A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Juarez de Sousa e Silva Roberta Martins Nogueira Consuelo Diomenici Roberto Processamento do Café com Higiene Secagem a Altas Temperaturas Avançar.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Juarez de Sousa e Silva Roberta Martins Nogueira Consuelo Diomenici Roberto Processamento do Café com Higiene Secagem a Altas Temperaturas Avançar."— Transcrição da apresentação:

1 Juarez de Sousa e Silva Roberta Martins Nogueira Consuelo Diomenici Roberto Processamento do Café com Higiene Secagem a Altas Temperaturas Avançar

2 Secador por Convecção Natural O secador tem um trocador de calor que transfere diretamente para o ar de secagem o calor proveniente da fornalha. Este ar entra no secador lateralmente através de aberturas na parte inferior da câmara de secagem (Figura) (Figura) O secador por convecção natural possui as seguintes características: a) Não necessita de ventiladores; b) Baixo custo inicial;

3 Secador por Convecção Natural c) Não necessita de mão de obra especializada para sua construção; d) Baixa eficiência térmica quando comparado com secadores de convecção forçada; e) Projeto inadequado da câmara pode provocar desuniformidade de temperatura e do fluxo de ar; f) Riscos de contaminação do produto pela fumaça, caso haja perfurações ou vazamentos no trocador de calor.

4 Secador por Convecção Natural Quando bem dimensionados e adequadamente construídos, os problemas são minimizados.

5 Secador de Camada Fixa O café cereja ou o café despolpado com alto teor de umidade inicial é colocado na câmara de secagem. O ar aquecido é forçado a passar através da camada de café usando um ventilador (Figura)(Figura) a) A carga e descarga são geralmente feitas de forma manual. Tradicionalmente, a temperatura do ar deve ser mantida a níveis moderados (abaixo de 55°C) Vídeo

6 Secador de Camada Fixa b) O secador de camada fixa é capaz de reduzir o teor de umidade de uma camada de 0,40m de altura de café natural de 65 % para 12% b.u. em 50h. c) O café deve ser revolvido em intervalos de 2 e 3 h.

7 Secador Flex Basicamente, o secador flex é uma fusão do secador de camada fixa, convecção natural e do secador solar (telhado coletor) Pode ser construído com uma fornalha, um trocador de calor e uma chaminé. Para completar o sistema, um ventilador é adicionado para forçar a convecção do ar quente e vencer a resistência oferecida pela camada de café. (Figura)(Figura) Com a adição de um telhado coletor de energia solar é possível fornecer a energia necessária para a secagem durante o dia. (Figura)(Figura)

8 Utiliza um único ventilador centrífugo que fornece o fluxo de ar para a secagem e movimentação do produto (carga, descarga e revolvimento) Secador Pneumático

9

10 Fluxo Concorrente e Contra-Corrente na Secagem do Café Movimento do ar de secagem e do produto no interior do secador Café Ar de Secagem Fluxo Contra-Corrente Café Ar de Secagem Fluxo Concorrente

11 Fluxos Concorrentes e Contra-Correntes Protótipos de secadores intermitentes com fluxo concorrentes e contra-correntes foram projetados, construídos, avaliados e adaptados para as condições de secagem de café no Brasil. (Figura)(Figura) Os secadores são caracterizados pela: a) Alta eficiência térmica; b) Baixo custo inicial; c) Fácil operação e manutenção Texto original Voltar para o Menu

12 Voltar Secador por Convecção Natural

13 Avançar Secador de Camada Fixa

14 Voltar Secador de Camada Fixa

15 Avançar Secador Flex

16 Voltar

17 Secador Flex Voltar

18 Fluxos Concorrentes Avançar

19 Fluxos Contra-Correntes Avançar

20 Fluxos Mistos

21 Fazenda da EPAMIG Voltar Secadores de Café com Fluxos Mistos


Carregar ppt "Juarez de Sousa e Silva Roberta Martins Nogueira Consuelo Diomenici Roberto Processamento do Café com Higiene Secagem a Altas Temperaturas Avançar."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google