A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PGSPC CDP IOT Prática de Gestão Sistêmica de Planejamento e Controle de Custos por Setor, Procedimento e Patologia(PROCESSOS)

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PGSPC CDP IOT Prática de Gestão Sistêmica de Planejamento e Controle de Custos por Setor, Procedimento e Patologia(PROCESSOS)"— Transcrição da apresentação:

1 PGSPC CDP IOT Prática de Gestão Sistêmica de Planejamento e Controle de Custos por Setor, Procedimento e Patologia(PROCESSOS)

2 Implantação Implantação Metodologias Metodologias Arquitetura e Tecnologias do Sistema Arquitetura e Tecnologias do Sistema Usando o sistema Usando o sistema CDP IOT

3 Implantação Implantação FINALIDADE DA ADMINISTRAÇÃO FINALIDADE DA ADMINISTRAÇÃO CÍRCULO VIRTUOSO DA ADMINISTRAÇÃO CÍRCULO VIRTUOSO DA ADMINISTRAÇÃO HIERARQUIA DOS SISTEMAS HIERARQUIA DOS SISTEMAS EVENTOS BÁSICOS DA IMPLANTAÇÃO EVENTOS BÁSICOS DA IMPLANTAÇÃO DIFICULDADES E\OU AÇÕES EM CURSO DIFICULDADES E\OU AÇÕES EM CURSO

4 FINALIDADE DA ADMINISTRAÇÃO A FINALIDADE DA ADMINISTRAÇÃO É OPERACIONALIZAR OS EMPREENDIMENTOS FOCANDO OS INDICADORES CONSTANTES NOS PROJETOS DE VIABILIDADE TÉCNICO-OPERACIONAIS INTEGRADOS COM OS ECONÔMICO-FINANCEIROS RESPECTIVOS. AO LONGO DO TEMPO, CADA EMPREENDIMENTO DEVE INTERNALIZAR NOVOS CONHECIMENTOS E TECNOLOGIAS, VISANDO AUMENTOS DE DESEMPENHOS QUE ASSEGUREM A INDISPENSÁVEL SAÚDE ECONÔMICO-FINANCEIRA DE PERENIDADE. ADMINISTRAÇÃO = ADMINISTRAÇÃO PLANEJADA = ADMINISTRAÇÃO POR GESTÕES DE DESEMPENHOS: *Eficiência Econômica \ CUSTOS; *Eficácia Econômica \ RECEITAS CUSTOS-IOT SÃO EXPLICITAÇÕES ECONÔMICAS DOS PROCESSOS-IOT IMPLEMENTADOS NAS DISPONIBILIZAÇÕES DOS PROCEDIMENTOS-IOT

5 EVENTOS BÁSICOS DA IMPLANTAÇÃO INSTALAÇÃO DO SISTEMA DE CUSTOS POR PROCESSOS\. INSTALAÇÃO DO SISTEMA DE CUSTOS POR PROCESSOS\ CDPIOT. REQUALIFICAÇÃO E DISPONIBILIZAÇÃO DE FACILITADORES NA OU TÉCNICOS-IOT COM DOMÍNIO DE CONCEITOS BÁSICOS, PARÂMETROS E PARAMETRIZAÇÕES DAS LCA\AIS. REQUALIFICAÇÃO E DISPONIBILIZAÇÃO DE FACILITADORES NA CCDPIOT OU TÉCNICOS-IOT COM DOMÍNIO DE CONCEITOS BÁSICOS, PARÂMETROS E PARAMETRIZAÇÕES DAS LCA\AIS. ESPECIALIZAÇÃO COM DISPONIBILIZAÇÃO DE CONSULTORES NA OU TÉCNICOS COM AS COMPETÊNCIAS DE ELABORAÇÃO E DISPONIBILIZAÇÃO DE: ESPECIALIZAÇÃO COM DISPONIBILIZAÇÃO DE CONSULTORES NA CCDPIOT OU TÉCNICOS COM AS COMPETÊNCIAS DE ELABORAÇÃO E DISPONIBILIZAÇÃO DE: RELATÓRIOS SETORIAIS RELATÓRIOS SETORIAIS RELATÓRIOS DE CUSTOS RELATÓRIOS DE CUSTOS PLANO DIRETOR ESTRATÉGICO PLANO DIRETOR ESTRATÉGICO SUPORTE INTEGRADO: TÉCNICO-OPERACIONAL COM ECONÔMICO-FINANCEIRO SUPORTE INTEGRADO: TÉCNICO-OPERACIONAL COM ECONÔMICO-FINANCEIRO SUPORTE DE ANALISTA DE SISTEMAS SUPORTE DE ANALISTA DE SISTEMAS

