A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

DIVERSIDADE E VALORES: COMO TRABALHAR OS NÍVEIS DE CONHECIMENTO EM SALA DE AULA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "DIVERSIDADE E VALORES: COMO TRABALHAR OS NÍVEIS DE CONHECIMENTO EM SALA DE AULA."— Transcrição da apresentação:

1 DIVERSIDADE E VALORES: COMO TRABALHAR OS NÍVEIS DE CONHECIMENTO EM SALA DE AULA

2 Mais do que discutir idéias, é preciso se criar um espírito. Moacir Gadotti

3 Os valores precisam de momentos certos para serem mostrados e, sobretudo, necessitam de exemplos para serem explorados, circunstâncias específicas para que sejam compreendidos, ambientes emocionalmente preparados para que sejam discutidos. Que momentos são esses, diante de uma lista de conteúdos que temos a cumprir?

4 Sugestões de atividades comuns a todos os valores: Murais inspirando as crianças a trazerem fotos, poesias, músicas, etc., relacionado ao tema.Murais inspirando as crianças a trazerem fotos, poesias, músicas, etc., relacionado ao tema. Criação de slogans ou frases sugestivas.Criação de slogans ou frases sugestivas. Gincanas: concurso de poesias, arrecadações (gráficos, levantamentos, etc.).Gincanas: concurso de poesias, arrecadações (gráficos, levantamentos, etc.). Reflexões: quais as características de uma criança organizada? Em casa, na escola, nas brincadeiras, nas tarefas, com os seus pertences, etc.Reflexões: quais as características de uma criança organizada? Em casa, na escola, nas brincadeiras, nas tarefas, com os seus pertences, etc.

5 Exploração de letras de músicas (ex.: Gentilieza)Exploração de letras de músicas (ex.: Gentilieza) Questionários de entrevistas para as famílias ou pessoas da comunidade.Questionários de entrevistas para as famílias ou pessoas da comunidade. Profissionais de diversas áreas sendo convidados para uma visita.Profissionais de diversas áreas sendo convidados para uma visita. Caderno especial da turma com valores.Caderno especial da turma com valores. Censo escolar.Censo escolar. O professor deve estar atento para a proveitar todas as chances em que a própria vida se torna uma lição.

6 Os professores não são apenas consumidores, mas são também produtores do saber. Os professores não são apenas executores, mas são também criadores de instrumentos pedagógicos. Os professores não são apenas técnicos, mas são também profissionais críticos e reflexivos... (NÓVOA: 1998 p. 31).

7 Por isso é que, na formação permanente de professores, o momento fundamental é o da reflexão crítica sobre a prática. É pensando criticamente a prática de hoje ou de ontem que se melhora a próxima prática (FREIRE, 2004 p.39).

8 - Para Paulo Freire o conhecimento, deve preparar os educandos para a inserção na sociedade. Devemos construir neles valores, criticidade e pensamentos inovadores que contribuam para o melhoramento da sociedade.

9 Como a escola deve estar organizada para essas crianças?

10 TODO PROJETO QUE PRETENDA ABORDAR O TEMA DE VALORES DEVE PENSAR SOBRE A PRÓPRIA INSTITUIÇÃO. Como a sua escola foi apresentada à comunidade? Quais valores você acredita que a comunidade identifica em sua escola? Slide: Reunião de pais

11 Algumas sugestões Super-troca de figurinhas Semana da Saúde Feira da Família Festa da Família Projeto EJA Cantos, Contos e Encantos no Expoente Participação em oficinas de sala de aula Vídeo das mães: ezpoemt

12 Algumas sugestões Tarefa de casa: Junto com as pessoas que moram com você, pensem em um valor e escrevam algo sobre ele. Fazer uma lista, junto com as pessoas que moram com você, percebendo onde pode haver mais cooperação em sua casa. Para pensar: todo dia um adulto precisa relembrar quais são os seus afazeres?

13 Algumas sugestões Para casa: Escolha algumas pessoas, observe suas qualidades e registre. Dizer para 10 pessoas algumas palavras que transmitam paz. Fazer uma lista. A criança deve perceber que está inserida num contexto maior e que pode fazer tarefas maiores, assegurando assim sua identidade e se enriquecendo como ser social. Falar pode ser abstrato, é preciso praticar e demonstrar.

14 DEVE-SE PARTIR DO COTIDIANO, DESDE COMPORTAMENTO E RELACIONAMENTO, ATÉ AÇÕES COLETIVAS A RESPEITO DO LIXO, BIBLIOTECA, PROJETOS SOCIAIS, ENVOLVIMENTO DAS FAMÍLIAS, ETC. Portfólio: Literatura

15 Debatendo práticas escolares: Interação Aluno participa do seu processo de aprendizagem Conhecimento como construção Contextualização Educação para formação crítica e reflexiva Valorização da autonomia Investir na formação de valores Debater as normas e regras da escola (diálogo)

16 DESCONTRUINDO PARADIGMAS NA PRÁTICA ESCOLAR Respeito à individualidade. Valorização das habilidades individuais. Incentivo ao desenvolvimento de novas habilidades. Relacionamento saudável (atitudes, apelidos, rótulos, etc.).

17 A linguagem não é a via principal pela qual se dominam as relações lógicas e físicas. A ação é o que é!

18 Ações: - Por meio de projetos educacionais alunos e professores podem desenvolver e mostrar suas habilidades e interesses; - Preparar atividades, cuja realização permita aos estudantes construir conhecimentos; - Saber orientar o trabalho das crianças; - Saber avaliar; - Adquirir formação necessária para associar ensino e aprendizagem. Projetos Educacionais

19 ZIRUDOWISKI PELUDÃO NHEC-NHEC SERELEPE Reúnam-se em grupos (6 pessoas). Escolham um dos dois. Crie uma forma para abordar e sensibilizar os alunos com relação a um VALOR. Apresente, em grupo e de forma criativa, aos seus colegas. Pode utilizar materiais diversos!

20 Brincar com criança não é perder tempo, é ganhá-lo; se é triste ver meninos sem escola, mais triste ainda é vê-los sentados enfileirados, em salas sem ar, com exercícios estéreis, sem valor para a formação do homem. (Drummond)

21 CD: Palavra Cantada

22


Carregar ppt "DIVERSIDADE E VALORES: COMO TRABALHAR OS NÍVEIS DE CONHECIMENTO EM SALA DE AULA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google