A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES DNIT CGCIT Coordenação Geral de Custos de Infra-Estrutura CGCIT Julho/2009 A Gestão de Custos no DNIT.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES DNIT CGCIT Coordenação Geral de Custos de Infra-Estrutura CGCIT Julho/2009 A Gestão de Custos no DNIT."— Transcrição da apresentação:

1 MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES DNIT CGCIT Coordenação Geral de Custos de Infra-Estrutura CGCIT Julho/2009 A Gestão de Custos no DNIT

2 MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES DNIT CGCIT A Coordenação Geral de Custos de Infra-Estrutura Posicionamento Institucional Posicionamento Institucional A CGCIT se insere no negócio de transportes, dentro do setor público, na área de gestão do Departamento Nacional de Infra- Estrutura de Transportes. Em nível de Coordenação Geral foi instituída posteriormente à criação do DNIT, pela Lei nº /2006, subordinada à Diretoria Executiva, com as seguintes atribuições:

3 MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES DNIT CGCIT A GESTÃO DE CUSTOS NO DNIT Histórico da Gestão de Custos no DNER/DNIT Histórico da Gestão de Custos no DNER/DNIT 1946 Implantação da Tabela de Preços 1972 Lançamento do Manual de Composição de Custos Rodoviários 1980 Atualização e Complementação do Manual de Composição de Custos 1992 Organização da Gerência de Custos Rodoviários e implantação do SICRO Revisão do Manual de Composição de Custos 2000 Implantação do SICRO Publicação do Manual de Custos Rodoviários 2006Criação da CGCIT e Início do Projeto SINCTRAN 2007Inicio do Programa de Aferição de Composições de Custo

4 MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES DNIT CGCIT A GESTÃO DE CUSTOS NO DNIT Histórico da Gestão de Custos no DNER/DNIT Histórico da Gestão de Custos no DNER/DNIT 2007 Análise e testes do novo sistema (SINCTRAN) 2008Aprovação do SINCTRAN como SICRO 3 – Consulta Pública 2008Inicio dos estudos de atualização do BDI - Workshops 2009Criação de Grupo de Trabalho DNIT/ANEOR para estudo de BDI e SICRO Entrada em operação do SICRO Inclusão do SICRO na LDO como sistema de referência de custos para obras pesadas

5 MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES DNIT CGCIT O SISTEMA DE CUSTOS DO DNIT Sistema de Custos Rodoviários - SICRO Sistema de Custos Rodoviários - SICRO O atual Sistema de Custos Rodoviários – SICRO 2 fornece custos referenciais de obras rodoviárias, com cerca de composições de custo unitário É considerado um paradigma de mercado, sendo utilizado por inúmeras organizações dos setores público e privado. As pesquisas de preços, compreendendo cerca de 350 itens, são realizadas em 18 Superintendências Regionais, por administração direta

6 MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES DNIT CGCIT Caracterização

7 MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES DNIT CGCIT SICRO 2 - Atual

8 MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES DNIT CGCIT O SISTEMA DE CUSTOS DO DNIT O novo sistema - SICRO3/SINCTRAN O novo sistema - SICRO3/SINCTRAN O novo sistema fornecerá custos referenciais de obras rodoviárias, ferroviárias, aquaviárias e de edificação, devendo ser uma ferramenta mais poderosa e integrada com outras necessidades de gerência de custos do DNIT. Cerca de composições de custo unitário (CCU), demandando pesquisa de preços de itens, reduzida para 874 itens pelo sistema de família de insumos, de modo similar à metodologia do IBGE.