6 Produzir Pagar Registrar Receber Faturar CIRCULO VIRTUOSO DA ADMINISTRAÇÃO

7 ERP Operação BI Monitoramento Custos Orçamento Planejamento Custos por Procedimento, Setor e Patologia Inteligência do Negócio Sistemas Corporativos HIERARQUIA DOS SISTEMAS Indicadores de Eficiência Econômica

8 DIFICULDADES E\OU AÇÕES EM CURSO INEXISTÊNCIA DE OBRIGATORIEDADE DAS COMPETÊNCIAS DE FACILITADORES EM CUSTOS POR PROCESSOS PARA TODOS OS CARGOS-FUNÇÕES DE CHEFIAS INEXISTÊNCIA DE OBRIGATORIEDADE DAS COMPETÊNCIAS DE FACILITADORES EM CUSTOS POR PROCESSOS PARA TODOS OS CARGOS-FUNÇÕES DE CHEFIAS PERCEPÇÃO INSATISFATÓRIA SOBRE OS NÍVEIS DE INFORMAÇÕES PARA ADMINISTRAR O IOT(100), HC(12) E FUNDAÇÃO(4). PERCEPÇÃO INSATISFATÓRIA SOBRE OS NÍVEIS DE INFORMAÇÕES PARA ADMINISTRAR O IOT(100), HC(12) E FUNDAÇÃO(4). DESBALANCEAMENTOS, INADEQUAÇÕES E DESARTICULAÇÕES DOS RECURSOS - EM NÍVEIS INSUSTENTÁVEIS(JÁ EM REVERSÃO). DESBALANCEAMENTOS, INADEQUAÇÕES E DESARTICULAÇÕES DOS RECURSOS - EM NÍVEIS INSUSTENTÁVEIS(JÁ EM REVERSÃO). PLANO DIRETOR ESTRATÉGICO – EM FASE DE VALIDAÇÃO. PLANO DIRETOR ESTRATÉGICO – EM FASE DE VALIDAÇÃO. ARTICULAÇÕES ORGANIZACIONAIS – EM FASE DE VALIDAÇÃO. ARTICULAÇÕES ORGANIZACIONAIS – EM FASE DE VALIDAÇÃO. OPERACIONALIZAÇÃO DO IOT COM SISTEMAS INTEGRADORES (HC + FFM) EM FASE INICIAL DE DISCUSSÃO. OPERACIONALIZAÇÃO DO IOT COM SISTEMAS INTEGRADORES (HC + FFM) EM FASE INICIAL DE DISCUSSÃO. MODELAGENS DOS PROTOCOLOS TÉCNICO-OPERACIONAIS COM AS ESPECIFICIDADES DO IOT DE ALTA COMPLEXIDADE\CENTRO DE EXCELÊNCIA-REFERÊNCIA - EM FASE INICIAL DE DISCUSSÃO. MODELAGENS DOS PROTOCOLOS TÉCNICO-OPERACIONAIS COM AS ESPECIFICIDADES DO IOT DE ALTA COMPLEXIDADE\CENTRO DE EXCELÊNCIA-REFERÊNCIA - EM FASE INICIAL DE DISCUSSÃO. VALIDAÇÃO DE MODELO OPERACIONAL FOCANDO QUALIDADE MÁXIMA COM CUSTOS MÉDIOS MÍNIMOS E REMUNERAÇÕES DIGNAS:

9 Metodologias Metodologias RECURSOS X PROGRAMAS RECURSOS X PROGRAMAS CUSTOS X PROGRAMAS PROGRAMAS X CUSTOS X RECEITAS PROGRAMAS X CUSTOS X RECEITAS ARTICULAÇÕES COM BANCO DE DADOS ARTICULAÇÕES COM BANCO DE DADOS ARTICULAÇÕES DE NAVEGAÇÃO ORGAMENTÁRIA ARTICULAÇÕES DE NAVEGAÇÃO ORGAMENTÁRIA INTERFACE DA INTERFACE DA CDPIOT COM DEMAIS SISTEMAS

