A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Japão o País do Futebol Conheça mais:. Clique na cidade desejada ou na palavra Japão para entrar em suas características Fim.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Japão o País do Futebol Conheça mais:. Clique na cidade desejada ou na palavra Japão para entrar em suas características Fim."— Transcrição da apresentação:

1 Japão o País do Futebol Conheça mais:

2 Clique na cidade desejada ou na palavra Japão para entrar em suas características Fim

3 Japão Hoje História do Japão

4 Formação O Japão é constituído pelas grandes ilhas Honshu, Hokkaido, Kyushu e Shikoku e por milhares de ilhas pequenas a oeste do continente asiáticoÁrea Km2 (um pouco maior que a área do Estado de São Paulo)População 126,8 milhões (1999) (aproximadamente a população urbana do Brasil) Expectativa de vida Homem: 77,6 anos Mulher: 84,15 anos Taxa de analfabetismo 1%Língua Japonês

5 Grupo étnicos Japonês 99,4% Coreano 0,6%Religiões Xintonísmo 51,3%, budismo 38,3% e outros 10,4% ; inclui cristianismo, 0,7%Capital TóquioIDH Índice de Desenvolvimento Humano da ONU 9ºGoverno Monarquia parlamentar chefe do Estado: Imperador Akihito Primeiro-ministro: Junichiro Koizumi

6 14500 a.C. Data desta época, segundo descobertas recentes, o aparecimento da sociedade Jomon, baseada na caça e na coleta 300 a.C. Técnicas agrícolas coreanas, trabalhos em metal, cerâmica e outras formas aportam no sudoeste do Japão e se espalham pelas ilhas587 Lutas pelo poder nas terras férteis do Japão acabam com a vitória dos adeptos de Buda, marcando a introdução do budismo chinês1400 Depois de duas invasões mongóis e batalhas internas, Kyoto se reestabeleceu como capital, época em que o teatro nô e o culto ao chá se desenvolveram1894 Começa uma longa temporada de sangrentas guerras, contra China e, depois, Rússia (em 1904). Em 1910, a Coréia se torna colônia do Japão

7 SAPPORO Dados gerais Localização: norte do Japão População: 1,8 milhões de habitantes Atrações: prédios modernos, natureza, termas Destaques: termas de Jozankei, distrito de Susukino, Parque das Artes de Sapporo Aeroporto internacional: Shin-Chitose (mais próximo) Dados da cidade A cidade de Sapporo é a capital de Hokkaido, a mais ao norte das quatro ilhas principais que compõem o arquipélago japonês. Hokkaido é ligada à ilha principal de Honshu pelo túnel Seikan, o maior túnel submarino do mundo. Nos últimos 130 anos, Sapporo vem crescendo e se tornando uma metrópole moderna, das maiores do país, com uma população que ultrapassa os 1,8 milhões de habitantes. A cidade tem, como principal característica, uma atrativa mistura de caos urbano e oásis de relaxamento. Os dois símbolos da cidade são a Torre do Relógio e o prédio de tijolos vermelhos da velha prefeitura. Há também algumas termas, como a Jozankei - que atrai cerca de 2 milhões de pessoas todo ano - e um distrito de diversão, Susukino, que acomoda 5 mil lojas, restaurantes e bares. Entre as muitas àreas de lazer de Sapporo, destaca-se o Parque das Artes de Sapporo, um dos maiores jardins de esculturas do Japão, onde se pode fazer artesanato, enquanto concertos ao ar livre acontecem em volta. A grande atração da cidade, porém, é o Festival da Neve, que acontece no começo de Fevereiro. Durante sete dias milhares de turistas vão conferir, entre outras coisas, as gigantescas estátuas de neve e esculturas no gelo.