9 MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES DNIT CGCIT SINCTRAN/SICRO3

10 MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES DNIT CGCIT IMPLANTAÇÃO E TREINAMENTO NO NOVO SISTEMA Implantação Reorganização e aparelhamento (hardware e software) dos Núcleos Regionais de Custos em função da ampliação da pesquisa de preços Treinamento Treinamento na pesquisa de preços Treinamento na operação do sistema de custos Treinamento na ferramenta de orçamento (geral)

11 MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES DNIT CGCIT PROGRAMA DE AFERIÇÃO DE COMPOSIÇÕES OBJETIVO Dar maior confiabilidade às composições de custos referenciais por meio de aferição em campo (condições reais) de produtividades e consumos PRAZO Programa permanente Fase de implantação: 1 ano (CENTRAN) com treinamento de pessoal do DNIT (CGCIT e SR) Fase permanente: Equipes do DNIT

12 MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES DNIT CGCIT COMPATIBILIZAÇÃO ENTRE O SISTEMA DE CUSTOS (SICRO) E O SISTEMA DE MEDIÇÕES (SMD/SIAC) Projetos Projetos Alterações de projeto em fase de obras Alterações de projeto em fase de obras Os itens de serviço não constantes do SICRO2 devem ser analisados e homologados pela CGCIT anteriormente à aprovação; Os itens de serviço do SMD/SIAC (17.000), ou seja, efetivamente contratados pelo DNIT, devem ter sua CCU padronizada e serem integrados à base do SICRO (1.200)

13 MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES DNIT CGCIT ACOMPANHAMENTO DE CUSTOS DE OBRAS Monitoramento dos custos de obras em seu ciclo de vida (planejamento, projeto, contratação, alterações em fase de obras); Custo global e custo parcial de fases (terraplenagem, pavimntação, drenagem, OAE, etc); Custos e quantidades dos principais serviços; Custos médios gerenciais.

14 MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES DNIT CGCIT ESTUDOS DE CUSTOS Pesquisa de salários (planejado) Pesquisa de salários (planejado) Salários do setor de construção pesada Construção Consultoria Desenvolvimento de metodologia de pesquisa Formação de parcerias ? (CONFEA, FGV) Pesquisa terceirizada ?

15 MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES DNIT CGCIT ESTUDOS DE CUSTOS Custo operacional de máquinas (planejado) Custo operacional de máquinas (planejado) Custo produtivo Custo improdutivo Verificação da vida útil Estudo de valor residual Custos de manutenção Consumos Salários dos operadores

16 MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES DNIT CGCIT ESTUDOS DE CUSTOS Custos de consultoria (planejado) Custos de consultoria (planejado) Consumo de mão de obra e equipamentos por unidade de serviço Custos de equipamentos e veículos Custos indiretos (custos administrativos) Margem de lucratividade do setor Forma de precificação e contratação

17 MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES DNIT CGCIT ESTUDOS DE CUSTOS Atualização dos índices de reajustamento (iniciado) Atualização dos índices de reajustamento (iniciado) Índices calculados pela FGV Metodologia prevê atualizações periódicas Cesta de serviços e insumos Ponderação de serviços e insumos Necessidade de novos índices (Aço para OAE, OAE sem aço, Defensas)

18 MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES DNIT CGCIT ESTUDOS DE CUSTOS Estudo de mercado do asfalto (concluído) Estudo de mercado do asfalto (concluído) Compreensão da cadeia produtiva e da formação de preços dos asfaltos Identificação da origem da distorção entre preços informados e praticados Estudo de novas formas de aquisição dos asfaltos Registro de preços Remuneração por nota fiscal Referências de preços confiáveis (monitoramento da ANP)

19 MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES DNIT CGCIT ESTUDOS DE CUSTOS Atualização do LDI/BDI (iniciado) Atualização do LDI/BDI (iniciado) Pesquisa de lucratividade Lucro bruto x lucro líquido (TCU: IRPJ e CSLL) Pesquisa de custos indiretos Modelagem de custos de administração da obra Consideração de riscos Consideração de seguros e garantias BDI provisório até a conclusão dos estudos (2010)

20 MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES DNIT CGCIT AgradecemosAAtenção. Silvio Figueiredo Mourão Coordenador Geral de Custos/DNIT Tel: (61)


Carregar ppt "MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES DNIT CGCIT Coordenação Geral de Custos de Infra-Estrutura CGCIT Julho/2009 A Gestão de Custos no DNIT."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google