10 RECURSOS X PROGRAMAS RH \DISPO- NIBILIZADO AMBU- LATÓ- RIO PSPS IN- TER- NA- ÇÕES SADTSADT AP. DI- RE- TO AP. INDI- RETO CUSTOS POR SETOR E PROCE- DIMENTO REFEREN- CIAIS DE PREÇOS C. C I- RÚR- GI- CO ENS. E PESQ. RH \EQUA- LIZADO RH \DISTRI- BUÍDO RECURSOS OU REFERENCIAIS DE NUMERADOR – EM U N E SP PROGRAMAS OU REFERENCIAIS DE DENOMINADOR – EM U N E SP D ESPESA D IRETA D ESPESA I NDIRETA C USTO C APITAL E NC.S/ F AT. TERRENO EDIFICAÇÕES A TIVO F IXO EQUIPAMENTOS C APITAL DE G IRO R EQUALIFICAÇÃO F ERRAM. A DM. I NVESTIMENTO T OTAL E SPECIALIZAÇÃO

11 CUSTOS X PROGRAMAS GRUPOS DE CUSTOS OU REFERENCIAIS DE NUMERADOR – EM R$ AMBU- LATÓ- RIO IN- TER- NA- ÇÕES SADTSADT AP. DI- RE- TO AP. INDI- RETO CUSTOS POR SETOR E PROCE- DIMENTO REFEREN- CIAIS DE PREÇOS C. C I- RÚR GICO ENS. E P ESQ. R ECURSOS H UMANOS PROGRAMAS OU REFERENCIAIS DE DENOMINADOR – EM U N E SP E U N E QV D ESPESA I NDIRETA C USTO C APITAL E NC.S/ F AT. D ESPESA D IRETA P. S.

12 PROGRAMAS X CUSTOS X RECEITAS E SPECIFI- CIDADES IOT.RDID P ROGRAMAS EM U N E SP IOT.RDID RH E D EMAIS R ECURSOS IOT.RDID C USTOS -IOT.RDID: * U NIVERSAL ; * R ATEIOS DE A P. I NDIRETO; * A PROPRIAÇÕES DE A P. D IRETO E SPECIFI- CIDADES IOT.RO P ROGRAMAS EM U N E SP IOT.RO RH E D EMAIS R ECURSOS IOT.RO C USTOS -IOT.RO: * U NIVERSAL ; * R ATEIOS DE A P. I NDIRETO; * A PROPRIAÇÕES DE A P. D IRETO R EFEREN- CIAIS DE P REÇOS DE RDID A RO P ROGRAMAS DO IOT EM U N E QV DE RDID A RO P REÇOS DE M ERCADO P REÇOS DE VENDA: SUS, AMS, P ARTICU- LARES DE RDID A RO R ECEI- TAS DO IOT DE RDID A RO

13 ARTICULAÇÕES COM BANCO DE DADOS Visão Operacional – No tempo

14 Prognóstico \ Visão.RO Tratamento \ de RDID a RO Diagnóstico \ Missão.RDID ARTICULAÇÕES DE NAVEGAÇÃO ORÇAMENTÁRIA Aspectos Técnicos Aspectos Técnicos Aspectos Técnicos Aspectos Operacionais Aspectos Administrativos Econômico- Financeiro Aspectos Operacionais Aspectos Administrativos Econômico- Financeiro Aspectos Operacionais Aspectos Administrativos Econômico- Financeiro

15 Recursos Humanos Contábil Financeiro Compras Suprimento Geral Farmácia Nutrição e Dietética sistema s em operação nas IOT Engenharia Hospitalar Faturamento-1 Agendamento Faturamento-2 Outros Módulos Unidades Escolares SGIIPG2SGIIPG2 PGSPC CDP IS\Prática de Gestão Sistêmica de Planejamento e Controle C USTOS D ECISORIAIS POR S ETOR, P ROCEDIMENTO E P ATOLOGIA (PROCESSOS) Relatórios Setoriais Compatibilizados com UnEsp(heterogênea) e UnEqv(homogênea). Relatórios de Custos Decisoriais por Processos ou por Setor, Procedimento e Patologia – com UnEsp(heterogênea) e UnEqv(homogênea). Plano Diretor Estratégico do IOT por Área-Meio/Procedimento Explicitação dos Aspectos Técnico-Operacionais integrados com os Econômico-Financeiros respectivos. Contemplando: a)Diagnóstico \ Missão.RDID – disponibilizando parâmetros de desbalanceamentos, inadequações e desarticulações dos recursos; b)Prognóstico \ Visão.RO – disponibilizando parâmetros de qualidade máxima com custos médios mínimos e remunerações dignas; c)Tratamento \ Ações Transformadoras – disponibilizadas em nível Técnico, Operacional, Administrativo e Econômico-Financeiro. INTERFACE DA INTERFACE DA CDPIOT COM DEMAIS SISTEMAS