8 MIYAGI Dados gerais Localização: leste do país População: 2,5 milhões de habitantes Capital da província: cidade de Sendai Atrações: rica fauna marítma, praias e ilhas Destaques: ilhas Matsushima, Godaido Hall, castelo de Sendai Aeroporto internacional: Kansai (mais próximo) A cidade Localizada a 300 km de Tóquio, a província de Miyagi faz parte da região de Tohoku, ao norte do país. Sua população é de aproximadamente 2,5 milhões de habitantes, e seu nome vem de miyaginohagi, ou "trevo", um símbolo do lugar. A província e a capital japonesa são ligadas pelo famoso trem-bala. Miyagi é conhecida pela rica fauna marítima, um prato cheio para os pescadores que procuram suas águas para trabalhar ou se divertir. Matsushima também é outro ponto forte da província: suas 260 ilhotas e suas praias banhadas pelo oceano Pacífico constituem um dos lugares mais belos do Japão. Dizem que até o famoso poeta Basho não conseguiu encontrar palavras para descrever a beleza do lugar. Vale a pena visitar o Godaido Hall, uma estrutura busdista e importante propriedade cultural japonesa. A capital da província é a cidade de Sendai, onde estão algumas das principais atrações turísticas da região. O castelo de Sendai é hoje um parque situado no topo de uma montanha que proporciona uma bela vista da província. Há também o Mausoléu Zuihoden, notório por sua brilhante arquitetura. Já no templo de Saihoji (ou Gyogi Nyorai) a imagem pricipal tem a fama de possuir poderes milagrosos de romance e concepção. Sendai também é o lar de um dos maiores festivais do Japão. A cada mês de Agosto, o Tanabata atrai milhões de espectadores, que vão ver a cidade transformada com bambus decorados e faixas coloridas com poemas celebrando o amor.

9 Dados gerais Localização: região central do país População: 150 mil habitantes Capital da província: cidade de Niigata Atrações: praias, montanhas, parques nacionais Destaques: ilha de Sado, planície de Echigo, ponte Bandai Aeroporto internacional: Niigata A cidade Localizada na costa do mar do Japão, na região central, a província de Niigata já foi um dos locais mais remotos e inacessíveis do país. Hoje ordas de turistas são atraídos, principalmente, pela diversidade natural: lá se pode encontrar desde praias ensolaradas até montanhas cobertas por neve. As belezas naturais do local foram descritas em um romance do ganhador do prêmio Nobel Yasunari Kawabata. A costa de Niigata é longa e possui praias com areia branca e fina e áreas repletas de penhascos. Já as montanhas e parques nacionais proporcionam uma diversão ideal para os turistas que apreciam caminhada. Passando a área montanhosa o visitante encontra a planície de Echigo, reconhecida como a maior e melhor produtora de arroz e sakê do Japão. Já na bela ilha de Sado, a atração fica por conta das minas de ouro. Na cidade, a vedete é a ponte Bandai, que corta o rio Shitano e há muito é reconhecida como símbolo de Niigata. Tanto no lado oeste quanto no leste da ponte estão centros de compras e vida noturna. O verão é a estação do ano mais festiva: há sempre algum evento acontecendo todo fim de semana. Já o inverno, que cobre de neve as montanhas majestosas, transforma Niigata em um paraíso do esqui. Trata-se do período mais cheio de turistas.

10 Dados gerais Localização: nordeste da região de Kanto População: 3 milhões de habitantes Capital da província: cidade de Mito Atrações: campos, cachoeiras, montanhas, vales e 180 km de costa Destaques: Monte Tsukuba, Festival das Cerejeiras Aeroporto internacional: Mito fica próxima ao aeroporto internacional Narita, em Tóquio A cidade A província de Ibaraki está localizada a nordeste da região de Kanto, que por sua vez fica no centro de Honshu, a principal ilha do arquipélago japonês, e tem uma população aproximada de 3 milhões de pessoas. Seu nome vem de bara - rosa, em japonês. A capital da província, Mito, fica a 100 km de Tóquio. A principal atração de Ibaraki é a bela natureza: campos, cachoeiras, montanhas, vales e ainda 180 km de costa, que oferece diversão garantida ao turista que gosta de nadar, pescar e praticar esportes aquáticos. Um dos pontos mais populares da região é o Monte Tsukuba, também conhecido como "montanha do leste", em comparação com o famoso Monte Fuji, que fica a oeste. Os visitantes que apreciam uma pequena viagem de teleférico podem subir o monte e testemunhar a vista espetacular da planície de Kanto. O Monte Tsukuba também guarda uma delicada surpresa: ao seu pé estão mais de 3 mil ameixeiras, que florecem de Fevereiro a Março. Já na cidade de Tsukuba um boa dica é visitar o Tsukuba

