A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Formação Paroquial Sejam bem vindos (as). ORAÇÃO INICIAL - Abertura - Verdadeiramente ressurgiu Jesus! (bis) Cantemos aleluia! Resplandece a luz! (bis)

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Formação Paroquial Sejam bem vindos (as). ORAÇÃO INICIAL - Abertura - Verdadeiramente ressurgiu Jesus! (bis) Cantemos aleluia! Resplandece a luz! (bis)"— Transcrição da apresentação:

1 Formação Paroquial Sejam bem vindos (as)

2 ORAÇÃO INICIAL - Abertura - Verdadeiramente ressurgiu Jesus! (bis) Cantemos aleluia! Resplandece a luz! (bis) - Glória ao Pai e ao Filho e ao Santo Espírito. (bis) Glória à Trindade Santa, glória ao Deus bendito. (bis) - Na tarde de Páscoa ele apareceu, (bis) A paz e a alegria trouxe para os seus (bis)

3 Hino CRISTO, NOSSA PÁSCOA, FOI IMOLADO Cristo, nossa Páscoa, foi imolado, aleluia!/ Glória a Cristo, Rei ressuscitado, aleluia! 1. Páscoa sagrada! Ó festa de luz! / Precisas despertar: Cristo vai te iluminar! 2. Páscoa sagrada! Ó festa universal!/ No mundo renovado é Jesus glorificado!

4 Hino CRISTO, NOSSA PÁSCOA, FOI IMOLADO Cristo, nossa Páscoa, foi imolado, aleluia!/ Glória a Cristo, Rei ressuscitado, aleluia! 3. Páscoa sagrada! Vitória sem igual!/ A cruz foi exaltada, foi a morte derrotada! 4. Páscoa sagrada! Ó noite batismal!/ De tuas águas puras nascem novas criaturas!

5 Hino CRISTO, NOSSA PÁSCOA, FOI IMOLADO Cristo, nossa Páscoa, foi imolado, aleluia!/ Glória a Cristo, Rei ressuscitado, aleluia! 5. Páscoa sagrada! Banquete do Senhor!/ Feliz a quem é dado ser às núpcias convidado! 6. Páscoa sagrada! Cantemos ao Senhor!/ Vivamos a alegria, conquistada em meio à dor!

6 Salmo 147 Louvai a Deus, aleluia, pois grande é seu nome, aleluia! 1.Louvai o Senhor Deus porque ele é bom, Ele é digno de louvor, ele o merece! O Senhor reconstruiu Jerusalém, e os dispersos de Israel juntou de novo. 2.Ele conforta os corações despedaçados, Ele enfaixa suas feridas e as cura! Fixa o número de todas as estrelas e chama a cada um por seu nome.

7 Salmo 147 Louvai a Deus, aleluia, pois grande é seu nome, aleluia! 3. É grande e onipotente o nosso Deus, seu saber não tem medida nem limites. O Senhor Deus é o amparo dos humildes, mas dobra até o chão os que são ímpios. 4. Entoai, cantai a Deus ação de graças, tocai para o Senhor em vossas harpas! Ele reveste todo o céu com densas nuvens, e a chuva para a terra ele prepara.

8 Salmo 147 Louvai a Deus, aleluia, pois grande é seu nome, aleluia! 5. Faz crescer a verde relva sobre os montes e as plantas que são úteis para o homem; Ele dá aos animais seu alimento e ao corvo e a seus filhos que o invocam. 6. Não é a força do cavalo que lhe agrada, nem se deleita com os músculos do homem; mas agradam ao Senhor os que o respeitam, os que confiam esperando em seu amor!

9 Salmo 147 Louvai a Deus, aleluia, pois grande é seu nome, aleluia! 7. Glória a Deus presente em nossa história, e a Jesus que o Pai nos enviou, ao Espírito, de Deus amor materno, toda graça, toda honra e louvor.

10 Leitura Bíblica João 6,1-15

11 Preces D: Adoremos o Cristo, Senhor ressuscitado, e confiemos a ele nossos pedidos e nosso louvor: Escuta-nos, Senhor da glória! 1. Envia, Senhor, às Igrejas cristãs, o teu Espírito e renova-as na sua missão, rezemos.

12 Preces Escuta-nos, Senhor da glória! 2. Dá ao nosso mundo a paz, fruto da justiça e da igualdade entre todas as pessoas, rezemos 3. Protege tuas testemunhas em todos os lugares do mundo e defende as pessoas que arriscam suas vidas a serviço dos irmãos, rezemos

13 Pai-nosso Oremos: Ó Deus, Criador do universo, pela ressurreição de Jesus mostraste por nós o teu amor materno. Faze-nos viver de uma maneira nova como testemunhas do teu Reino. Por Cristo, nosso Senhor. Amém!

14 Benção Final O Deus da paciência e Mãe da Consolação nos faça viver unidos no mesmo pensar e no mesmo sentir, agora e para sempre. Amém! Louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo, aleluia! Para sempre seja louvado, aleluia!

15 FORMAÇÃO PAROQUIAL ESTUDO DO EVANGELHO DE SÃO LUCAS - Introdução - Paróquia Sagrada Família (Itajubá)

16 Quem é o autor? Nasceu em Antioquia (Síria) - Pagão. Sua conversão ocorreu por ocasião das pregações de Paulo e Barnabé, na nascente Igreja de Antioquia. Lucas apresentado como médico. Usa linguagem correta (grego), o que permite dizer que era homem culto de boa origem social.

17 Quem é o autor? Certamente NÃO foi uma testemunha imediata de Jesus, mas um cristão da segunda ou terceira geração cristã ( d.C.). Para escrever o evangelho e os Atos dos Apóstolos, há informações de que consultou testemunhas OCULARES: Apóstolos, por exemplo. Morreu aos 84 anos em Tebas (Grécia).