16 Arquitetura e Tecnologias do Sistema Arquitetura e Tecnologias do Sistema TECNOLOGIAS

17 PGSPC CDP IOT Universal/Proced Rateios dos Recursos no Apoio Indireto Rateios dos Recursos no Ensino e Pesquisa Apropriações dos Recursos no Apoio Direto Patologia\Pacote RECURSOS Visual Basic Visual Basic SQL Server SQL Server Crystal Reports Crystal Reports Component One Component One Dados XML Dados XML Client-Server Client-Server TECNOLOGIAS Custos Decisoriais por Setor, Procedimento e Patologia PRÁTICA DE GESTÃO SISTÊMICA DE PLANEJAMENTO E CONTROLE PROCESSAMENTOS É uma ferramenta portável e amigável para os profissionais da área, voltada para gestão de Custos Decisoriais do IOT Controle e Planejamento (simulador de alternativas) Relatórios Histórico Importação Exportação Administração do sistema PGSPC CDP IOT

18 Usando o sistema Usando o sistema CDPIOT

19 A P RÁTICA DE G ESTÃO S ISTÊMICA DE P LANEJAMENTO E C ONTROLE DE C USTOS POR S ETOR, P ROCEDIMENTO E P ATOLOGIA (PROCESSOS). É u MA F ERRAMENTA QUE FAZ P ROCESSAMENTOS M ÚLTIPLOS E S IMUNTÂNEOS ATÉ A D ISPONIBILIZAÇÃO DE C USTOS D ECISORIAIS POR P ROCESSOS COMO E XPRESSÃO E CONÔMICA DOS A SPECTOS T ÉCNICO- O PERACIONAIS DOS P ROCEDIMENTOS– IOT HCFMUSP O que é O que é PGSPC CDP IOT * Especificidades-IOT * Programas de Procedimentos-IOT * Perfil das Internações * Recursos Humanos * Fornecedores Externos * Investimentos\Custos de Capital * Custos Totais e Médios * Patologias ou Pacotes * Relatórios

20 Usando o S istema - Usando o S istema - Caixa de Diálogo Caixa de Diálogo oferece acesso rápido aos principais recursos da ferramenta. Os botões possuem uma função informativa sobre o estado do processo. * Verde: Indica que o processo foi finalizado. * Vermelho: Indica que não foi processado ou está aguardando fechamento de outros. * Amarelo: Indica que não é necessário efetuar fechamento do processo.

21 Usando o Sistema - Usando o Sistema - Especificidades Alguns objetos do tipo Procedimento estão agrupados sob um objeto do tipo Setor, indicando que neste setor são realizados os procedimentos. Acima de todos teremos o objeto Área-Meio

22 Usando o Sistema – Usando o Sistema – Programas de Procedimentos Os campos de quantidades de procedimentos e os períodos correspondentes podem ser preenchidos, capturando informações nos demais sistemas em operação e\ou digitando diretamente. * Na Medida em que os campos vão sendo preenchidos, os totais por SETOR, SUB-SETOR, SEÇÃO serão atualizados automaticamente.

23 Usando o Sistema – Usando o Sistema – Perfil das Internações São cadastradas ou atualizadas as informações referentes aos AMBIENTES DE INTERNAÇÕES. * Modelagem dos ambientes de internações * Nº de Leitos * Taxa de ocupação * Permanência Média\Dias * Número de Internações * Leitos Dia\Ano * Fórmula Geral de Cálculo