11 Dados gerais Localização: ao norte de Tóquio População: 6 milhões de habitantes Capital da província: cidade de Saitama - Atrações: santuários, cidades históricas, natureza Destaques: cidade de Kawagoe, santuário de Hikawa, Vila dos Bonsai Aeroporto internacional: os de Tóquio A cidade Situada ao norte da capital japonesa, a província de Saitama é uma parte integrada da grande metrópole de Tóquio. A riqueza de sua cultura e história combinada com as atrações naturais fazem de Saitama uma terra que merece o apelido que tem: "A Provícia Colorida". Lar de mais de 6 milhões de pessoas, ela é uma das maiores cidades em termos de população e a provícia que mais tem crescido nos últimos anos. Ligada a Tóquio por dois tens-bala, o Tohoku e o Jo-etsu, Saitama é a principal conexão em termos de transporte no sudeste do Japão. Saitama pode ser facilmente incluída na rota de qualquer turista por ser fácil de visitar em uma viagem de um dia a partir de Tóquio. Seus principais pontos turísticos incluem a cidade histórica de Kawagoe no sudoeste de Saitama, bem como as muitas atrações naturais na área de Chichibu na parte oeste da província que pertence ao parque nacional. Entre outros passeios imperdíveis está o santuário de Hikawa, com mais de 2 mil anos, um símbolo da cidade de Omiya e o principal da província de Saitama. Vale uma visita também a Vila dos Bonsai, as famosas árvores miniatura japonesas. Esta é a maior fazenda no estilo do Japão. Para quem quer apreciar o sabor local, uma boa pedia são os doces e pratos feitos de batata-doce. Experimente também o delicioso chá verde, a bebida mais popular do país.

12 Dados gerais Localização: leste do Japão População: 3,4 milhões de habitantes Atrações: construções em estilo ocidental, lojas Destaques: Chinatown, distritos de Motomachi e Minato Mirai 21, Landmark Tower Sky Garden Aeroporto internacional: Haneda e Narita (Tóquio) A cidade A cidade de Yokohama deixou de lado as características de pequena vila pesqueira do passado para hoje ser considerada a segunda maior cidade do Japão, com aproximadamente 3,4 milhões de pessoas. Está localizada em uma península de frente para a costa oeste da baía de Tóquio e fica a apenas 30 km da capital japonesa. Yokohama é cheia de atrações para os turistas. Construções no estilo ocidental do começo do século 20 enchem de graça áreas como o distrito de Kannai, enquanto restaurantes e atmosfera exótica dão sensações especiais na pulsante área de Chinatown. Os principais distritos para as compras são Motomachi, Minato Mirai 21 e as vizinhanças da estação de Yokohama. O porto da cidade foi aberto em 1859 e desde então vem desempenhando o papel de "janela do mundo", por onde sempre entraram novidades de todas as partes dp planeta. Por conta disso, Yokohama é o lar do primeiro café e padaria do Japão, bem como o primeiro hotel restaurante no estilo ocidental. Entre as atrações principais da cidade está o Landmark Tower Sky Garden, o mais alto arranha-céu do país. A vista de 360 graus mostra deste o centro de Tóquio até o Monte Fuji. Lá também está um hotel de 600 quartos e um shopping center com mais de 190 lojas.

13 Dados gerais Localização: sudoeste do país População: 1,5 milhões de habitantes Atrações: jardins, parques, museus, festivais Destaques: Takasi Pearl Plaza, distrito de Motomachi e o bairro chinês de Nankinmachi Aeroporto internacional: Kansai (mais próximo) A cidade Kobe é considerada a sexta maior cidade do Japão, com uma população de aproximadamente 1,5 milhões de habitantes. É um importante porto, um dos primeiros a ser aberto para o comércio internacional. Hoje a cidade, cujo nome pode ser traduzido como "portal sagrado", é lembrada, principalmente, pelo terremoto devastador que aconteceu em Janeiro de Na área portuária de Kobe, uma das atrações mais populares é a roda gigante de 64 metros de altura. Do topo, o turista pode vislumbrar uma bela vista panoâmica da cidade e de outras regiões como a baía de Osaka, Awaji e as ilhas Shikoku. Lá também está o Takasi Pearl Plaza, o primeiro museu da pérola do mundo, que oferece um panorama da cultura e produção desta jóia. A oeste da cidade está o animado distrito de Motomachi e o bairro chinês de Nankinmachi, um dos três maiores do país. Na região, também está o Sorakuen, um lindo jardim japonês, conhecido por suas azaléas na primavera e crisântemos no outono. Um evento que vale a pena acompanhar, em Dezembro, é o Kobe Luminaire, organizado para preces à memória das vítimas do grande terremoto e à completa reabilitação da cidade. Nas redonzezas, mais especificamente na cidade de Himeji, está o castelo de Himeji que, listado como patrimônio mundial, é considerado o mais belo do Japão.

