB estadual – deficiências estatísticas – caso do Sindusgesso

3 . Fonte: DNPM/PE c/ base na arrecadação da CFEM

4 . Fonte: DNPM/PE – Serviço de Desenvolvimento da Mineração

5 . Produção – Valor da produção 2012 – R$ 297 milhões – Brita, gipsita e água mineral representam 80 % do valor da produção. Agregados para construção civil – Brita R$ 142 milhões ; demanda bombando função efeito Suape; efeito Fiat mata norte; obras de infra- estrutura; sustentabilidade econômica, ambiental e social; passivos ambientais; esterilização de jazidas; principal polo produtor RMR – Jaboatão interiorização da produção. Areia – demanda em alta; boa oportunidade de investimento; 180 áreas licenciadas; polos de produção migrando da RMR para mata e agreste; preço ditado pelo comprador; preço X frete; areia ainda não é considerada um produto; uso sequenciado do solo; usineiros entrando no negócio; segmento carente de representação; choque de técnica; Manduri (Vertente do Lério); importação da PB; lavra em leitos de rios intermitentes..

6 . Gipsita – R$ 51 milhões; 90% da produção nacional; 59 concessões; 3 GM; calcinadoras; 300 plaqueiros; transnacionais, cimenteiras, familiares; principal atividade econômica da região; pode passar de herói a vilão; matriz energética; cavas; bota fora - segurança e saúde do trabalhador – sonegação de impostos. Água mineral – R$ 43 milhões; 60 concessões; segundo maior produtor nacional ; concorrência acirrada; selo de qualidade; preços acessíveis; água adicionada de sais. Calcário/cimento/cal – fábrica de cimento (Nassau); moagens de clinquer (Cimento Brasil; Poty); Vertentes do Lério e Sta Maria da Cambucá; Ouricuri; Parnamirim; grandes grupos buscando jazidas – Votorantim, CSN (sondando em Dormentes); grupos pequenos implantando ou projetando implantar – Cimento Pajeu em Carnaiba(dada partida – grupo Petribu); Cimento Búfalo - fábrica em implantação em Surubim, mina em Sta Maria Cambucá; Asa/CBMC

7 . Rochas ornamentais; quartzitos; argilas; vermiculita. Metálicos Titânio – Floresta – Mineração Floresta – Casa Grande Engenharia Níquel – agreste e mata norte – Votorantim Metais Cobre – Vicenza – zona da mata – agreste e sertão Ferro – Serra Talhada – limites com a PB

8 . Contatos: AGP – - Antonio Christino P. de Lyra Sobrinho– Presidente – Cel ANBEM – PE - José Amaro Sereno Filho – Presidente – Cel

9 .


Carregar ppt "A produção mineral de Pernambuco Antonio Christino P. de Lyra Sobrinho – AGP José Amaro Sereno Filho – ANBEM Exposição realizada na sessão de abril 2013."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google