24 Usando o Sistema – Usando o Sistema – Perfil das Internações Modelagem dos ambientes de internações: Ao concluir as especificidades, automaticamente, conclui-se a modelagem do relatório dos ambientes de internações. Modelagem dos ambientes de internações: Ao concluir as especificidades, automaticamente, conclui-se a modelagem do relatório dos ambientes de internações. Nº de Leitos: Os números de leitos devem ser disponibilizados, por captura e\ou imputação. Os totais e sub-totais serão calculados automaticamente. O cálculo pode ser automático, desde que as demais informações estejam em ordem (internações, taxa de ocupação e permanência média). Nº de Leitos: Os números de leitos devem ser disponibilizados, por captura e\ou imputação. Os totais e sub-totais serão calculados automaticamente. O cálculo pode ser automático, desde que as demais informações estejam em ordem (internações, taxa de ocupação e permanência média). Taxa de ocupação\% e Permanência Média\Dias: Por Leitos e\ou Período, podem ser capturados e\ou imputados. O cálculo pode ser automático, desde que as demais informações estejam em ordem (internações, taxa de ocupação e permanência média). Taxa de ocupação\% e Permanência Média\Dias: Por Leitos e\ou Período, podem ser capturados e\ou imputados. O cálculo pode ser automático, desde que as demais informações estejam em ordem (internações, taxa de ocupação e permanência média). Nº de Internações: Por Leitos e\ou Período, podem ser capturados e\ou imputados. Não é necessário preencher esta coluna, pois será preenchida automaticamente. Nº de Internações: Por Leitos e\ou Período, podem ser capturados e\ou imputados. Não é necessário preencher esta coluna, pois será preenchida automaticamente. Fórmula Geral: internações = [(leitos x taxa de ocupação x dias) / permanência média] Fórmula Geral: internações = [(leitos x taxa de ocupação x dias) / permanência média]

25 Usando o Sistema – Usando o Sistema – Recursos Humanos Cadastrar ou Atualizar: Força de Trabalho Força de Trabalho Remunerações Remunerações Tempo Alocado Tempo Alocado Tempo Referencial Tempo Referencial Isso visando os Custos Totais e Médios

26 Usando o Sistema – Usando o Sistema – Recursos Humanos Os Recursos Humanos agregam mais da metade dos custos médios dos procedimentos. Além disso, é importante como lei-de-rateio. Quanto maior for o rigor com a integridade dessas informações, mais os erros tenderão a zero nos cálculos de custos médios e totais. As informações básicas inerentes aos Recursos Humanos estão agrupadas em: Quadro Funcional Quadro Funcional Remunerações e Encargos Remunerações e Encargos Tempo Alocado Tempo Alocado Tempo Referencial Tempo Referencial Custo Total e Médio Custo Total e Médio Cada Grupo contempla a estrutura modelada por procedimento, seção, sub-setor, setor e é acessado pela barra de ferramentas.

27 Usando o Sistema – Usando o Sistema – Recursos Humanos Quadro Funcional: Quadro Funcional: O cadastramento e atualizações contemplam: Forma Direta: Informe diretamente no campo do procedimento por equipe, a quantidade de horas por semana. Lembre-se que a equalização ocorre com 40 horas/semana. Se for informado nos campos de seção, sub-setor, setor o sistema fará a distribuição automática pelos procedimentos envolvidos, quando aplicáveis. Forma Ao teclar (enter) no campo selecionado será exibido a caixa de diálogo para especificar as quantidades por cargos-funções e suas cargas horárias. Cada linha representa um Cargo- Função/Equipe a ser informado, indique a quantidade e a carga horária. No rodapé será explicitado os números resultantes dos cálculos de Cargos-Funções, Funcionários, Carga Horária em Média Semanal Forma Indireta: Ao teclar (enter) no campo selecionado será exibido a caixa de diálogo para especificar as quantidades por cargos-funções e suas cargas horárias. Cada linha representa um Cargo- Função/Equipe a ser informado, indique a quantidade e a carga horária. No rodapé será explicitado os números resultantes dos cálculos de Cargos-Funções, Funcionários, Carga Horária em Média Semanal

28 Usando o Sistema – Usando o Sistema – Recursos Humanos Remunerações e Encargos : Remunerações e Encargos : Para a cadastramento e atualizações, na forma simples, basta clicar no objeto e inserir valores.

29 Usando o Sistema – Usando o Sistema – Recursos Humanos Tempo Alocado : Tempo Alocado : Informa o tempo alocado (em minutos) de cada procedimento por equipe. Não é possível editar (alterar) os dados dos campos exibidos. Estes dados são disponibilizados na medida em que são cadastrados ou atualizados o quadro funcional e/ou tempo referencial.