14 Dados gerais Localização: região central de Honshu, principal ilha do Japão População: 3 milhões de habitantes Atrações: natureza, templos Destaques: Monte Fuji, santuário Kunozan Toshogu, castelo de Kakegawa Aeroporto internacional: não tem Dados da cidade Situada na costa pacífica da região central de Honshu, a principal ilha do arquipélago japonês, a província de Shizuoka ocupa o coração da velha estrada de Tokaido, que liga a capital Tóquio com a cidade de Kioto. Mais do que outras províncias do Japão, Shiozuoka é destino obrigatório para todo turista por um único motivo: é lá que se encontra o magnífico Monte Fuji, o mais conhecido cartão postal do país. O Monte Fuji tem mais de 3 mil metros de altura e pode ser visto de vários lugares pela província. Durante o verão, o topo é aberto aos vistantes de todas idades que apreciam uma boa aventura. Mas atenção: o turista deve ir precavido, levando equipamento, botas e roupas específicas para uma longa caminhada. Outro passeio que vale a pena é o platô de Asarigi, ponto popular para apreciadores da natureza. As águas cristalinas do lago Tanuki espelham o Monte Fuji, criando uma visão quase mística. O lago Hamana também é notório, principalmente entre os atletas aquáticos e pescadores locais. Além das atrações culturais, Shizuoka possui construções de tirar o fôlego. Entre elas, o santuário Kunozan Toshogu, designado tesouro nacional, e o castelo de Kakegawa, hoje totalmente restaurado. A culinária local, além de peixes e frutos do mar frescos, conta com outros saborosos ingredientes, como cogumelos shitake, morangos e melões.

15 Dados gerais Localização: oeste do país População: 2,5 milhões de habitantes Atrações: rios, culinária, templos, bairros modernos Destaques: distrito de Kita, Museu da Cerâmica Oriental, templo Shitennoji e o castelo de Osaka Aeroporto internacional: Kansai A cidade A terceira maior cidade do Japão, Osaka, fica a oste e tem uma população de aproximadamente 2,5 milhões de pessoas. No passado ela era conhecida como "Cidade das Águas" por conta de seus muitos rios. Porém, hoje, a fama de Osaka vem de outro setor: da culinária. Dizem que a cidade é a "cozinha do Japão" e todo turista que aprecia os prazeres da comida pode aproveitar ao máximo a visita. Entre os pratos mais famosos estão o Osaka-zushi (um suhi ao estilo da cidade), udonsuki (cassarola de macarrão, frutos do mar e vegetais) e tako-yaki (massa frita contendo cubos de polvo). Assim como grande parte das cidades japonesas, Osaka mistura a tradição dos templos antigos e a modernidade dos grandes centros urbanos. Kita, um animado distrito que fica ao norte da cidade, possui grandes arranha-céus e extensos shopping-centes no subsolo. Já Nakanoshima, que na verdade é uma pequena ilha entre os rios Dojima e Tosabori, é o centro econômico e financeiro. Lá, vale a pena conhecer o Museu da Cerâmica Oriental, onde estão expostos antigüidades sem-preço da Ásia Oriental. Entre as atrações tradicionais, está o templo Shitennoji, o santuário Sumiyoshi e o castelo de Osaka, símbolo da cidade.

16 Dados gerais Localização: sudoeste do país População: 1,2 milhões de habitantes Capital da província: cidade de Oita Atrações: termas, parques nacionais, culinária Destaques: cidade de Beppu, Usuki, monte Takasaki Aeroporto internacional: Oita Dados da cidade A província de Oita está localizada no sudoeste do Japão e tem uma população de 1,2 milhões de pessoas. Das cidades-sede do país, ela é a mais próxima da Coréia. Seu nome antigo, Toyo-no-kuni, quer dizer "Terra de Abundâncias", e já sugere o que o turista pode encontrar por lá. Oita é lar de dois parques nacionais, de um grande número de termas e de uma deliciosa cozinha preparada com ingredientes frescos criados em suas montanhas e oceano. A maior atração da província é a cidade de Beppu, conhecida por possuir o maior número de fontes térmicas no mundo e a maior quantidade de água quente produzida no Japão. Cheia de charme, esta cidade-spa proporciona muita diversão e também tratamentos para diversas doenças. A variedade de termas agrada a todos os gostos, incluindo cachoeiras de água quente que massageiam e banhos de lama. Entre os tesouros nacionais localizados em Oita, destaca-se o Usuki, um impressionante grupo de estátuas de Buda esculpidos em rocha vulcânica. Outro ponto turístico é o santuário de Usa, o principal de um grupo de 30 mil santuários Hachiman existentes no Japão. Para o turista que gosta de passeios curiosos uma boa pedida é o zoológico natural do monte Takasaki, que possui a maior comunidade de macacos selvagens do país com cerca de 2 mil exemplares.

17

18

19


Carregar ppt "Japão o País do Futebol Conheça mais:. Clique na cidade desejada ou na palavra Japão para entrar em suas características Fim."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google