A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Leia qualquer um dos livros de nossa biblioteca dando um click sobre os livros na estante.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Leia qualquer um dos livros de nossa biblioteca dando um click sobre os livros na estante."— Transcrição da apresentação:

1 Leia qualquer um dos livros de nossa biblioteca dando um click sobre os livros na estante.

2 São pessoas de uma mesmice, uma dureza assombrosas. Só elas não percebem. Acham que o seu jeito de ser é o melhor jeito de ser. Mas, de repente, vem o fogo. O fogo é quando a vida nos lança numa situação que nunca imaginamos : DOR. Pode ser o fogo de fora: perder um amor, um filho, um amigo ou o emprego. Pode ser o fogo de dentro: pânico,medo, ansiedade, depressão, doenças e sofrimentos cujas causas ignoramos. Há sempre o recurso do remédio, uma maneira de apagar o fogo. Sem fogo, o sofrimento diminui. E com isso a possibilidade da grande transformação. Milho de Pipoca A transformação do milho duro em pipoca macia é símbolo da grande transformação por que devem passar os homens. O milho de pipoca não é o que deve ser. Ele deve ser aquilo que acontece depois do estouro. O milho somos nós: duros, quebra-dentes, impróprios para comer. Mas a transformação só acontece pelo poder do fogo. Milho de pipoca que não passa pelo fogo continua a ser milho para sempre. Assim acontece com a gente. As grandes transformações acontecem quando passamos pelo fogo. Quem não passa pelo fogo fica do mesmo jeito, a vida inteira. Continua

3 Elas acham que não pode existir coisa mais maravilhosa do que o jeito delas serem... A sua presunção e o medo são a dura casca que não estoura. O destino delas é triste. Ficarão duras a vida inteira. Não vão se transformar na flor branca e macia. Não vão dar alegria para ninguém. Terminado o estouro alegre da pipoca, no fundo da panela ficam os piruás que não servem para nada. Seu destino é o lixo. Pois é, milho de pipoca que não passa pelo fogo continua a ser milho para sempre... Extraído do livro: O amor que acende a lua - Rubem Alves Milho de Pipoca (continuação) Imagino que a pipoca dentro da panela, ficando cada vez mais quente, pensa que a sua hora chegou: vai morrer. Dentro de sua casca dura, fechada em si mesma, ela não consegue imaginar destino diferente. Não pode imaginar a transformação que está sendo preparada. A pipoca não imagina aquilo de que ela é capaz. Aí, sem aviso prévio, pelo poder do fogo, a grande transformação acontece: BUM! E ela aparece completamente diferente, como nunca havia sonhado!!! Piruá é o milho que se recusa a estourar. São aquelas pessoas que, por mais que o fogo esquente, se recusam a mudar. Retornar

4 A felicidade não consiste em fazer sempre o que queremos;, senão a querer tudo o que fizemos.. A felicidade nasce de colocar nosso coração no trabalho... E de fazê-lo com alegria e entusiasmo. A felicidade não tem receitas... Cada um a cozinha com o tempero de sua própria preferência... A felicidade não é uma pousada no caminho…senão uma forma de caminhar durante a vida! Autor Desconhecido A Felicidade A felicidade não depende do que acontece ao nosso redor, senão do que acontece dentro de nós mesmos.. A felicidade se mede pelo espírito com que enfrentamos as dificuldades da vida.... A felicidade é um assunto de valentia; é muito mais fácil sentir-se deprimido e desesperado... A felicidade é um estado de ânimo; não somos felizes até que decidamos sê-lo;

5 Quantas vezes nós pensamos em desistir, deixar de lado, o ideal e os sonhos. Quantas vezes batemos em retirada, com o coração amargurado pela injustiça. Quantas vezes sentimos o peso da responsabilidade, sem ter com quem dividir. Quantas vezes sentimos solidão, mesmo cercado de pessoas. Quantas vezes falamos, sem termos notados. Quantas vezes lutamos por uma causa perdida. Quantas vezes voltamos para casa com a sensação de derrota. Quantas vezes aquela lagrima, teima em cair, justamente na hora que precisa- mos parecer fortes. Quantas vezes pedimos a Deus um pouco de força, um pouco de luz. E a resposta vem, seja lá como for, um sorriso, um olhar cúmplice, um cartãozinho, um bilhete, um gesto de amor. E a gente insiste. Insiste em prosseguir, em acreditar, em transformar, em dividir, em estar, em ser. E Deus insiste em nos abençoar, em nos mostrar o caminho, aquele mais difícil, mais complicado, mais bonito. E a gente insiste em seguir, por ter uma missão, ser feliz. Quantas vezes... Retornar