30 Usando o Sistema – Usando o Sistema – Recursos Humanos Tempo por Procedimento: Tempo por Procedimento: Os tempos (em minutos) que são exibidos por equipe, referem-se aos tempos médios calculados com os dados cadastrados e\ou atualizados.

31 Usando o Sistema – Usando o Sistema – Recursos Humanos Custos Totais e Médios: Custos Totais e Médios: Os campos desta janela não podem ser editados. Você pode selecionar dados para relatório. Todos procedimentos ficam ocultos deixando visíveis apenas Seção, Sub-Setor, Setor. Você também pode ocultar a qualquer momento, qualquer dado exibido nas colunas.

32 Usando o S istema – Usando o S istema – Fornecedores Externos Fornecedores externos são explicitados como despesas diretas e indiretas. No rodapé, é exibido o total do grupo em questão onde este valor é repassado para a janela principal. Despesas Diretas: Os totais dessas despesas, podem ser apropriadas diretamente na seção ou sub- setor ou setor ou ainda no procedimento. Tais como: medicamentos, gases medicinais, materiais clínicos, materiais cirúrgicos, materiais laboratoriais, gêneros alimentícios. Despesas Diretas: Os totais dessas despesas, podem ser apropriadas diretamente na seção ou sub- setor ou setor ou ainda no procedimento. Tais como: medicamentos, gases medicinais, materiais clínicos, materiais cirúrgicos, materiais laboratoriais, gêneros alimentícios. Despesas Indiretas: São as demais despesas, tais como: Telefone, luz, água, combustíveis, impostos e taxas, multas e campanhas institucionais. Despesas Indiretas: São as demais despesas, tais como: Telefone, luz, água, combustíveis, impostos e taxas, multas e campanhas institucionais.

33 Usando o S istema – Usando o S istema – Fornecedores Externos A conta com custos médios referenciais\CMR que visam preencher eventuais lacunas de informações sobre despesas. Tratam-se de despesas médias por procedimentos a serem usados na ausência das informações respectivas. O processamento ocorre sem afetar a integridade das informações disponibilizadas. As colunas CMR/Proc e CT Disp estão preparadas para digitalizações de dados diretamente. A CDP IOT conta com custos médios referenciais\CMR que visam preencher eventuais lacunas de informações sobre despesas. Tratam-se de despesas médias por procedimentos a serem usados na ausência das informações respectivas. O processamento ocorre sem afetar a integridade das informações disponibilizadas. As colunas CMR/Proc e CT Disp estão preparadas para digitalizações de dados diretamente. Colunas são exibidas: Colunas são exibidas: Descrição Descrição Quantidade de UnEsp Quantidade de UnEsp Unidade Unidade CMR/Proc-R$ CMR/Proc-R$ CTA/Proc-R$ CTA/Proc-R$ Custo Disp-R$ Custo Disp-R$ CT Disp-R$ CT Disp-R$ Total Total Despesas Indiretas Despesas Indiretas

34 Usando o S istema – Usando o S istema – Fornecedores Externos Descrição: Disponibilizada automaticamente pelo sistema. Descrição: Disponibilizada automaticamente pelo sistema. Quantidade de UnEsp: Disponibilizada automaticamente pelo sistema. Quantidade de UnEsp: Disponibilizada automaticamente pelo sistema. Unidade: Disponibilizada automaticamente pelo sistema. Unidade: Disponibilizada automaticamente pelo sistema. CMR\R$: Custo médio referencial por procedimento é o valor disponibilizado pelo BD- SIATOEF, onde você pode editar estes valores com as especificidades do IOT. CMR\R$: Custo médio referencial por procedimento é o valor disponibilizado pelo BD- SIATOEF, onde você pode editar estes valores com as especificidades do IOT. CTA\R$: Custo total apropriado. Esta coluna é calculada automaticamente e indica os valores informados e os que foram disponibilizados pelos processamentos, inclusive as médias. CTA\R$: Custo total apropriado. Esta coluna é calculada automaticamente e indica os valores informados e os que foram disponibilizados pelos processamentos, inclusive as médias. Custo\R$: Custo disponibilizado\UnEsp. Essa coluna permite digitalização das DESPESAS DIRETAS que são conhecidas. Os totais e valores distribuídos serão atualizados no botão calcular. Custo\R$: Custo disponibilizado\UnEsp. Essa coluna permite digitalização das DESPESAS DIRETAS que são conhecidas. Os totais e valores distribuídos serão atualizados no botão calcular. CT\R$: Custo Total. É a resultante dos processamentos da calculado automaticamente CT\R$: Custo Total. É a resultante dos processamentos da CDP IOT, calculado automaticamente