18 Quando escreveu? O lugar e a data de composição de Lucas e Atos são ainda hoje objeto de grande discussão. A maioria dos estudiosos, porém, situam a obra no decênio d.C. Foi escrita fora da Palestina: Antioquia da Síria, Éfeso, na Ásia Menor; e/ou Corinto, na Grécia.

19 Para quem? As pessoas que já receberam uma formação inicial na fé (origem paulina). Para uma comunidade que corre o risco de uma volta a vida pagã (Gentios-cristãos). Parece uma Igreja que necessita de CONVERSÃO, palavra muito presente no texto. Direcionada - Teófilo (amigo de Deus). Síntese do evangelho: O FILHO DO HOMEM VEIO PROCURAR E SALVAR O QUE ESTAVA PERDIDO.

20 Comunidades urbanas (rotas comercias, portuárias). São comunidades localizadas nas periferias das grandes cidades. Comunidades nas quais participam ricos e pobres, basta ver as passagens: os quatro ais contra os ricos (6,24-26); a parábola do rico que encheu o seu celeiro (12, 16-21); a parábola do pobre Lázaro e do rico (16,19-31).

21 TEOLOGIA DE LUCAS

22 O Salvador do mundo (Luz do Mundo 2,31-32) O Senhor (Jesus é o Senhor 2,11) O homem do povo (andava entre o povo 5,1) O profeta de Deus (início da vida pública 4,18)

23 - Caminhar com Jesus (9,57): Jesus, na sua caminhada para Jerusalém (9,51-19,27) revela aos discípulos as exigências do seguimento

24 - Permanecer firme: O mesmo se diga de Lc 21,8-11 (não se deixar enganar). Muitos virão no nome dele.

25 Para quê? (intenção do autor) Ele relata a vida e o ministério de Jesus de Nazaré, detalhando a história dos acontecimentos de Seu Nascimento até Sua Ascensão. A intenção é de edificação: é para fortalecer a convicção e aprofundar a fé em Jesus Cristo e no seu projeto.

26 Lucas quer mostrar e reforçar a verdade sobre Jesus Cristo e que ele veio para dar a vida a todos. Ver Jesus como o libertador e salvador do mundo. Os protagonistas da reconstrução de uma nova sociedade são os pobres e os humildes de coração que aceitaram o projeto de Deus na pessoa de Jesus Cristo... Somos nós cristão comprometidos com a Palavra de Deus.

27 Fontes Marcos. Fonte com ditos de Jesus (Q). Testemunhos dos apóstolos e tradições orais.

28 Conteúdo O Evangelho de Lucas narra a história do nascimento milagroso de Jesus, bem como seu ministério de curas e suas parábolas, sua paixão, ressurreição e ascensão.

29 Estrutura - Prólogo: 1,1-4 - Introdução: Evangelho da Infância: 1,5-2,52 - Preparação da missão de Jesus: 3,1-4,13 - Ministério de Jesus na Galileia: 4,14-9,50 - Caminho para Jerusalém: 9,51-19,44 - Ministério de Jesus no Templo: 19,45-21,24 - Paixão, morte e ressurreição de Jesus: 22-24

30 CURIOSIDADES Capítulos: 24 e Versículos: BOI: Lucas dá início ao seu evangelho com o anúncio do nascimento de João Batista que se deu no templo, onde os touros eram oferecidos em sacrifício ao Senhor. Há 21 narrativas de MILAGRES Há 24 PARÁBOLAS

31 Passagens exclusivas de Lucas Marta e Maria (10,38-42); A pecadora perdoada (7,36-50); A mulher que procura a moeda perdida (15,8-10); A mulher encurvada (13,10-17); O Cântico de Maria (1,46ss); Os quatro ais contra os ricos (6,24-26); Lázaro e o rico (16,19-31); O Bom Samaritano (Lucas 10,30-37) Filho Pródigo (15,11,32

32 CANTO Tua Palavra é lâmpada para os meus pés Senhor, Tua Palavra é lâmpada para os meus pés Senhor. Lâmpada para os meus pés e luz, luz para o meu caminho, lâmpada para os meus pés e luz, luz para o meu caminho!

33 Chaves de Leitura 1 - Evangelho do Espírito: A presença do Espírito Santo como força que acompanha, conduz e inspira a missão de Jesus e da Igreja. Quais passagens falam sobre o Espírito Santo?

34 Chaves de Leitura 2 - Evangelho da misericórdia de Deus: A misericórdia, o carinho e acolhida para com os pecadores é outro ponto forte de Jesus, segundo Lucas. Quais passagens falam sobre a misericórdia?

35 Chaves de Leitura 3 - Evangelho dos pobres e marginalizados: a primeira tarefa da missão de Jesus: evangelizar os pobres. Qual relação com os ricos. Quais passagens falam sobre a pobreza ou riqueza?

36 Chaves de Leitura 4 - Evangelho da valorização da mulher: Lucas cita um número maior de mulheres do que os outros. Evangelista das mulheres. (Personagens) Quais passagens falam sobre as mulheres?

37 Chaves de Leitura 5 - Evangelho do caminho: O discipulado traz exigências radicais porque é o seguimento de Jesus no caminho da Galileia a Jerusalém. Qual o caminho que Jesus seguiu? Qual caminho devemos seguir? Quais passagens mostram Jesus em seu caminho ou caminhando!

38 ahoo.com.br


Carregar ppt "Formação Paroquial Sejam bem vindos (as). ORAÇÃO INICIAL - Abertura - Verdadeiramente ressurgiu Jesus! (bis) Cantemos aleluia! Resplandece a luz! (bis)"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google