A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

de Janeiro, 27/04/2000 O E-Commerce, o EDI e a Internet nas Atividades Portuárias João Affonso Dêntice Empresa Brasileira de Planejamento.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "de Janeiro, 27/04/2000 O E-Commerce, o EDI e a Internet nas Atividades Portuárias João Affonso Dêntice Empresa Brasileira de Planejamento."— Transcrição da apresentação:

1 de Janeiro, 27/04/2000 O E-Commerce, o EDI e a Internet nas Atividades Portuárias João Affonso Dêntice Empresa Brasileira de Planejamento de Transportes - GEIPOT Rio de Janeiro, 27 abril de

2 de Janeiro, 27/04/2000 E-COMMERCE EFACT - ONUa ONU:a realização de negócios eletronicamente (correio e mensagens eletrônicas, tecnologia World Wide Web, cartões inteligentes, transferências eletrônicas de valores e intercâmbio eletrônico de dados); OMC: OMC: "a produção, promoção, venda e distribuição de produtos por meio de redes de telecomunicação OCDE: OCDE: "as transações comerciais nas quais estão envolvidos tanto particulares como organizações, baseadas no processamento e transmissão de informação digitalizada, incluindo textos, sons e imagens, através de redes abertas ( tipo internet), ou fechadas (tipo intranet), com uma saída para uma rede aberta 2.

3 de Janeiro, 27/04/2000 BASES DO COMÉRCIO ELETRÔNICOPROCEDIMENTOS COMERCIAIS SIMPLIFICADOS E HARMONIZADOS LEGISLAÇÃO PRÓPRIA GovernosGovernos OrganismosOrganismos Internacionais IMPLANTAÇÃO DE MEIOS E INSTRUMENTOS TECNOLÓGICOS InternetInternet CartõesCartões Magnéticos Inteligentes EDI,EDI, World Wilde Web, etc. TRANSAÇÕES COMERCIAIS ELETRÔNICAS 3.

4 de Janeiro, 27/04/2000 E D I "Eletronic Data Interchange", Interchange", (Troca Eletrônica de Dados), "a transmissão eletrônica de documentos comerciais padronizados entre computadores de modo que a informação possa ser processada sem a necessidade da intervenção manual ou do documento original impresso" ou também, "a troca de mensagens estruturadas entre computadores, sem a intervenção humana na leitura ou gravação dessas mensagens

5 de Janeiro, 27/04/2000 REDE DE VALOR AGREGADO CONCEITO DE EDI.5..5.

6 de Janeiro, 27/04/

7 de Janeiro, 27/04/

8 de Janeiro, 27/04/

9 de Janeiro, 27/04/2000 PROCEDIMENTO OU FLUXO DE UM CONHECIMENTO DE EMBARQUE OU PLANO DE ESTIVA DE UM NAVIO.9..9.

10 de Janeiro, 27/04/ % COM ALGUM TIPO DE ERRO 70% FLUXO DA DOCUMENTAÇÃO COMERCIAL NO MUNDO 30% GERENCIAMENTO DOS TRANSPORTES 10.

11 de Janeiro, 27/04/

12 de Janeiro, 27/04/2000 DA DÚVIDA AO DESESPERO 12.

13 de Janeiro, 27/04/2000 Seu objetivo principal é fixar uma padronização de mensagens para o intercâmbio de tipos de informações a nível mundial. É a sintaxe mais difundida e usada no mundo*. Declarações de Carga (mensagem IFC-SUM); Declarações Aduaneiras (mensagem CUSDEC); Plano de Estiva dos Navios ou Bayplan (mensagem BAPLIE), etc. *Nos *Nos EE.UU.: EE.UU.: SINTAXE ANSI S.12 Na Europa: Diretriz HAZMAT (Notificação de Mercadorias Perigosas) No Mediterrâneo: Mediterrâneo: MARNET No Atlântico: 3SNET No Báltico: BOPCOM (Redes de Intercâmbio de Dados e Informações) SINTAXE EDIFACT (ONU) EDI For Administration Commerce and Transport 13.

14 de Janeiro, 27/04/2000 São Computadores Computadores que assumem a função de gerenciar a troca de mensagens, realizando a função de caixa de correspondência e de controlador para garantir a integridade das mensagens. OBJETIVOS DAS VANs Permitir o intercâmbio de informações entre os diversos interlocutores e o encaminhamento das mensagens entre as distintas redes existentes; Realizar as funções de recebimento, armazenamento e encaminhamento das diversas mensagens, independente da data ou horário de sua produção; V A N Value Added Network 14.

15 de Janeiro, 27/04/ REDE DE VALOR AGREGADO

16 de Janeiro, 27/04/2000 VALORES AGREGADOS DAS VANs VALORES AGREGADOS DAS VANs Processamento Processamento Automático: Automático: É dispensada a reintrodução manual da mensagem ou seja, a re-digitação da informação; Maior Maior Qualidade e Confiabilidades da Informação: Informação: Mensagens livres de erros de digitação, e com a garantida de sua coerência; Maior Maior Rapidez no Acesso à Informação: Informação: Em razão da diferença de velocidade, em função da dispensa da impressão e do translado da informação de um local para outro e, também, pela facilidade que supõe o envio do mesmo documento padronizado à vários destinatários, sem qualquer outra exigência ou distinção; Independência Independência de Idioma: Idioma: Ao serem padronizados os distintos documentos e campos de dados, torna-se necessário somente identificar (no campo correspondente) cada elemento, dispensando sua descrição. Por exemplo, o conteúdo do campo, placa de um veículo, poderia ser MI-2406-DF, independente de qualquer outra informação e, independente do idioma. 16.

17 de Janeiro, 27/04/

18 de Janeiro, 27/04/2000 Necessidade de uma Harmonia e Firme Determinação de Propósitos Comuns de todos os Órgãos e Agentes envolvidos no Processo. No caso específico dos Transportes e Atividades Portuárias: OGoverno Federal; As As Autoridades Portuárias; demais Autoridades envolvidas: Autoridades Autoridades Aduaneiras, Fito-Sanitárias, etc.; Todos Todos os usuários e demais intervenientes no processo: Donos Donos das mercadorias Armadores Armadores e transportadores Consignatários Consignatários das cargas Proprietários Proprietários e/ou Operadores de Terminais Agentes, Agentes, Despachantes, etc. FATOR DE SUCESSO DO E-COMMERCE E EDI 18.

19 de Janeiro, 27/04/2000 Sem essa Integração e Estreita Conivência e Colaboração entre o Setor Público e o Privado, não se chegará a lugar algum; ou melhor, Nossos Sistemas de Transportes e nossos Portos continuarão a ser Menos Eficientes, Menos Seguros e os Mais Caros do Mundo. 19.

20 de Janeiro, 27/04/2000 Muito Obrigado ! 20.


Carregar ppt "de Janeiro, 27/04/2000 O E-Commerce, o EDI e a Internet nas Atividades Portuárias João Affonso Dêntice Empresa Brasileira de Planejamento."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google