6 O Livro da Vida Tua vida é como um livro. O título corresponde ao teu nome. O prefácio é uma introdução ao mundo. As páginas são as crônicas diárias de teus esforços. O assunto principal de teu livro pode ser tua profissão, teus negócios, o amor, a ciência, a literatura e a religião. Dia a dia, teus pensamentos e atos são escritos nele, como prova de teu êxito ou fracasso. Tudo que tu anotas em cada uma das páginas, é de vital importância, pois ficará registrado para sempre. Um dia, terás de escrever a palavra fim. Faça que, então, possas dizer que teu livro é um modelo de nobres propósitos e serviço generoso ao mundo. Seja valente; te esforça; dá o melhor de ti e aparecerá escrito o melhor de tua vida. Retornar

7 LENDA ÁRABE "Diz uma linda lenda árabe que dois amigos viajavam pelo deserto e em um determinado ponto da viagem discutiram. O outro, ofendido, sem nada à dizer, escreveu na areia: HOJE, MEU MELHOR AMIGO ME BATEU NO ROSTO. Seguiram e chegaram a um oásis onde resolveram banhar-se. O que havia sido esbofeteado começou a afogar-se sendo salvo pelo amigo. Ao recuperar-se pegou um estilete e escreveu numa pedra: HOJE, MEU MELHOR AMIGO SALVOU-ME A VIDA. Intrigado, o amigo perguntou: Por que depois que te bati, você escreveu na areia e agora escreveu na pedra? Sorrindo, o outro amigo respondeu: Quando um grande amigo nos ofende, deveremos escrever na areia onde o vento do esquecimento e do perdão se encarregam de apagar; porém quando nos faz algo grandioso, deveremos gravar na pedra da memória do coração onde vento nenhum do mundo poderá apagar " Autor desconhecido

8 Retornar Pensamentos "Já ancorado na Antártida, ouví ruídos que pareciam de fritura. Eram cristais de água doce congelada que faziam aquele som quando entravam em contato com a água salgada. O efeito visual era belíssimo. Pensei em fotografar, mas falei para mim mesmo: - Calma, voce terá muito tempo pr'a isso... Nos 367 dias que se seguiram, o fenômeno não se repetiu... Algumas oportunidades são únicas." Albert Einstein Pensamentos "Já ancorado na Antártida, ouví ruídos que pareciam de fritura. Eram cristais de água doce congelada que faziam aquele som quando entravam em contato com a água salgada. O efeito visual era belíssimo. Pensei em fotografar, mas falei para mim mesmo: - Calma, voce terá muito tempo pr'a isso... Nos 367 dias que se seguiram, o fenômeno não se repetiu... Algumas oportunidades são únicas." Almir Klink

9 mulher comentou com o marido: - Nossa vizinha continua pendurando os lençóis sujos! Se eu tivesse intimidade, perguntaria se ela quer que eu a ensine a lavar as roupas! E assim, a cada dois ou três dias, a mulher repetia seu discurso, enquanto a vizinha pendurava suas roupas no varal. Passado um mês, a mulher se surpreendeu ao ver os lençóis muito brancos sendo estendidos e, toda empolgada, foi dizer ao marido: - Veja, ela aprendeu a lavar as A V I DR A Ç A Um casal, recém-casado, mudou-se para um bairro muito tranqüilo. Na primeira manhã que passavam na casa, enquanto tomavam café, a mulher reparou através da janela em uma vizinha que pendurava lençóis no varal e comentou com o marido: - Que lençóis sujos ela está pendurando no varal! Está precisando de um sabão novo! Se eu tivesse intimidade perguntaria se ela quer que eu a ensine a lavar as roupas! O marido a tudo escutava, calado. Alguns dias depois, novamente, durante o café da manhã, a vizinha pendurava lençóis no varal e a Continua

