A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Programa URB-AL Diagnóstico técnico para seleção dos cinco Centros locais de cidadania das mulheres como defensores da igualdade.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Programa URB-AL Diagnóstico técnico para seleção dos cinco Centros locais de cidadania das mulheres como defensores da igualdade."— Transcrição da apresentação:

1 Programa URB-AL Diagnóstico técnico para seleção dos cinco Centros locais de cidadania das mulheres como defensores da igualdade

2 Diagnóstico para a escolha das regiões nas quais serão implantados os 5 centros; Critérios do Projeto: Locais com maior precariedade de condições de vida das mulheres (índices mais deficitários); Locais com carência e necessidades de serviços públicos relacionados às mulheres.

3 FONTES QUALITATIVAS: Reuniões da Equipe da Coordenadoria da Mulher; Reuniões com as diretoras dos Centros de atendimento à Mulher (administração direta); Plano de Obras e Serviços do OP-2005 SAS - 2 Núcleos de Referência: « Butantã/ Raposo Tavares « Campo Limpo/ Capão Redondo Movimento de Mulheres - Conferências.

4 FONTES QUANTITATIVAS: Mulheres em São Paulo: um Perfil da Cidade Fundação IBGE - Censo demográfico 2000; Fundação SEADE, Secretaria de Segurança Pública Mapa da Vulnerabilidade Social da população da cidade de São Paulo, Fundação IBGE - Censo demográfico Guia de Serviços da Rede de Saúde Sexual e Reprodutiva e de Atendimento à Vítima de Violência Sexual e Doméstica, SMS - 05/2004.

5 Apresentação dos dados quantitativos: mulheres do município de São Paulo Dados demográficos Responsáveis por domicílios Renda Escolaridade Saúde Variáveis selecionadas: Violência

6 POPULAÇÃO

7

8

9 RENDA, TRABALHO E CHEFIA FAMILIAR

10

11

12

13 ESCOLARIDADE

14

15

16

17

18 SAÚDE DA MULHER

19

20

21

22

23

24 VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER

25 Taxa de ocorrências de estupros registradas nas DPs, entre 2000 e 2002 por distritos, a cada 100 mil mulheres.

26 Taxa de ocorrências de lesão corporal dolosa registradas nas DDMs, entre 2000 e 2002, por distritos, a cada 100 mil mulheres.

27 Taxa de mortes por homicídios para pessoas acima de 10 anos, entre 1999 e 2001, por distritos, a cada 100 mil mulheres (SSP).

28 Taxa de atentado violento ao pudor, segundo as Delegacias Seccionais de Polícia, entre 2000 e 2002, a cada 100 mil habitantes (SSP).

29 Distritos mais incidentes em relação a violência contra a mulher Campo Limpo Capela do Socorro Guaianases Cangaíba

30 EQUIPAMENTOS de SAÚDE

31 Equipamentos (UBS) que prestam serviço a mulheres vítimas de violência sexual e doméstica

32 RANKING E SÍNTESE DOS INDICADORES

33 A - População total de mulheres, por sub. - maior pop. de mulheres B - Rendimento Médio entre as mulheres negras e brancas, por subprefeitura - menores rendas

34 C - Mulheres chefes de domicílio com Inserção Vulnerável, no total de chefia, por subprefeitura (maiores índices) D - Taxa de chefia familiar entre mulheres (acima de 15 anos) - por subprefeitura (maiores índices)

35 E - Total de responsáveis Mulheres com até 8 anos de escolaridade, por subprefeitura F - Média de anos de estudo de mulheres (acima de 10 anos), por subprefeitura

36 G - Taxa de analfabetismo entre mulheres de 15 anos e mais, por subprefeitura H - Taxa de mães jovens, em relação ao total de mães, por Subprefeitura

37 I - Taxa de Mortalidade por doenças infecciosas e parasitárias, para mulheres com 10 anos e mais, por 100 mil - por sub J - Taxa de Mortalidade Neo e Pós-Natal, em 2002, por 1000 nascimentos, por sub

38 Regiões mais incidentes entre as 5 piores posições nos indicadores

39 CASAS DE SERVIÇOS E DE APOIO ÀS MULHERES NA CIDADE DE SÃO PAULO Brasilândia - Casa Brasilândia (administração direta); Vila Clementino - Casa Eliane de Grammont ( ad. direta); São Mateus - Casa Cidinha Kopcak (convênio SAS); Itaim Paulista - Casa de Isabel (convênio SAS); Jardim Ângela - Casa Sofia (convênio SAS); Guaianazes - Núcleo de Defesa e Convivência da Mulher Viviane dos Santos (convênio SAS).

40 Fonte qualitativa Movimento de Mulheres Referência: Conferência Municipal de Mulheres da Cidade de São Paulo e Resolução Geral: Políticas públicas integradas (rede de serviços); Projetos de Formação Cidadã; Fortalecimento da Participação e do Controle Social das políticas públicas; Criação de espaços públicos específicos: Zona Leste - em São Miguel Paulista, Itaim Paulista e Ermelino Matarazzo. Zona Sul - em Cidade Ademar, Campo Limpo, Santo Amaro e Capela do Socorro.

41 Ranking dos indicadores quantitativos Itaim Pta São Miguel Guainases Parelheiros Perus Ranking dos indicadores de violência Campo Limpo Capela do Socorro Guainases Penha Aonde existem casas Brasilândia Vila Clementina Guainases São Mateus Itaim Pta. Jardim Angela Movimento de mulheres São Miguel Itaim Pta. Ermelino Matarazzo Cidade Ademar Campo Limpo Santo Amaro Capela do Socorro Quadro Comparativo entre os indicadores selecionados

42 DECISÃO POLÍTICA OUTRAS VARIÁVEIS Adesão do poder local ao Projeto ? Disponibilidade de espaço ? Acessibilidade ?


Carregar ppt "Programa URB-AL Diagnóstico técnico para seleção dos cinco Centros locais de cidadania das mulheres como defensores da igualdade."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google