35 Usando o S istema – Usando o S istema – Fornecedores Externos Total: Total de Despesas Diretas = CTA + CTD. Esta coluna é calculada automaticamente. Assim, nos casos em que o IOT disponha de parte das despesas diretas não alocáveis por procedimento, a processa as informações parciais disponibilizadas e calcula as não disponibilizadas mantendo, rigorosamente, o total das despesas diretas.Total: Total de Despesas Diretas = CTA + CTD. Esta coluna é calculada automaticamente. Assim, nos casos em que o IOT disponha de parte das despesas diretas não alocáveis por procedimento, a CDP IOT processa as informações parciais disponibilizadas e calcula as não disponibilizadas mantendo, rigorosamente, o total das despesas diretas. Despesas Indiretas: Total das despesas indiretas. Esta coluna é calculada automaticamente. Despesas Indiretas: Total das despesas indiretas. Esta coluna é calculada automaticamente.

36 Usando o Sistema – Usando o Sistema – Referenciais de Investimentos Os referenciais de Investimentos\Custos de Capital, são disponibilizados por Seção, Sub-Setor, Setor em nível de procedimento. O cadastramento e\ou atualizações são feitas em duas etapas, para: Terreno e Edificações * Terreno e Edificações Equipamentos * Equipamentos Dados Complementares * Dados Complementares Depreciação para Reposições * Depreciação para Reposições Capital de Giro * Capital de Giro Remuneração de Investimentos * Remuneração de Investimentos Encargos sobre faturamentos * Encargos sobre faturamentos Demais Referenciais * Demais Referenciais

37 Usando o Sistema – Usando o Sistema – Custos Totais e Médios Sem Rateios * Sem Rateios Com Rateios * Com Rateios Com Apropriações * Com Apropriações Preço de venda * Preço de venda Fonte(SUS, AMS, Particular) * Fonte(SUS, AMS, Particular) É importante lembrar que os Custos-IOT disponibilizam Referenciais de Preços de Venda, com unidades especificas (heterogêneas) e unidades equivalentes a uma Consulta Médica típica do IOT (homogênea). Os processamentos da geram todos os Relatórios de custos totais e médios por processos: É importante lembrar que os Custos-IOT disponibilizam Referenciais de Preços de Venda, com unidades especificas (heterogêneas) e unidades equivalentes a uma Consulta Médica típica do IOT (homogênea). Os processamentos da CDP IOT geram todos os Relatórios de custos totais e médios por processos:

38

39 Unidade Equivalente que, nesse exemplo, corresponde a uma consulta médica, sem procedimentos adicionais, com as especificidades de cada instituição de saúde. Essa unidade homogênea, é obtida a partir do momento em que todos os programas de procedimentos foram articulados com os recursos e convertidos nos custos respectivos. Nesse momento, o Sistema de Custos faz os processamentos e explicita o custo médio da UnEsp como igual ao da UnEqv respectiva. A partir daí, calculam-se as demais UnEqv, dividindo seus custos médios, em UnEsp, pela UnEsp considerada como igual a UnEqv(custo médio da consulta médica). Assim, obtém-se os quocientes que multiplicados pelas UnEsp dos demais procedimentos disponibilizam as UnEqv correspondentes. No Cenário-IOT.ROFASE-4 a UnEqv = R$04 36,75 e do IOT.RDID2004 a UnEqv=R$04 14,43.

40 Usando o Sistema – Usando o Sistema – Patologias-IOT Os custos das Patologias-IOT ou Doentes-IOT ou Pacotes-IOT, são calculados a partir das respectivas listagens de Procedimentos/Patologia. As listagens em questão, quando observadas devem ser importadas do Sistema de Faturamento. Para propostas de Pacotes, basta listar os procedimentos correspondentes.

41 Dúvidas?


Carregar ppt "PGSPC CDP IOT Prática de Gestão Sistêmica de Planejamento e Controle de Custos por Setor, Procedimento e Patologia(PROCESSOS)"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google