10 Retornar A V I D R A Ç A (continuação) roupas! Será que a outra vizinha a ensinou? Porque eu não fiz nada! O marido calmamente respondeu: - Não, hoje eu levantei mais cedo e lavei os vidros da nossa janela! E assim é. Tudo depende da janela, através da qual observamos os fatos. Antes de condenar, verifique se você fez alguma coisa para contribuir; depois, verifique seus próprios defeitos e limitações. E, se necessitar, não se acanhe: lave sua vidraça. Você jamais será o único a ter de fazê-lo.. Autor desconhecido

11 "Morre lentamente quem não viaja,quem não lê, quem não ouve música, quem não encontra graça em si mesmo. Morre lentamente quem destrói o seu amor- próprio, quem não se deixa ajudar. Morre lentamente quem se transforma em escravo do hábito, repetindo todos os dias os mesmos trajetos, quem não muda de marca, não se arrisca a vestir uma nova cor ou não conversa com quem não conhece. Morre lentamente quem evita uma paixão ou quem prefere os pingos sobre os "is" em detrimento de um redemoinho de emoções, justamente as que resgatam o brilho dos olhos, a "delícia" dos bocejos e o coração aos tropeços e sentimentos. Morre lentamente quem não vira a mesa quando está infeliz com o trabalho, quem não arrisca o certo pelo incerto para ir atrás de um sonho, quem não se permite pelo menos uma vez na vida fugir dos conselhos sensatos. Morre lentamente, quem passa os dias queixando-se da sua má sorte ou da chuva incessante. Morre lentamente, quem abandona um projeto antes de iniciá-lo, não pergunta sobre um assunto que desconhece ou não responde quando lhe indagam sobre algo que sabe. Evitemos a morte em doses suaves, recordando sempre que estar vivo exige um esforço muito maior que o simples fato de respirar." Pablo Neruda Retornar

12 Um velho estava cuidando de uma planta com todo o carinho. Um jovem aproximou-se e perguntou: - Que planta é esta que o senhor está cuidando? - É uma jabuticabeira, respondeu o velho. - E ela demora quanto tempo para dar frutos? - Pelo menos uns quinze anos, informou o velho - E o senhor espera viver tanto tempo assim? indagou, irônico, o rapaz. - Não, não creio que viva mais tempo, pois já estou no fim da minha jornada,disse o ancião. - Então, que vantagem você leva com isso, meu velho? - Nenhuma, exceto a vantagem de saber que ninguém colheria jabuticabas,se todos pensassem como você... "Não importa se teremos tempo suficiente para ver mudadas as coisas e pessoas pelas quais lutamos, mas sim, que façamos a nossa parte, de modo que tudo se transforme a seu tempo."

13 Retornar Simplicidade A vida é feita de coisas muito simples... cada um tem um jeito de se expressar... Muitos não sabem dizer : eu te amo e acabam deixando passar o momento... Deixando escapar a chance de ser e fazer alguém feliz... Para viver feliz é preciso muito pouco... Um olhar carinhoso... Um sorriso... Um beijo demorado... Uma brincadeira sadia... Basta a presença de alguém para que tudo o mais seja só felicidade... Viva cada instante com amor e dignidade, e no futuro conte aos seus filhos e netos o segredo para se viver feliz. Ser amigo é tudo que importa!

14 Retornar Estas são as páginas reservadas para você escrever sua vida, sua história. Aproveite 2010 e não deixe as páginas de sua vida virarem em branco. Produzido pela CAPTA Projetos baseado em Eduardo - © 2003 e Lídia Clara Román

15 Retornar Não faça da sua vida um rascunho, pois pode não dar tempo de passar a limpo. "Há pessoas que choram por saber que as rosas têm espinhos; outras há, que gargalham de alegria por saber que os espinhos têm rosas. Confúcio É melhor estar preparado para uma oportunidade e não ter nenhuma, do que ter uma oportunidade e não estar preparado... Produzido pela CAPTA Projetos baseado em Eduardo - © 2003 e Lídia Clara Román Sair


Carregar ppt "Leia qualquer um dos livros de nossa biblioteca dando um click sobre os livros na estante."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google