A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Usabilidade do Portal Biblioteca On-line do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE): um Estudo de Caso CONCLUSÕES PRELIMINARES O Portal da biblioteca.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Usabilidade do Portal Biblioteca On-line do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE): um Estudo de Caso CONCLUSÕES PRELIMINARES O Portal da biblioteca."— Transcrição da apresentação:

1 Usabilidade do Portal Biblioteca On-line do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE): um Estudo de Caso CONCLUSÕES PRELIMINARES O Portal da biblioteca do INPE pode ser considerado como um site adequado. Faz-se necessário fazer alguns ajustes nas áreas em que as diretrizes foram violadas, buscando o alcance de uma maior eficácia do Portal. Reforça-se a importância da construção de sites interativos para bibliotecas. Há necessidade de continuidade da avaliação pelos próprios usuários do site, o que pretende-se com a aplicação deste estudo de caso. Silvia Castro Marcelino Universidade Braz Cubas (UBC), Mogi das Cruzes, SP Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), São José dos Campos, SP INTRODUÇÃO Dois conceitos básicos são necessários para o início deste trabalho: USABILIDADE: é um dos requisitos para avaliação da qualidade de um produto ou sistema, definido pela norma ISO ( Guidelines on Usability, 1998 ) como: Capacidade de um produto ser utilizado por usuários específicos para atingir objetivos específicos com eficácia, eficiência e satisfação em um contexto específico de uso. BIBLIOTECA: Conforme Houaiss (2001), esta palavra tem origem nas palavras gregas biblion (livro) e teke (caixa, depósito), significando portanto um depósito de livros. Atualmente as bibliotecas tem mais uma função de gerenciar a informação e disponibilizá-la à uma comunidade específica. As bibliotecas oferecem uma variedade de serviços e produtos, mas para disponibilizá-los aos usuários finais, elas precisam acompanhar os avanços das novas tecnologias de informação e comunicação (NTIC) que surgem e se alteram constantemente, como a Internet. Através de sites de bibliotecas que possuam usabilidade é possível proporcionar aos usuários uma economia da informação para a recuperação desta de forma rápida e eficiente. Fornecendo informações seguras para o desenvolvimento dos trabalhos científicos, o site pode ser considerado uma fonte referencial, uma ferramenta metodológica para seus usuários. Assim, através de links e hiperlinks um site de biblioteca pode levar a um cruzamento de informações, possibilitando no usuário a curiosidade, acumulando dados, transmitindo informações, despertando o raciocínio e, enfim, possibilitando a geração de conhecimento. Resumo Diante dos avanços das novas tecnologias Web, os sites de bibliotecas têm como importante função dar um direcionamento para os usuários que buscam a pesquisa e a produção de um documento, desde o levantamento referencial e textual, através das bases de dados até a conclusão por meio de uma produção científica ou tecnológica. Para que um site de uma biblioteca constitua uma ferramenta metodológica, faz- se necessário que possua usabilidade. A usabilidade é um dos requisitos para avaliação da qualidade de um sistema. Os testes de usabilidade são usados na Ciência da Computação para estudar como ocorre a interação homem-máquina e avaliar as interfaces Web, enquanto os estudos de usuários são usados na Ciência da Informação para conhecer melhor o perfil dos usuários. Os dois estudos em conjunto, através da aplicação de técnicas de observação e de testes, possibilitam uma avaliação mais abrangente de um site. Como estudo de caso, é proposta uma avaliação da usabilidade do Portal Biblioteca On-line do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Através do estudo aplicado a uma amostra de usuários, procurar avaliar o comportamento dos usuários diante do portal, identificar problemas e sugerir mudanças. Desta forma, pretende-se descobrir como a nova tecnologia Web pode contribuir para o acesso à informação e difusão do conhecimento, enfim, para a produção do conhecimento científico e tecnológico. REFERÊNCIAS HOUAISS, A. Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa. Rio de Janeiro: Objetiva, ISO 9241 Part 11 Ergonomic requirements for office work with visual display terminals: Part 11 – Guidelines on usability MARCONDES, C.H. Representação e economia da informação. Ciência da Informação. v.30, n.1, p.61-70, jan/abr Disponível em. Acesso em 18/06/2006.http://www.scielo.br/ NIELSEN, J.; TAHIR, M. Homepage: 50 Websites desconstruídos. Rio de Janeiro: Campus, p. NIELSEN, J. Usability engineering. Academic Press Inc., Boston, USA Site da biblioteca do INPE em 27 de março de 2007 OBJETIVOS Descobrir como a nova tecnologia Web pode contribuir para o acesso à informação e difusão do conhecimento, enfim, para a produção do conhecimento científico e tecnológico. Avaliar o site da biblioteca do INPE a partir da concepção do usuário do Instituto. Discutir o papel de um site bem avaliado como um fator de aprendizagem para o usuário. JUSTIFICATIVA A avaliação do portal da biblioteca do INPE deverá contribuir para: que o portal seja um instrumento para o processo de educação e inovação tecnológica no Instituto; para uma análise mais completa do portal da biblioteca; para uma aprendizagem mais facilitada para o usuário, otimizando o processo individual de geração de conhecimento. Tratando-e de um estudo de caso, pode servir de modelo para avaliação de sites de outras bibliotecas. METODOLOGIA Pretende-se fazer um estudo de caso no site da Biblioteca do INPE, através de testes de usabilidade (avaliação de interfaces Web) e técnicas de observação. Uma técnica a ser utilizada será o Protocolo Think aloud (pensar em voz alta). O avaliador propõe tarefas utilizando a interface enquanto incentiva o usuário a verbalizar sobre o que está fazendo. Os testes devem ser filmados, possibilitando uma análise mais completa. Também pretende-se aplicar um questionário de satisfação, desta forma fazer um estudo do comportamento de busca do usuário diante do portal através de uma amostra de usuários. GRUPO DE DIRETRIZES AVALIADAS 01- Informando o objetivo do site 02- Transmitindo informações sobre sua empresa 03- Criação do conteúdo 04- Links 05- Navegação 06- Pesquisa 07- Ferramentas e atalhos para tarefas 08- Gráficos e animação 09- Design gráfico 10- Componentes da interface com o usuário 11- Títulos de janela 12- URLs 13- Notícias e comunicados à imprensa 14- Janelas pop-up e páginas intermediárias 15- Boas-vindas 16- Comunicando problemas técnicos e tratando de emergências 17- Créditos 18- Recarregamento e atualização de página 19- Personalização 20- Obtendo dados do cliente 21- Favorecendo uma comunidade PRIMEIRO EXERCÍCIO DE AVALIAÇÃO Realizado com base na metodologia proposta pelos autores Nielsen e Tahir no livro Homepage: Usabilidade – 50 Websites desconstruídos. Os autores propõem 113 diretrizes para avaliar um site. Para avaliar o Portal da Biblioteca do INPE foram selecionadas 70 destas diretrizes. Este trabalho foi submetido ao Seminário Internacional de Bibliotecas Digitais Brasil que ocorrerá em setembro em São Paulo.


Carregar ppt "Usabilidade do Portal Biblioteca On-line do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE): um Estudo de Caso CONCLUSÕES PRELIMINARES O Portal da biblioteca."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google